História The Purge - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Uma Noite de Crime (The Purge)
Tags Interativa, Sleepingatlast, Survival, The Purge
Exibições 165
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


por dentro estou calma por fORA TEMER !!

Primeiramente, PAU NO CU DA CUBE. Segundamente, Juliana te amo e Robaldo também.

Capítulo 1 - Prólogo.


Estados Unidos, Califórnia, cidade de Los Angeles — West Shore High School, 03:45 PM.

 

 Mais um daqueles dias exaustivos na vida dos estudantes de West Shore chegava ao fim, dado o horário do relógio, restando apenas alguns minutos de estudo.

 

 Alguns tentavam responder o questionário do Sr. Fahnestock, outros conseguiam mexer em seus aparelhos telefônicos sob sigilo e Kylie não mantia a calma em seus pensamentos desorganizados.

 

 Ela continuava nervosa sobre amanhã.

 

— Sr. Fahnestock! — Chamou a atenção do professor, encarando a garota com as sobrancelhas arqueadas.

 

— Algum problema, Kylie?

 

— Esse é o meu primeiro ano vivendo nos Estados Unidos, estou aqui faz um mês, então queria saber… O senhor poderia me explicar mais sobre o expurgo? — Sua voz soava trêmula na visão dos seus colegas, que não continham risadinhas e comentários maldosos sobre a inesperada pergunta da estudante com nacionalidade britânica.

 

 O mais velho pediu ordem, e o silêncio voltava a reinar aos poucos dentro da sala de aula, mas sempre tem algumas exceções barulhentas que deixam a desejar.

 

— Bom, Kylie, o expurgo é basicamente um período anual de doze horas, das seis da tarde até as seis da manhã, no qual todo e qualquer crime é permitido, com pouquíssimas restrições. — O professor gesticulou com as mãos, com certa expressão séria em sua face. A turma prestava atenção, embora que já esperassem essa réplica do adulto.

 

— Blá, blá, blá. — Um dos alunos do fundo, conhecido popularmente como Kenny Trombadinha, reclamava em bom e alto tom, com os braços cruzados em reprovação ao discurso do outro.

 

— Os serviços emergenciais como hospitais e delegacias ficam suspensos durante o feriado, mas não se preocupe, você ficará bem. — Continuou Sr. Fahnestock, e Kylie se sentiu mais calma com as palavras tranquilizantes do seu professor.

 

— Quem disse? — Kenny não se calou, mesmo com os olhares de repreensão vindos de seu professor. Ele não dava a foda, como gosta de dizer. — Esse cretino aí fala que vocês estão fora de perigo, mas é tudo armação e arapuca, pois nenhum de vocês estão seguros. Pelos menos, não enquanto eu estiver solto pelas ruas. — Com sua mochila nas costas, levantou-se, e a atenção dos alunos de West Shore ainda centravam-se no moleque de quinze anos.

 

— Para de bancar o fodão, Kenneth. Você é só um pirralhinho melequento. — Um garoto mais velho confrontou Kenny, fazendo o garoto problema abrir um sorriso cínico em seu rosto ao usar aqueles adjetivos para referir-se a ele.

 

— Um pirralhinho melequento com mais pontos de Q.I. que você. — O som de suas botinhas pesadas se fez presente quando caminhou em passos lentos. — Eles falam que o expurgo é uma forma dos humanos liberarem seus instintos assassinos e transgressores, mas isso é uma puta mentira, já que só os ricos conseguem ficar protegidos, e os pobres ficam entregues à própria sorte. — Abriu os braços em desacreditamento, observando seus colegas com maior idade, cujo Kenneth julgava todos como idiotas.

 

 Nenhum teve coragem de opor-se ao que o mais novo dizia, aquele ato só comprovava mais ainda que a sua teoria que seus colegas eram todos idiotas.

 

— Mas a bagulho é o seguinte… — O relógio já indicava que restará apenas um minuto de aula, o suficiente para Kenneth jogar sua cartada final em mesa. — Eu sei onde você moram, mas vocês não sabem onde eu moro. — Guiou seu dedo para frente de seu peito, logo voltando sua mão para si. O garoto era um sem-teto, vivendo com alguns amigos bem mais velhos que ele, mas ninguém nunca soube dessa informação. — Nem toda a segurança que seus papais comprarem irão manter vocês livres do perigo que eu sou. — Deu as costas para todos, correndo para a saída da sala, aliviando a vontade que a maioria tinha de rir do moleque que falava demais.

 

 O sinal soou nos ouvidos dos alunos, que guardavam seus pertences ainda aos risos pela atitude do garoto mais novo.

 

— Por que vocês estão rindo tanto? Ele acabou de nos ameaçar! — Kylie alertou-os, o que só fez os adolescentes rirem mais ainda.

 

— Ele é conhecido como Kenny Trombadinha, Kylie. Ele não é um perigo como pensa que é.


Notas Finais


Olá amigos, como estão? Tranquilos?

Bem, acho que todos conseguiram entender o enredo então posso me poupar de explicações, mas basicamente é uma noite de crimes onde os crimes são permitidos e os personagens de vocês irão aproveitar esse feriado ou tentaram ficar seguros durante esse período! Irei usar algumas partes dos três filmes sim, então por isso a fanfic está nessa categoria, anygay.

॰*♡ AS REGRINHAS ✧*॰¿

✿ Fichas aceitas apenas por jornais ou tumblr.
✿ Não vale brigar com o amiguinho por aparência!
✿ Não tem limite para fichas, enviem quantas vocês quiserem.
✿ É pessoal, os expurgadores são tøp mas não mandem apenas expurgadores! Ambos os lados correm riscos de vida, sendo que é uma noite onde tudo pode acontecer.
✿ Não necessariamente os seus personagens tem de ser estudantes de West Shore, o colégio foi apenas onde eu preferi começar, os seus personagens podem vir de qualquer lugar e ter qualquer idade!
✿ Eu sei que minha forma de explicar as coisas pode não ser tão clara para alguns, então vocês podem pedir para mim pela timeline, por mais pequena que seja a dúvida.
✿ O primeiro capítulo sairá lá pelo início de janeiro, e não irá começar com o expurgo em si.
✿ Se você leu tudo isso, coloque “ora ora parece que temos um xeroque holmes aqui” no começo de sua ficha.
✿ Espero que todos fiquem vivos até o nascer do sol!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...