História The Pink Sneaker - YoonSeok - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance, Sope, Yoonseok
Visualizações 202
Palavras 936
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Escolar, Esporte, Fluffy, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sim, eu sei que nesse capítulo não aconteceu nada de mais, mas ele ainda é importante para o desenvolvimento da história, AGUENTEM.

No próximo já vai ter um "rebuliço" grande, vocês vão querer matar certa pessoa. (Ou pessoas, hihihi)

Boa leitura.

Capítulo 15 - Fifteen



           -- Mais cinco minutos, e a gente vai poder tirar o excesso de tinta. - Jung avisou, cutucando a touca que tinha em sua cabeça. 

-- Que horas é a sua apresentação? - Perguntou do nada, enquanto pulava na cama de Jimin.

-- As oito da noite, porque? Você vai ir me ver? - Colocou a cabeça para fora do banheiro, encarando o mais baixo.

-- Melhor, eu vou tocar piano lá. - Sorriu. - E eu não ligo mais se souberem que sou eu tocando, não é nada de mais. 

-- Concordo, mas... Você não acha que... Estamos levantando suspeitas de mais? - Seu olhar animado se transformou em triste, e Min desceu da cama para poder abraçar o mais novo.

-- Não se preocupa, ninguém nem desconfia, eu tenho certeza. - Começou a fazer um carinho nas costas alheias com uma mão, enquanto a outra fazia carinho no pescoço do mesmo. - E, mesmo que descobrissem... Eu não deixaria ninguém encostar um dedo em você, ok? - Enpurrou levemente Hobi para poder vê-lo melhor, e percebeu um sorriso mínimo nele. 

-- Precisamos tirar a tinta do cabelo. - Mudou de assunto, entrando no banheiro e tirando o calção. - Eu vou primeiro. - Entrou no box e ligou o chuveiro, tento o cuidado para não sujar o corpo com o excesso de tinta. 

Se assustou com o barulho da porta, dando de cara com Yoongi -também nu, obviamente - ali. O mesmo entrou e começou a lavar-se também. Jung o olhou com um semblante estranho, e corou violentamente ao notar - depois de algum tempo - que ambos estavam nus ali dentro.

-- Já nos vimos assim antes, porque tá ficando envergonhado só agora? - Min perguntou, com o sorriso mais malicioso já visto na face da terra em seu rosto. 

-- N-nada. - Ficou de costas para o mais velho, percebendo depois que foi uma péssima ideia, então virou de frente novamente.

-- Tá com medo que eu te ataque? - Aumentou mais o sorriso, enquanto passava o shampoo no cabelo.

-- Não, eu tô me controlando pra não te agarrar. - Falou, com a voz mais natural que conseguiu fazer.

 


            ~<>~

 


         -- Estamos atrasados? - Perguntou a Jimin, ainda abotoando o figurino da apresentação. 

-- Não, ainda tem dois minutos. - Sorriu debochado. - Gostei do castanho escuro, combinou com você. - Bagunçou o cabelo de Jung. - Yoongi, seu lugar é do lado do palco. Fale com a professora, ela tá lá. - O mais velho apenas concordou com a cabeça e começou a andar até o piano. - Teu cabelo ficou legal também! - Gritou, recebendo um "obrigado" tímido de Min.

-- Tem certeza que vai dar certo? Eu tenho tanto medo de errar... Jimin, o meu futuro depende dessa apresentação e... 

-- Não se preocupe, lembra quando tu me disse que esquecia de tudo enquanto dançava? Faça isso, não deixe nada te abalar, apenas dance. - Sorriu, dando um leve tapinha no ombro do amigo. - Arrasa.

Depois que Park saiu, Jung se posicionou no meio do palco. Alongou um pouco os pés, com suas sapatilhas rosa destacando-se no figurino branco. Sorriu, ao lembrar que foi por causa dela - e seu dom do esquecimento - que conheceu Yoongi. As cortinas se abriram, revelando um público relativamente grande. Hoseok não reconheceu muitos alunos, mas viu de cara os coreógrafos importantes, sentados todos na primeira fila. Respirou fundo, seu coração acelerou, a luz estava diretamente nele e os olhares também. Olhou para o lado e viu Yoongi sentado no piano, ele estava com uma roupa toda preta, fazendo o cabelo verde claro ter um destaque impressionante. O mesmo olhou para si e sorriu, nesse momento, Jung já não pensava em mais nada.

Min começou a teclar o piano, fazendo a música do Lago dos Cisnes sair perante a todos. Ele sabia cada melodia de cor, então não se preocupou em fechar os olhos em determinado momento. Ele se sentia poderoso em poder controlar as notas, cada uma lhe obedecia, fazendo o que os dedos finos mandavam. Desviou o olhar para Jung, vendo-o dar giros e fazer algo com os braços que denominou impossível. Ele pulou, e Min podia jurar que o viu voar por um breve segundo. Pensou, que tinha sorte em poder namorar um anjo. 

-- Obrigado. - Sussurrou, falando com o vento. 

 


            ~<>~

 


          -- Você foi maravilhoso! Devia tocar piano mais vezes. - Jung sorriu, abraçando Yoongi por um leve momento e o soltando depois. - Gostou? 

-- Eu amei a apresentação Hobi, você devia dançar mais vezes pra mim. - Sorriu, e as bochechas do mais novo ficaram um pouco avermelhadas. 

-- Valeu, Yoon. - Sorriu. - Bem, quer dormir lá no meu quarto hoje de novo? 

-- Não da, preciso ir pro meu, se não Namjoon vai achar que morri. - Deu um breve selar na bochecha do mais alto, sorrindo alegre depois. - Até amanhã, Hobi.

-- Até, meu dengo. 

 

 

               ~<>~

 


         -- Você tá vivo! - Nam gritou, fazendo um drama. - Pensei que tinham te sequestrado, sei lá. 

-- Aham, ficou tão preocupado que não ligou nem uma vez, né? - Começou a tirar o figurino, colocando o pijama em seguida. 

-- Não queria atrapalhar. - Sorriu malicioso, e Yoongi corou no mesmo momento. - Aí meu deus, vocês realmen...

-- Cala a boca! Ou eu corto teus testículos fora. - Ameaçou, se jogando na cama em seguida. - Agora... Vai dormir que amanhã temos a final, lembra? 

-- Ok, capitão. - Desligou as luzes e deitou, ainda com um sorriso malicioso nos lábios.


Notas Finais


Me perdoe qualquer erro, até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...