História The Race Against Time - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supergirl, The Flash
Personagens Alex Danvers, Barry Allen (Flash), Kara Zor-El (Supergirl), Lena Luthor, Lucy Lane
Tags Supercorp, Supergirl
Visualizações 68
Palavras 1.144
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Ficção, Luta, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLÁ POVO,
VOLTEI E JÁ QUERO ME DESCULPAR A DEMORA.
Comecei a trabalhar então já viu, né? Sem tempo.

Capítulo 5 - O borrão vermelho Part ll


Fanfic / Fanfiction The Race Against Time - Capítulo 5 - O borrão vermelho Part ll

POV Lena.

Foça de Velocidade – Antes de Cisco retirar Lena

               National City? Não, espera...  o que foi isso? Vi algo passando ao meu redor como vulto, ele era rápido, corri tentando alcançá-lo, impraticável. A velocidade que eu tinha não conseguia alcançar aquele vulto, caminho pela cidade até encontrar a L-Corp, entro na companhia observando que não havia ninguém, ao chegar no meu escritório dou de cara com ela.

– Olá mãe! – Com certeza se o céu era assim, imagino como deve ser o inferno. Fala sério, está em um lugar com ela, ainda na L-Corp só pode ser piada.

– Olá Lena – Disse ela virando a cadeira deixando seu olhar cair sobre o meu.

– Pode explicar? Estou no céu ou no inferno?

– Nenhum nem outro, você está na força de aceleração. Assim que você atingiu a velocidade máxima seu corpo entrou em atrito com a velocidade criando um “portal” para cá.

– Por que estou aqui? Não acho que seja só para conversar com você! – Arqueou a sobrancelha esquerda.

– Quero mostrar algo a você, por favor venha comigo.

Caminhamos para fora do escritório passando pela recepção até chegar na entrada do prédio, meu queixo caiu olhando o tamanho da destruição que eu causei, dei passos longos até a CatCo somente observando o letreiro caindo sobre o resto do asfalto.

– Eu causei isso tudo? – Questionei atônita.

– Não só você, mas a Indigo também! – Lillian pausou sua fala deixando seu olhar cair sobre o meu. – Existe um modo de você concertar isso tudo, entretanto...terá que dar sua vida por outras.

– Eu aceito! – Não tinha como não recusar se eu causei isso tudo, tenho que arrumar, tenho que corrigir meus erros.

– Vou mostrar como tudo aconteceu! – Lillian me levou até a praça mostrando ainda a destruição, virou meu corpo mostrando agora uma National City tomada pelo desespero, crianças abraçadas aos seus pais observando  o céu, Alex abraçada a Maggie que chorava despedindo da namorada, Win e James deram o último abraço antes da explosão, Kara, bem...ela caiu no chão desacordada não vendo mais nada já eu vi tudo, os corpos virando pó, mães sentindo seus filhos serem queimados vivos pela explosão, os prédios sendo destruídos pelo impacto, eu caminhava pelos destroços até que minha atenção se quebrou ao ver um pingente com uma foto dos filhos de alguém, sem dúvidas tudo que aconteceu foi minha culpa, eu estava disposta a concertar, okay metade da culpa era da Kara, mas mesmo assim eu tinha que arrumar a bagunça.

– O que eu tenho que f... – Senti um vento atrás de mim quando me dei conta era um portal se abrindo, caminhei até ele observando uma mão eu segurei firme sentindo alguém me puxar, aquele era meu ponto de saída desse mundo a sorte sorriu pra mim.

– Boa sorte Lena! – Lillian disse olhando eu sair da força de aceleração.

//

Todos estavam apostos, Karatinha um abriga com Indigo, Barry e eu já estávamos prontos até que Indigo acertou Kara com um golpe, viu que Superman iria ajudar a prima, mas deu um “presente” a ele, Reactron apareceu socando Superman, Indigo segurou uma barra de ferro caminhou para se encontrar comigo e o Barry, a mulher tinha em seu rosto um sorriso debochado, meio fio de vitória desbordava naquele rosto.

– Acha que vai aonde Lena? – Voop. Indingo atirou a barra de ferro em minha direção só senti um vento bater no meu cabelo, algo quente espirrou em meu rosto, eu senti umas gotas de sangue bater contra minha pele, quando me dei conta Kara estava caída no chão com o ferro atravessado em seu peito, corri gritando pelo seu nome, deitei meu joelhos sobre o asfalto segurando a cabeça da loira em minhas mãos, resolvi descansar a cabeça dela em meu colo e já sentia meus olhos marejar ao ver a menina engasgar com seu sangue.

– L-l-lena...

– Você sabia que eu ainda tinha a kriptonita e mesmo assim se arriscou para me salvar?

A voz saiu embargada de tristeza e angustia, eu nunca quis aquilo para ninguém, nem mesmo a Kara, a minha vingança passou dos limites, vi a loira apenas concordar com a cabeça, eu deitei ela no chão e levantei limpando as últimas lagrimas que caíram dos meus olhos, a mão de Barry sobre meu braço fez eu voltar a realidade, tínhamos que salvar National City. Corremos o mais rápido possível até que eu vi pela primeira vez a linha do tempo, minha mão começou a desaparecer em partículas era o efeito da V-9 em meu corpo, quando chegamos Barry dizia que tudo ficaria bem, eu estava desaparecendo e não sabia se voltaria a ter mais uma chance. Chegamos exatamente no local e fizemos o que tinha que ser feito, usamos o aparelho de coletar vestígios do portal que Barry abriu quando visitou  a primeira vez National City, sabia que a volta seria mais conturbada, Barry mostrou um sorriso simpático quando terminou de coletar os vestígios, foi nessa hora que cai no chão sentindo minhas pernas adormecer, Barry segurou meu corpo ajudando a correr vi novamente meu braço começar a sumir, eu não iria aguentar muito tempo, até que tomei a decisão, Barry gritou: NÃO LENA. Eu segurei o braço dele com minha outra mão e corri mais rápido que ele arremessando o menino no portal.

– Salve National City Barry!

Eu virei pó, desapareci sobre minha última corrida; ou eu achava que desapareci. Barry voltou no tempo concertando o que minha mãe fez, ele coletou os vestígios dos portais que abriu em National City, tudo voltou ao que era antes, ou quase tudo. Barry visitou a L-Corp tendo certeza que o plano deu certo, encontrou uma Lena enfiada em papeis sobre um novo projeto: homenagear a Supergirl por ter salvo National City da invasão dos alienígenas. Barry voltou para sua cidade e quanto a mim? Eu planejava a celebração da Supergirl.

– Supergirl vai ter uma grande homenagem! – Dizia eu alegre até um exato momento, de novo não, minha mão começou a vibrar em um ritmo descomunal seguro observando minha secretaria abrir a porta.

– Está tudo bem senhora? – Concordo com a cabeça afirmando que sim, nada para se preocupar. Droga, por que isso agora? O que está acontecendo comigo? Eu precisava fazer alguns testes em meu sangue averiguar a situação com mais compromisso só que nesse momento eu tinha que terminar a celebração da Supergirl. A noite caiu em National City, eu fui para casa dormir, tomei um banho jantei algo leve e dormi.

– Lena...Lena...corre, Lena...corre Lena...CORRE LENA!

Acordei assustada sentindo meu corpo molhado pelo suor, o que foi isso? Dizia eu em meus pensamentos conturbados devido os acontecimentos que me ocasionaram nas últimas 72 horas, o corpo vibrando, essas vozes em meus pensamentos, Deus o que está havendo? Levantei para tomar uma água, manha seria o dia da homenagem tenho que parecer segura na frente do povo de National City.

The end.


Notas Finais


Bem gente, chegamos ao fim, ou quase fim, talvez tenha a segunda parte ou não, não sei to na dúvida.

Ficou curto o capitulo pois eu não tive tempo mesmo para escreve-ló sorry. :'(

Espero que vocês tenham gostado da fanfic :D

Até a próxima que só terá supercorp - AU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...