História The Prisoner - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Cross Gene, Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Shin Won-ho, Suga, V
Tags Kim Namjoon
Visualizações 51
Palavras 1.621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu juro que tentei fazer uma treta daquelas, mas eu comecei a rir muito e não conseguir kkkkkk

Capítulo 29 - Vai se arrepender!


Fanfic / Fanfiction The Prisoner - Capítulo 29 - Vai se arrepender!

Não, sem chances - Eu estava andando de um lado para o outro numa tentativa falha de raciocinar - Eu não vou deixar ela fazer isso.

- Pensa bem Namjoon vai ser benéfico para todos nós - Jackson estava sentado em uma das poltronas do meu escritório com uma pasta em mãos

- Eu já disse não - respirei fundo tentando afastar a irritação que estava começando a surgir - Eu aceitei isso porque queria ter mais tempo com a S/N, mas se isso significa colocar a vida dela em perigo, pode desistir.

- Colocá-la em perigo? - riu debochando o máximo que pôde - olhe para ela! Olhe para você, para a situação de vocês dois, quem é você?

- Eu sou Kim Namjoon - passei as mãos nos cabelos e parei de andar em círculos para encarar o ser sentado a minha frente

- Não, aqui e agora, Você não é - olhei para ele com cara de "WTF?" - tecnicamente você é - pareceu pensar um pouco e eu revirei os olhos - mas não o mesmo que passou metade da vida correndo atrás de uma garota que o considerava um "irmão" - fez aspas com os dedos na última frase.

- Aonde você quer chegar com isso Jack?- sentei na minha poltrona sentindo a dor de cabeça me acertar em cheio.

- Nam, você não é o garoto que foi embora e se tornou alguém importante que pode ter tudo e todos aos seus pés e mesmo assim só deseja o amor de uma garota - argumentou e eu suspirei cansado - aqui, e agora você é o maior sequestrador de Seul.

- E a novidade? Da para falar sem rodeios? - coloquei as duas mãos sobre a mesa e ele girou sua poltrona para olhar diretamente para mim.

- Seu idiota, você sendo quem é faz a S/N correr muitos riscos, tanto ela quanto você - bateu uma das mãos na mesa - mesmo que agora ela seja conhecida como a senhora Kim ela ainda está sob perigo, exposta ou não é um risco do mesmo jeito, se ela for sequestrada a mídia vai pensar que foi algum ladrão barato querendo descolar uma grana fácil, mas você - apontou para mim e depois para o próprio peito - E eu sabemos que não é bem assim.

- Ela está segura comigo - afirmei mesmo sendo visível que nem eu tinha tanta certeza - Não vou entregar ela a cova dos leões.

- Namjoon, se por algum motivo virem atrás de você, com certeza vão pegar a S/N - ele estava certo, o maldito estava certo - cara você é tão teimoso.

- Ela é a minha garota Jack - abaixei a cabeça cabisbaixo - Não posso fazer isso com a minha S/N.

- Nam, você sabe todo o procedimento, não será só nós três os envolvidos - ouvir isso me acalmou de um certo modo, mesmo assim era demais - Vão estar todos, os seus e os meus amigos, você sabe, ela vai ficar bem.

- Eu não posso Jackson - joguei todo o meu peso no que me segurava enquanto mordia os lábios desconfortável com a dor - Não vou fazer a S/N participar dessa loucura.

- Que loucura? - Sua voz suave porém irritava passeou por toda a sala, lá vem coisa - Kim Namjoon, precisamos conversar!

- corre que o monstro está solto.

- Você ainda não viu nada Jackson - rosnou vermelha de raiva - Aconselho que não queira ver.

- Oque eu te fiz agora mulher? - Seu olhar me fuzilava tanto que eu sentia sangue escorrendo espiritualmente por todo o meu corpo.

- É sobre isso mesmo - se aproximava cada vez mais com seu celular em mãos - Que história é essa de Sra. Kim? Você ficou maluco?

- Há! Eu disse - ria enquanto batia palmas - Eu te avisei que não daria certo!

- Cale a boca ou eu arranco sua língua fora imbecil - ameacei tentando fazê-lo calar a boca por um minuto - S/N venha aqui - bati as mãos em meu colo e ao contrário do que pensei ela nem protestou

- Namjoon os meus pais - olhou em meus olhos assim que se sentou e eu não pude desviar o olhar - Oque acha que eles vão pensar de mim?

- Não se preocupe com isso S/N é tudo parte do plano - agora eu fuzilava Jackson com os olhos.

- Que raios de plano é esse? E oque eu tenho a ver? - era claro e visível a curiosidade em seu tom de voz - Oque vocês estão armando?

- Nada - ela revirou os olhos, ela sabia que era mentira - na hora certa você vai saber, eu prometo - sussurei a última parte em seu ouvido e mordisquei de leve o seu pescoço oque fez ela arrepiar e eu ficar extremamente feliz por saber o quão rápido seu corpo reagia a mim

- Hum, enquanto isso eu... Bem - Se levantou rapidamente indo até a porta, segurei o riso - vou estar lá embaixo, tchau Nammie.

- Tchau pra você também S/N - Meu amigo provocou.

- Vai se ferrar - foi a última coisa que ouvi antes da porta se fechar e eu cair na gargalhada.

- bem feito!

Kim Namjoon OFF 

Não adiantava oque ele dissesse ou achasse não mudaria a preocupação que eu estava sentindo, era tudo muito recente, aquele celular, aquela notícia, saber o quão bravo meu pai estava, isso tudo era muita coisa para uma cabeça só.

- Oque está pensando S/N? - Minji me perguntou assim que me sentei com elas

- Deve estar se lamentando pelo tempo de interesse do Namjoon por ela ter se esgotado - Cha Sih Ah ria cínica

- Oque está se esgotando é a minha paciência, que no caso já não é muita - encarei sua cara de bolacha murcha - E se você não fazer o favor de calar essa sua boca eu vou -

- Vai fazer oque? Mandar aqueles seus amigos gostosos fazer algo comigo? - me interrompeu - porque se for isso vai me fazer um favor.

- Desculpe os MEUS amigos gostosos não ficam com vadias - retribui o sorriso cínico

- É por isso que eles não quiseram você?

- Olha aqui garota eu vou ralar a sua cara no asfalto até desfigurar essa sua cara feia - ameacei perdendo todo o controle que ainda me restava.

- Você não está tão maluca assim - riu duvidosa

- Ah é? Pois eu avisei - dito isso avancei encima dela e segurei seu cabelo com força fazendo todos arregalar os olhos - Eu vou ensinar você a não mexer comigo

- ME SOLTA SUA LOUCA! ME LARGA - começou a gritar enquanto eu puxava ela até os portões - ME LARGA SOCORRO!

- Abre isso - apontei a porta para Taehyung que me olhava intrigado - ABRE ESSA PORRA AGORA!

- É pra já - ele abriu o portão e Sih fechou os olhos certamente pela luz forte, Taehyung estava apenas de camarote vendo tudo.

- Vadia desgraçada - joguei ela contudo no chão - Vai se arrepender - segurei seu cabelo pela segunda vez agora puxando mais forte

_ OQUE VOCÊ VAI FAZER MEU SOLTA - Gritou mais ainda e eu fiz o favor de sair arrastando ela pela grama enquanto ela cuspia Mato - P-PARA S-SUA MALUCA!

- VOCÊ AINDA NÃO VIU NADA PIRANHA - subi encima dela depositando tapas com toda a minha força em seu rosto - EU AVISEI PRA NÃO MEXER COMIGO.

- ME SOLTA, ME LARGA - Gritava mais e mais e eu ria enquanto segurava seu cabelo e esfregava sua cara na terra

- COME CAPIM SUA VACA, COME TUDO MESMO - Levantei chutando sua barriga - AINDA ESTÁ COM FOME?

- M-MALUCA - tentou levantar mais eu empurrei seu corpo de novo pro chão - VOCÊ ME PAGA SUA IDIOTA.

- OQUE É ISSO? - Jimin apareceu do nada e eu apenas ria possessa pelo ódio - TAEHYUNG!

- OPPA! E-ela me m-machucou - começou a chorar quando o MEU amigo se aproximou.

- OPPA? VOCÊ QUER MORRER DESGRAÇA MAL GERADA? EU VOU TE ENSINAR A CHORAR DE VERDADE - subi encima dela puxando seu cabelo e a esmurrando enquanto ela gritava - NUNCA MAIS O CHAME ASSIM SEU PROJETO DE PRAGA DESCONHECIDA.

- S/N OQUE É ISSO SE CONTROLA - Jimin me puxava tentando me segurar enquanto eu me debatia - Tae porque você não fez nada?

- E perder a S/N possuída pelo demônio? - riu e tentou levantar a vacaranha do chão - Não mesmo, depois do que eu vi aqui nunca mais provoco essa menina.

- EU VOU TE MATAR SUA MALUCA! - Ela gritou levantando a cabeça.

Essa vadia acabou de me ameaçar?

- REPETE ISSO SUA VADIA EU NÃO OUVI DIREITO - Comecei a me debater tentando me soltar- ME SOLTA EU QUERO DAR NA CARA DELA, VOU BATER COM A CABEÇA DELA.

- S/N se acalma - o coitado tentava me segurar e com custo consegui chutar a barriga da piranha fazendo ela se contorcer de dor.

- REPETE OQUE VOCÊ FALOU CACHORRA! - gritei soltando uma risada diabólica e me examinei mentalmente só para garantir que não tinha nenhum dano

- Vem, vamos levar essa pra enfermaria - ele segurou o resto de humano que tinha em seus braços.

- Pelo amor de Deus mantenha ela longe da S/N - Jimin me soltou um pouco mas não totalmente.

- É Melhor mesmo - avisei mordendo os lábios e me acalmando aos poucos, só de ver o estrago que fiz naquela perua já era o suficiente.

- Oque está acontecendo aqui? - nesse exato momento meu corpo tremeu, todos olharam para trás, e eu engoli em seco.

Quem se ferrou? Eu.


Notas Finais


Kkkk até o próximo ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...