História The Proposal - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Proposta, Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette
Visualizações 1.169
Palavras 2.290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Lírica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi amores, já estava com saudade! Eu disse que eu postar só após o enem, mas ia demorar muito aí eu fiquei com dó de vocês!
Então aproveitem esse cap fresquinho!
Próximo agora realmente depois do enem, bjosss <3

Capítulo 24 - Let's go


Fanfic / Fanfiction The Proposal - Capítulo 24 - Let's go


Abro os meus olhos encontrando o rosto sereno e adormecido de Justin. Ontem tivemos uma noite e tanto apesar da nossa discussão. Eu nunca pensei que seria possível ter mais de três orgasmos em uma noite, mas Bieber me mostrou que isso é possível. E me mostrou muito bem diga-se de passagem. Olho para o seu corpo nu e me aproximo, esfrego meu nariz no seu braço subindo até o seu ombro sentindo o cheiro fresco de sabonete. Distribuo alguns beijos até chegar no seu maxilar definido. Beijo sua bochecha sentindo a textura macia de sua pele. Bieber se mexe e eu petrifico, não sabia se ele ia aprovar o que eu estava fazendo.
—Não para.- ele diz com uma voz rouca e de olhos fechados. Beijo a ponta do seu nariz e levo minhas mãos para seu cabelo massageando-o. Justin circula minha cintura com um dos seus braços e me puxa para perto.
—Temos que descer.- aviso e ele faz um careta. —Você tem suas visitas.- digo me referindo a Chaz e Ryan.
—Posso expulsá-los?
—Justin!- repreendo e ele ri.
—Estou brincando Katie.- ele diz fazendo o meu coração acelerar. Pode ser bobo, mas eu adoro quando ele me chama assim.
—Vai se trocar.- peço saindo da cama.
..

 


—O que vamos fazer hoje?- Chaz diz se jogando no sofá ao meu lado.
—Não sei Chaz.- respondo. —O que você quer fazer?- pergunto.
—É melhor você nem saber Katie.- Ryan diz se jogando do meu outro lado. —Cadê seu marido?- pergunta.
—Ele foi levar uns papeis para Jeremy.- dou de ombros. —Mas já deve estar chegando.- digo.
—Falando de mim?- Justin diz entrando na sala.
—Olha o diabo aí.- Ryan fala. Bieber vem até mim e estende sua mão. O olho confusa mas aceito, ele me puxa e senta no meu lugar me fazendo sentar no seu colo.
—Justin, tinha uma sofá na sua frente.- digo.
—E deixar você no meio desses dois marmanjos. Eu não.- reclama.
—Então eu sento lá.- falo tentando sair do seu colo mas ele não me solta.
—Ah não, assim está bom.- ele diz.  —O que estavam falando?- pergunta.
—Em o que vamos fazer hoje.- Chaz diz.
—Não sei.- Justin diz e fica pensativo. —Acho que o Chris está por aqui, podíamos chamá-lo.- diz.
—Bacana.- Ryan responde. —Ele podia convidar umas amiguinhas.
—Aquelas bem gostosas.- Chaz diz lambendo o beiço.
—Ah mas aí não íamos sair do quarto.- Justin diz malicioso e eu o olho inconformada.
—Bieber.- reclamo.
—Você não reclamava quando nós estávamos no quarto e eu estava chupando a sua b..
—Justin!- grito e tapo a sua boca. Os meninos caem na gargalhada. —Vou te matar.- sussurro para ele que ri. 
—Me da um beijinho.- ele beija meus lábios mas ainda fico com uma cara emburrada.
—O casal pode parar de se comer um pouco?- Ryan diz.
—Vou ligar para ele.- Justin diz e eu encosto a minha cabeça no seu ombro.
—Sem amiguinhas.- digo.
—Com amiguinhas.- ele diz e eu bufo. —Alô Chris?... É o Bieber.. To bem cara.. Então Ryan e Chaz estão aqui em casa, topa vir... Mas é claro... jeitosinhas né... falou então.
—E então?- Ryan pergunta.
—Daqui meia hora ele chega.- diz.
—E as garotas?- pergunta.
—Vai ver o que ele pode fazer.- Justin diz sorrindo e eu reviro os olhos. Saio do seu colo e vou para a cozinha, eu não estava brava. Afinal era só uma porra de contrato.
..

 


—Fala aí Christian.- Justin o abraça e logo em seguida os garotos fazem o mesmo. Havia uma garota ao seu lado e não várias, o que acho estranho.
—Caramba Cris, eu pedi várias garotas e você me trás a pirralha da Caitlin.- Ryan diz.
—Olha como fala comigo o paspalho.- ela da um tapa nele e ele ri abraçando-a. Caitlin, esse nome me era familiar. Espera aí, é a irmã dele que gostava do Justin? Ah não era só o que me faltava.
—Nossa Caitlin, seus peitos finalmente nasceram.- Chaz diz provocante.
—E eu ainda estou esperando a sua barba babacão.- ela não se deixa abater.
—Chris lembra da Katherine?- Justin me puxa.
—Sua esposa, claro. Como vai?- pergunta.
—Bem e você?- digo.
—Muito bem.- ele responde.
—E essa é a Caitlin uma amiga nossa e irmã do Cris.- ele me apresenta. Era ela mesmo.
—Olá.- ela me abraça.
—Oi é um prazer te conhecer.- digo e ela sorri, não parecia um sorriso falso.
—E as garotas?- Chaz pergunta.
—Vão vir a noite. Consegui duas.- Cris diz.
—Uma é minha.- Ryan diz.
—Cala a boca.- Chaz fala.
—Podíamos ir na piscina.- Justin diz. 
—Aprovo.- Chris diz. —Mas não terei roupa depois.- fala.
—E eu não tenho biquíni.- Caitlin diz.
—Vai de calcinha e sutiã, não tem nada aí que nós não vimos.- Ryan diz.
—Como é?- Chris pergunta.
—Já tomamos banho aos seis anos lembra?- Ryan se explica.
—Sei.- Chris diz ainda com um pé atrás.
—Acho que eu tenho um biquíni sobrando.- digo. —Vem.- a chamo. Entrego para ela o biquíni. Enquanto vou atrás do meu.
—Quanto tempo você e Justin estão casados?- ela pergunta.
—Alguns meses.- digo.
—Legal. Eu achei que ele ia ficar com a Melody para sempre. Ainda bem que agora ele está com você, ela era insuportável.- ela diz e não consigo não rir com isso.
—Não gosto muito dela.- digo.
—É bom mesmo, agora que ela trocou de lado vai que né.- ela diz.
—Então..- eu não consigo não tocar no assunto. —Você gostava do Justin né.
—Bem, defina gostar.- ela ri. —Eu era uma criança não sabia o que era o amor. Justin é um ótimo amigo e só isso.- ela diz e fico aliviada.
—Pode se trocar aqui que eu vou ao banheiro.- falo e ela concorda.
..


—Fio fio.- escuto um do assovio de um dos meninos enquanto eu e Caitlin estamos indo até a piscina. Deixo a toalha em uma cadeira e entro na piscina.
—Que gelada!- falo tremendo sendo seguida por Caitlin.
—Vocês perceberam que nós somos quatro homens e só tem duas mulheres aqui.- Ryan diz. —Dois vão ficar de fora.
—E uma dela é minha esposa, agora vocês só tem uma.- Justin diz me puxando.
—Saiam de perto da minha irmã.- Chris avisa a abraçando.
—Vem aqui Ryanzito.- Chaz diz abrindo os braços.
—Ai Chaz seu gostoso.- Ryan pula nele.
—Seus gays.- Bieber diz rindo. Faço um coque no meu cabelo e sinto uma respiração quente no meu pescoço me arrepiando. Justin planta um beijo no local e coloca a mão na minha cintura. —Você está tão gostosa que eu só penso em te foder.
—Estamos em público.- digo.
—Vamos para o banheiro.- pedi.
—Eles vão desconfiar né.- digo e ele bufa.
—Quero beijar o seu corpo todinho.- ele diz me virando para ele e grudando a sua boca na minha.
—Da para parar com o agarra agarra?- alguém grita nos separando.
—Ughh.- Justin reclama.
—Vamos jogar algo.- Chaz nos chama.
—Eu queria mesmo era jogar o seu biquíni para longe.- Justin diz e eu rio, ele estava impossível hoje.


..


—Caraca moleque, estou morrendo de fome.- Chaz diz passando a mão na barriga. Após a piscina e todos já terem ido tomar banho estávamos descansando na sala.
—Minha mãe não está em casa. Pizza?- Justin sugere.
—Tem esposa para que?- Ryan pergunta.
—Pra fazer comida para marmanjo que não é.- digo tacando uma almofada nele.
—Vamos de pizza mesmo.- Chris diz. —Pedi uma a mais, porque daqui a pouco as visitas chegam.
—Agora sim, ai papai.- diz Chaz.
—Ridículos.- Caitlin bufa.
—Fico com ciúmes não anã.- Chaz provoca.
—Cala a boca.- ela diz.
—Vou ligar.- digo saindo do sofá. —Querem do que?
—Queijo.
—Frango.
—Calabreza.
—Portuguesa.
—Calma aí.- digo com tanta falação. —Vou pedir meia de cada.- aviso.
—Você tem álcool aí né Bibão?- Ryan pergunta.
—Claro né.- Justin responde. Dim Dom
—Deve ser as garotas.- Chris diz alegre. 
—Vou atender.- Justin diz mas eu o agarro.
—Não, o Chris vai. Ele as conhece.- falo.
comigo.- ele diz levantando e indo até a porta. Ele volta com duas garotas loiras. —Galera essa é a Gabe e essa é a Gina.
—Oi.- elas dizem juntas.
—São irmãs?- alguém pergunta.
—Gêmeas!- elas falam ao mesmo tempo. Que porra louca era essa.
—Hm.. legal.- digo.
—Vamos esquentar isso aqui.- Chaz fala. —Oi garotas.- ele entrega uma bebida para cada.
—Vamos jogar.- Ryan diz.
—O que?- Caitlin pergunta. —Voltaram na adolescência?
— Não meu amor, coisa bem pior.- ele diz malicioso. —Façam um círculo. -  a gente obedece — Primeiro vamos estabelecer algumas regras. Os casados são café com leite.
—Como assim?- Justin pergunta inconformado.
—Não poderão beijar outros bocas e nem fazer coisas com partes sexuais.- explica.
—Eu não vou fazer isso!- Caitlin diz e ele tampa a boca dela.
—Mas se vocês quiserem esquecer o casamento por um dia...- Ryan fala e Justin fica pensativo.
—Não se esqueça que são direitos iguais Justin.- digo.
—Deixa para lá.- fala.
—Ok. Vamos começar. Pegue uma garrafa.
—Verdade ou desafio?- Chris diz desanimado.
—Não, só desafio. Mas nada de lamber o chão. Vamos ser adultos.- Ryan fala.
—Adultos jogando isso, aham.- debocho.
—Shiu!- ele diz para mim.
—Vamos começar.- ele pega a garrafa e gira. Cai nele e em uma das loiras. —Bico da garrafa quem faz o desafio, a bunda quem recebe.- ele explica. —Você e você.- ele aponta para desafiada e para a irmã dela. — Quero que vocês se beijem.- as duas se olham cúmplices e logo se beijam. Isso vai dar merda.
—Aooo Tche tche.- Chaz diz. Caitlin me olha com uma cara nada boa, e eu retribuo. Ele gira a garrafa Chaz para mim. Porra.
—Hm.. Katie Katie.- ele diz e olha para o Bieber. —Arrepie o Ryan. - Ryan sorri malicioso para mim e Bieber bufa ao meu lado. Suspiro. Fico de quatro e vou engatinhando até Ryan, esfrego meu nariz no seu pescoço e dou um chupão nele. Cumpro meu mandato. Volto ao meu lugar satisfeita.
—Se você ficar de pau duro Ryan...- Justin diz ameaçador e Ryan arregala os olhos.
—Próximo.- interfiro.
—Justin e Chris.
—Fecha os olhos.- Chris manda. —As gêmeas vão morder a sua orelha. Você tem que adivinhar quem é quem. Se errar, vai ficar de cueca.
—Ta legal.- Bieber diz fechando os olhos. As gêmeas vem e mordem.
—Direita Gina, esquerda Gabe.
—Acertou.- falo.
—Yes!- ele comemora.
—Vai de novo.- digo. Até que isso não era tão ruim.
—Gina e Caitlin.- a loira sorri maliciosa para Caitlin.
—Quero que tampem os seus olhos e cada um dos meninos vai beijar um local do seu corpo que desejar. Você vai escolher um para beijar.- ela diz fazendo Caitlin arregalar os olhos.
—Eu nã..
—Vai arregar?- Chaz diz. Mas esses dois não se bicam hein.
—Da um pano.- ela pedi.
—Ae.- Ryan comemora enquanto Chris fecha a cara. 
—Pronto.- ela diz ventada. Chris beija sua testa, Justin a ponta do nariz. Ryan o canto da boca e Chaz o pescoço.
—Hmm..- ela pensa. —Pescoço.- Chaz agarra a sua nuca e nem espera ela tirar a venda lhe tacando um beijão.
—Caramba.- digo e rio junto com os outros.
—Chega! Chega!- Chris interrompe. 
—Achei que vocês fosse se comer aí.- Ryan diz e Caitlin fica vermelha.
—Próximo por favor.- ela pedi.
—Gabe para Chris.
—Beijo triplo entre eu você e minha irmã.- ela diz.
—Obrigado Senhor.- ele fala antes de se beijarem.
—Caitlin para Katie.- Ryan diz.
—Quero que você tome vodka no corpo do Justin.- Caitlin diz. Olho para ele peço para deitar. Sento nas suas pernas e derramo vodka no seu abdomen. Passo a língua pelo líquido olhando para ele. Justin suspira me olhando.
—Sem sexo ao vivo.- Chaz avisa. —Vai.. Bieber e Katie.. de novo. Que porra hein.- ele fala e Justin ri.
—Faz um lapdance para mim.- ele diz. Levanto e coloco para tocar I put a smell on you. Assim que começa a música eu caminho até ele tentando ser sensual. Ele estava sentado no chão. Ajeito-me deixando Bieber no meu das minhas pernas e começo a descer rebolando até achar o seu colo. Faço movimentos nesta posição e Justin me aperta me beijando.
—Sobe.- manda.
—O que?- falo.
—Quarto, agora!- ele me tira do seu colo e sai me puxando. Não damos satisfação para ninguém. E nem precisava.
..

 


Acordo com uma dor de cabeça do cão. A ressaca estava brava. Olho para o lado e eu estava sozinha na cama. Mas logo a porta do banheiro se abre mostrando o paradeiro de Justin. Ele vem até a cama e volta a se deitar.
—Bom dia.- fala.
—Bom dia.- bocejo. —Acordou faz tempo?- pergunto.
—Agorinha.- diz. —Minha cabeça está estourando.
—Você lembra de ontem?- pergunto.
—Mais ou menos. Eu sei que no final eu parei na cama com você. O que não é uma novidade.- ele diz e eu rio.
—Caramba. Nós tivemos uma noite de amor, você disse que eu era o amor da sua vida. Foi tudo da boca para fora?- brinco com ele que sorri.
—Cala a boquinha.- ele diz me abraçando. Acaricio o seu braço.
—Gosto das suas tatuagens.- falo e ele me olha. —Quanto eu te vi pela primeira vez achei que fosse pegadinha. Um chefe novo e todo tatuado, era muito estranho.- digo e ele ri.
—Eu tenho que ser diferenciado né.- ele diz e eu sorrio.
—Essa é a minha preferida.- falo passando a mão na sua de cruz. —Ela te deixa muito gostoso.- falo maliciosa.
—Se você quer sair da cama hoje, não fala essas coisa para mim mulher.- ele aperta minha bunda e eu rio até escutar um barulho alto.
—Ai porra!
—É o alarme do meu carro.- Justin diz.
—Os garotos!- dizemos juntos.
 


Notas Finais


É isso gente, desculpe pelos erros!

Boa sorte aí para quem vai fazer vest e enem!

Até o próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...