História The power of desire - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), Emma Swan, Lilith "Lily" Page, Malévola, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Vovó (Granny), Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Exibições 182
Palavras 1.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Hentai, Orange, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Volteiiiiiiiiii!!! Espero que gostem!

Capítulo 24 - Nós precisamos conversar.


— Pra onde vamos, Emma? — Pergunto curiosa.
— Gosto quando me chama de Emma! — Diz beijando meu pescoço.
— Esse é seu nome não?! — Digo a afastando.
— É mas você quase nunca me chama assim! — Diz me abraçando de lado — E respondendo sua pergunta: adivinhe!
— Isso não responde minha pergunta! — Digo rindo entrando no carro.
— Tenta! — Pede dando partida no carro.
— Eu não tenho a mínima ideia! — Digo olhando pra ela que estava concentrada na direção.
— Tudo bem vai ter que esperar a gente chegar! — Diz com um sorriso idiota parando no sinal. — E para melhorar a surpresa: — Diz pegando uma máscara de dormir no banco de trás.
— Não nem pensar! 
— Vamos lá Regina eu prometo que você vai gostar! — Diz já vindo na minha direção.
— Emma... — Choramingo como uma criança mimada.
— Quietinha Regina! — Diz colocando a máscara em meus olhos. — Ou quer que eu te amordace também?— Diz sussurrando em meu ouvido e eu sinto minha intimidade pulsar de desejo por essa mulher.
— Não ouse! — Digo tentando manter a voz em um nível auditivo.
— Não se preocupe querida, nunca faria nada que você não queira.— Diz dando partida.
    Depois de uns vinte minutos sinto o carro parando e ouço ela abrindo a porta dela depois a minha e segurando a minha mão me levando provavelmente até o restaurante. Quando abro meus olhos foco completamente admirada o restaurante é o mesmo do nosso “primeiro” encontro só que desta vez está todo repleto de flores e velas e só há uma mesa no meio do salão com uma lindo buquê de lírios no meio da mesa.
— Você gostou? — Pergunta e pela sua voz sei que ela está meio insegura pela minha falta de palavras.
— Muito Emma... — Sussurro completamente apaixonada pelo que estava vendo. 
— Que tal jantarmos? — Pergunta me levando até a mesa.

    Quando nos sentamos logo veio o garçom trazendo nossos pratos.
— Então sobre o cara do carro?— Pergunta e pela sua voz eu sei que esse assunto a incomoda muito.
— Ele é um amigo! — Digo e ela me olha com cara de deboche.
— Desde quando você beija seus amigos? — Pergunta.
— Bom, eu vou ser bem sincera com você, nos já dormimos juntos, se é que você me entende, umas duas vezes! — Digo desviando meu olhar do dela.
— Você transou com ele? — Emma pergunta com a voz exaltada.
— Emma... eu não vou me desculpar por isso! — Digo olhando pra comida no meu prato.
— Eu não pedi pra você se desculpar Regina! — Diz com a voz Fria como gelo — Desculpe, é que imaginar outra pessoa tocando você me deixa louca! — Diz ainda com raiva na voz.
— Tudo bem, eu te entendo! — Digo passando segurança para ela.
— Me entende? — Pergunta debochada.
— Chega de falar disso! — Digo com as bochechas coradas.
— Você quem sabe! — Diz com um sorriso de lado. — Vai continuar vendo ele, esse tal de Derek? — Pergunta olhando diretamente nos meus olho.
— Claro, ele é meu amigo, e antes que você fale alguma coisa ele é apaixonado por outra! — Digo sinceramente.
— Sei!— Diz como se não acredita-se.
— Agora podemos mudar de assunto?— Pergunto a encarando.
— Tudo que você quiser!— Diz acariciando minha mão por cima da mesa.
  Depois disso o jantar se passou extremamente agradável, nos conversamos sobre coisas sem importância, rimos.
— Vamos? — Pergunta depois de pagar a conta.
— Vamos! — Digo, vamos de mãos dadas até o carro, eu não vou mentir eu estava adorando esse clima que estava entre a gente, mas sabia que era só por essa noite. Quando chegamos em meu prédio quando íamos nos despedir acabamos nos beijando mas nada além disso. 
  No outro dia eu mandei uma mensagem para o Derek perguntando se ele poderia vir a minha casa a noite para conversarmos, ele disse que poderia então descido que depois do trabalho eu passo no mercado para fazer umas compras pra a gente.
   No trabalho foi tudo extremamente normal com Swan me secando a cada segundo e Ruby jogando umas indiretas sobre nós, nada de mais, eu tentava me distrair e não pensar na conversa que eu teria a noite apesar de tudo Derek era um amigo que eu gostaria muito de manter. O tempo passa voando e quando vejo já está na hora de ir embora arrumo minhas coisas o mais rápido possível por que eu ainda preciso passar no mercado antes de ir pra casa.
— Com presa, Senhorita Mills? — Emma pergunta atrás de mim.
— Um pouco, Senhora Swan! — Digo me virando para ela.
— Posso saber o motivo dessa presa toda? — Pergunta rodeando uma cintura com os braços.
— Terei visita hoje! — Digo já sabendo da sua reação quando eu revelar quem é a visita em questão.
— E eu posso saber quem é? — Pergunta me puxando até encontrar seu corpo.
— Derek! — Digo e ela aperta mais minha cintura.
— Por que esse cara vai pra sua casa? — Pergunta e pela sua voz sei que ela não está nem um pouco feliz com isso.
— Ele vai para conversarmos, para que eu possa dizer que não teremos nada além de amizade a partir de agora! — Digo e ela me olha sorrindo.
— Já que é assim é melhor ir se não vai se atrasar para terminar com esse cara! — Diz e eu não posso conter a risada.
— Está me expulsando senhora Swan? — Pergunto ainda rindo.
— Não senhorita deliciosa Mills, eu só estou apresando à resolução de um problema! — Diz beijando meu pescoço espalhando arrepios pelo meu corpo.
— Então e melhor eu ir resolver tal problema! — Digo me esquivando dos seus braços.
— Não sem antes me dar um beijo! — Diz me puxando de volta para o seus braços e me beijando com calma e paixão. — Agora vá resolver esse problema, Senhorita Mills! — Diz me soltado e me entregando minha bolsa.
 — Até amanhã senhora Swan! — Digo saindo e chamando o elevador.
 No caminho pra minha casa passo o mais rápido possível no mercado já que o “encontro” com Emma acabou me atrasando, quando chego em casa nem troco de roupa do preparo o jantar nosso jantar quando o jantar está quase pronto eu escuto a comprinha e já imagino que seja o Derek então só mando entrar.
— Olá Gina, nos precisamos conversar! 


Notas Finais


Me digam o que acharam!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...