História The Prediction - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Ryan Butler
Tags Drama, Mistério, Romance
Visualizações 16
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Um


 Era mais um daqueles fins de semana com o céu cinzento, de estragar o bom humor de qualquer pessoa. Peguei meu casaco e de estômago vazio fui direto para o Bar. O Bartender já me conhecia. Havia anos que que me sentava nesta mesma cadeira todos os fins de semana. Peguei minha bebida e comecei a prestar atenção nos noticiários. , até ser interrompido pelo Ryan. Depois que ele chega não havia pessoa ou assunto que nos distraísse além das nossas conversas.


Ryan: E ai bro - sentou do meu lado - Me da um whisky - Pediu para o Bartender
Jb: Fala ae!
Ryan: Ta frio hoje.
Jb: É. Esse frio me da preguiça.

[...]

Ryan: Olha só o noticiário - falou sarcástico - Enquanto agente ta aqui congelando lá do outro lado ta pegando fogo.
Jb: Coitada dessa família.
Ryan: Quem se importa?

Noticiário:

   Um grande incêndio atingiu a região Oeste da Austrália. Pelo menos , 4 residências já foram consumidas pelas chamas. O vento tem sido um dos maiores obstáculos para os bombeiros. No Momento duas pessoas estão mortas.

[...]

   Mãe e filha morre em incêndio na Austrália.

[...]

   Os nomes das vítimas foram divulgados. Nancy Carter de 43 anos e Julieta Carter de 17 Anos. O Corpo da filha foi completamente carbonizado.

                                                              -----------------------
    Cheguei em casa correndo. Entrei as pressas no banheiro e botei toda aquela bebida para fora. Entrei no chuveiro e a água morna que escorria pelo meu corpo levava junto o meu cansaço. Me deito na cama adormeço. Acordo... Ligo a tv , e como sempre não estava passando nada interessante. Deixo em um canal qualquer e largo o controle em cima da cama. Coloco aquele meu casaco e vou seguindo entre as ruas da pequena cidade dos Estados Unidos comprar meu almoço. É , eu não sei cozinhar. Eu deveria saber. Tenho 20 anos e moro sozinho. Não significa que só por que sou homem que não devo cozinhar. Mas assim esta mais prático para mim. No Caminho havia um poste caído ainda da noite passada por conta dos ventos fortes. Por onde andava se via garis varrendo as folhas verdes misturadas com as secas no chão. O trabalho deles parecia interminável , quanto mais limpavam , mais a rua ficava suja. 
   Cheguei ao meu destino. Pedi que embalcem meu almoço para viagem. Na volta fui pelo mesmo caminho , só que desta vez com o meu almoço querendo pular da embalagem. 


[...]


   Esta noite sonhei com um incêndio. Nunca liguei para essa coisa de sonhos , mas parecia real. Gritos e pedidos de socorro soavam pelos meus ouvidos. Quando na escuridão iluminada pelas chamas parecia ser alguém , acordo! Acordei com aquela sensação de não saber se aquele tal fato realmente aconteceu ou se foi apenas ilusão da minha cabeça. 
   Como de costume, no domingo a noite fui para aquela pizzaria assistir o futebol com a galera. Eu já estava engordando , não muito , mas ganhei alguns quilos durante esses 2 anos. Na metade da noite , o som da Cirene de bombeiros soavam pelas ruas daquela cidade. Isso me fez lembrar o sonho.
   Tomei apenas um copo de cerveja , com a intenção de não ficar bêbado. Pois amanhã teria que acordar cedo para trabalhar.


[...]


   Mais uma noite. Foi aquele mesmo sonho. Nunca sonhei com o mesmo sonho em noites seguidas. E por incrível que pareça parou na mesma parte.


[...]


   Estou ficando preocupado e assustado. Não sei se é certo ir ao médico ou em um desvendador de sonhos. Pode ser loucura minha , ou talvez um simples sonhos. Mas não acha que sonhar com o mesmo sonho 3 vezes por noites seguidas é maluquice? Desta vez meu sonho pode ter sido concluído. Quando disse que estava assustado não era brincadeira. Pode ter sido fantasia da minha cabeça pelo fato deu ter ficado chocado com a morte daquela mãe e filha no incêndio. E isso pode ter ficado ''grudado'' no meu cérebro. Seu rosto estava manchado naquela escuridão iluminada pelo fogo , seus olhos clamavam ajuda. Era aquela garota do incêndio da Austrália. Eu a ajudei. Ela conseguia sair ilesa das chamas... Somente em minha imaginação.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...