História The Protected Human - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Cativo, Proteção, Sangue, Vlad
Exibições 10
Palavras 1.159
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hoy, Então to reescrevendo para ver se fica melhor e mais agradável de ler
Então vamo la, espero que gostem!
🐰🌹📖

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction The Protected Human - Capítulo 1 - Prólogo

"_Como foi?.. Não me recordo muito bem.. So Sei que... A minha Mãe me colocou embaixo de uma arvore, O vento da neve fria batia contra meu corpo, Eu estremecia enquanto olhava em seus olhos..

(Mae) - "Não espere a Mamãe querida.. "

_Ela me enrolou em um Lençol me dando um beijo na testa e saindo correndo depois, Quis correr atrás delas mas minhas pequenas pernas congeladas não me permitiam, Eu me levantei com dificuldade saindo de debaixo da árvore.

(S/n) - M-Mamãe...

_Eu chamava por ela com uma voz fraca e estremecida, foi quando algo me impediu de caminhar Pouco mais, senti meu corpo sair do chão, quando Ergui minha cabeça para ver o que estava acontecendo Fiquei horrorizada, Um ser com uma aparência estranha me olhava com um sorriso largo e medonho..

- .."E o fim dessa ninhagem, Seu sangue e meu... "

_Ele segurava meus dois braços com suas mãos enormes e estranhas e os apertava, Após Dilatar seus olhos rapidamente moveu sua cabeça na direção do meu pescoço, Assustada Fechei os olhos apertando e logo senti meu corpo cair na neve novamente, Quando olhei a minha frente havia sangue na neve e no meu rosto, Mas eu não estava machucada, Logo o ser que me atacou cair no chão como num lance, E estranho com todo aquele frio eu disser que senti uma presença mais fria ainda, notei que o "monstro" que me atacou estava morto, Olhei para cima e notei uma silhueta de um homen, deduzi que ele que havia dado um jeito naquela criatura, Não consegui ver seu rosto.... Eu não lembro de mais nada, Devo ter ficado inconsciente... "

- Senhorita S/n?

_Sai do transe a viagem ao meu passado, Assim que meu motorista chamou minha atenção

(S/n) - Me desculpe... Falou Comigo?

- Sim, Perguntei como a Senhorita se sente hoje?

(S/n) - Estou bem obrigada, Ei... Eu tenho mesmo que ficar neste lugar?

- Sim Senhorita, As pessoas que cuidaram de você ate hoje, Não podem mais te dar segurança

(S/n) - Mas eu não me senti em perigo, em momento algum fiquei em perigo

_Eu disse respirando fundo e olhando para o lado de fora da janela

- E difícil para você entender, Eles descobriram sua posição Desde que foi entregue a nós, Os meninos a protege em segredo.

_Olhei ele pelo retrovisor do Carro.

(S/n) - Eles me vigiavam? Então eu nunca tive privacidade?

_Ele me olhou tambem

- A senhorita entendeu... Oh, chegamos

_Ele parou o carro em frente a Enorme Mansão , Ele saiu e eu abri a porta antes que o memso o fizesse para mim.

(S/n) - Então e aqui?

_Disse me posicionando e frente ao enorme portão

- Sim e aqui, Desculpe Senhorita, Não posso passar daqui.

(S/n) - Tudo bem, Eu... Eu vou ficar Bem, Obrigada!

_Ele fez uma breve reverência e logo entrou no carro e arrancou o mesmo saindo, Respirei fundo e olhei aquela rua deserta

(S/n) - Cabuloso... Nada de florzinhas amarelas

_Olhei aquele local meio acizentado

(S/n) - Vamos La

_Enchi o peito de ar e soltei me dirigindo ate o portão e abrindo o mesmo

(S/n) - O de casa... Ja estava aberto..

_Eu disse baixo apenas para mim mesma, Olhei aquele enorme jardim aonde havia apenas rosas vermelhas que se destacavam, O Jardim era bem bonito mas formal, Segui o caminho de pedras ali ate a porta que levava para dentro da mansão, Bati forte na porta que parecia ser uma madeira resistente e rigida, O barulho era alto mas ninguém me atendeu, Empurrei a porta que estava aberta e olhei antes de entrar.

(S/n) - Oi? Alguém em casa? Bom... Estava aberto e..

_Bufei baixo sem saber o que dizer, A enorme sala aonde eu me encontrava havia duas escadas quem levavam para ambos os lados, Parecendo aqueles castelos antigos, Sofás aparentemente bonitos e uma decoração bem basica com tons de vermelho por todo lado, Deixei minha mala ali e fui andando pelo lugar.

(S/n) - Bom, Eu realmente preciso que alguém me atenda e... Veja que eu cheguei... Pra não acharem que eu invadi e tal... Mas se for encomodo eu posso voltar depois... Ou nunca mais

_Disse a ultima parte baixo entrando em uma outra sala, Ali aparentava ser a biblioteca pela quantidade de livros, Caminhei admirando tudo ate ver um Piano de calda.

(S/n) - E lindo..

_Disse baixo me aproximando pela parte de trás, Passei a mão de leve por todo piano na intenção de chegar ate as teclas, Assim que me virei para ver as mesmas me deparei com o menino deitado sobre elas o que fez meu coração disparar, Ao mesmo tempo me assustei pesando a mão sobre as teclas mais graves num rápido movimento segurei minha mão e olhei o menino.

(S/n) - (Não acorda, Não acorda..)

_Esperei apreensiva mas ele não acordou, Me aproximei devagar para ver sua aparência, Ele tinha pele albina e cabelos negros, Um rosado em volta de seus olhos e boca, Deduzi que era por conta do frio, Parecia completamente um Anjo, Eu poderia passar o resto da minha vida olhando essa Cena que eu não ficaria entediada.

(??)- Não te ensinaram que e feio invadir?

(S/n) - He?!!!?

_Novamente meu coração disparou ao ouvir uma voz Calma num tom reconfortante mas Máscula atrás de mim, Rapidamente me vírei para olhar quem era ou o que era.

(S/n) - D-Desculpa, eu.. Eu chamei e bati mas..

(??) - ..Você não resistiu e ficou admirando o Yoongi dormir.

(S/n) - Y-yoongi? H-hein?

_O Menino riu de lado, Como o ser que eu estava admirando esse tambem tinha uma aparência perfeita, Seus cabelos Num toma de lilás mais pra cinza, Olhos totalmente penetrantes e rígidos o mais cinza quase transparente que podia existir, labios rosados também que atraia qualquer um para ele.

(SG) - O que e isso?

_Senti outra voz próxima a mim e me virei o memso instante vendo o menino que estava dormindo a 1 minuto atrás em pé ao meu lado como se estivesse acordado a um bom tempo, Encarei o dois tentando me afastar o máximo

(JM) - Quem e você? Filha do lobo mau?

(S/n) - O-oi?

_Os dois seres eram lindos mas tinham uma presença forte

(JM) - Então, o que fazemos com ela Yoongi?

(SG) - Ela…estava me observando?

_Ouvi a voz Mais grave desse Tal Yoongi e fazia arrepiar

(JM) - Vamos fazer aquilo

(SG) - Sim, Aquilo que fazemos com todas as meninas abusadas e aproveitadoras que encontramos por ai...

_Os dois me olhavam de forma totalmente estranha

(S/n) - Eu.. Eu pedi desculpas, eu não quis entrar assim e...

_Antes que eu pudesse almenos respirar para terminar de falar tudo a minha conta ficou mais rápido e quando me dei conta estava encostada na parede, o Menino de cabelo cinza estava com a mão no meu ombro o que me fazia ficar ali, ele estava be perto e me encarava, Olhei assustada e ele seu um sorriso de lado... 


Notas Finais


Ate o próximo!🐰🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...