História The road - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Halo (Banda)
Personagens Heecheon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Banda, Drama, J-hope, Jimin, Jungkook, Namjoon, Seok Jin, Suga, Taehyung
Exibições 9
Palavras 373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorei um dia, espero que gostem.

Capítulo 1 - The first breath


Fanfic / Fanfiction The road - Capítulo 1 - The first breath

Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

-Sarah Westphal.


Uma vez, quando eu era mais nova, eu li um livro era de um garoto que nasceu com um problema, mas bem pequeno menor do que o que eu tenho, ele ainda podia estudar, conversar normalmente, porém para sociedade, era como se fosse gigante, os olhares desviavam e ele podia ver isso, acho que para mim é um tanto mais fácil ignorar. 
August era tão corajoso, e só era uma criança. 

Agora imagine, você é um bebê, da sua primeira respirada e de repente, descobrem que nasceu cego e ainda deixou a sua eomeoni doente numa sociedade muito, muito “perfeita”, é tipoaquela música da Melanie, em que ela diz pra não olhar pelas cortinas. Bem, as pessoas onde eu chegava procuravam manter em pé o assunto de diabetes, e de mim. 

“Como vai SoYun? E a diabete da sua mãe? Vai bem?” 

Me chocava como elas sentiam prazer em me julgar, por que julgar alguém? Olhe como o Sol está lá fora, sinta ele te invadir aos poucos, escute a chuva lá fora e escreva, aspire o cheiro maravilhoso da grama molhada, seja mais normal, porque isso é ser insano. 

É insano querer mudar os outros, porque não temos nada que mudar eles. A dor invade as pessoas aos poucos, eu no caso, sempre tive que conviver com comentários ruins, mas também sempre tive gente próxima a mim, eu tinha uns 13 amigos que viam. Jeongguk, o mais novo, até esperava uma menininha, me sentia feliz por ele, por tudo o que a galera conseguia fazer e montar, eram os melhores. 

Sou pianista de uma orquestra, junto de mais dois amigos, Jimin e Yoongi, toco há 10 anos, isso é bastante tempo para alguém que tem problema oscular, mas não há problema, Ray Charles tocou até morrer e foi um dos melhores, por que eu não poderia tocar também? 
Até agora devem ter me julgado muita coisa, não me importo, apenas sinta, cheire e viva, como se fosse seu último dia vendo as coisas, pode acontecer de nunca mais ver.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...