História The Purple - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, Xiumin
Tags Exo
Visualizações 7
Palavras 662
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, eu sei que tá bem ruim, mas eu fiz pra um amigo, então eu espero que gostem :').

Capítulo 1 - Capítulo único.


 Mais um dia chuvoso como sempre, as gotas que caíam se juntando com as poças de água que estavam no chão.
  E era mais um dia que eu iria tentar falar com Minseok que estava faltando demais a escola, mas iria falhar miseravelmente.

 Peguei meu guarda-chuva, abrindo o mesmo e ajeitando minha mochila que só estava pendurada em um ombro meu. Respirei fundo, e comecei a dar passos pequenos, as vezes pisando em poças que molhavam meu sapato ou até minha calça. Estava chegando em casa, quando vi uma carta que estava quase toda molhada bem na frente da minha porta.
 
 Andei mais rápido, pegando a carta com cuidado e entrando em casa, fechando meu guarda-chuva e balançando o mesmo para sair o excesso de água.

 Subi o mais rápido as escadas, entrando no meu quarto e colocando a carta em cima do criado-mudo e ligando o secador começando a secar.
 
 Meus olhos estavam se fechando levemente, e logo cai na cama e adormeci.

 Acordei com meu celular tocando, olhei pela janela que logo me lembrou Minseok, o céu estava com um tom lilás, estava chouviscando.
 Olhei meu celular para ver de quem era a ligação, e era de Minseok, me levantei rapidamente, desbloqueando meu celular e retornando pro mesmo, que na mesma hora atendeu.

 - Jongdae... - Minseok parecia estar triste pelo outro lado da linha.

- Minnie, por que você tá faltando tanto? Aconteceu alguma coisa ruim? - perguntei preocupado.

- e-eu... não estou bem.. - Minseok estava chorando.

 - O-oque aconteceu? - perguntei preocupado.

- Eu.. vou.. me matar.. - na mesma hora o mesmo desligou e eu comecei a tremer, busquei a localização de Minseok e o mesmo estava no prédio em que estava.

Peguei a carta e estava escrito com caneta roxa, e tinha o cheiro de Minseok, por alguns segundos aquilo me deixou hipnotizado, mas logo comecei a ler e era uma carta de despedida, e no final tinha uma foto de nós juntos quando éramos pequenos.

 Guardei meu celular, pegando uma jaqueta e saindo de casa rapidamente, comecei a correr o mais rápido que podia. O prédio de Minseok ficava perto da minha casa.

 Cheguei no prédio, o porteiro me deixou entrar já que me conhecia, corri até o elevador, apertando um botão pro mesmo ir para o terraço.

 Fiquei esperando agoniado, e quando a porta do elevador se abriu, seus fios de cabelos roxos batendo contra ao vento em seu rosto, me fazendo perguntar o por que de você estar fazendo aquilo, naquele pedaço de precipício, eu não estava preparado para isso.

 Me aproximei quase chorando e olhando pro Minseok de costas, até que o mesmo se virou.

- Jongdae, não.. me deixe fazer isso, por favor - seus olhos estavam vermelhos, já que ele estava chorando.

- Minnie, por favor, não - meus olhos já estavam se enchendo de água, fui me aproximando do mesmo até ficar em uma distância razoável.

- Desculpa, JongDae... - foi dando paços para trás quase perto de cair, até o mesmo deitou sua cabeça para trás caindo devagar.

 Na mesma hora, corri até o mesmo e segurei seu pulso o segurando forte o puxando ele pra mim, acabei caindo no chão com ele em cima de mim e o abracei forte colocando meu rosto em seu pescoço sentando com o mesmo.

 - Minnie, por favor.. não me abandone, eu gosto de você desde o 6° ano, eu não sabia como dizer, me desculpe por te deixar sozinho quando mais precisou, eu não aguento, não consigo te esquecer, tudo me lembro você, eu te amo! - disse chorando abraçando ele mais forte.

 Senti as mãos de Minseok pegar em meu braço e tirar a mesma, ele virou pra mim e me deu um beijo, que eu retribui. Então ele se afastou, e me olhou no fundos dos olhos.

 - JongDae, eu também te amo - ele me abraçou, e ficamos juntos ali, e eu não queria nunca soltá-lo.


Notas Finais


Feliz aniversário @ChoerryM!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...