História The Sarang - (Imagine Byun Baekhyun) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 267
Palavras 1.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, desculpa a demora, boa leitura.

Capítulo 5 - 💙 Cap; 05 💙


------*

 

Eu acordei com o barulho do despertador que se fez presente no quarto, S/N estava, como na noite passada, agarrada em mim.

 

Eu acho que sobre o que Chanyeol falou, ela realmente tem muitos pesadelos, não sei tudo sobre ela, por isso não sei o motivo desses sonhos infelizes, deveria conversar mais sobre isso com Chanyeol.

 

Me levantei e fui até o banheiro, fiquei receoso em tomar banho na casa dela, não faz mal, ela não se importaria.

 

Eu deixei minhas roupas em cima da pia e quando estava retirando minhas roupas, vi um pacote de papelão em cima da pia.

 

- "Tampões", hm... - Fiquei curioso mas não mexi - Se ela soubesse disso ficaria chateada.

 

...

 

Saí do banheiro e vi S/N dormindo, ela realmente é "inocente", em alguns casos, não é uma pessoa que vá fazer mal a ninguém, pelo contrário, tem um coração muito grande.

 

Saí do quarto e logo fui em direção a cozinha, preparei um café da manhã e deixei remédios a sua altura quando precisasse.

 

Ela é uma pessoa tão gentil, bonita, os lábios bem desenhados, cabelos sedosos, olhos perfeitos castanhos... Oh Deus! Por que me enviastes uma pessoa assim?! Por que estou pensando essas coisas?

 

...

 

Cheguei na cafeteira, abri a porta e logo senti o cheiro de café entrar nos meus pulmões, apenas aproveitei o momento e fechei os olhos.

 

Hyeri - O que você está fazendo? Vamos logo menino, tem gente esperando ali, vamos logo.

 

- Tá, calma - Eu andei até a parte de trás do balcão e pus meu avental.

 

Sr. Im - Baekhyun, onde está S/N?

 

Baek - Ela está gripada, domingo ela ficou até tarde no soreno e agora está gripada.

 

Sr. Im - Ah, então tudo bem, fala para ela que eu desejo melhoras - Eu assenti e ele saiu.

 

Eu estava lavando os copos e Hyeri se aproximou.

 

Hyeri - Ela está bem?

 

- Bom, quando saí, ela estava dormindo, mas acho que está.

 

Hyeri - Então você estava no apartamento dela?

 

Baek - Não, óbvio que não, eu fui vê-la antes de sair - Menti - Não deixaria ela sozinha.

 

Hyeri - Ok, cuide dela, eu não terei tempo para visita-lá, mas passo uma mensagem.

 

Eu continuei a fazer meu trabalho, mais pessoas iam aparecendo e eu senti que aqui nunca acabaria, mas então acabou meu turno e eu saí da loja, depois de me despedir das pessoas.

 

Decidi ligar para S/N, e foi isso que eu fiz, disquei seu número, não demorou muito e ela atendeu

 

LIGAÇÃO ON

 

- Alô?

 

- Oi S/N, é o Baek, se sente melhor?

 

- Ah sim, só tive dor de cabeça, alguns enjoos de vez em quando, mas agora estou melhor, eu vi o café da manhã e os remédios, obrigada.

 

- Ah, não foi nada, estou voltando, quer que eu leve algo para você comer?

 

- Pode ser macarrão instantâneo, compre por favor, quando você chegar aqui eu te pago.

 

- Ah, não precisa me pagar, vou comprar, tchau.

 

- Tchau.

LIGAÇÃO OFF

 

Ela desligou e eu continuei a andar, logo me deparei com uma loja de conveniência.

 

Entrei na loja, o vendedor me recebeu com um sorriso simpático, eu retribui e continuei a andar pela loja, logo vi o tal macarrão, peguei dois e segui para o caixa.

 

- Boa tarde - Deixei as coisas em cima da esteira que começou a se arrastar

 

- Boa tarde - Ele passou as coisas no scaner - O dia está bonito, não?

 

- Sim... - Senti meu celular vibrar e peguei do meu bolso, eram mensagens de Chanyeol

 

Chanyeol

 

Yeolie, preciso falar com você, está saindo do trabalho agora?

 

Yeolie? Sim, estou, falar o que? Sobre o que?

 

Sobre S/N, eu não tenho carro, então você pode me buscar na casa dela?

 

Ok, passo aí as 18:00, tem, preciso ir.

 

Tudo bem, tchau.

 

- Senhor, suas compras - O homem me alertou fazendo guardar o celular - Obrigado, volte sempre

 

- Obrigado - Eu fiz uma pequena reverência e saí

 

Continuei andando até nosso prédio, subi no elevador e lá estava, tocando sua campainha.

 

S/N - Oi! - A garota abriu a porta sorridente, dando passagem para eu entrar - Entre.

 

- Está melhor? Espero que sim, foi muito chato no trabalho - Fui para a cozinha e deixei o saco com compras em cima do balcão.

 

S/N - Imagino, passei um ano inteiro assim, tenho que melhorar para ir a faculdade - Ela abriu o saco, pegou panelas pôs água na panela, fez o que seria feito.

 

- Vai melhorar, amanhã acho que você já pode ir, não?

 

S/N - Sim, vou amanhã, talvez eu precise pegar as coisas que eu perdi desses dias.

 

- Isso, pegue, para não ter tanto prejuízo - Eu encosto no balcão - São que horas?

 

S/N - São... Cinco e cinquenta e cinco, por que?

 

- Ah, Chanyeol deve estar me esperando, ele falou que queria falar comigo.

 

S/N - Ah, mas já? Peça para ele subir.

 

- Ah, não da, eu tenho que falar com ele, tchau - Eu saí do apartamento.

 

Novamente peguei o elevador e desci, quando saí do prédio vi Chanyeol me apressado dentro do carro, corri até o mesmo e entrei no carro.

 

Chany - Não pode demorar, estou parado no lugar errado, vamos aonde?

 

- Não sei, vamos em uma cafeteria, é coisa rápida.

 

Ele concordou e deu partida no carro, de vez em quando tocava uma música no rádio e nós cantávamos, até que chegamos na cafeteria, sentamos em uma mesa qualquer e logo a mulher veio nos atender, estava um pouco vazio, talvez pelo fato das pessoas estarem cansadas e irem para a casa, deve ser isso.

 

Chany - O que você quer me perguntar?

 

- Bom, você tinha falado que ela tem muitos pesadelos, descobri que isso é verdade.

 

Chany - Como você chegou a essa conclusão?

 

- Eu dormi com ela duas vezes, então acho que já entendi como funciona.

 

Chany - Dormiu com ela duas vezes? Ontem?!

 

- Sim, mas o que acontece para ela ter esses pesadelos.

 

Chany - Bem, de acordo com o que ela me contou, o padrasto dela agride muito a mãe dela, o verdadeiro motivo dela ter vindo para Seul é esse, ela não conta isso para ninguém.

 

- Oh... Não pensei que fosse uma coisa assim, ela teme muito isso então.

 

Chany - Sim, é difícil você ver sua mãe naquela situação e não poder fazer nada, acontece desde quando ela tinha oito anos.

 

- E a mãe dela, nunca tentou fugir?

 

Chany - Já, mas ela não conseguiu e não consegue, por isso quero que cuide muito bem dela, por favor.

 

- Tudo bem, eu estou gostando dela, ela foi a primeira pessoa que eu olhei quando cheguei no primeiro de trabalho.

 

Chany - Hm, ela é uma ótima pessoa, é bonita, gentil, vai te fazer muito feliz.

 

- Vou tentar chegar mais a frente com isso...

 

Continua...


Notas Finais


Então? Estão curiosos pelo que vai acontecer dps disso? Esperem um pouco, dessa vez não vai demorar. Bye~!

Minha outra fic (Segunda temporada)
https://spiritfanfics.com/historia/the-begin--imagine-park-chanyeol--2-temporada-9896680


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...