História The power of love - NaruHina - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Konohamaru, Naruto Uzumaki, Toneri Otsutsuki
Tags Naruhina
Visualizações 157
Palavras 2.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus amores ❤
Eu amo tanto vocês que já estou aqui com mais um capítulo 😍
Espero que gostem e curtam, pois o próximo vai demorar uns dias para sair, por causa do meu trabalho, mas prometo que vou tentar não demorar TANTO

Capítulo 23 - Especial SasuSaku-Revelando a gravidez


Fanfic / Fanfiction The power of love - NaruHina - Capítulo 23 - Especial SasuSaku-Revelando a gravidez

Sakura estava no hospital, aquele dia estava bem tranquilo por lá e ela aproveitou para pensar em como dará a notícia para Sasuke, ela sabia que o dia de se encontrar com ele estava chegando e precisava decidir logo.

Seu expediente terminou e ela foi até a casa de Hinata, ela provavelmente já havia contado a Naruto sobre sua gestação e iria pedir uma ideia para a amiga.

Chegou e bateu na porta, alguns segundos depois foi recebida por Naruto, o sorriso dele ia de orelha a orelha. "É, com certeza a Hina já contou."

-Yo Sakura-Chan.

-Yo Naruto, a Hina está em casa?

-Está. Vou chama-la. HINAAA, A SAKURA QUER FALAR COM VOCÊ.

Sakura tampou os ouvidos, Naruto estava bem na sua frente.

-Naruto seu Baka. - Sakura o repreendeu

-Ei, Sakura, tudo bem? - Hinata apareceu na porta e a cumprimentou.

-Eu preciso de sua ajuda Hina, vamos dar uma volta?

-Claro. Só vou pegar algumas coisa. Já venho. Entre, fique a vontade.

Hinata veio e elas saíram da casa e começaram a andar na rua.

-Hina, você contou? Como ? E o que aconteceu?

Hinata contou tudo, como tinha preparado a surpresa, o que ele falou sobre as possibilidades de ser de Toneri e da "comemoração" que fizeram, mas ela não quis entrar em detalhes sobre isso.

-Eu posso roubar sua ideia? - Falou Sakura sobre o método de revelar a gravidez.

-Claro que pode. Mas, eu acho que podemos encontrar um jeito que combine mais com o Sasuke, seguindo a mesma ideia, que tal?

-Seria ótimo Hina, pensei sobre como contar pra ele por todos os 3 meses e nada de me vir uma boa ideia. - Falou Sakura frustrada.

Elas começaram a andar em algumas lojas e compraram o que precisavam para a surpresa pro Sasuke. Sakura amou, Hinata é realmente criativa.

Sakura foi pra casa e ficou olhando para aquele embrulho em cima de seu criado mudo, não via a hora daquele falcão chegar com a mensagem do seu amada. 

Se passaram três dias desde que Hinata e Sakura compraram as coisas e Sakura se sentia cada vez mais ansiosa. Ela estava em seu banheiro a noite depois de um longo dia no hospital, sua mãe fazia o jantar com seu pai. "Minha mãe, como vou contar para minha mãe que estou grávida?" pensou. Ela estava vestida com sua camisola que antes folgada, agora já marcava sua barriguinha saliente de três meses, uma semana e 5 dias, ela escuta algumas batidinhas no vidro de sua janela, quando ela olha quase da um grito de alegria, até que enfim, havia chegado, era o falcão de Sasuke. A mensagem dizia simplesmente para encontra-lo no mesmo lugar as 7 da manhã do próximo dia. Sakura deu pulinhos de alegria e resolveu que contaria a seus pais aquela noite mesmo. Ela saiu do quarto e começou a descer as escadas já ouvindo a voz de seus pais na sala, seu coração pulava num misto de emoções que não sabia explicar. Ela temia a reação dos pais ao mesmo tempo que imaginava que ele ficariam extremamente felizes. Se sentou em um poltrona em frente ao sofá que seus pais estava trazendo a atenção deles para ela. 

 -papai! Mamãe! Eu tenho algo para contar para vocês. 

 Eles assentiram como pedido para que ela continue. 

-Bom, todo mundo sabe que eu amo o Sasuke-Kun desde que eu era criança né? - Eles assentiram sérios novamente. -Então, vocês sabem que ele saiu da vila a alguns anos atrás em busca de remissão dos seus pecados. Eu sentia tanta falta dele. Um dia, cerca de um ano e meio atrás eu recebi uma carta dele. Ele dizia que sentia minha falta e que queria me ver, o local e a hora que ele me esperaria. Eu fiquei tão feliz, foi um dos melhores momentos que eu tive na vida, Sasuke-Kun também me amava. Eu fui ao seu encontro, passamos o dia e toda a noite juntos, numa casinha que ele disse que havia construído para nós. Depois disso passamos a nos encontrar todo mês, depois passamos a nos ver duas vezes por mês. Enfim, nós nos amamos e cada momento que passo com ele naquela casinha é único, é como se todos os meus problemas não existissem. Mas uma coisa aconteceu, por consequência do nosso amor, numa dessas visitas, não sei em qual delas exatamente, um fruto foi plantado em mim. - Seus pais estavam perplexos com aquela história. - Eu estou grávida.- Falou por fim, fazendo sua mãe se levantar do sofá num pulo. 

-Você só pode ser maluca SAKURA. - Falou a Haruno mais velha. - Como você faz uma coisa dessa? Não te julgo por amar um homem ou por ter um relacionamento com ele. Mas poxa, você é uma ninja médica, como foi deixar isso acontecer? Não sinto raiva de você minha filha, um filho é uma coisa maravilhosa, principalmente com a pessoa que nós amamos, mas me preocupo, você é uma jovem Kunoichi solteira e muito conhecida em todo mundo ninja, tenho medo dos julgamentos que cairão sobre você quando todos descobrirem sobre sua gravidez. 

Sakura estava surpresa, não imaginava que sua mãe reagiria dessa forma. E em nenhum momento pensou sobre os julgamentos que teria que enfrentar. Ela de levanta e abraça sua mãe, seu pai também se levanta e se junta ao abraço. 

-Nós te amamos minha filha.- Falou seu pai. -Estamos muito felizes, vamos ter um netinho. -Falou soltando uma gargalhada. - Mas não se deixe levar pelos julgamentos, muitos vão julgar, mal saiba que estaremos aqui para te proteger do que for.

Sakura estava surpresa e emocionada, ela tinha os melhores pais do mundo, não conseguia falar, as lagrimas já tomavam conta de seu rosto, somente se aprofundou ainda mais no abraço.

Depois disso eles passaram horas conversando sobre coisas de bebê, até Sakura se retirar e ir dormir. 

Sakura acordou antes das cinco da manhã, se arrumou, colocou suas coisas dentro de uma bolsa, inclusive a surpresa de Sasuke. Foi até a cozinha comer algo e saiu. Ela foi andando sem pressa, já que a gravidez a deixava mais cansada que o normal. Chegou ao seu destino alguns minutos antes do combinado, mas seu amado já estava lá. Sasuke havia construído uma casinha no meio da floresta para eles se encontrarem, não era chamativa e tinha uma camuflagem que quem olhava por fora pensava ser uma rocha, mas por dentro era muito aconchegante.

Sakura foi andando até ele e o abraçou com força, ele a abraçou de volta beijou o topo de sua cabeça. Ela levanta o rosto e ele deposita um beijo rápido e delicado em seus lábios.

-Eu estava com Saudades. -Disse ele com a voz firme.

-Eu também estava Sasuke-Kun. Vamos entrar? Tenho uma surpresa para você.

  -Surpresa é? 

Eles entraram e ele se sentou no sofá olhando Sakura com curiosidade. Ela senta em uma poltrona de frente para ele, coloca a mochila no colo e retira uma caixa quadrada de dentro. Ela olha pra ele com os olhos cheios de água e diz.

-Esse presente na verdade é nosso. Foi o melhor presente que você já me deu, Sasuke-Kun. Eu te amo. - Falou Sakura tímida, ela não era muito boa com palavras.

Ela estica a caixa para ele.

~~Sasuke Uchiha~~

Sasuke estava com tanta saudades de sua cerejeira, ao vê-la chegando seu coração chega a aquecer. Eles se abraçam, se beijam e entram com Sakura dizendo que tinha uma surpresa.

Ela entrega a caixinha que tinha um símbolo do clã Uchiha, Sasuke achou um pouco estranho mas continuou a abrir a caixa. Ao abrir ele encontrar um paninho também com o símbolo do clã, ele pega com delicadeza e percebe que esse "paninho" na verdade é uma roupinha de bebê. Sasuke arregala os olhos e coloca a roupinha no sofá. Ele encontra um cartinha e abre. Na cartinha tem um leque, que é o símbolo do Uchiha na frente do leque tem um circulo branco que é o símbolo dos Haruno e dentro do circulo outro leque idêntico ao primeiro só que minúsculo. Além disso tem escrito: "Omedetou, Sasuke-Kun.". Ainda dentro da caixa tinha um teste de gravidez positivo.

Sasuke estava sem reação, seu coração pulsava rápido, suas mãos suavam e seu corpo tremia.

-Sakura... Eu... Eu não sei o que falar. Eu tô muito feliz.

Ele se levanta de onde está e vai até a rosada. Ele se ajoelha na frente dela e beija sua barriga.

- Eu vou voltar para a vila. - Falou decidido. - Vou ficar aqui e cuidar de você. Não vou te abandonar. - Ele a pegou no colo e selou seus lábios antes que Sakura pensasse em responder algo. Ele a leva até o quarto e a coloca na cama.

- Muito obrigada por me dar esse presente Sakura.

- Sasuke-Kun...- Sakura fala quase gemendo quando Sasuke começa a beijar seu pescoço.

Ele começa carinhosamente beijar o pescoço de Sakura, ele faz um caminho de beijos entre o pescoço e o ombro. Lentamente ele começa a subir as blusa que Sakura usava até ter livremente em sua frente os pequenos e deliciosos seios de sakura, ele dirige sua boca até eles e começa a passar a língua até vê-los rígidos.

Sakura senta na cama e desfaz o nó que segura a capa de Sasuke a fazendo cair, logo depois ela retira sua blusa e passa as unhas pelo abdômen sarado do namorado o fazendo arfar. Ele a deita na cama e retira o short que Sakura estava usando a deixando somente com a calcinha fio dental branca, ele tira também sua calça ficando apenas de box preta, ele deita sobre ela ficando entre suas pernas e começa a esfregar seu membro rígido na intimidade de Sakura ainda coberta, fazendo-a gemer. Sakura usando sua enorme força muda de posição com Sasuke ficando sentada em seu colo, ela tira lentamente a cueca dele e depois desce da cama e tira sua calcinha rebolando e empinando a bunda, fazendo o membro de Sasuke pulsar de tesão, ela sobe na cama novamente.

-Fica de joelhos, Sasuke-Kun, falou com a voz carregada de malícia, sendo obedecida prontamente por Sasuke.

Ela de aproxima dele e segura firme em seu membro roçando a cabeça em sua boca, Sasuke estava enlouquecendo. Ela começou lambendo da base até a cabeça, enquanto ouvia um gemido sôfrego de Sasuke, depois ela foi colocando lentamente o membro dentro de sua boca e começou com movimentos lentos.

-Sakura... Não me provoca

Sasuke agarrou os curtos cabelos rosas da namorada e começou a ditar os movimentos enquanto Sakura sugava e passava a língua por toda a cabeça. Sasuke gemia cada vez mais alto, aquilo era maravilhoso. Sentiu quando seu corpo começou a tremer pelo orgasmo que se aproximava, logo estava derramando seu líquido quente na boca de Sakura, que prontamente engoliu tudo.

Ela levanta a cabeça sorrindo maliciosa enquanto limpava o canto da boca. Ela empurrou Sasuke contra a cama e subiu em cima dele, colocando uma perna em cada lado do quadril dele.

-Sabia que os hormônios da gravidez estão me deixando louca de tesão? - Ela sussurrou em seu ouvido posicionando o membro de Sasuke em seu entrada extremamente molhada. Ela desceu devagar até senti-lo todo dentro dela. Gemeram juntos. Sakura começou um movimento gostoso e delicado de sobe e desce, logo ela se viu rebolando enquanto subia e descia sobre o pau de Sasuke, eles jogam a cabeça para trás e gemem cada vez mais alto, Sasuke põe a mão na cintura de Sakura e a auxilia com os movimentos, ela já havia feito um grande estrago no peitoral de Sasuke com as unhas. Sakura começa a cavalgar com velocidade e com o auxilio de Sasuke logo eles gozam juntos de maneira espetacular. Sakura cai deitada sobre o peito de Sasuke, ambos tinham a respiração pesada e o coração acelerado.

Sasuke sai de dentro dela lentamente e a deita ao seu lado na cama, ele olha para a barriguinha já saliente dela e seus olhos se enchem de lágrimas. Ele passa a mão pela barriga de Sakura, a puxa para um abraço e dá um beijo em sua testa.

-Arigatou Sakura. Esse foi o melhor presente que já ganhei em minha vida. Eu te amo.

Sakura sorrio e acariciou a barriga junto com Sasuke.

-Nós também te amamos. 


Notas Finais


Gente eu tô com vergonha, pq eu sou muitooo tímida ashaush mas toda vez que é pra postar capítulo com Hentai eu fico MORRENDO de vergonha, não me achem pervertida, e não foquemos só nos Hentai, o capítulo tá fofinhooo 😍😍
Beijooos e até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...