História The Path Of Light - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Visualizações 40
Palavras 2.051
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Dessa vez eu fui rápida né? Rs

Capítulo 19 - Síndrome do saco vazio


Fanfic / Fanfiction The Path Of Light - Capítulo 19 - Síndrome do saco vazio

O médico fez uma porrada de exames em Selena e a mesma estava chorando baixinho, com medo do resultado dos exames, estávamos sentados na sala de espera e ela não parava de puxar lenços da caixinha.

-Eu acho melhor ligar pra minha mãe...- ela disse.

-Tudo bem, vai lá. - digo e ela se levanta saindo porta a fora. Já estava tarde e ambos estávamos cansados, decidi então tentar falar com a única pessoa que faria eu me sentir bem agora.

Lóra, preciso de você, acho que tem alguma coisa errada com o bebê de Selena.

Estou no hospital do centro com o Dr.Monty.

xoxo Justin.

Alguns segundos depois ela visualizou a mensagem e respondeu com um simples "estou indo", Selena voltou e foi ai que reparei como seu rosto estava vermelho.

-Esta com fome? - perguntei e ela assentiu. - você não ter perdido o apetite é um bom sinal. Significa que o bebê também está com fome.

-E o que você entende sobre gravidez? - ela perguntou, finalmente dando um pequeno sorriso.

-Muita coisa. O início da sua gravidez foi bem calmo, a Aurora ficou bem ruim... Pra ser sincero, teve uma vez que achei que ela ia perder o bebê. Graças a Deus não aconteceu.- Digo me lembrando de quando Aurora teve uma crise na minha casa no meio de uma tempestade.

-Não saber das coisas é ruim, espero que o nosso bebê esteja bem e isso só seja um alarme falso.-Ela diz e suspira.- vou até a lanchonete comer alguma coisa, você vem? -faço que não com a cabeça e ela sai da sala.

Minutos depois Aurora aparece vestida com a blusa de moletom que dei a ela no dia em que nos conhecemos, foi um dia turbulento. A barriga saliente estava apontando na blusa apesar de não estar tão grande, devo admitir que Aurora é simplesmente a grávida mais linda que já vi.

Ela me olhou com piedade e se sentou ao meu lado.

-Oi...- ela disse colocando uma das mechas douradas atrás da orelha.- como você está? 

-Não sei responder, está acontecendo tudo tão rápido.

-O que o Dr.Monty disse? 

-Ele pediu que Selena fizesse alguns exames e pediu que a gente esperasse os resultados, mas iriam demorar um pouco.- respondo e ela coloca a mão em cima da minha.

-Vai ficar tudo bem...Eu já consigo ver nossos filhos sendo amigos. - ela dá um sorriso compreensivo e eu retribuo.

-Como está o garotão? - digo passando a mão na barriga dela.

- Acho que está dormindo, antes de você me mandar mensagem ele não parava de se mexer. - ela disse rindo. -vai ser jogador de futebol.

-Você vai ser jogador de futebol? - me abaixo o máximo para alcançar a barriga de Aurora

Sinto um chute de leve, que sensação gostosa.

-Obrigada, Justin, por acorda-lo - Aurora me repreende e eu dou uma risada baixa.

Ouço alguém pigarrear e vejo Selena na porta dar um leve sorriso para a cena que viu.

-Eu também vejo. - ela disse se sentando ao meu lado e olhando para Aurora.

-O que? - a loira pergunta.

-Nossos filhos brincando juntos. - ela diz com um leve sorriso, acho que a gravidez a mudou. O silêncio reina e Aurora respira fundo e faz uma careta de dor.

-O que foi? - pergunto a olhando com preocupação.

-Nada... É que ele deu um chute bem forte agora.- ela deu um sorrisinho apesar da dor.

- Posso sentir? - Selena pediu e Aurora levantou a blusa, a morena colocou a mão sobre a barriga da Lóra e assim que sentiu um chute ela deu uma risada.-Nossa, ele é forte! 

- É sim! - Aurora riu junto. Nunca pensei que veria essa cena.

-Como ele vai se chamar? 

Aurora olhou pra mim e eu olhei pra ela, a verdade era que havíamos esquecido que nosso filho precisava de um nome.

-Bom...ainda não pensamos em nenhum nome.- Lóra disse.

-Vocês só tem quatro meses agora.- ela disse ainda com as mãos na barriga de Aurora.

Elas ficaram conversando sobre bebês e gravidez por um tempo até Selena sair pra atender o celular pois a mãe tinha ligado e Aurora acabou pegando no sono com a cabeça no meu ombro.

-Lóra, acho melhor você ir pra casa.- digo a acordando e ela assente dizendo que deixou Alisa sozinha e amanhã ela ia trabalhar. Se despediu de mim e de Selena e pediu que a gente ligasse pra ela assim que os resultados saíssem.

Depois de longas e exatas 5 horas e 47 minutos o Dr.Monty apareceu e pediu que a gente o acompanhasse até sua sala e ele não estava com uma cara nada boa. Nos sentamos e ele suspirou, droga, aí vem notícia ruim

-Bom, Selena e Justin...Eu fiz todos os exames possíveis e confirmei a minha suspeita...Selena, você está com o que chamamos de síndrome do saco vazio, pra ser mais exato você tem uma gravidez anembrionária.- ele pegou ar e continuou -A gravidez anembrionária ou anembrionada acontece quando, ao fazer uma ultrassonografia, no primeiro trimestre da gravidez, o saco gestacional aparece vazio, sem embrião dentro. É o chamado "ovo cego", ou seja, o óvulo fertilizado implantou-se no útero, mas o embrião não se desenvolveu.

-Como assim? Eu perdi o bebê? - Selena começou a chorar e o Monty negou.

-Nunca ouve bebê Selena. - ele disse com piedade na voz.

- Mas eu fiz o teste de farmácia e fiz um Beta, ambos deram positivo.- ela disse aos prantos.

-Pode não haver nenhum sinal, como dor ou sangramento, de que a gravidez não está se encaminhando como deveria. Os hormônios podem fazer a mulher se sentir ainda grávida, embora às vezes os níveis comecem a cair, diminuindo as mudanças no corpo.Geralmente, a mulher só fica sabendo que algo está errado quando passa pelo primeiro ultrassom. Apesar de as causas não serem totalmente identificadas, a gestação anembrionária costuma ser considerada um acidente da natureza. Quando um óvulo é fertilizado por um espermatozoide, as células começam a se dividir. Algumas se desenvolvem em forma de embrião, outras em forma da placenta e do saco gestacional. Em alguns casos, a parte do óvulo fertilizado que deveria se tornar o bebê não vai para a frente provavelmente porque aconteceu um erro durante a fertilização e há cromossomos demais ou de menos, mas a que se destinaria à placenta e às membranas continua crescendo dentro do útero.- Monty disse e Selena negou com a cabeça, chorando muito

-Então por que eu não tive um aborto espontâneo? - ela pergunta enquanto Monty a oferece uma lenço. 

- O corpo não reconhece que o saco gestacional está vazio, já que os hormônios da gravidez ainda estão sendo produzidos o que impede que haja um aborto espontâneo... Sinto muito Selena, mas temos que tomar providências agora, para o seu bem. - ele diz e ela suspira alto e enxuga as lágrimas que insistem em cair, admito que aquela cena me tocou. Eu não estava familiarizado com a gravidez dela mas nunca desejei algo como isso.

-O choque de descobrir que a gravidez não está progredindo conforme o previsto é enorme, e poderá ser muito difícil entender e aceitar o que aconteceu. Talvez você não queira tomar as providências médicas necessárias logo de cara. - ela assente e pede que ele prossiga - É seguro aguardar por um aborto espontâneo até que os índices dos hormônios da gravidez baixem sozinhos, mas isso pode levar muitas semanas. Se você já teve algum sangramento ou secreção mais amarronzada, pode valer a pena esperar pelo fim natural da gravidez. A maioria das mulheres, no entanto, acaba realizando uma curetagem ou aspiração uterina, um procedimento feito sob anestesia em que a mulher recebe alta hospitalar no mesmo dia.

-Eu não tive nenhum sangramento, não tive nada...- ela diz. - vou fazer a curetagem.

-Vou pedir que reservem uma sala e que uma enfermeira te prepare.

-Não acredito que isso está acontecendo...- ela diz e eu a abraço de lado, Selena queria muito esse bebê.

-Selena, depois da curetagem sua menstruação virá normalmente e você poderá engravidar de novo sem problemas. A maioria das mulheres têm uma gravidez normal depois que passam por isso. -O Dr.Monty diz e Selena assente, em seguida ele sai da sala, ficamos em silêncio o tempo todo e Selena ligou para a mãe para contar tudo e logo depois foi fazer a curetagem, enquanto esperava decidi ligar para Aurora.

-Te acordei?

-Não consegui dormir, o bebê está agitado... Como foi ai?

-O médico disse que Selena está com uma gravidez anembrionária, ouve a concepção, a placenta e o saco gestacional se formaram mas o bebê não, ou seja, nunca ouve um bebê na barriga dela.- digo e Aurora suspira.

-Como ela está?

-Devastada, ela queria muito um bebê...

-E como você está? - ela perguntou e por um momento eu não soube responder.

-Fiquei triste por ela mas pra ser sincero estou um pouco aliviado por ela não estar grávida.

- Ai! Nossa, você quer quebrar as minhas costelas?- Aurora diz do outro lado da linha.

-Como quem você tá falando? - pergunto.

--Com o mini Bieber aqui dentro, ele não para nem um segundo se quer. - ela diz e eu dou uma risada, é bom saber que o meu bebê está bem depois de receber uma notícia ruim.

-Quer que eu vá aí acalma-lo? - pergunto e ela ri.

-Você o deixaria mais agitado, sem falar que eu quero que você fique com Selena agora, ela precisa de alguém que a abrace.

-Verdade...

-Eu vou tentar dormir, dê meus sentimentos a Selena.

-ok, boa noite.

-Boa noite.

-Espera, Aurora!

-Que foi? 

-Eu amo vocês dois...

Ouve um silêncio

-Nós também te amamos.

{•••}

Deixei Selena na casa dela e assim que chegou ela tomou um banho e se deitou na sua cama.

-Meus pés estão gelados.- ela disse com a voz rouca, resultado das suas horas de choro.

-Eu pego uma meia pra você.- digo e caminho até o closet, assim que entro eu vejo uma roupinha amarela de linha em cima de um sofá que havia dentro do closet de Selena. Havia um papel em cima.

"Filha, meus parabéns pela gravidez, espero que o meu primeiro neto venha cheio de saúde pois beleza ele terá de sobra...Estou te dando essa roupinha porque queria que ela seja a primeira que ele vai vestir assim que vier ao mundo.

Com amor, mamãe." 

A mãe de Selena havia a enviado isso...Imagino o quanto Selena está abatida. Coloco o cartão no lugar, pego as meias e levo para Selena, elas as calça.

Dou um abraço nela e escuto ela fungar o nariz.

-Não posso fazer mais isso.- ela diz, agora olhando nos meus olhos.

-fazer o que? 

- Hoje no hospital eu fiquei observando você e a Aurora...Eu vi o quanto você a ama e o quanto vocês dois amam o bebê que vão ter juntos. Eu sou uma pedra no caminho de vocês, não posso fazer mais isso! Eu te amo demais, Justin, quero a sua felicidade mas infelizmente você não é feliz comigo...Eu quero que você faça uma coisa por mim.- ela diz me deixando de boca aberta. Fico em silêncio indicando que ela continue- eu quero que você fique com ela, quero ver você feliz...me promete? 

-Prometo! - digo sorrindo 

-Então vai embora logo, ta esperando o que? - ela sorri

-Você vai ficar bem sozinha? 

- vou ficar ótima. Mamãe está vindo pra cá.- ela diz e eu sorrio ainda mais, pego as chaves do carro e quando estou na batente da porta ela me chama.

-Quero ser madrinha do bebê. - ela diz e eu dou uma risada 

-Isso eu não posso prometer, você vai ter que entrar numa briga enorme com Candice, Miley e Alisa. - Ela ri.

-Selena...

- Sim?

-Obrigado, muito obrigado.- digo e ela sorri, saio porta fora e vou em direção a casa de Aurora, sei que está tarde mas finalmente estamos livres e não posso esperar mais um segundo pra ficar com ela.

Bato na porta e minutos depois ela aparece com o cabelo desarrumado é minha blusa de moletom.

-Justin? O que você tá fazendo aqui? - ela pergunta preocupada

-Eu te amo, eu te amo muito.

 


Notas Finais


Então meus amores, gostaram? Por favorrrr comentem, preciso saber o que vcs estão achando!
Beijo grande ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...