História The Plastic Beach - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gorillaz
Personagens 2-D, Murdoc Niccals, Noodle, Russel Hobbs
Tags 2nu, Boogie Man, Gorillaz, Murdoc Niccals, Noodle, Plastic Beach, Russel Hobbs
Exibições 48
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoal sei que tudo oque vai tá aqui provavelmente não estará na historia original é também porque nessa historia a japonesa Noodle fica em na minha casa(Plastic Beach)então acontece diversas coisas com ela, já na "The Book Of Noodle" depois dos ataques ela acorda em outro lugar...talvez eu traga aqui só que de um outro ponto de vista.

Os capítulos serão nomeados com as musicas do álbum, ela contará a historias delas em relação a banda. Talvez tenha um capitulo bônus(Ou talvez mais) falando sobre o álbum "The Fall", mas não tô colocando "fè" nisso...Aliás estou querendo refazer a historia desse álbum, meio que, fazendo um Universo Paralelo.

Espero que curtam essa historinha minhas crianças...Durmam bem(Se ai onde você está esteja de noite)

Capítulo 1 - 1-Welcome To The World Of Plastic Beach


Fanfic / Fanfiction The Plastic Beach - Capítulo 1 - 1-Welcome To The World Of Plastic Beach

Tudo que passava em sua cabeça era a morte de seus amigos, ela não conseguia parar de pensar neles se quer por um segundo, ela sentia falta deles inclusive do vocalista depressivo. Seu corpo estava dormente por causa da explosão, "ele ou eles" destruíram o seu navio, não era o exercito japonês, eram aviões então não poderiam ser eles já que eles eram um povo muito avançado então usavam helicópteros, isso não era importante agora, soube que a banda ainda estava á ativa é queria voltar para eles. Ela queria parar de gravar suas musicas sabia que isso á trazia desastres mas se parasse com o trabalho com certeza o satanista a torturaria, apenas refletiu essa ideia que parecia maluca mas eficiente na sua cabeça infantil.

Alguns segundo depois ela sente uma força em baixo do seu corpo, ela não sabia o que era, pensava que era da sua cabeça já que estava a mil por hora com suas ideias de acabar com seu sofrimento. Ela se assusta mais ainda quando essa força começa a ficar mais intensa, então ela olha para baixo e vê uma criatura grande maior de uma baleia, o seu pequeno bote amarelo submerge e ela se depara com um gigante, não apenas um gigante...era ele, Russel Hobbs, em um tamanho a normal, e fica eufórica ao saber que seu amigo estava ali na sua frente, mais precisamente em baixo dela.

-Russel...?-A garota fala olhando para baixo para conseguir reconhecer a quem estava em baixo.-Não acredito que é você!

-Pequena...-Russel á pega em suas mãos gordas e grandes e retira as algas do seu rosto para começar uma conversa com a ela-Ainda bem que eu te encontrei...

-Ei como conseguiu me achar.-A japonesa fala levantando-se da mão do amigo.-Não lembro de ter deixado a minha localização para você.

-HaHaha.-O Gigante uma gargalhada que assusta até os tubarões que ali por perto navegavam.-Claro que não... é que estava todo mundo falando que tu tava indo pra Londres das Ilhas sei lá das quantas.

Ele diz com o sotaque norte-americano causando uma nostalgia grandiosa em seu coração jovem, na época que era ainda uma mera criança o baterista cantava musicas com a pegada "Brooklyn" fazendo assim com que a menina criasse uma coragem de poder dançar. Ela ficou com um certo peso na consciência, iria sair da banda, mas ia perder um grande amigo ou um grande "Pai".

-Você sabe onde os outros estãos...?-Ela pergunta sentado-se no ombro de Russ-Estou com muita saudade deles e do...-Ela faz uma pausa parecer lembrar do seu "Amigo".

-Não...Mas se quiser a gente procura.-Ela fala á pegando e colocando em sua cabeça.-Vai demorar mas vai valer a pena procurar esses mano'.

-Bom se quisermos achar eles rápido precisamos parar de conversar.-Ela tira o botão que prendia o ar no bote e coloca em uma de suas bolsas e coloca seu violão "Folk" nas costas.-Vamos Russ vamos achar os "Mano".

-Ok...ok.-Ele ri da piada em relação ao seu sotaque mas deixa passar.-Temos que encontrar alguma coisa que nos ajude com a procura do novo Studio deles...ouvi falar que era uma praia, encontraremos rápido já que todo mundo está adorando esse novo álbum.

Noodle e Russel foram a procura de seus amigos naquele manto azul que cobria a maior parte da Terra que chamamos de "Oceano", tentando achar algum sinal de vida por entre os destroços do navio, mas oque encontraram foi apenas corpos. Tudo se passava na cabeça da japonesa, "O que sera que aconteceu com eles depois que eu sai'?" isso escoava em sua cabeça mais do que quando você grita em uma caverna e ela te responde. Mas o que tinha acontecido com "Ele".

A garota sempre teve uma paixão platônica por Stuart Pot, sim, o vocalista depressivo que todo mundo odiava, até que tinha mulheres que o achavam lindo, mas, outras não, ao contrario, elas ó odiavam. Ele consegui esse lugar nos sentimentos dela porque ele era o tipo de garoto que toda adolescente quer ter.(Ou não):Um garoto engraçado que tenta animar a todos fazendo coisas bobas, ser totalmente compreensivo a diversas ocasiões e é claro...cantar bem!. 2D tinha uma técnica natural de cantar, possuía a voz rouca e com frases mal terminadas, assim dando ideia de uma pessoa que sofre é precisa de alguém para se sentir digamos...melhor. Ela chegou a até se tocar pensando no magrelo e aquilo á incomodava. Ela queria chegar a casa dos 20 anos para finalmente se declarar para ele e se possível ter um momento intimo com ele, mas ainda possuía 19 anos, mesmo assim nunca é tarde.

Depois de vários dias, os dois finalmente encontraram uma pista em um barco que estava na escuridão do mar, por sorte encontraram uma maleta escrito "Gorillaz" e logo perceberam que tratava dos negócios de Murdoc Niccals, o famoso picles satanista, encontraram um notebook, nele possuía apenas um programa dado como "Plastic Beach Studios Apk",nele possuía musicas demo, fotos da banda tanto antigas tanto atuais, nomes de colaboradores...mas apenas uma coisa chamou a sua atenção, o GPS do Studio. Ele marcava no visor a tal localização que era: 48° 52' 36'' S, 123° 23' 36'' W. Agora sim, estava decidido que ela iria sair da banda junto com seu amigo Russel e 2D daquele parte cheia de água. Caçaram o Studio dia e noite, poderiam esgotar suas energias mas não sua vontade de reencontrar seu amigo.

   

 

 


Notas Finais


Esse capitulo ficou pequeno mas no próximo eu compenso.
Hoje é segunda então não tive tanto tempo para escrever mais

Vejo vocês no próximo capitulo dessa historinha ou a "Garota Dos Cabelos Rosados".
Até mais minha criancinhas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...