História The Queen - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Tags Comedia, Drama, Novela, Original, Romance
Exibições 15
Palavras 654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - No promises


Fanfic / Fanfiction The Queen - Capítulo 2 - No promises

Joshua continua a me encarar e eu só consigo pensar no quanto isso é estranho.

-Josh pare de fazer isso. Digo 
-Fazer o que? Te encarar até te deixar constrangida?- ele responde com um leve sorriso.
Humm.. Então eu pego a colher do sorvete e passo em seu nariz.
-O que isso foi golpe baixo. Ophelia Williams você  vai ver eu vou me vingar por você ter feito isso!  Josh diz.
-Ótimo .respondo.

Quando voltamos para o carro josh pega minhas mão e a segura firmemente, como se tivesse a intenção de nunca mais soltá-las. 
-Josh? Pergunto um pouco confusa.
-Lya (esse é o apelido que ele me deu) eu acho que você não deveria ir para a seleção. Ele responde com um tom sério.
-Mas porque não? Você mesmo me disse que eu deveria fazer coisas novas, ou algo do tipo. Respondo.
-Sim, eu sei o que eu disse é só que eu acho que esse não é o jeito certo para se escolher uma mulher você entende? Ele me responde.
-Sim... É só que... Respondo a ele um pouco confusa.
-Não você não sabe.. Você é uma mulher diferente é especial e além disso não pode ser rotulada como um prêmio de uma "seleção". Aquelas meninas só querem saber de dinheiro e de como elas saíram na próxima edição de alguma revista. Você é melhor que isso. Ele me diz.
-Josh... Logo eu serei uma rainha, e eu preciso que você entenda isso.. Eu preciso ser reconhecida e além disso eu estou fazendo isso pelo reino, nós precisamos do dinheiro para conseguirmos melhorar as coisas e além disso eu posso tomar conta de mim mesma. Respondo.
-Está bem, está bem você já me convenceu. Mas eu sempre vou cuidar de você. Ela me diz, me dando um abraço.
Quando finalmente chegamos em casa eu corri mais rápido que consegui, pois não queria ter outra conversa exaustiva com mais ninguém, só queria deitar na minha cama, ouvir uma boa música e dormir muito. 
Anne entra em meu quarto perguntando se preciso de alguma coisa, mas digo que não e ela se retira do quarto.
Estava quase dormindo, quando ouço, algo batendo na minha janela. Levanto e
vou ver o que estava acontecendo. 
Abro as portas de vidro quando vejo Luck tentando entrar em meu quarto. Então eu pego uma escada para ele subir.
No momento em que ele entra em meu quarto nós ouvimos passos no corredor e ele rapidamente se esconde no banheiro.
-Luck, pode sair eles já foram. Digo.
-A essa hora todos já não deveriam estar dormindo? Ele me pergunta.
Quando ele sai do banheiro e pega na minha cintura e chega tão perto do meu rosto que consigo sentir sua respiração e ele me puxa para mais perto onde nossos olhares se cruzam e ele me beija ferozmente e é como se meu corpo não me obedecesse mais, não resistia aquele encontro de desejos.
Tentei relutar mas, era tarde de mais. Os lábios dele apertaram o meu parando o meu protesto.
Sinto sua mão suavemente tentando abrir o zíper da minha camisola, que eu nem lembrava mais que estava usando. E eu me afasto o mais rápido que posso para que eu consiga raciocinar um pouco, mas a única coisa que eu claramente conseguia ver era a cara confusa de Luck me encarando.
Quando eu digo:
-Isso não pode se repetir! Não pode.
-Porque não? Nos não precisamos... Luck tenta argumentar mas não consegue.
Não é essa questão Luck. Respondo em um tom sério
-Então qual é? O que está acontecendo? Ele pergunta.
-A questão é que eu vou para a seleção. Respondo.
-Você vai o que? Ele diz.
-Sim, meus país me inscreveram para ajudar o reino. Digo.    
Quando sem pensar muito ele me abraça dizendo que tudo ficaria bem e que daríamos um jeito.
Ele se deita comigo até eu adormecer e logo em seguida vai embora.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...