História The Red Line of Destiny - Camren - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Visualizações 60
Palavras 764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Escolar, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Cap.1


Lauren Jauregui:

23 de fevereiro de 2016

Mensagem para Camz / 06h35: eu te amo Camila, mas eu tô tão cansada, cansada de arrumar suas merdas, cansada das suas mentiras, cansada de te amar.

Me chamo Lauren Jauregui ,moro em Miami, tenho 17 anos e estou no último ano do ensino médio,  sou lésbica assumida e moro sozinha.

Ganhei fama de "destruidora de corações", mas a verdade é que ela já me destruiu tanto que agora faço as coisas sem ver.

Amo a mesma garota desde os meus 13 anos, isso mesmo, 13 anos.

Me assumi lésbica aos 14 anos pra poder ficar com ela, fui expulsa de casa e emancipada.  Fiquei sem família e sem ter ela de fato.

Tomei um banho demorado e me arrumei, peguei minhas coisas, a casa do carro e saí. 

Entrei no carro e senti meu celular vibrar,joguei minha coisas no banco d carona e fui checar o aparelho.

Mensagem de Camz / 06h55 : perdoa minha falta de responsabilidade e não desiste de mim Lolo, não desiste de nós. 

Suspirei antes de responder. 

Mensagem para Camz / 06h56: você diz isso a 4 anos Camila.

Guardei o celular e firmei as mãos no volante tentando segurar as lágrimas.

Dei partida no carro e em 10 min já estava saindo do carro. 

-SAPATA ALFA - senti um impacto nas minhas costas e nem precisei ver quem era.

-Beyoncé paraguaia - comecei a rir e girar o corpo com Dinah no meu colo. 

-Para - falava em meio a gargalhadas me dando pequenos tapas - , ufa - passou a mão na testa quando coloquei ela no chão - , como você ta? - me olhou triste.

-Ela te contou ne? - desviei o olhar ajeitando a mochila nas costas.

-Ela ta lá dentro - encarei Dinah - chorando na árvore Camren - sorriu triste e eu retribui.

-Eu to tão cansada - me agarrei no pescoço dela e comecei a chorar. 

-Eu sei pequena - afagou meus cabelos - , eu pensei que tudo tinha se acertado.

-Eu também - limpei umas lágrimas e voltei a encarar ela -, até.. - sorri irônica - até eu achar ela na cama do Manchine - já chorava outra vez.

-Vem cá me puxou de novo pros seus braços. 

Ficamos ali, abraçadas encostadas no meu carro até o sinal tocar.

-Vem branquela - terminou de limpar minhas lágrimas e sorriu - , vamos entrar - me estendeu a mão e eu nem pensei e já peguei.

Entramos no pátio da escola e fiquei sabedo que Ally e Normani só teriam a terceira e a última aula comigo.

-Vai indo - sorri pra Dinah - vou no banheiro antes - sorri e ela retribuiu. 

-Quer que eu espere? - fiz que não com a cabeça e ela sorriu triste, sabia que não ia me convercer - fica bem - beijou minha testa e subiu.

Entrei no banheiro e me encarei no espelho, preciso ser forte, ela me traiu, ela brincou comigo por quatro anos.

Lavei o rosto e fui pra sala, dando de cara com a porta fechada, merda, isso significa que não posso mais entrar. 

Revirei o olhos,  "ótimo".

Eu precisava chorar, fui ao único lugar que teria paz, nossa árvore. 

Flashback on:

14 de maio de 2013

-Que isso? - sorri olhando Camila.

-Legal ne? - olhou a árvore - ninguém vem pra cá,  fundão afastado do colégio - rimos e ela pegou minhas mãos - aqui é o nosso lugar - me deu um selinho e eu sorri - , pelo menos na escola - rimos outra vez, só sei rir com ela - eu te amo - sussurrou no meu ouvido. 

Ela disse , porra, ELA ME AMA.

-Eu te amo - sussurrei de volta e comecei a beijar seu pescoço. 


Flashback off:

Quando cheguei no local da árvore logo joguei minhas coisas no chão e deite na sombra da árvore. 

"Eu te amo" , é como se a voz dela passasse pela minha cabeça,  "não desiste".

Comecei a chorar, as memórias,  tudo vindo a tona.

-Lauren ? - ouvi a voz de Camila mas nem abri os olhos - Lauren ! - abri os olhos e encarei ela.

-Ah - levantei rápido e limpei as lágrimas -, tudo bem Camila? - fitei o chão. 

-Olha pra mim Lauren - neguei com a cabeça -, Lauren - falou firme - , olha pra mim amor - segurou meu queixo e ergueu minha cabeça. 

Não aguentei,  peguei minha coisas e saí correndo.

-LAUREN - Camila gritava e eu só sabia correr.

Já longe da árvore,  longe dela eu encostei em um armário.

-Chega ee chorar - falei pra mim mesma.

O sinal tocou, segunda aula, me arrumei e fui pra aula de química.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...