História The Ritual (YoonMin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Suga
Tags Drama, Min Yoongi, Park Jimin, Ritual Do Elevador, Terror, Yoonmin
Visualizações 28
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oslá pessoas do meu coração! Então, essa é minha primeira fanfic "OneShot", relevem se estiver uma mierda. Boa leitura! Nos vemos lá em baixo.

Capítulo 1 - Prólogo: Parte Um (Jimin)


Fanfic / Fanfiction The Ritual (YoonMin) - Capítulo 1 - Prólogo: Parte Um (Jimin)

Ah, oi. Meu nome é Jimin, Park Jimin. Desde muito pequeno, eu sempre adorei filmes de terror, coisas sobrenaturais, porém sempre tive certo cagaço para tentar fazer algo do tipo - claro, que ser humano em sã consciência deixaria seu filho de cinco anos participar de um ritual satânico? - até que fiz 19 anos. Como sempre estava em meu celular, assistindo a vídeos de terror feito por youtubers quaisquer. - não que esteja desmentindo os fatos ocorridos no vídeo, eu apenas acho que isto não passou de uma brincadeira sem graça envolvendo espíritos e o que todos os espíritas deixam bem claro é, não se pode brincar com os mortos, e muito menos com rituais. - até que um vídeo me chamou a atenção, até de mais. Este, se entitulava "ritual do elevador", e este, fora postado pelo meu canal sobre coisas sobrenaturais preferido! Eu dava confiança a qualquer vídeo postado por aquele canal. Poderia estar estudando para a prova que teria daqui há alguns dias, mas não, lá estava eu assistindo "bobeiras". 


O vídeo não explicava muito bem sobre o ritual, e isto me deixava intrigado, ansioso para saber mais sobre aquele ritual, aparentemente tão simples! Pesquisei muito pouco, afinal, o que não me faltava eram sites explicando sobre isto. A interface do website era muito boa, tenho que admitir, mas não estava ali por ela. Deslizei meu dedo sobre a tela de meu celular, finalmente encontrando o conteúdo que me realmente me interessava. Li inúmeras vezes aquele pequeno bolo de palavras, afim de memorizar aquilo - mas minha mente era muito fechada para isto -.


•Dias depois•


Após dias estudando sobre o assunto, finalmente me senti seguro em praticar tal ritual, iria sozinho, como os websites diziam, uma mochila me acompanhava - esta era preenchida por garrafinhas de água, salgadinhos, doces, uma lanterna, e principalmente, meu celular. 


Minha omma havia saído, eram um domingo de madrugada. Tinha a certeza absoluta que minha mãe só chegaria no dia seguinte - ela pensa que não noto as marcas roxas em seu pescoço estas inutilmente escondidas por uma base. - então sai de meu quarto, indo em direção ao elevador, certificando me de que não havia ninguém acordado naquele horário após passear pelos corredores. Tirei o papel dobrado em meu bolso e o fitei, lendo calmamente, enquanto mordia meus lábios por puro nervosismo, seria a primeira vez que faria algo do tipo. 



"O que você precisa: um prédio com 10 andares ou mais com um elevador. Entre no elevador sozinho (o elevador deve estar vazio também). Quando estiver dentro do elevador, siga a ordem: 4ª andar > 2º andar > 10º andar (se alguém entrar no elevador em algum desses andares, o ritual será desfeito). Assim que você chegar ao 10ª, pressione o botão do 5º andar sem sair. Quando você chegar no 5º andar, uma mulher jovem vai entrar e irá acompanhá-lo no elevador. (Não fale com ela de forma alguma, nem que ela tente puxar assunto!) Depois que a mulher entrar, pressione o botão do 1 º andar. Depois de pressionar o botão do 1 º andar, o elevador vai levá-lo até o 10 º andar, em vez de levá-lo para o chão. (Você poderá apertar os botões dos outros andares, assim você não completará o ritual, mas também essa será a sua última chance de desistir do mesmo). 

Há apenas uma maneira de verificar se você foi bem sucedido no ritual ou não; O mundo que você chegou deve ter apenas uma pessoa – ou seja, você. Eu não sei o que acontece depois que você chega lá. Mas posso dizer uma coisa, a mulher que entra no elevador no 5 º andar não é humana."

Suspirei. 



Notas Finais


ENTÃO, Oi pra vocês primeiramente. Desculpa se estiver um lexo (de novo). Até o próximo capítulo dessa "oneshot".


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...