História The rock girl - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs
Tags Chandler Riggs
Exibições 20
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOOIIIIIIIIIIEEEEEEEE AAMORREEEEEESSSSS
Notícia super importante : Criei uma nova fanfic , não do Chandler , mas do Sterling Knight . ( ******______******** )
Eu sei que eu demorei para postar os capítulos , por dois motivos : deu bloqueio de criatividade ( sorry ) e pq eu tava ocupada com a matéria do último bimestre .
Bom , sem mais enrolação ... BOA LEITURA !!!!!

Capítulo 8 - A new restart


Fanfic / Fanfiction The rock girl - Capítulo 8 - A new restart

P.O.V   Henry Johnson  ( pai da Lorena )

 

       Depois que minha filha saiu para ver sua amiga Carter, vesti uma roupa confortável  e fui para meu restaurante favorito , o Paulo`s . Depois de ter atravessado algumas ruas , chego ao meu destino . Me sento em uma mesa perto do palco .

        - Olá , já fez seu pedido ? – pergunta Marta , a garçonete .-

        - Por enquanto não quero nada , obrigado- respondo formalmente dando um sorriso , ela assente e vai atender outra mesa –

          Não demorou cinco minutos e uma mulher de pele bronzeada , cabelos castanhos curtos e lindos olhos verdes aparece no palco , carregando um violão . Ela se senta em um banco e começa a cantar a música Kiss me da banda Sixpence none the richer . Quando acabou , todos a aplaudiram , ela desce do palco e se direciona para o balcão de bebidas que havia ali , a acompanho com o olhar . Confesso que ela era muito atraente . Vou até ela e me sento em um banco ao seu lado .

        - Oi- digo a olhando –

        - Oi – ela responde dando uma risada abafada e colocando uma mecha do cabelo atrás da orelha . –

         - Será que eu poderia lhe pagar uma bebida ? – pergunto um pouco receoso de sua resposta –

         - Se não lhe for incomodo – disse dando de ombros –

         Pedimos nossa bebida , ficamos conversando e contando piadas . Temos algumas coisas em comum : ela tem um filho ; gosta de rock ...

         - Eu não quero ser intrometida , mas por que sua mulher te largou ?-

         - Câncer – respondo um pouco ... angustiado talvez . Falar dela ainda me doía –

         - Meus pêsames ,  eu não queria ser indelicada , desculpa – desculpou-se arrependida –

          - Tudo bem , o que passou , passou – respondo sorrindo . Ficamos um tempo em silêncio , nos encarando . Prestei atenção em pequenas coisas que a faziam linda : seus olhos verdes , que continham um brilho inédito ; seu lindo sorriso ; sua pele levemente bronzeada e seus lábios pequenos e tomados por uma coloração escura , por conta do batom vermelho . – O que houve com seu marido ? – pergunto automaticamente retirando aqueles pensamentos de minha mente .-

        - Foi assassinado – responde e abaixa a cabeça , vejo uma pequena lágrima escorrer de sua bochecha . –

           Sem raciocinar direito , levantei seu queixo e sequei sua solitária lágrima . Fomos nos aproximando quando senti sua respiração calma e serena contra meu rosto . Ela , em um movimento rápido , me puxou pelo casaco e colou nossos lábios , contornei meus braços em sua cintura , trazendo – a para perto . Quando o ar se fez necessário , paramos e encostamos nossas testas .

           - Eu ... desculpa – disse me largando e saindo do local , me deixando um pouco aéreo . Pensei em ir atrás dela , mas não sei seu nome .

          Termino de tomar minha bebida , me levanto , pego a carteira e deixo o dinheiro em baixo do copo .No caminho para casa , relembro do beijo , eu ainda conseguia sentir seus lábios sobre os meus , eu não conseguia tirá-la da minha cabeça , por mais que quisesse , não conseguia.

          Talvez eu estivesse gostando da desconhecida

 

P.O.V  Lorena Johnson

 

Semanas depois

 

10 ... 9 ... 8 ... 7 ... 6 ... 5 ... 4 ... 3 ... 2 ... 1

 

        Logo , mais uma aula se passa , saio rapidamente da sala , vou a cantina , pego meu lanche e me sento ao lado de Carter .

          - O que houve ontem , Lore ?- pergunta Hay depois de ter dado um gole em seu suco –

          - Nada – respondo como se fosse óbvio –

          - Sei – murmurou não convencida da resposta –

          Carter iniciou outro assunto , ao qual eu não estava prestando a mínima atenção . As vezes , de relance , eu olhava para a mesa onde Chandler estava , percebia que ele também me encarava.Desvio o olhar e deixo minha franja caída pelo olho .

            - Depois diz que não está apaixonada – sussurra a amiga ao meu lado –

             - E não estou – digo dando de ombros –

             - O seu coração diz isso ?- pergunta arqueando as sobrancelhas –

            Isso me faz refletir . Será que não estou apaixonada ? O que meu coração diz a respeito ? Acho que nunca saberei disso , eu literalmente não entendo meu coração e muito menos meus sentimentos . Aliás , o que é o amor ? Uma palavra tão simples mas com milhares de significados , sinceramente eu não tenho uma definição para isso , eu não sei o que sinto pelo Chandler .

              Pego minha bandeja e me levanto .

              - Ei , onde você vai ?  - pergunta Dara . Faço um movimento com a mão para elas me acompanharem . Pegam seus lanches e me seguem onde a mesa de Chandler estava .-

             - Com licença, nós somos novatas e viemos aqui para saber se poderíamos lanchar com vocês .- digo educadamente . Me viro para minhas amigas e elas entendem o que quero fazer . –

              - Vocês estão brincando ? – pergunta Dylan olhando para todas nós .-

              - O que é isso ? – questiona Chandler –

              - Eu acho que te conheço , você é aquele garoto que comprou um disco dos Ramones na loja , não é ? – pergunto como se não o conhecesse – Prazer , Lorena Johnson – apresento-me lhe estendendo a mão –

              - Chandler . Chandler Riggs – responde apertando a mesma , me entendo –

              Nos sentamos junto a eles , conversamos dos mais variados tipos de assuntos , contamos piadas e rimos demais .

*                *                  *

                Amém !!!!!

                Coloco meus materiais na mochila , a passo pelos ombros e saio da escola , sendo acompanhada pelos garotos e garotas .

               - Onde vocês ensaiam ? – pergunta Sam , olhamos umas para as outras e sorrimos . –

              - Venham – ordeno e saio correndo em direção a minha casa . Chegou em um ponto que tive que parar para recuperar fôlego , coloco as mãos nos joelhos , quando vi que eles estavam se aproximando , continuei correndo . Abro a porta de minha casa , depois de um tempo eles fazem o mesmo . –

             - Você incorporou The Flash , minha filha ? – pergunta Dara sentando no sofá , recobrando o ar –

              - Parece que sim – diz Sam – Parece que ela te venceu , Chandler . –

             - Veremos – disse Chandler desafiador –

             Descemos até a garagem , os mostrando nossos instrumentos .Acho que seria início de uma nova amizade , um novo recomeço.

 


Notas Finais


Bom , foi isso . Espero que vocês tenham gostado .
Próximo capítulo vai ser melhorzinho , prometo :))))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...