História The Prophetic Dreams (Imagine Park Jimin) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bts, Ficção, Imagine Park Jimin, Oraculo, Sonhos Proféticos
Visualizações 6
Palavras 1.797
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CHEGUEI MINHA GENTE! Desculpe a demora para postar, sério, Gomen!
Mas bem, cá estou eu com mais um capitulo!
Antes de iniciarmos este capitulo, deixa eu esclarecer umas coisas:
1° A personalidade de alguns personagens será ALTERADA! Assim como as idades.
2° Jin tem 21 anos, Namjoon 20, S/N e Tae 18, Junggyu 13 e Eunjin 12.
3° Terá outros grupos nessa fanfic, além do BTS, estes serão inseridos aos poucos!

Capítulo 2 - Chapter I - Was it a prophetic dream?


Estava dormindo calmamente, bem, até sentir um peso sobre mim que logo começou a me sacudir, e mesmo com os olhos fechados sabia quem era, a peste do meu irmão gêmeo mais nem um pouco parecido comigo, Kim Taehyung, a linda peste que me perturba todos os santos dias.

 

—Bom diaaa S/A! — Disse a peste animada, como se acordar as cinco da manhã fosse algo bom.

 

—Bom dia é o cacete, só o fato de eu ter que acordar cedo já torna o dia ruim. — Disse com meu costumeiro mau humor matinal, arrancando um riso do meu irmão mais novo -este que era mais novo apenas por dez minutos, mas eu ainda assim tirava o proveito por ter nascido antes-. — Agora sai de cima de mim, sua peste, porque você não é nem um pouco leve!

 

—Ok, ok, senhorita mau humor. —Ele ri enquanto sai de cima de mim, começando a ajeitar seu uniforme.

 

—Ah vai se lascar garoto. — Levanto-me da cama, indo direto para o meu banheiro fechando a porta do mesmo, eu retiro minhas roupas e logo entro no box, ligando o chuveiro.

 

PV’O Kim Taehyung

 

Assim que S/N entrou no banheiro, eu fui em direção de sua cama, a onde me sentei. Eu tinha que esperar ela para poder descer, pois caso contrário, Jin -meu irmão mais velho- me mataria, o que eu não entendia, já que por mais que S/N não gostasse de acordar cedo, a mesma nunca faltava no colégio -mesmo se estivesse doente-, isto sendo pelo simples fato, da minha irmã gêmea, mas nem um pouco idêntica, ser a vice-presidente do grêmio estudantil, o que a faz não poder faltar.

Depois de não muito tempo esperando, vejo S/A sair do banheiro, já pronta, como sempre.

 

—Aleluia viu. — Falo de forma brincalhona, recebendo um pequeno peteleco em minha testa. — Au! Sua agressiva.

 

—Vai se lascar Kim Taehyung, nem doeu. — Fala rindo, enquanto pega sua bolsa e sai do quarto, sendo seguida por mim.

 

—É porque não foi em você, seu avatar! —Brinco com minha irmã, já que a mesma continha um metro e oitenta de altura.

 

—Eu não sou azul, para ser um avatar. — Riu da minha brincadeira e me abraça de lado.

 

Eu e meus irmãos -já que eu contenho três irmãos e duas irmãs- nos damos bem, apesar das discussões constantes -destas que apenas meus irmãos mais novos, Junggyu e Eunjin, escapam-. Eu sempre me dou melhor com S/N, Junggyu e Eunjin, já que eu e S/N temos mais em comum, enquanto Eunjin e Junggyu são crianças, e eu simplesmente me dou bem com eles por isso, ao meu ver.

 

—Aleluia viu! —Fala Jin, o meu irmão mais velho, quando nos vê na escada.

 

—Aish Jinnie, nem demoramos tanto! —Diz S/N, com um biquinho manhoso nos lábios.

 

—Agora podemos tomar café certo Jin? Pois por mais que não estejamos atrasados agora, logo, logo estaremos por você querer discutir com os dois. —Fala desta vez Namjoon, o segundo irmãos mais velho.

 

Nossa família é um pouco confusa, ao ver de outras pessoas, quando ninguém explica nada, mas é simples a nossa vida. Nossos pais não ligam muito para nós, e nos emanciparam quando Jin tinha dezessete anos -e agora o mesmo contém vinte e um anos, enquanto Namjoon contém vinte-. Jin é como nossa mãe, enquanto Namjoon é como nosso pai. Nossos pais costumam mandar dinheiro toda semana, mas ainda assim Namjoon trabalha, enquanto Jin fica em casa, fazendo as tarefas domésticas ou cuidando dos mais novos, quando eu ou S/N não estamos.

Tanto Namjoon quanto Jin, fazem faculdade, enquanto Jin faz faculdade de culinária, e Namjoon cursa administração. Eu e S/N estamos ainda no High School*, na realidade no último ano, o que é de certa forma bom. Já Eunjin está na Elementary School* enquanto Junggyu está na Middle School*.

 

—Woah Taehyung, acorde para a vida, criança! —S/N me da um peteleco no nariz, o que de certa forma me irrita.

 

—Aish, não preciso agredir! —Digo e logo me sento em uma das cadeiras -ao lado de Eunjin- e começo a comer.

 

PV’O Kim S/N

 

Eu me sento na cadeira ao lado de Jin e começo a comer, assim como o resto dos meus irmãos. Assim que o café da manhã se dá ao fim, todos subimos para fazer a mesma coisa escovar os dentes. Depois que termino de fazer tal ação matinal, desço as escadas logo me deparando com meus irmãos, e logo junto-me a estes, esperando a caçula, Eunjin, descer, assim que vemos a pequena Kim, nós rumamos para a porta, saindo pela mesma. Como sempre, entramos na van, sentando cada um em seu lugar costumeiro, e esperamos Namjoon chegar aos destinos.

 

[...]

 

Depois de exatas meia hora, chegamos ao nosso destino, Namjoon para na frente do colégio e logo eu, Taehyung, Junggyu e Eunjin descemos. Nós nos despedimos de nossos irmãos mais velhos e entramos dentro do colégio, também conhecido como inferno. Como sempre, Eunjin e Junggyu vão para o seus andares -já que nosso colégio contém o andar para cada “escola”, podemos assim dizer, já que contém um andar para o Elementary School, outro para Middle School e High School-, enquanto Taehyung continua no mesmo andar, só que claro, o mesmo se distancia, indo até seus amigos.

 

—S/A!!!! — Ouço o grito histérico de minha melhor amiga, Lisa, e logo vejo Jennie, Jisoo e Rosé vindo junto a ela -com a diferença que as outras três caminhavam calmamente-.

 

—FLORZINHA! — Corro também até Lisa, e a abraço quando chego a até si.

 

—Meu deus, parece que vocês duas não se veem a séculos! —Ironiza Jennie, que logo ri de nossa “felicidade”.

 

—Eu também estava com saudade de você, Dongsaeng! —Completo abraçando a mais nova, enquanto dou risos controlados.

 

—Ok, ok, não precisa de tanto carinho não, okay senhorita Kim? —Jennie fala rindo, enquanto se desgruda do meu abraço.

 

—Você viu isso Unnie? Me dispensou na cara dura! —Choramingo indo até Jisoo, a abraçando.

 

—Tadinha, não se faz isso com uma criança, Jennie! —Brinca Jisoo e eu apenas dou risadas.

 

—Então né, eu acho que vou embora, porque eu sou a excluída daqui. —Dramatiza Rosé, enquanto olha para nós com uma cara de descontentamento.

 

—A gente te ama Rosé. —Lisa a abraça de forma fofa.

 

Continuamos conversando e brincando, porém como cada uma tinha suas tarefas escolares, nos separamos indo para lugares diferentes. Eu fui para a sala do grêmio estudantil, organizar poucas coisas que deixei sexta. Como eram ao todo apenas duas pastas de alunos veteranos, eu terminei rapidamente, em hora de ainda conseguir vagar pelos corredores e torcer para não encontrar o garoto de minha profecia.

 

[...]

 

Estava quase no horário de inicio das aulas, e claro, eu agradecia por não ter encontrado o garoto que vi em meu sonho. Como estava distraida, acabei esbarrando em alguém, o que me fez murmurar e rezar para não ser o garoto, mas assim que ergui minha cabeça e vi o ser em minha frente, eu gelei, era o mesmo garoto, com uma única diferença seus cabelos não estavam da coloração rosa, e sim, negra. Eu não sabia se sorria, por talvez a profecia estar errada, ou corava muito, por ele simplesmente ao meu ver, ficar muito melhor de cabelos negros. Mas acho que meu corpo decidiu fazer os dois, já que não demorou muito para minhas bochechas começarem a arder e um sorriso surgir em meus lábios.

 

—Ahn… Olá? — Ouvi sua doce voz se pronunciar, e eu rapidamente voltei a realidade.

 

—A--Ah, desculpe, eu sou um desastre ambulante! —Cocei a nuca, envergonhada.

 

—Sem problemas. —Sorriu doce— Chamo-me… -Eu o cortei.

 

—Park Jimin. — Disse e logo corei— F--Faço parte do conselho estudantil, t--tenho acesso as fichas dos alunos. —Tento me explicar enquanto faço gestos desesperados, mas claro que eu havia mentido, já que não tinha tido acesso às fichas dos novatos, desta vez.

 

—Ah sim. —Disse o garoto a minha frente, soltando uma risada gostosa de se ouvir, mas será que tudo nesse garoto e maravilhoso?

 

—A propósito, chamo-me Kim S/N —Digo tentando ser fofa, o que eu acho que falhou completamente.

 

—É um prazer lhe conhecer. —Sorriu— Bem… Eu estou um pouco perdido, preciso ir para a sala 3A. —Coçou a nuca, olhando-me, o que me fez desviar o olhar.

 

Na realidade eu desviei o olhar quando ele disse o “prazer em lhe conhecer”. Mas a questão é, porque? Simples, eu sou uma garota poluída, e pensei coisas pervertidas na parte do “prazer”, e se não fosse a minha timidez -graças a ela, claro- eu teria dito isso ao garoto a minha frente.

 

—Somos da mesma sala! —Disse animada— Venha, vou lhe levar para lá, já, já a aula irá começar! — Falo e logo começo a andar, porém para a minha infelicidade, o sinal toca o que faz os corredores virarem uma zona, e me perder do novato.

 

Olho em volta desesperada, e logo sinto uma mão na minha. Coro violentamente e vou ver de quem é aquela mão, e adivinhem, isso mesmo é do senhor Park gostoso Jimin! Ok, eu sou ter um ataque cardíaco a qualquer momento, ou vou surtar e falar merda, o que não é muito bom.

 

—Acho melhor ficarmos de mãos dadas, para não nos perdermos. —Diz o garoto com as bochechas levemente coradas, e eu? Apenas assinto.

 

Começamos a andar pelos corredores, desviando dos alunos que ainda permaneciam nos corredores. Não demorou muito para chegarmos a sala, e claro, assim que aparecemos na porta, todos olham para mim, principalmente o meu irmão e Jisoo, que me olham com sorrisos maliciosos. Eu solto da mão de Jimin e tecnicamente corro para o meu lugar.

 

Aish, minhas bochechas estão queimando! - Penso e logo tampo meu rosto com as mãos.

 

[...]

 

Assim que as aulas acabam, eu saio da sala às pressas, logo indo para fora do colégio. Eu decido ir apé, para evitar falar com Kim Jisoo, pois eu sabia que aquele ser me encheria de perguntas. Claro que eu precisaria avisar meus irmãos, então simplesmente pego o celular do bolso de minha saia enquanto iniciava minha caminhada. Entro no grupo da família, cujo esta eu havia criado, para facilitar a comunicação com meus irmãos.


 

[Familia Linda <3]

 

Eu: Oppas, busquem apenas Tae, Eun e Jung, hoje irei apé.

 

Jinnie: oxi, mas por qual motivo?


 

Eu: Quero caminhar um pouco, apenas isso.


 

Pestehyung: MENTIRA! ELA ESTÁ EVITANDO FALAR COM A JISOO SOBRE O NAMORADINHO DELA!

 

Jinnie: Namoradinho? É O QUE SENHORITA S/N?

 

Eu: Tchauzinho Omma, te amo!


 

Desligo rapidamente a tela do meu celular e saio correndo. Motivo? Uma Jisoo desesperada me procurando!

 

[...]

 

Assim que cheguei em casa, corri para o meu quarto, tomei um banho e me joguei na cama, logo pegando no sono, por estar cansada da corrida que havia feito.

 


Notas Finais


*Elementary School: equivalente ao fundamental 1
*Middle School: equivalente ao fundamental 2
*High School: equivalente ao ensino médio.

Obrigada por lerem.
~Xoxo Sayonara

(CAPITULO NÃO REVISADO!)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...