História The Revenge - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber
Personagens Hailey Baldwin, Justin Bieber
Tags Criminal, Drama, Justin Bieber, Revelaçoes, Sequestro, Vingança
Exibições 781
Palavras 1.972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, amoressssss. Espero que estejam bem!!!! Hoje eu não iria postar por conta de alguns problemas, mas deu tudo certo e aqui estou eu.
Queria deixar claro que no próximo capitulo irei explicar a tal da armadilha, tá!? Não expliquei nesse porque o capítulo ia ficar muito longo.

LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Capítulo 6 - Boate.


Fanfic / Fanfiction The Revenge - Capítulo 6 - Boate.

- Chris! - ela gritou e se levantou.

Me levantei logo depois, todos os garotos entraram menos um:

- Cadê o Chaz? - perguntei.

Logo um dos seguranças apareceu com o Chaz apoiado no ombro ele tinha sido baleado na perna:

- Ah meu Deus! - fui até ele - chamem um medico! - olhei para Justin

- Não precisa. Eu estou bem! - ele sorriu.

- É, eu posso cuidar disso - Lauren veio até nós e pegou o Chaz o apoiando no seu ombro, o apoiei em mim também e subimos a escada.

Aquilo estava um silêncio absurdo, Lauren calculava cada passo, logo ela tinha retirado a bala, e já estava fazendo um curativo.

- Prontinho, querido Chaz - ela sorriu.

- Muito obrigado! - ele sorriu.

- Você está bem? - perguntei a ele.

- Sim, Hailey. Já estou acostumado com isso.

- Isso faz parte da nossa rotina. - Lauren

- Vocês são estranhos.

Eles riram.

Justin narrando...

O fdp do Michael tinha armado tudo, eu vou acabar com a raça dele, foi tudo uma armadilha! Estava com tanta raiva, estava no meu escritório sozinho precisava de um tempo, já tinha bebido umas duas doses de whisky e precisava de mais, nesse momento eu estava fumando maconha, precisava relaxar. Mas fui interrompido pelo o meu celular que vibrou, peguei e dei de cara com a seguinte mensagem:

"Espero que tenha gostado da surpresa, fiz com todo o carinho. E da próxima vez não vai ser seu amiguinho que vai levar o tiro, vai ser você e vai ser fatal!

Michael"

Taquei meu celular com força na parede o fazendo quebrar em vários pedaços, se ele acha que ganhou essa está muito enganado, eu vou pegar esse desgraçado e vou pegar para matar.

Ouvi batidas na porta mas não estava afim de ver gente, precisava de um tempo. Mas a porta se abriu e a pessoa que estava ali era a ultima que eu queria ver:

- Preciso falar contigo. - Hailey.

- Esse não é o momento, some daqui.

- Foi o meu pai? - ela fechou a porta e se sentou na minha frente.

- Do que você sabe? - escorei na mesa.

- Sei que você tem muita raiva dele.

- Você está certa!

- No que ele está metido, Justin?

- Você não precisa saber.

- Mas foi ele que fez isso com Chaz?

- Você não precisa saber.

- Só vai responder isso?

- Sim, você não faz parte da equipe para ter alguma informação.

- Gentil como sempre! - ela revirou os olhos.

- Acabou? Já pode ir.

- Não quero! - ela cruzou os braços.

- O que? - a olhei serio.

- Não quero sair.

- Hailey, vaza daqui vai!

- Tem coisas que precisam ser esclarecidas aqui.

- Também acho, mas não vou resolver isso agora. SOME DAQUI LOGO! - dei um soco na mesa fazendo ela se assustar.

- Nossa grosso, ok - ela se levantou e saiu.

Não tinha reparado mas a Hailey era gostosa pra caralho, como isso passou despercebido por mim? Logo por mim, ela era uma garota muito bonita, não tinha reparado nisso.

Balancei minha cabeça para afastar esses pensamentos, precisava sair, encher a cara, me drogar. E amanhã vou pensar num plano para destruir o Michael, ele está na minha mira agora, e geralmente quem fica na minha mira não sai vivo. Me levantei e fui até a sala, ninguém estava ali. Tava um silêncio insuportável, a casa fica morta quando perdemos, ninguém gosta de perder. E acabou que no final Lauren estava certa o tempo todo, ela estava sendo tão do contra ultimamente que achei que ela só queria causar, mas não, ela sabia bem que aquilo daria errado, era tão óbvio que estava fácil demais como não me dei conta que tinha uma armadilha ali? Subi as escadas, parei no meio do corredor e joguei um vaso que tinha ali no corredor no chão, fazendo todos saírem do quarto, inclusive Chaz:

- O que tá acontecendo? - Chris.

- Vamos sair! - eu.

- Sair? É sério, Bieber? - Ryan

- Só falta querer comprar um bolinho escrito "perdedores", colocar uma velinha e fazer a gente cantar parabéns - Noel.

Noel e suas piadas em horas erradas:

- Gente, ele está certo! - Hailey.

Todos nós olhamos para ela, porque ela está concordando comigo? :

- Tá louca, Hailey? - Lauren.

- Só porque perderam uma luta, não significa que a guerra está perdida. Isso é só o começo e acho que ninguém aqui precisa ficar enfiado dentro do quarto pensando no que fizeram de errado, é melhor sair  e distrair a cabeça. Amanhã é um novo dia!

Até que essa garota é esperta, parece que ela sabe bem quem somos, e realmente, isso só está no começo, eu ainda vou derrubar o desgraçado do Michael. Todos olharam para mim:

- Não é que ela tem razão - Noel.

- Partiu me arrumar - Chaz.

- Cara, você está melhor pra sair? - Ryan

- Eu estou ótimo! - Chaz - se ele queria me derrubar falhou feio. (perto da Hailey era melhor não citar o nome do Michael)

- É, amiga. Você disse tudo. - Lauren.

Logo todos entraram em seus quartos, só eu e Hailey no corredor:

- Porque tenho a impressão que você sabe bem quem somos? - a olhei.

- Na verdade eu não tenho a mínima ideia de quem são vocês, mas como te disse no galpão sei que são perigosos e isso basta. - ela piscou.

- Garota esperta. - me aproximei dela.

- Vou ir me arrumar, - ela sorriu dando as costas para mim.

- O que? - segurei no braço dela - se arrumar pra ir onde?

- Como assim onde? Eu vou com vocês! - ela revirou os olhos.

- Não vai não, esqueceu que eu te sequestrei?

- É claro que eu vou! - ela se soltou de mim e entrou no quarto da Lauren.

Até iria atrás dela, mas quer saber? Melhor ela ir mesmo, é bom que tenho a oportunidade de pegar ela. Fui para o meu quarto e tomei um banho rápido, vesti uma calça escura, uma regata e uma jaqueta de couro coloquei alguns colares de ouro e meu relógio, um boné e sim, eu estava maravilhoso, uma dlç, queria comer muita mulher essa noite.

Desci para a sala e fiquei esperando os outros.

Hailey narrando.

Tínhamos pouco tempo e aquele quarto estava uma bagunça, Lauren já tinha experimentado uns 10 vestidos, eu tinha acabado de sair do banho, Lauren disse que eu podia pegar o que quisesse para usar, fui até o closet dela e cara aquilo era enorme dava para morar ali dentro numa boa, comecei a olhar em volta e vi um vestido que combinaria super comigo peguei ele e vesti me surpreendendo com o resultado:

- Pqp Hailey, você está maravilhosa! - Lauren disse.

Olhei para ela que já estava vestida:

- Olha quem fala, é esse? - ela assentiu - você está demais!!!!

- Eu sei - nós rimos.

Ela me entregou um salto que combinava com o vestido e fomos fazer a maquiagem, depois de pronto soltei o meu cabelo e ele estava do jeito que eu queria, com algumas ondas. Olhei o resultado no espelho e nossa, eu estava gostosa! Estava usando um vestido preto, ele era um pouco acima do joelho, ele era justo e deixava bem aparente todas as minhas curvas, tinha um decote mas não era nada vulgar. Lauren vestia um branco e ele era mais curto que o meu, era tomara que caia e deixava bem aparente as curvas dela. Lauren é linda demais e qualquer coisa fica lindo nela.

Descemos a escada dando de cara com os olhares dos meninos, Justin olhava diretamente pra mim e que olhar!

- Vocês estão lindas! - Chaz

- Caraca Hailey, não sabia que você era tudo isso. - Noel

- Isso era para ser um elogio? - o olhei.

- Sim - ele riu.

Peguei no braço do Chaz e fomos todos em direção a garagem, cada um entrou no seu carro e Chaz fez questão que eu fosse com ele, entramos em sua lambo vermelha e partimos para a boate em alta velocidade:

- Você viu o olhar do Justin para você? - ele quebrou o silêncio.

- Vi sim

- Toma cuidado, ok!?

- Porque está dizendo isso?

- Justin não vale um real, mas o jeito sedutor dele sempre convence as garotas e elas sempre acabam achando que ele vai querer algo além de sexo, mas nunca é assim, o negócio dele é sexo e fim. - ele olhava atentamente para a rua.

Não disse nada, ia falar o quê? “Pô, Chaz. Tava louca pra ir para a cama daquele gostoso, mas deixa quieto.” , ficamos em silêncio.

Chegamos na boate, e tinha muita gente naquela fila, Chaz deixou o carro e o manobrista pegou, ele segurou na minha mão para passarmos no meio daquele tumulto, e em questão de segundos estávamos lá dentro e nossa aquilo estava lotado, tinha gente dançando pole dance, tinha gente se pegando, que bagunça :

- Furar fila é feio - gritei no ouvido de Chaz por conta da musica alta.

- Não quando Justin é dono disso tudo!

- É serio?

Ele assentiu e fomos em direção a área Vip, Chris e Noel já estavam ali com algumas garotas em seus colos praticamente nuas, me sentei em um lugar mais distante e Chaz se sentou perto deles fazendo uma das garotas se sentar em seu colo, aquilo era estranho:

- Ambiente totalmente novo pra você, né!? - Ryan disse se sentando do meu lado.

- isso é estranho!

- Você acostuma. Espero que fique com a gente. - ele me entregou um copo.

- Também espero, eu gosto de vocês! - sorri e tomei um pouco da bebida.

Aquilo desceu rasgando, tá ai outra coisa que eu não costumo fazer: Beber.

- A onde você tava? - perguntei ao Ryan. - Quando cheguei aqui só vi eles. - olhei em direção aos garotos.

- Tava ali no bar pegando bebida, e quando cheguei aqui você estava distraída demais olhando para eles com cara de nojo, para notar a minha presença - ele sorriu.

- Eu estava olhando com cara de nojo? Como sou escrota! Me desculpa. - fiquei totalmente sem graça.

- Relaxa! Sabemos que você não é acostumada com isso. - ele sorriu.

Sorri pra ele, logo Lauren chega com o Justin logo atrás. Tinha duas garotas coladas nele, acho incrível o poder que ele tem sobre as mulheres:

- Vamos dançar, Hailey!! - Lauren disse me puxando.

Olhei para o Ryan:

- Vai lá, minha diversão tá chegando - ele disse e olhou em direção a uma garota.

- Ok - sorri e fui com a Lauren.

Fomos para a pista de dança e Lauren estava dançando enquanto eu olhava em volta, estava com vergonha:

- É serio que você vai ficar ai parada? - ela gritou no meu ouvido.

É, engoli a vergonha e comecei a acompanhar a Lauren, estávamos dançando muito e aquilo estava divertido, logo Lauren sumiu com um cara me deixando sozinha pensei em parar de dançar mas mudei de ideia. Comecei a fazer uma dança mais sensual, descia até o chão lentamente e subia, logo senti duas mãos me segurarem por trás, a pessoa acompanhava o meu corpo e estávamos dançando na mesma sintonia, depois de um tempo a pessoa me virou e me beijou sem me dar tempo de ver quem era, e nossa que beijo era aquele!!! Tinha muito desejo, paramos por falta de fôlego, abri os meus olhos e olhei para ele:

- Você? - o olhei incrédula.


Notas Finais


Como sempre digo, espero que tenham gostado! E mais uma vez agradeço aos favoritos, obrigada de coração!!
Se puderem comentar o que estão achando, vou ficar feliz!

Trailer da Fic: https://www.youtube.com/watch?v=q8icIZQmmTs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...