História The Princes - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Free!
Personagens Makoto Tachibana, Sousuke Yamazaki
Tags Free, Lemon, Novela, Romance, Yaoi
Visualizações 12
Palavras 1.397
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meu povo, foi mal a demora ae viu, tava com uns poblemas ai e tinha que cuidar das outras fanfic's, mais hoje naum me matem, é que bem... Trollei! kkkk, gente todos os caps passados foram um sonho do amkoto,kkkkkkkkk *Multidão enfurecida ataca*, aaaaahhhh!! fui!

Capítulo 6 - Dreams


Narradora Pov*

-Sonho Off*- 

-Ahhh!!- O Garoto de olhos Verdes bosque acoradava instavel de um sonho que tiverá.

-M-meu Kami-Sama... Que sonho louco. - O garoto que se atendia por Makoto, coçava a nuca, tendo na cabeça agora o sonho que lhe deixava um pouco duvidoso.

- Afinal que horas são... -  Dizia o garoto enquanto olhava o as horas no celular.

-Nossa, uma hora ainda falta... Não faz mal, vou  me arrumar para ir, assim conheço um pouco lá... - Flava Makoto se levantando da cama indo em direção ao banheiro.

Era o primeiro dia de aula do garoto, no seu primeiro dia no ensino medio na Samezuka Academy. Como, queria ter uma noção da escola, o garoto resolveu ir mais cedo pra conhcer o lugar, só para se ter uma noção de quão grande poderia ser os campos.

-... Mas com o tempo parei e fiz uma canção...Vou marcar de te ver e não ir...Uhum... Essa é a lei do retorno e não adiantaa chorar... Então pode me ligar, implorar eu não vou ligar... - O garoto de olhos verdes cantava, enquanto pegava sua bolsa, já vestido com o uniforme, pronto o garoto sai do apartamento, o trancando...

-Vadia... Haha... - Um sorriso sadico se formava nos labios do garoto de cabelos castanhos, apesar sa aparencia de "anjo" , sua personalidade se é ao contario. "Quem vê a cara, não vê o coração" afinal, essa era a frase que o definia.

-if i can go back to that day we met... I probably would just stay in bed... You rrun your mouth all over town... And this one goes out to the sound... Of breaking glass on my range rover... Pay me back or bitch it's over... All the presents i would send fuck my friends behind my shoulder...  Next time i'ma stay asleep i pray the lord my soul to keep... And you got me thinking lately... Bitch you crazy... And nothing's ever good enough... I wrote a little song for ya... It go Like: Dó Ré Mi Fá So fucking  done whit you, girl... So fucking done with all the game you play... I ain't no tic tac toe...Dó Ré Mi...  -

O garoto cantava pelo caminho á academia que não era muito longe. Cada palavra que era cantada, saia suavemente pelos seus labios, assim atraindo a atenção de algumas pessoas que as ouviam.

-Cheguei... - Murmura em frente ao portão de Samezuka, o garoto logo tira os fones, e adentra os campos... 

- É bem maior do que pensei... - Makoto fala olhando aos seu arredores,vendo aquele lugar com tão pouca gente...

-Oe! - Fala o menino, após esbarrar com um rapaz da mesma altura que ele.

-Perdão, eu estava distraido! voce está bem, não se machucou né. - Dizia o rapaz com o mesmo uniforme, ambos se olhavam, mas, não da mesma maneira. O olhar frio e insensivel e o olhar que transmitia tantos sentimentos, confortavel. O olhar sadico de Makoto e olhar quente e cheio de emoções do desconhcido.

-Ahh... Eu me chamo Sousuke Yamazaki, prazer em conhce-lo... - Sousuke falava estendendo a mão pra os menino que nem se preucupou em mexer um musculo.

-Hum...- Diz ele passando por Yamazaki sem ao menos pensar o que significava bons modos.

- E-ei! Voce está bravo comigo por ter esbarrado em voce. - Falava o moreno indo atrás do rapaz que já se encontrava sem paciencia.

-Olha! Não me encha muito as povocas, ok! Pelo amor de Deus, suma da minha frente! - Dizia Tachibana, já exausto daquele garoto, sem ao menos conhce-lo direito.

-E-ei... Err..- O rapaz desconhcido, tentava reagir, mas, nos labios de si, não haviam-se palavras.

-Não diga uma só palavra, só deixe-me em paz, ok. - Falava o rapaz de olhos bosque, andando ao encontro do predio, onde adentrou saindo da vista do desconhcido.

-Me desculpe... - Dizia em um sussuro arrependido, o rapaz desconhecido de olhos cianos, um olhar tão belo quanto corfortante...

.

.

.

Já nos corredores, passeiando pelo colegio, com a mente longe, estava Tachibana...

-Rin... - Agora o garoto que estava distraido com sua mente fora de area, agora estava totalmente focado no ruivo a sua frente, que sem querer deixou escapar o nome do porpio pelos labios avermelhados e carnudos.

-Makoto... - Dizia o ruivo com o olhar serio, encarando o ser de olhos verdes, que em momento nenhum se distraiu do ruivo, tanto ele quanto Makoto.

-MAKOOOO-CHAAAN!!! QUE BOM TE VER!!! - Dizia o ruivo pulando, e envolvendo Makoto em um "abraço de urso" mas, só havia um problema ali, Makoto não estava gostando nada.

-Muleque! Faz tempo que a gente não se ve! Desde que fui pra Australia, tu ainda tem essa cara de rabugento! Hahaha.- Dizia Rin rindo, enquanto Makoto só o fuzilava com os olhos.

-Não é mesmo, voce ainda tem cara de tonto Matsuoka, hahaha.- Makoto dizia "maleficamente" soltando uma risada gostosa.

-Mas, Matsuoka, diga-me, Oque faz aqui, Seguiu- me, Se for para me aborrecer vá dando no pé,ok. - Makoto falava com a face de descrença, jurava que pelo ao menos agora teria um pouco de sossego, pelo ao meno lá.

-Magoei agora com tu. - Dizia Rin com a cara de : Até parece que eu ligo pra isso!

-Hey! Diga-me, por que estava gritando com Souske na entrada, Makoto. Aconteceu algo. - Rin perguntava ao amigo que estava " Pouco se fudendo. " para "Sasuke" .

-Me chamou Rin. - Dizia Sousuke, "surgindo" de trás do ser de olhos verdes que já queria matar o propio.

-Ninguem te chamou. - Dizia makoto agora se retirando da frente do garoto, e dirigindo-se a parede onde o propio se encostou , ficando frente a frente com mabos, Rin e Sousuke - "Sasuke" .

-Err... é Sousuke... - Dizia o garoto um pouco deslocado, fitando o ser de olhos verdes, belos olhos verdes, gélidos, e sem emoçoes quentes, belos olhos verdes insensiveis.

-Ele se chama, Makoto Tachibana, Sousuke. - Dizia Rin. percebendo o desconfoto claro, do amigo que já coçará a nuca em nervosisimo aparente, e como conhecia muito bem Tachibana, sabia muito bem das manias e do jeito do propio.

-Makoto... - Dizia Sousuke em surpresa, pois alem de estar ainda mais dsconfortavel, confuso, tambem tinha que segurar o propio riso.

-Rin... Haruka... Makoto... - Estava, quase tendo um surto de riso, segurar o propio estava sendo bem dificil, mesmo, com Matsuoka, fazendo gesto de que iria arrebenta-lo, com uma aura sombria e um sorriso maligno estampado na face, estava dificil tentar não rir.

-Que cara de cu... - Dizia Makoto fuzilando o garoto, claro que com os olhos, infelizmente pare ele, apenas com os olhos.

-E-ei! Perdão! Não foi minha intenção irrita-lo! Desculpe-me Makoto! -Souske pedia pela segunda vez no dia, que mal começara, a Makoto. O garoto amaldiçoava a si propiopor ser tão deslocado assim, e considerava muito a chance de um assassinato acontecer ali, e tinha certeza que seria uma das vitimas lá.

-Bom dia, Sousuke, Rin.... E Diabo...-Lá estava mais uma vitima que será brutalmente esganada por Makoto, logo, logo.

-Voce conhce o Makoto Haru... - Sousuke perguntava ao Amigo. 

-Oe, Haruka. - Dizia rin acenando para o garoto de cabelos negros.

-Oe Matsuoka, Bem respondendo sua pergunta Sousuke, mais ou menos, só o conhceço por amigo, mais, de conhecer, de saber até a cor da calcinha dele, nem a pau, hahahaha. - Haru dizia rancando boas risadas de todos lá, menos é claro de Makoto. Logo Sousuke percebera o erro gandissimo do amigo, já começava a rir nervoso, só de pensar o jeto que Tachibana irá esquartejar cada um deles, já começa a se amaldiçoar por não ter começado a correr feito louco segundos atrás.

-Hahaha... - O que Makoto soltara um risada, não impossivel, para todos eles era impossivel, pois já sabiam que significava algo realmente ruim.

-Bem Haru... Quem usa um vibrador é voce, neh... - Makoto falava com o sorriso mais doce possivel nos labis, deixando os garotos extremamente assustados. - Quem tem fio  dental com lacinhos não sou eu, não é mesmo Matsuoka... - Continuava o menino, sempre que Makoto chamava rin de Matsuoka, udo estva fudido de vez!!! 

-É melhor nem abrir a porra do inferno da boca, Sou- Nee- Chan... - Dizia Makoto indo em direção a um dos corredosres e sumindo de vista...


Notas Finais


Me perdoem, kkkkkk, trollei geral, kkkkk, perdão gente, mais treta sempre é boaaa! Bjussss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...