História The Revenge - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Barbara Palvin, Charli XCX, Harry Styles, Joe Jonas, Justin Bieber, Liam Payne, Lily Collins, Ryan Butler, Zayn Malik
Personagens Austin Mahone, Barbara Palvin, Charli XCX, Harry Styles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Joe Jonas, Justin Bieber, Liam Payne, Lily Collins, Ryan Butler, Zayn Malik
Tags Ódio, Romance, Vingança
Visualizações 27
Palavras 2.955
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Sex, Party interrupted, Fight and an Enemy.


-Bom dia-digo entrando na cozinha com um sorriso-

-Bom dia Barbara-disse Carolina-

-Bom dia garota-disse Joe ríspido-

-Joe não é mulher mas está de tpm-digo irônica-

-Fica quieta garota, cuida da sua vida-diz Joe impaciente-

-Não fico não-digo o respondendo-Quer fazer algo hoje a noite?-digo seca-

-Fazer o que?-disse Joe me olhando de cima para baixo-sair?-pergunta Joe malicioso-

-Pode ser, para onde vamos?-pergunto sinica-

-Para um dos restaurantes mais caros da cidade-diz Joe vitorioso-

-Ele é luxuoso-digo rindo-Que horas vamos?-pergunto seca-

- 21:30 não se atrasa garota, agora tenho que ir se não Bieber vem encher a porra do meu saco-diz Joe saindo de uma das cadeiras da mesa e indo para a sala-

-Não tem medo do que o senhor Bieber possa fazer com você?-pergunta Carolina incredúla com o que acabei de fazer-

-Ele transou comigo hoje, contra a minha vontada Carolina, quero mais que ele se foda-digo rosnando-

-Meu Deus!-diz Carolina colocando a mão em sua boca-Está tudo bem senhorita?-pergunta Carolina preocupada-

-Sim-digo seca-Carolina tem algo para mim comer?-pergunto passando a mão em minha barriga-

-Desculpe senhorita, vou preparar algo para você comer-diz Carolina pegando algumas coisas da geladeira-Gosta de comer o que pela a manhã?-pergunta Carolina-

-Churros e bacon antes de ir para a prisão, comia isso-digo com raiva-

-Irei fazer isto senhorita-diz Carolina com um sorriso no rosto-

-Carolina, hoje teramos uma festa, Justin quer fazer uma em comemoração ao imperio dele, precisamos somente dos seus drinks, o resto não precisa-diz Lily autoritária-

-Bom dia Lily-digo com um sorriso sem mostrar os dentes-

-Bom dia Barbara-diz Lily seca-até a noite Carolina, vê se não estraga a festa, você conhece o Justin, apesar dele gostar de você ele anda estressado ultimamente, parece uma mulher com tpm, tenha um bom dia-diz Lily saindo da cozinha-

-Hoje as pessoas dessa casa tiraram o dia para ter uma tpm-digo cruzando os braços-

-Tenha calma senhorita, a senhorita Lily é ocupada, cuida dos pápeis para o senhor Bieber, e ainda ama o senhor Bieber-diz Carolina simples-

-Ela não deveria amar um homem assim-digo seca-Lily é bonita, mas Justin é um homem que não sabe tratar uma mulher-digo passando a mão em meu rosto-

-Senhor Bieber é um homem bruto e com um sangue frio-diz Carolina-

O silêncio toma conta da cozinha, Carolina continuava fazendo o que gosto, enquanto eu olho os armários da cozinha, e a decoração, fico entendiada olhando para tudo aquilo de 5 em 5 minutos...-Aqui está o que você pediu-diz Carolina colocando dois pratos sobre a mesa-

-Obrigado Carolina-abro um sorriso-está com uma cara deliciosa-digo simples-

-Espero que o gosto esteja bom, agora senhorita preciso ir ao mercado fazer compras-diz Carolina saindo-

Termino de comer o que Carolina fez para mim, e logo lavo os pratos e coloco em um dos armários, saio da cozinha e vou até a sala, me jogo no sofá, e encaro o jardim do Bieber, era grande e tinha uma enorme piscina...-O que pensa que está fazendo?-diz uma voz, me fazendo saltar do sofá-

-Não tenho nada para fazer Bieber-digo seca-

-Hum sei-diz Justin seco-vai sair hoje a noite?-pergunta arqueando uma das suas sombrancelhas-

-Iria, até descobrir que você vai dar uma festa-digo revirando os olhos-

-Você não vai a lugar algum, sem minha permissão-diz Justin se aproximando de mim-

-Eu não sou sua, acorda Bieber-digo sinica-Lily é uma garota louca por amar você-digo irônica-

-Não fale da Lily!-diz Justin autoritário-Não posso fazer nada em relação a isso, vou para o meu escritório antes que eu me estresse com você Babi-diz Justin seco-

-Babi?Para você sou Barbara-digo cruzando os braços-

-Garota larga de ser mimada porra!-diz Justin rude-E é Babi-diz Justin indo para as escadas-

Era só o que me faltava terei que ficar nessa casa, com o merdinha do Bieber, eu ainda não esqueci o que ele fez comigo. E ele vai me pagar caro por isso. Olho para os vasos que tem na sala, mas não suporto por muito tempo, decido ir ao meu quarto, quando de repente ouço alguém cantando, começo a seguir a voz, até que encontro uma porta branca. Dou algumas batidas, e ouço um entra.

-O que você quer garota?-diz Justin me observando-

-Era você que estava cantando?-pergunto seca-

-Sim era, agora saia da minha frente-diz Justin apontando para a porta-

-Vai mesmo querer que eu vá embora?-pergunto maliciosa-

-É surda por acaso porra?-diz Justin impaciente-

-Não, querido, ao contrário esculto mais do que eu deveria-digo tirando minha blusa e jogando em um sofá próximo a mesa do Justin-agora o que essa maconha faz aqui?-pergunto sentando no colo do Justin-

-Não te interessa garota-diz Justin me olhando de cima a baixo-

-Adoraria me interessar-digo me levantando e ficando de frente para Justin-

-Ah é?-pergunta Justin-vem aqui Babi-diz Justin me puxando colando nossos corpos-

-O que vai fazer?-pergunto encarando seus olhos cor de mel-

Bieber não me respondeu, apenas tirou meu sutiã jogando chão a fora, Bieber se ajoelhou e começou a dar mordidas em minha barriga, o mesmo começou a subir fazendo isso, arranhava sua nunca, e ele subia cada vez mais até encontrar os meus seios, Bieber me olhou malicioso, seus olhos brilhavam, sem perder muito tempo, ele me beija pedindo passagem em minha boca, permito a passagem, e ele me pega firme apertando minha bunda, e me coloca sobre sua mesa, seus olhos iam de cima para baixo, o olho e ele me olha de volta, quando penso que ele iria me beijar, ele começa a apertar um dos meus seios e chupar o meu pescoço, por um momento ele para, o encaro e retiro sua blusa rapidamente, deixando suas tatuagens a mostra, Bieber volta aonde estava, esse merdinha faz qualquer garota ficar realmente louca, e merda não deveria estar aqui, mas o seu corpo, a sua postura, chama a atenção, Bieber passa suas mãos no meio das minhas pernas, me fazendo soltar gemidos baixos, ele novamente para o que está fazendo e desabotoa minha calça, apenas me deixando de calçinha, a qual é retirada por sua boca e jogada no chão, Bieber me olha e logo começa a chupar minha boceta, a essas alturas não suportava mais, deitei sobre a mesa abrindo minhas pernas, Bieber me olhou mais uma vez e voltou a atenção a minha boceta. Apertava seus cabelos, enquanto gemia [...] Bieber estava a cerca de 20 minutos me chupando, ele se cansou e se levantou desabotoando sua calça, tirou sua cueca rapidamente, ainda estava deitada quando o sinto me puxando, olhei seu corpo de cima a baixo, e ele sem perder tempo me fez ficar de joelhos, encaro o seu membro e logo coloco em minha boca não o chupo, dou uma mordida e Bieber não fica bravo ao contrário ele solta um gemido, sem exitar começo a chupa-lo [...] Bieber não me dava descanço, estava a 20 minutos o chupando sem parar e quando parava ele fazia garganta profunda, por um momento achei que ficariamos somente nisto, mas não Bieber me levantou e me empurrou me fazendo bater em sua mesa, estava de costas, o sinto puxando minha cintura, fico em uma posição que só encontro minha cabeça para baixo, Justin pega seu membro e enfia em minha boceta, solto um gemido e logo ele começa a ir devagar [...] ficamos por 10 minutos assim, até que ele começa a ir rápido deito minha cabeça na mesa, fazendo minha visão focar nele, ao notar ele vai mais fundo e mais rápido, apoio minhas mãos na mesa, e mordo minhas mãos, fechando os meus olhos, Bieber fica cada vez mais bruto [...] após 10 minutos Bieber tira seu membro e o masturba, ejaculando sobre minha bunda, ele da um tapa fazendo minha bunda ficar vermelha, tenho certeza, ele passa seus dedos aonde sua porra se encontrava e me fez chupa-los pelo menos umas 4 vezes, virei para ele o encarei quase caido em sua cadeira...-Porra Babi o que você tem de irritante, tem de gostosa-

-Eu sei disso querido-mandei um beijo para ele-Agora vamos tomar um banho?-pergunto sem segundas intenções-

-Eu que deveria te chamar para umas coisas dessas mas vamos-disse Justin me olhando de cima a baixo-

-Será que alguém nós ouviu?-pergunto enquanto abro a porta do escritório do Justin-

-Se ouviu que se foda, é bom que saibam que você é minha Babi-diz Justin dando outro tapa em minha bunda-

-Sua?-pergunto incredúla-Isso é o que veremos-digo seca-

-Babi, babizinha, você não vai transar com outro cara-diz Justin saindo do escritório-

-Chega dessa conversa Bieber-digo rispida-vamos tomar essa porra de banho ou não?-pergunto cruzando os braços-

-Claro que vamos princesa-diz Justin me puxando pelas as mãos-

Olhei para aquela porra de cena, e lá estava Bieber me levando até o banheiro com suas mãos nas minhas, não acreditava ainda que acabei de dar para esse cara!Era para eu ter dado para o Joe, merda... mil vezes merda... mas até que Bieber não é tão ruim assim, mas minha vigança ainda está de pé, não importa quantas vezes transarmos, eu sempre vou querer a cabeça desse merda em minha sala-Damas primeiro-diz Justin malicioso-

-Ser romântico não é o seu ponto garoto-digo bufando e entrando no banheiro-

-Está de TPM hoje?-pergunta irônico-

-Não, e fecha essa porra de porta logo, se fosse uma cobra já tinha te picado-digo resmungando-

-Mas é uma chata da porra você hein-diz Justin fechando a porta-

Me viro de costas e entro no box, ligo o chuveiro, e logo Bieber entra, ele olha para o meu corpo mordendo seus lábios fingo não estar vendo e pego o shampoo, passo em meu cabelo pelo menos uma três vez, abro meus olhos e sinto Bieber atrás de mim, ligo o foda-se e pego o condicionador, assim que iria passa-lo Bieber o pega da minha mão

-O porra me devolve isso aqui-tento pegar o condicionador da mão dele-

-Olha como você fala garota-diz Justin levantando o condicionador cada vez mais alto-

-Quer saber, vai se foder-digo saindo do box e pegando uma toalha-

-Volta aqui Babi-diz Justin me puxando-

-Me solta -desvio das suas mãos-Pode ficar com essa merda de condicionador-digo abrindo a porta do banheiro-

Antes que Justin viesse até mim, bati a porta na sua cara, o ouvi xingando, e que se foda, enrolada na toalha caminho até o outro lado da casa, esculto algumas vozes e me apresso até o meu quarto, entro nele e o tranco [...] vou até o guarda roupa, pego um vestido preto que não é muito justo e jogo por cima da cama, na mesma parte porém abaixo pego um salto alto preto o coloco ao lado dos meus pés, abro a gaveta e pego uma lingirie azul escura, a visto, caminho até a cama e visto o vestido, volto para perto do guarda-roupa e pego o salto alto, o calço, vou até uma penteadeira e faço uma maquiagem destacando bem meus olhos e bem minha boca, mando um beijo para o espelho, pego um brinco na gaveta da penteadeira e o coloco e me levanto, ouço um barulho na porta e me assusto-Barbara você está ai?-diz uma voz-Sim, já estou indo-digo caminhando até a porta-Iria pedir para se vestir mas vejo que já fez isso de qualquer maneira daqui a pouco desça-diz Lily seca-Continuo sem entender Lily, provavelmente é ciúmes, mas que se dane a olho indo para o outro lado do corredor, fecho a porta do meu quarto e caminho até as escadas, tudo estava pronto mas não havia ninguém, tinha alguns champanhes, taças, salgados, doces, outras bebidas-Até que para uma vadia, você está radiante-diz uma voz-

Eu sou radiante Joe-mando um beijo para ele-e você está bonito até para quem é um merda-dou um sorriso irônico-

-Garota você adora mexer com o perigo-diz Joe se aproximando de mim-

-Perigo é o meu sobrenome, garoto-digo irônica-

-Para mim você é só mais uma que paga de corajosa, mas no fundo é uma medrosa-diz Joe seco-

-E você para mim...-Joe o que você está fazendo?uma voz me intenrrompe-

-Não estou fazendo nada Bieber-diz Joe engolindo sua saliva-

-Sei, agora venha até o meu escritório-diz Justin autoritário-

Joe me olha de cima a baixo, mais um pouco e ele estaria fodido, não aguento ficar aqui, daqui a pouco mais alguém aparece, vou ver Carolina, talvez ela precise de ajuda

-Carolina?-a chamo e a coitada se assusta-

-Senhorita Barbara que susto-diz Carolina colocando a mão em seu peito-

-Desculpa, vim ver se precisa de ajuda-digo simples-

-Preciso sim, mas a senhorita está tão bonita-diz Carolina me olhando de cima a baixo-

-Vamos, deixa eu te ajudar-digo simpática-Não tenho o que fazer nessa casa mesmo-digo seca-

-Obrigado a senhorita é gentil, assim como Lily, Justin deveria  aprender a ser mais gentil como vocês duas-diz Carolina simpática-

-Ele tem que aprender por si só-digo seca-agora chega de conversa e mãos a obra-digo indo até Carolina-

Carolina assente com a cabeça, e me explicar como preparar os drink's [...]

P.O.V Justin Bieber

-Cara Babi é um inferno de garota mas ao mesmo tempo, é uma gostosa-digo orgulhoso-

-E como é brow, aquele corpo-diz Joe sorrindo-Nenhuma garota que já passou por aqui teve aquele corpo-diz Joe malicioso-

-Mas não quero você perto dela-digo ameaçador-

-Por que Joe não pode chegar perto dela Justin-diz Lily impaciente-

-Porque ela é minha Lily-digo impaciente-Olha Lily você está muito tempo conosco e não quero perder um membro importante como você, mas por favor chega de ciúmes, não temos nada-digo sincero-

-Ai é que você se engana Justin-diz Lily alterada-Temos uma história pela a frente-diz Lily como uma voz de sonhadora-

-Não Lily, não nós temos que porra, entende isso de uma vez-digo me levantando e socando a mesa-

-Justin relaxa ai-diz Charlie-Lily, para com isso pelo menos um momento, isso já está saindo fora do controle-diz Charlie séria-

-Vocês nunca amaram alguém, porque se amassem, me entenderiam-diz Lily saindo e batendo a porta-

-Lily, ás vezes me cansa-digo me jogando na cadeira-

P.O.V Off

-Está feliz Barbara?-diz uma voz alterada-

-O que foi Lily?-pergunto sem intender nada-

-Não se faça de desententida-diz Lily alterada-

-Não sei que porra está acontecendo Lily-digo impaciente-

-Você é uma vadia!-gritou Lily-agora você vai ver uma coisa-diz Lily puxando meu cabelo-

-Lily para com isso por favor-digo tentando me soltar-

-Não vou parar até você morrer, sua vadia!-diz Lily batendo minha cabeça no balcão-

-Lily para com isso-diz uma voz enquanto a segura-

Antes que alguém me pergunta-se algo vejo minhas vistas se escurecerem [...]-Senhorita...Senhorita...Senhorita-diz uma voz-Abro meus olhos lentamente enquanto movo minha cabeça de um lado para o outro-O que aconteceu?-pergunto forçando minhas vistas-A senhorita foi agredida por uma outra garota na casa do seu namorado-diz o homem-caralho que dor-digo fechando os olhos e fazendo uma cara de dor-ela bateu sua cabeça em um balcão, por sorte ela foi contida pelo os seus amigos, um tal de Justin, te trouxe até aqui, você chegou desmaiada e com um corte na cabeça, mas não sofreu nenhum traumastimo e nem um corte profundo, foi apenas um susto-diz o homem-se é que isso pode se chamar de susto-digo com os olhos fechados-irei te deixar só senhorita, amanhã você sai do hospital, hoje passara a noite em observação-diz o homem fechando a porta-que merda Lily, isso tudo por conta de um merdinha chamado Justin Drew Bieber?-me pergunto-minha paz não dura por muito tempo, logo a porta se abre novamente-Quem é?-pergunto sem abrir os olhos-sou eu gatinha-diz uma voz convecida-Abri os olhos e vê que era o Bieber revirei os olhos

-Será que nem no hospital tenho sossego?-pergunto irritada-

-Garota para de ser mimada que porra-diz Justin impaciente e fechando a porta-

-Eu não pedi para que você viesse me ver-digo irritada-se veio é porque quis-digo impaciente-quer um obrigado?Obrigado-digo irônica-

-Você é uma vadia mal agradecida-diz Justin impaciente-

-E você é um merdinha Bieber-digo com ódio-

-Babi, não me faça te machucar no hospital-diz Justin apertando meu rosto-

-Me solta!-disse em meio a um grito abafado-

-Amanhã venho te buscar ás 10:00 da manhã, é melhor você não tentar fazer nada-diz Justin ameaçador-

-Mal aguento ficar acordada porra, acha que vou fazer o que?-pergunto impaciente-parece que você é cego porra-digo impaciente-

-O recado foi dado garota-diz Justin impaciente-até mais Babi-diz Justin saindo do quarto-

-Vai se foder!-gritei baixo para que ele não escultasse-

A paz voltou naquele lugar de merda, encarava aquele quarto com apenas uma luz acesa, não aguento por muito tempo e fecho meus olhos [...] após um tempo adordumeço

P.O.V Barbara Palvin

-Babi cade você? Eu vou te achar-dizia mãe-mãe-Não vai não-soltava uma risada enquanto escondia da mãe-mãe

Eu falei que iria te encontrar Babi-disse mãe-mãe-você sempre me encontra-digo fazendo uma voz manhosa-E mãe-mãe eu te amo!-disse com um desenho na mão da minha familia-

P.O.V Off

-MÃEEEE-acordo gritando-Droga só foi um sonho, Mãe eu sinto tanto sua falta-digo limpando uma lágrima do meu rosto-Aquele homem vai pagar pelo o que fez com você Mãe-digo com ódio-

-Senhorita aconteceu algo?-pergunta o homem assustado-

-Não foi apenas um sonho-digo seca-é hoje que saio daqui-digo rispida-

O homem sai do quarto deixando a porta aberta, logo Bieber aparece reviro os olhos...-Que bom te ver acordada-diz Justin seco-não vejo nada bom em te ver-digo seca-Antes de Justin me responder o homem aparece novamente com algumas roupas em seus braços, Justin olha para elas, mas logo volta sua atenção para mim-jovem me acompanhe por favor, ela precisa se trocar-diz o homem-Justin não gosta, mas o segue, o homem me olha e fecha a porta, olho para a roupa que ele colocou em minha cama e a pego, era uma camiseta preta, calça jeans rasgada nos joelhos, meias e um tênis, retiro a roupa do hospital visto as roupas, calço a meia e logo após o tênis [...] Saio do quarto e vejo Justin e o homem conversando-Podemos ir?-pergunto intenrrompendo os dois-Justin me olha-sim podemos diz Justin simples-

Justin pega minha mão e a segura sem machuca-la ele se despede do homem e logo vamos rumo a saida, ao sair fecho meus olhos pelo o fato da claridade estar forte, Justin me da um óculos, o coloco e seguimos até o seu carro que é um Porche amarelo, ao chegar perto abro a porta e a bato, logo após Justin da volta e faz o mesmo [...] Após um tempo estavamos longe do hospital, Bieber me olhava de relance, o ignorava com a cabeça encostada no vidro, Lily é melhor você não aparecer na minha frente agora, você acaba de fazer uma inimiga.


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...