História The Price Of Love - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Itachi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Menma Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Suigetsu Hozuki
Tags Drama, Narusasu, Naruto, Revelaçoes, Romance, Sasuke, Sasunaru
Exibições 144
Palavras 1.524
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Iniciando a história de Ravi, o indiano fofineo e charmoso que eu adoro :3

Nos vemos nos comentários, espero que gostem


Boa Leitura!

Capítulo 13 - Feelings of Assad...


Fanfic / Fanfiction The Price Of Love - Capítulo 13 - Feelings of Assad...

Os dias passaram rápido desde a última visita de Sasuke e Aijima-san, por mais que sinto falta de Sasuke ao meu lado, sei e compreendo que ele está fazendo o melhor de si, tanto no nosso emprego quanto na faculdade, uma semana depois que eles vieram aqui e de eu ter conhecido o sobrinho de Aijima-san me mudei de hospital, mudei para um melhor e com mais acomodações para deficientes e pessoas que sofreram algum tipo de acidente, não me sinto como se estivesse em algum lugar estranho, pelo contrário, eu estava gostando daquele lugar, as pessoas eram muito bem tratadas, e eu já tinha feito muitos amigos, participava de encontros com psicólogos com os outros pacientes, eram tantas histórias incríveis de superação que me sentia envolvido por braços maternos como todos naquele hospital.

Simon e eu conversávamos todos os dias quando ele vinha me ver e ver como estava o meu tratamento, eu ainda não sentia minhas pernas, mas ele disse que aos poucos e com as fisioterapias eu iria me sair bem, e falando da fisioterapia, eu adorava, era doloroso em alguns momentos, mas por outro lado eu conseguia ver o quanto as pessoas se esforçavam para conseguir melhorar rápido, e percebia que o problema que eu estava passando não era maior que os deles, suspiro olhando para a janela da sala de fisioterapia, o céu estava limpo e quase sem nuvens, pássaros voavam hora ou hora em frente da janela, olho de volta para a enfermeira e fisioterapeuta a minha frente, ela mexia em minha perna e vez ou outra levava meus pés para trás com o intuito de puxar o nervo da perna, nessas horas eu sentia uma pontada forte em minha coluna, mas ela disse que era normal sentir dor quando estava começando o tratamento.

Sorri ao ver que Simon entrava na sala de fisioterapia do hospital, ele logo caminha até mim.

–Bom dia Naruto, percebo que está indo muito bem com o tratamento, não duvido nada que daqui alguns dias você consiga sentir sua perna novamente - Ele diz colocando a mão em meu ombro.

–E isso graças ao doutor que não desistiu de mim - Comento olhando para minhas pernas, ele ri.

–Não fiz nada Naruto, você é um bom garoto e tem um espirito muito forte, você é um grande batalhador...eu só faço meu trabalho, e o meu trabalho e ter certeza de que quando você sair daqui, você sairá andando, isso eu afirmo - Fala ele fazendo positivo para mim, dou risada.

–Obrigado Simon...você é um grande médico e um grande amigo... - Comento, Simon pisca.

–Vou deixa-lo terminar seu horário por aqui, enquanto isso vou ver meus outros pacientes...até mais tarde Naruto - Murmura ele se afastando, dou tchau quando o mesmo estava na porta.

–Doutor Simon gosta mesmo de você... - A fisioterapeuta comenta sorrindo, olho para ela - Nunca vi ele tão empenhado em ajudar alguém até hoje - Ela diz, eu sorrio.

–Imagina, tenho certeza que ele faz isso porque ama sua profissão... - Murmuro olhando para a mulher a minha frente, ela continua sorrindo.

–Ou talvez seja porque você se parece com o irmão mais novo de Simon... - Ela comenta diminuindo o sorriso, franzo o cenho.

–Como assim? - Pergunto, ela sorri.

–Não é nada...acho que por hoje acabamos Naruto, nos vemos amanhã - Ela diz se levantando, alguns enfermeiros ajudaram ela a me colocar na cadeira de rodas que estava usando e eu sorri.

–Certo, já vi que não irá me contar, não é? Vai mesmo me deixar curioso? - Pergunto, ela ri.

–Vou sim, se quer saber pergunte a ele...não tenho autorização para comentar sobre a vida dos Doutores, garoto - Diz ela fingindo estar brava, faço bico.

–Chata... - Ela ri e me leva de volta para o quarto, me ajudando a voltar para a cama.

–Certo, até mais Naruto... - Comenta ela deixando a cadeira de rodas em um canto do quarto e saindo em seguida.

–Até mais... - Sorrio e olho para a janela que ficava ao lado da cama e pego em mãos meu diário, era hora de escrever...

[-----]

Ele olhava para o rapaz a sua frente enquanto amaçava um copo de plástico com toda sua raiva, Sasuke fuzilava Assad ao longe, enquanto o outro atendia sorridente uma moça, a mesma estava corada e sem jeito, Aijima ao longe reparava na expressão de ódio e apenas ria, caminhando até o sobrinho.

–Ravi...porque não vai ajudar a Eli na cozinha? Parece que tem alguém que não está gostando de você roubar os fregueses... - Comenta o chefe rindo baixo, Assad sem nem ao menos olhar para trás sorri.

–E porque você acha que estou aqui? Não é óbvio? Quero atormenta-lo mais um pouco... - O sobrinho comenta passando as mãos nos cabelos sensualmente e arrancando suspiros das moças da cafeteria, Sasuke tinha uma veia saltando de sua testa ao mesmo tempo que um tique nervoso nascia em um de seus olhos, ele olha para o miserável copo de plástico totalmente acabado em suas mãos e joga-o com força no lixo puxando os plásticos com certa rispidez.

–Aijima-san estou levando o lixo para fora...! - Exclama Sasuke sem se virar para o dono que sorri divertido, adorava essa rixa de Sasuke com seu sobrinho, era engraçado.

O moreno saiu para fora pisando duro, enquanto preparava para jogar os sacos de lixo no contêiner, foi quando sentiu um sopro em seu ouvido, ele se assusta e pula para o lado vendo Assad sorrindo divertido para ele, Sasuke leva sua mão até a orelha com cara de nojo.

–O-O que você pensa que está fazendo seu cretino?! - Exclama ele surpreso, Assad dá de ombros.

–Nada de mais, fazendo o que mais gosto de fazer....atormentando você...já disse que esse é meu Hobby favorito? - Comenta ele olhando de soslaio para o Uchiha enquanto tinha as mãos em sua calça, Sasuke trinca os dentes.

–Vê se me erra seu idiota! - Exclama jogando as sacolas de lixo tudo de uma vez, Assad nega.

–Você deveria ser mais alegre Sasuke...talvez assim você não perderia tantos clientes, sorria mais vezes, tenho certeza que tem um belo sorriso... - Comenta Assad sorrindo gentil, Sasuke faz uma careta.

–Cuida da sua vida, não pedi nenhum conselho a você sobre como devo ser... - Fala Sasuke apontando para ele - Há pessoas que gostam do jeito que eu sou...

–Quem? Naruto? - Começa Assad sorrindo debochado novamente - As vezes me surpreendo ao pensar que ele tem tudo para ser o garoto mais incrível de se conviver, mas quando me lembro que vocês estão juntos sinto muita pena do Uzumaki, ele deveria ter um bom gosto para Namorados.... - Assad nega com os olhos fechados, mas ao abri-los se surpreende com o punho de Sasuke vindo em direção de seu rosto, ele desvia por pouco dando um passo para trás, Sasuke tinha a expressão irada.

–Não diga o que você não sabe sobre Naruto seu maldito, não vou permitir que fale dele desse jeito... - Comenta Sasuke tremulo de raiva, Assad um pouco surpreso ainda, sorri.

–Ora vamos Uchiha, eu disse a verdade...sinto pena de Naruto por ter um gosto tão ruim para namorados, tenho certeza de que eu o faria muito mais feliz do que você... - Comenta ele arriscando sua vida, Sasuke engole a respiração e com um urro tenta acertar um novo soco, mas dessa vez Assad segura o punho entortando o braço do Uchiha para trás, enquanto que com a outra mão segura a testa de Sasuke trazendo a cabeça dele para perto de seu ombro.

–M-Me solta seu cretino!! - Exclama Sasuke com os dentes trincados, Assad sorri e se aproxima do ouvido de Sasuke.

–Só irei larga-lo se você se acalmar.... - Murmura ele com a voz um tanto rouca, Sasuke sente um arrepio ruim correr por seu corpo enquanto sentia vontade de tomar banho com álcool por ser tocado por aquele cara, Sasuke para de se mover e Ravi aos poucos o solta - Você deveria aprender a conversar mais vezes, nem sempre recorrer a violência é bom...seu pai nunca lhe ensinou isso? - Pergunta Assad com as mãos na cintura, Sasuke que esfregava os pulsos, espreme os olhos ao se lembrar do pai.

–Você deveria apenas calar a boca....o que você sabe sobre mim? O que você sabe sobre Naruto? O que você sabe sobre nossas vidas? Apenas fique na sua e não atrapalhe minha vida...você nunca entenderia o sentimento de amar alguém e não poder ficar junto dessa pessoa em paz.... - Sasuke diz olhando para Assad, o indiano apenas sorri irritando o rapaz que passa por ele bufando, ao mesmo tempo que Sasuke entrava de volta na cafeteria o sorriso de Assad diminui, ele com as mãos nos bolsos da calça olha para o céu, não queria, mas seus pensamentos viajaram longe enquanto raciocinava sobre as palavras de Sasuke.

–Será mesmo que não entenderia? - Murmura pensando na única mulher que ele já amou, um vento passa por ele mexendo em seus cabelos, Ravi olhando para o céu fecha os olhos sorrindo.


Notas Finais


Abraço Da Uzuu Neko-chan :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...