História The River! - (Quase) One Shot - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman, Paulo Guerra
Tags Carrossel, Lufer, Paulicia, River
Visualizações 39
Palavras 1.592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello povoo! 🎈
Helto aqui de nuevoo!
Genty, ESSE lugar que eles estam, não tem essas tecnologias brabas nn ta! Tem tv, ar condicionado e despertador de normal! NESSE lugar não tem coisas normais, entenderam?
Eu botei 1966 por que eu gosto de 1900 e achei legal, mais tipo, o 1966 deles é tipo o nosso 2017, Bom..ainda não, mas ta quase....Um dia vocês vão entender! (To flnd demais)
Vamoss para o capitulo final? (TALVEZ final, acho que nn!)
Bjs, boa Leitura! 💙🎈

Capítulo 2 - The River! - Part. Two!


Fanfic / Fanfiction The River! - (Quase) One Shot - Capítulo 2 - The River! - Part. Two!

[1966 - 26 de Set. - Nivebrook - 05:38]

Fernanda pov's

Finalmente. 

Pegamos as mochilas prontas pra entrar.

[1966 - 26 de Set. - Nivebrook - 05:27]

Lucas pov's

Estou em casa. Deitado na cama, sem ter oque fazer. O sono sumiu de repente! Ahhr, meu pai ta dando trabalho! Minha tia Mi, vai dormir na casa da amiga de agora em diante por causa do acontecido, e meu pai, agora que entrou uma nova funcionaria, disse que vai ter que "trabalhar a noite inteira" e não vai poder dormir em casa. Eu conheço essa historia, daqui a uma semana acaba!

Tava aqui pensando naquela garota..que eu nunca vi o rosto... que nunca encostei..nunca tive neunhum contato..! Seria legal ver ela..!

Decido levantar pra ir até o rio. Não deve ter ninguém na rua, então não tem problema em continuar sem camisa certo? .....Não, vai que alguem aparece na rua né?! 

Coloco a camisa, um tenis. Estou com uma bermuda jeans clara marrom e vou saindo.

[1966 - 26 de Set. - Nivebrook - 05:37]

'River'

Passo pelas árvores que fecham a cidade pro rio e ao chegar vejo duas garotas saindo de um barco. MANO! SÉRIO ISSO? 

Paro e fico observando encostado na árvore. Olha as duas meninas são bonitas, mas tem uma que é gata demais... Pqp! 

A de cabelo curto me vê e se assusta. 

Xxxx(Aninha): AI MEU DEUS! FERNANDA QUEM É? (Diz com a mão no peito assustada)

Rio. 

Xxxx(Fer): (Olha pra trás levantando, pois estava abaixada de costas) Ehh..Ooi! (Se aproxima) Prazer Fernanda!

Lucas: Lucas! É um prazer Fernanda! (Sorrimos) 

Xxxx: OOI! (A encaramos) tudo bom? Tudo bom! (Diz olhando pra nós)

Fernanda: Essa é a Ana Vitória! (Diz voltando o olhar a mim e me fitando) 

Lucas: Prazer! (Sorrio pra Ana e ela retribui) ... Bom..(Volto pra terra) Oque duas meninas lindas e comportadas fazem do outro lado da cidade? (Digo ironico)

Fernanda: Ah! (Encosta na árvore) Eu já tava cansada daquele lugar! 

Aninha: Estavamos cheias daquelas regras e blá blá blá blabla blabla blá! (Diz mexendo as mãos e eu rio)

Lucas: Então lá é ...chato mesmo? (Elas assentem)

Fernanda: E também...(Sorri de leve olhando pro nada) Eu tava afim de encontrar uma pessoa..! (Rhwm, deve ser comprometida!...Será?) 

Aninha: Éh Dona Fernanda! Você Nem me falou tudo em detalhes né?! Eu Quero saber TUDO! (Diz cruzando os braços e logo depois recebe um dedo do meio) (rio)

Lucas: Cara! Vocês vão super se identificar com meus amigos! (Elas riem) Menos você... (Olho pra Fernanda) Nenhum deles é tão bonito assim..! (Ela sorri mexendo no cabelo corada) 

Fernanda: Valeu... (Diz olhando pro chão) 

Aninha: Ei Lucas! (Se aproxima um pouco) Tem um...sei lá..Lugar pra gente ficar..? Por que...a gente tipo...não..sabe! (Diz meio sem graça)

Lucas: Vieram pra cá sem saber onde vão ficar? (Digo rindo)

Fernanda: Foi Do Momento! (Rimos)

Lucas: Bom...Amanhã..(Olho no relogio) quer dizer, hoje...vocês podem dormir na minha casa! Minha familia não vai estar, quer dizer meu pai, ele não vai dormir em casa por...(Paro pra pensar) Uma semana! Ou mais, depende.(Dou ombros)

Fernanda: Não vai ser prejuiso pra você? (Diz precupada) 

Lucas: Não, que isso! Não tem nenhum problema! Além do mais, vai ser bom ter compania esses dias..! (Digo a olhando e ela ri revirando os olhos)

Aninha: Tudo bem então! Muito, muito, muito obrigada ta? (Sorrio assentindo)

Lucas: De nada! (Elas sorriem) Nunca vou esquecer o dia em que conheci duas malucas que cruzaram o rio DESRESPEITANDO as regras e chegaram aqui sem ter oque fazer pois não tinham nenhum plano em mente! (Digo indo entrar na cidade e Elas riem e me seguem)

Fernanda: Foi do momento demencia! (Diz me dando um tapa) (rio)

'Casa do Lucas'

Fernanda pov's

Quando chegamos na cidade, demos de cara com um gato!...Espantamos ele e depois demos de cara com um GATO, só que dessa vez era um garoto ta?! Ele falou umas coisas e..ta eu admito..Teve uns flertezinhos sim! Mas também né, olha isso!                                                          Depois Aninha perguntou um lugar pra ficarmos e ele ofereceu a CASA DELE.

Chegando lá...

Lucas: E essa é minha casa! (Diz abrindo a porta com a chave e logo de entrarmos fechar)

Aninha: QUE CASA É ESSA? (Diz olhando as coisas)

Fernanda: PARA DE GRITAR! Vai que tão dormindo né?!

Lucas: Não tem ninguém aqui! Meu pai ta trabalhando até as 15h e minha tia não mora mais aqui! (Diz se aproximando)

Aninha: Rhwmm! Que bomm! (Diz animada batendo palmas) Onde vamos dormirr? 

Lucas: Vocês podem dormir no quarto do meu pai, ou da minha tia.

Fernanda: Pode ser no da sua tia mesmo! (Ele assente)

Aninha: Vou levar as coisas! (Pega as mochilas e sobe)

Lucas: É na terceira porta! (Diz vendo ela entrar na segunda)

Aninha: Eu Já sabia! (Entra)

Se olhamos. 

Lucas: Então Fernanda...Como é lá? (Diz encostando nas costas do sofá)

Fernanda: Ahhr, é um saco! (Ele ri) Só tem regras e leis por todo lado! Você é controlado em relação a sua vida. Você não pode ouvir musicas, ir em festas, usar roupas a cima do joelho...! (Ele olha pras minhas pernas) 

Lucas: Bom..parece que você gosta de desrespeitar as regras né!? (Diz me olhando. Rimos)

Fernanda: Ah, eu tava querendo me sentir bem! E com aquele treco..não dava né! (Rimos)

Lucas: Nossa, é bem diferente do que eu pensava! (Ela assente)

Fernanda:........E você senhor Lucas, o que fazia as 05 da manhã sozinho em um rio? (Ele ri)

Lucas: Fui pensar!.....Vou sempre lá..! Me deixa bem! (MEO DEOS!)

Mano, mano, mano...É ele? Por favor que seja ele? Por favor, por favor, por favor...será que eu encontrei o garoto do Rio? 

Fernanda: ...É? (Ele assente estranhando meu comportamento) Sabia que..(Chego perto dele) Eu também vou sempre lá..! (Ele fica surpreso)

Lucas: ..Como? (Diz me entendendo)

Fernanda: Quando vai lá...Sempre tem uma garota do outro lado do rio? (Ele assente sorrindo de leve) E ela está sempre lá 1h da manhã? (Ele assente) E ela já te gritou uma vez quando todos estavam dormindo? (Ele assente ainda sorrindo) Prazer...Lucas.. É tão bom te conhecer..! (Ele me abraça) 

O abraço mais reconfortante que já recebi na vida! É tão bom finalmente o conhecer! O garoto que mora do outro lado do rio que eu pensava nunca ver na vida, está me abraçando agora...

Lucas: Eu pensei que nunca fosse... ver  você assim tão perto..! (Diz saindo do abraço mas permanece com as mãos na minha cintura) 

Fernanda: Eu também! (Dou um beijo em sua bochecha) Finalmente...

Lucas: ...Você é... linda! (Diz me analisando por inteira) (Corei? Eu não coro! Bom..Parece que com ele sim!)

Fernanda: Valeu..! (Digo e ele automaticamente solta minha cintura aos poucos ao ouvir o barulho da porta no andar de cima) Você também é...Bem bem ein! (Digo olhando TUUDO aquele...ele!) (ele ri)

Aninha: MAS EAI?? Oque vamos fazer hoje? (Diz descendo as escadas) Ir a Festas? Ouvir Musica? Ver Desenhos coloridos e pessoas alegres na rua brincando e sorrindo? (Diz já delirando)

Lucas: Bom..aqui não é bem assim sabe..! Tem muita violencia e essas merdas todas ai..!  Tomem cuidado pra não serem mortas na rua! (Olha pra nós) Que foi, nunca viram violencia? 

Fernanda: Claro que já! Mas...não tanta assim sabe..! 

Aninha: Éh! (Volta pra terra) Bom Lucas, só vou dizer uma coisa, se prepare pra conviver com a gente! Não somos...facil de lidar sabe! A Fernanda então...!(Diz ironica e meio sem graça)

Fernanda: Ah eu, claro! Você que é toda melosa e fofa amorzinho pra tudo! Eu sou direta apenas querida! Quero só ver se alguem estranho vier te encochando(n/a: não sei escrever) por ai, vai falar oque? "Poderia tirar seu membro de minha intimidade maior por favor?" éh? (Diz ironica) (rimos e a Ana dá lingua)

Lucas: Fiquem tranquilas, eu vou "ensinar" vocês a viver nesse lugar! (Digo com as mãos no bolso)

Fernanda: Eita professor gato! (Diz jogando o cabelo pro outro lado com a mão) (rimos)

Lucas: Alguem quer água? (Ana levanta a mão e ele vai a cozinha que é aberta pra sala) 

Aninha: Fer! Tu é louca falar isso? (Tenta falar baixo)

Fernanda: Falar oque? Só citei fatos!...e olha aquele homem Aninha! Você acha que eu não iria falar pra ele o QUANTO ele é....(Não acho a palavra mas ela entendeu) ...Né!? (Rimos)

Aninha: Você não presta! Já quer pegar o garoto?!

Fernanda: Pegar não! Além do mais...Ele também quer que eu sei! (Rimos)

Lucas: Aqui! (Vem da cozinha e entrega a água pra Aninha) 

Aninha: Obrigada! (Diz se sentando na escada)

Lucas: Se quiserem dormir podem ir! Desde que as 15h estejam em outro lugar! (Assentimos indo pra escada)

Aninha: Ah, e Lucas, não tem ar condicionado só no quarto da sua tia não né? (Ele nega) (Nos olhamos) EU VOU NO DO PAI! (Diz rápido antes de mim. Bufo)

Lucas: Pode dormir no meu quarto Fernanda..! (Sorrio assentindo) Depois subo pra te ver! (Pisca pra mim e eu sorrio mordendo de leeve o lábio inferior) (Subimos e Lucas ficou)

Aninha: HMM...SAFADAA! (Rimos) 

Fernanda: Quando pensei em conhecer ele, nunca imaginei que fosse esse..gato! E eu nem fiz nada! Foi ele ein! 

Aninha: PEGA MESMO GATA! (Dou um tapa por ela ter gritado)

Fernanda: Boa "Manhã"! 

Aninha: Boa! (Entramos)

[1966 - 26 de Set. - Nivebrook - 09:24]

Abro os olhos e vejo Lucas sentado do meu lado vendo tv. Estou coberta e o Lucas esta coberto até as pernas encostado na cabiceira da cama.

Fernanda: Esta ai desde quando? (Digo ainda deitada e ele me olha)

Lucas: Bom dia! (Sorrio fraco) Faz um tempo já! 

Fernanda: E quem te deu essa intimidade de deitar na mesma cama que eu? (Brinco e ele ri)

Ele deita na cama e chega pertiinho de mim. 

Lucas: A cama é minha! (Rimos) E agora que finalmente te conheci, eu vou fazer muito mais que só deitar na mesma cama que você! (Balanço a cabeça negativamente rindo)

Fernanda: Safado! (Rimos) Gostei! (Ele me beija) 

Mano do céu!


Notas Finais


Eai genty! 🎈
Curtinho? Eu sei! 😓
Primeiramente, to muito ferrada pq vou acordar CEDOO amnh e to acordada ainda!
Segundamente, ESSA MERDA NÃO É ONE SHOT! 😂 Tava tentando fazr uma One Shot, mas não deu muito certo! 😂 Mnh mente ta cheia de ideias! 🙃💛
Terceiramente, Leiam as notas iniciais! 👌
Quartamente, Alguem tem esse emoji lindynho "🌣" ?? 💙
Quintamente, Amnh provavelmente, posto o outro! 👍💚
Sextamente, Me desculpem se as hostorias sempre tem essas safadesas, mas eu sou assim enton eu nn me controlo! 🙃🌚
Setimamente, Não tem Setimamente! 👍

Bjs, Até o Proximo! 😂💙🎈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...