História The Real Lie - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Drama, Justinbieber, Violencia
Exibições 2
Palavras 1.500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DESCULPA!!!!!! estou a quase oito meses sem postar, o cap está pequeno pq a part.2 vai ser bem bem maior e com muita ação, espere que gostem

bjs da tia Nath

Capítulo 4 - Algo para me contar? Part.1


PoV'S Mel
Cheguei realmente cansada ontem , não me lembro muito bem sobre ontem, alias me lembro de Justin tentando me agarrar , e de Chaz querendo falar comigo , eu chamei ele de bonitinho ? Nossa estas bebidas realmente tem um grande nível de Âlcool 
-Bom dia - disse descendo as escadas dando de cara com Lian e Kelly sentados na mesa acabados 
-Boa Tarde ! - disse Lian me corrijindo fazendo eu olhar no relogio e ver que eram 16:00 horas 
-Nossa , já? - depois disso descedi tomar banho e me arrumar para dar uma volta pela cidade e tentar achar uma casa nova , Não que eu não goste de ficar perto de Kelly ou de Lian , mas quero ter minha dependencia. Andei por horas pela vizinhança e nada de casas boas ,uma ou outra porem pequenas e tinha dinheiro para algo melhor aquele carregamento rendeu bastante dinheiro , mas descedi voltar para casa , chegando la vi o carro de Justin ,Ryan e Chaz parados na frente da casa 
-Já falei porra , eu não sei onde ela foi -Disse Lian para Justin que estava com uma cara nada boa 
-Perguntando por mim ?- disse em um tom sonso 
-É exatamente você , em que diabos você se meteu?- disse Justin tranbordando Odio
-Não posso ter minha vida?- perguntei sendo irônica
-Claro desde que atenda o telefone - disse sendo irônico- Fodasse ,recebi uma ligaçao de alguém hoje de tarde , a pessoa disse que ''o tempo está acabando'' ,Não entendi muito bem o recado consegue rastreiar o número para mim? - 
-Claro me da seu telefone !- ele me passou o telefone então subi as escadas e peguei meu computador então fui em direção ao escritorio da casa e sentei na cadeira e os meninos adentraram logo em seguida então começei a magica e foi assim que eu descobri o endereço- Era na casa de Willian , porém não indentifiquei a voz do individuo .
-Só isso já basta-Disse Justin suspirando 
-Oque será que ele quis dizer com isso? - disse Ryan 
-Eu não sei - Disse Lian - Mas coisa boa não é 
-Espera - Disse fazendo todos olharem para mim -Tem algo errado 
-Oque ? - Justin disse mais não o respondi , estava concentrada- Oque PORRA!!!! 
- Da para você esperar ? - disse sem desviar os olhos da tela - Sabia , a pessoa que fez isso ela foi boa porem eu sou mais - disse me gabando - ela conseguiu se desviar causando interferencia a ela e pelo visto insinuando a localização de outra pessoa
-Fala minha lingua - disse Justin impaciênte 
-A pessoa pegou e mudou a localização verdadeira , parecendo que a suposta ligação viesse de Willian mais não foi - disse fazendo ele me encarar com o cenho franzido -Sinto muito te informar , mas você tem outro inimigo 
- Impossivel ! Alem de Willian , não vejo ninguem com raiva de Justin.- disse Ryan
-De onde veio? - disse Justin 
-De uma cidade a Duas horas daqui ! 
-Amanhã eu e você partiremos ao meio dia - Disse Justin olhando para mim
-Tudo bem- Por mais que eu seja meio nova eu conseguiria dar conta 
-vão infrentar oque nem sabem oque é ? Sozinhos ?- Questionou Liam 
-Vamos apenas observar cara ! - disse justin - O chefe ainda sou eu ! Ok?
Descedi ser mais ámigavel no trabalho com todos para que isso não me prejudicasse , deixar todas as briguinhas com qualquer um para lá quando se trata do trabalho , decidi pedir pizza , então comemos e os meninos foram em bora, antes Chaz parou na porta 
-Não se esqueça que eu quero falar com você- e saiu
Eu ainda não tinha entendido se ele realmente queria falar comigo , ou era desculpa para eu ir até a casa dele e ele tentar algo.
Acordei com um barulho irritante do celular recebendo mensagem quando olhei para tela vi que era de Justin 
''São 10:00 horas , espero que esteja acordada''
Nem respondi , fui tomar um banho lavar o cabelo para ver se eu acordava escovei os dentes , coloquei uma calça jeans escura um tenis branco uma blusinha cinza e fui tomar café quando desci não havia ninguem 
-Bom dia - disse uma voz rouca atrás de mim 
-Bom dia Justin -disse sendo irônica pela educação
-Gravou minha voz direitinho -disse perto do meu pescoço para eu dar um passo para frente para me distânciar
-Já tomou café?-disse mudando de assunto 
-Não -disse entendendo que não queria ele muito perto 
-Então me acompanhe 

Pov's Justin
Assim que tomamos café Mel pegou seu computador e fomos para o carro tinha mandado os rapazes para o galpão para resolver algumas coisas com um cara que nos fornecia armas , não era por nada mais ver aquela mulher no banco do meu carona sem poder levar ela para cama era meio complicado , não por atrapalhar no trabalho tava pouco me fodendo para isso , mas quando olho para ela eu não quero apenas foder uma noite quero foder uma semana sem parar é meio que uma obsessão sexual
-Está tudo bem ?- disse ela me acordando de meus pensamentos 
-Está - disse seco 
-Tá bem então né - Disse ela mastigando o chiclete- Aqui chegamos-disse ela apontando para uma casa não muito pequena mais não era grande coisa
-Você tem certeza ?- disse olhando para aquela casa
-Sim , eu tenho - disse ela conferindo 
Quando ia sair do carro ela me puxa 
-Olha  não é por nada , mais sexo agora ?- disse fazendo ela me olhar com indiginação
-Cara , cala a boca! Se alguem dali ligou eles te conhecem sou nova , vou trazer o cara aqui e levamos ele para o galpão - disse ela porem havia sentido mas quando ela ia sair eu a puxei , fazendo ela me olhar
-Oque foi , agora ?-disse ela olhando impaciênte
-Deixa eu colocar uma escuta em você- disse  pegando um micro microfone e colocando atrás da sua orelha - Agora vai!
Ela saiu do carro indo direto há entrada  onde havia um unico segurança
-Olá , desculpa incomodar , mas meu carro quebrou ali na esquina e não sou muito boa para essas coisas tenho ferramentas na mala , você poderia me ajudar - o cara era magrelo ,alto e cheio de marra, não sei porque eu não sai e atirei bem na sua testa
-Claro gatinha, porque não?- disse com malicia , não sei por que mais fiquei até com nojo mais mal ele sabia que a única coisa que iria comer seria minhas balas, então ela levou ele até a mala onde quando ele abaixou ela pegou pelas pernas e o jogou ali e em seguida fechou o porta malas e entrou no carro 
- Cara nojento - disse tirando o ponto da orelha - Vamos? - eu apenas assenti e então fomos para direção ao galpão 
- Leva ele para a sala de jogos disse aos dois seguranças em pé na porta do galpão 
-Sala de jogos? - perguntou mel
-Sala de tortura , meu jogo favorito! - disse com um sorriso malicioso
Adentrei o galpão e vi os meninos sentados no sofá conversando sobre algo 
-Trouxe um brinde - disse com um sorriso de orelha a orelha
-Oba, eu estava precisando - disse Ryan
Entao fomos todos para dentro da sala de tortura e quando eu cheguei lá o cara estava morto no chão e a Mel cheia de sangue na roupa
-QUE DIABOS ACONTECEU AQUI?- disse com odio
PO'VS MEL
Assim que o justin entrou para falar com os meninos, eu acompanhei os seguranças para a sala de tortura chegando la eles o amarraram o na cadeira
-SUA VADIA, ME TIRA DAQUI ANTES QUE EU MATE VOCÊ- disse o cara gritando
-Olha como fala comigo, otario- disse dando um soco na cara dele fazendo seu nariz sangrar
-Então vamos ver...-disse ele se soltando e voando em cima de mim
Ele era magrelo então todo o meu treinamento foi bem prestativo, foi soco atras de soco ele me acertou porem eu consegui jogar ele no chão e saquei a arma -Fala para quem que você trabalha, ai tera minha permissão para morrer- disse destravando a arma
-Tate vai matar vocês, todos vocês- disse sorrindo até eu puxar o gatilho e se rosto cair sem vida
-QUE DIABOS ACONTECEU AQUI?- disse Justin sem entender nada
-Os seguranças não prenderam ele direito o desgraçado me atacou- disse olhando minha blusa 
-Ótimo Mellanie agora como vou saber quem que ligou- disse ele todo mandão
-Ele disse um nome, até pq eu não sou burra- disse revirando os olhos- Tate foi oque ele falou
-TATEEE?- Disse os meninos juntos e vi o Justin trincar o maxilar 
-Oque foi??- pernguntei sem saber de nada
-Depois coversamos, todos liberados
Não entendi nada, mas fui para casa tomar um banho

[...]
CONTINUED....


Notas Finais


XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...