História The Royal: A Seleção INTERATIVA - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Aspen Leger, Gavril Fadaye, Kile Woodwork, Lucy, Maxon Calix Schreave
Tags A Seleção, Ahren Schreave, America Singer, Amor, Eadlyn Schreave, Interativa, Kiera Cass, Maxon Schreave, The Heir
Exibições 42
Palavras 1.473
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi meninas! oi Selecionadas!
Aquele pedido de desculpa por atrasar... bateu o bloqueio criativo e eu nem abri a porta ele entrou pela janela... desculpe e espero que entendam...
Vou deixar perguntas nas notas de rodapé e eu espero que assim que chegarmos no capitulo 20 entrar na Elite!
Espero que gostem... que não sofram tanto!
Boa Leitura!

Capítulo 13 - Illéia em Luto


Ahren deixou que Kathrine entrasse primeiro no salão onde as garotas aguardavam, ele tomou todo o folego conseguiu e soltou o ar ao entrar. Todas aparentavam estar exausta, bom ele também estava.

― Ahren... que bom que você está bem ― diz Lindsey.

Estar bem era relativo, Ahren não tinha nenhum machucado físico, em compensação sua alma sangrava. Ele era responsável por todas aquelas garotas, duas haviam morrido. Parte dele queria mandar todas para casa, para onde elas estariam seguras. Porém abrir mão da seleção era dar poder ao inimigo desconhecido e ele não faria isso.

Ele olha para a garota loira, devia ter chorado mais cedo. Seus olhos estavam vermelhos e o rosto levemente manchado ― Obrigado pela preocupação, aliás obrigado a todas por terem sido tão fortes durante o atentado e cuidado uma das outras. Os guardas me relataram e eu fico extremamente orgulhoso de todas... ― ele esboça um meio sorriso.

Jasmine ergue a mão.

Ele olha para a garota ― Sim Jasmine?!

Ela olha para as outras, morde a boca ― sua família está bem? Já sabem quem atacou o castelo?

― Estão todos bem, graças a deus e não, ainda ninguém assumiu o atentado. Temos apenas algumas suspeitas ― ele olha para todos os rostos, faltava ainda uma garota. Será que haviam tido uma outra baixa? Ele balança a cabeça em um gesto sutil como se pudesse afastar o pensamento. Ele ajeita a postura, as garotas também se ajeitam em suas cadeiras.

Os olhos do príncipe que pareciam tristes ganharam certa urgência, certa seriedade.

As garotas se entre olhavam, todas tinham a mesma pergunta estampadas em suas testas ― Seremos todas mandadas embora? ― Hope pergunta, colocando o anseios de todas para fora.

Ahren ainda estava a estudar como diria o que tinha se preparado para dizer as garotas, a pergunta de Hope o pega ― Não... não. O que tenho a dizer é, que se vocês acharem que devem voltar para casa, vocês tem a minha permissão. Nenhuma de vocês é obrigada a ficar aqui, caso não se sintam seguras. Nessa madrugada o reino falhou com todas vocês ― ele faz uma pausa ― infelizmente perdemos duas de vocês, a senhoria Allysson Beason e a senhorita Erza Muller...

Lindsey limpa uma lagrima que escorria pela sua bochecha, Audrey aperta a mão dela tentando conforta-la.

― Tivemos baixas com alguns guardas também, todos uma enorme perda para o castelo ― ele complementa.

― Então quem quiser voltar para casa é apenas arrumar as malas e ir embora? Não seria melhor adiar a seleção? ― Haley Tate pergunta.

Kathrine revirou os olhos, ela sabia que acabar com a Seleção seria demonstrar fraqueza e ela não iria arredar o pé dali, nem pensar. Antes que Ahren pudesse responder Katherine ergue o braço ― Se hipoteticamente todas desistissem e apenas uma ficasse, você se casaria com essa selecionada ou seria tudo invalidado?

As garotas encaram a morena e Ahren também estranha a pergunta ― quié ? perguntar não ofende e eu sei que ninguém aqui vai desistir assim ― diz Katherine desgostosa, seria um lindo sonho se todas aquelas garotas a sua frente desistissem, até porque para ela eram todas desqualificadas.

Ele olha para Haley Tate ― Sim se for o desejo de vocês, peço apenas para que possamos nos despedir ― ele agora olhava para todas ― Cancelar a seleção apenas daria força ao nosso inimigo, e ainda não sabemos quem ele é, então a Seleção irá até o fim ― Ele esboça um meio sorrio e em seguida olha para Katherine ― Eu não pensei sobre isso e espero que isso não ocorra, seria um desastre ― ele responde meio constrangido, por um momento ficou com receio que isso pudesse acontecer.

― Sabe nos dizer o que aconteceu com Lua Woodley? ― Aylena pergunta, sua voz era suave e preocupada, Ahren encontrou aqueles olhos expressivos atrás de Audrey, ela já parecia bem melhor.

Ele sabia que estava alguém faltando, Lua... claro... a garota do foguete ― Não tenho certeza, mas creio que esteja na enfermaria, depois se puderem repassar o que disse a ela... terei uma reunião e depois o enterro.

Amber surge na porta ― Já posso alteza?

Ele faz um sinal negativo para a mulher e se dirige as garotas ― Pensem no que eu disse, vocês tem até amanhã para se decidirem, escrevam para as suas famílias, aliás podem usar o telefone. Isso trará paz a todos... Amber vai orienta-las agora, com licença.

Ele deixa a sala sem olhar para trás, precisava saber o que havia acontecido a Lua Woodley para ela não estar ali. Amber passou as orientações as garotas, elas seriam levadas para outros dormitórios e teriam que dividir, pelo menos até as coisas estarem novamente em ordem. O enterro das garotas e dos guardas que morreram seria realizado no final da tarde daquele mesmo dia. Illéia entrava em luto e todas as bandeiras foram colocadas a meio mastro.

Ahren caminhava em direção a enfermaria, Lua Woodley só poderia estar lá. Ele estava quase chegando no local quando encontrou o Aspen por ali ― Ahren, estava indo chama-lo, temos um problema...

― Outro? É urgente? Estou procurando uma selecionada... ― ele ia dizendo, mas o general o interrompe ― A srta Woodley?

― É, ela está aqui na enfermaria? ― ele estica o pescoço a procura de uma juba avermelhada.

― Não... não, ela está bem não precisou de ajuda médica ― Aspen faz uma pausa, Ahren o olha ― onde ela está?

― Está na sala onde estão preparando os corpos para o enterro. Um dos guardas que era amigo dela morreu. Achei que não teria problema deixa-la com o amigo...

Ahren fica processando a informação por alguns segundos ― você fez bem general, as famílias já foram avisadas?

― Sim, vão chegar próximo ao horário do almoço e o enterro será as 18 horas. E ainda nenhum grupo rebelde assumiu o que houve ainda, mas temos nossas suspeitas.

― Preciso me preparar então ― Ahren diz em um suspiro triste ― bom me inteiro das suspeitas na sala de reunião mais tarde, vou ver a garota...

Ahren deixa Aspen e anda o mais rápido que consegue até a sala onde Lua Woodley estaria.

 

[Pov Lua Woodley]

Assim que o sol nasceu Peter e eu deixamos a pequena casa que havíamos nos abrigado durante o bombardeio, fomos procurar por John. Entramos nos dormitórios dos guardas, perguntamos a todos os homens por que passamos durante o percurso, nem mesmo na enfermaria ele estava.

O aviso chegou após 63 minutos e doze segundos de procura. Sim eu contei todo o tempo, e cada minuto a mais que era somado mais meu coração ficava apertado. ― 602, Peter? ― chamou uma mulher, ela tinha cabelos loiros e raspados, só identifiquei que era uma mulher pela voz.

― Sim Sargenta Wolf ― Peter soltou minha mão e prestou continência.

― Precisamos ter uma conversa a sós ― ela disse e me olhou, eu mantive o olhar ― Tudo bem Peter, eu continuo a procurar por John... ― digo e mordo a boca, não queria ficar só, mas se Peter precisava ir...

A mulher me olha dos pés à cabeça ― É parente do 727? ― ela pergunta.

Olho para Peter ― ela... eles foram praticamente criados juntos sargento ― ele responde em meu nome.

― Ele está bem? ― pergunto, sinto minha garganta apertar, ela sabia como John estava, era sobre ele que ela queria conversar ― nós fomos criados juntos...

Ela hesita por um momento ― eu sinto muito então senhorita... ele morreu salvando a rainha no bombardeio...

Sinto meu corpo quase desfalecer, Peter me segura e me envolve em seus braços e eu choro ― ele não pode ter ido... não pode...

― 602 ― a sargenta chama, Peter apenas olha para ela ― por favor avise o restante da família...

― Certo ― ele diz sem me solta.  A mulher nos deixa sozinhos, Peter me abraça mais forte, pressionando minha cabeça no peito dele, me impedindo de olhar para ele. Eu podia não conseguir ver o rosto do meu amigo, mas conseguia sentir as lagrimas dele. Retribui o seu abraço o mais forte que consegui.

Tomei a frente e avisei a família de John, Peter não conseguia falar sem que sua voz tremesse, foi a pior notícia que já dei em vida, a voz o desespero de Dona Lola retumbavam em meus ouvidos, após telefonarmos fomos autorizados a ir ver o corpo.

Não tive coragem de entrar na sala, fiquei apenas esperando Peter voltar, ele precisava reconhecer e resolver alguma possível burocracia, fiquei esperando no corredor. Eu havia sido chamada para me reunir as outras garotas mas não tive coragem de abandonar Peter, e nem mesmo condições e o príncipe teria que entender isso. 


Notas Finais


** Sim o enterro vai ser no próximo capitulo e teremos também uma passagem de tempo pequena!
** As perguntas são as seguintes:
Você desistiria da Seleção depois do que aconteceu? Não? por que?
Ahren está arrasado e se sentindo responsável pelo o que aconteceu... como você o consolaria ? o que diria pra ele ? e faria?
E por último, você gostaria de dizer algumas palavras em forma de homenagem no enterro?

E ai o que achou do capitulo?
BiancaGMalfoy eu gostaria muito de um pov da Lua sobre isso e você pensar em algo me manda! e sorry não queira me matar eu sou um doce de pessoa ><

*** MENINAS CASO QUEIRAM MANDAR POVS NÃO PRECISA SER ESPECIFICAMENTE PRO PRÓXIMO CAPITULO PODE SER OUTRA UMA OUTRA SITUAÇÃO... NÃO SE ACANHEM É SÓ MANDAR POR MSG! <3 ***


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...