História The School Of The New Generation (Interativa) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 29
Palavras 1.525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora
mas aqui está um Cap fresquinho e cheiroso... Sqn.
Boa leitura queridos

Capítulo 4 - Mad Tea Party (parte 2)


Fanfic / Fanfiction The School Of The New Generation (Interativa) - Capítulo 4 - Mad Tea Party (parte 2)

Pov's Autora On

Enquanto Millary se divertia colocando comida na boca de Hideki, várias pessoas chegaram em passos de lã. Millary apenas se percebeu quando eles chegaram ao salão. Millary, deixou de fazer o que estava fazendo e cumprimentou todo o.mundo, colocando os mesmos em seus lugares.

-Agora que já estão todos, acho que podiam se apresentar. -disse Millary subindo numa cadeira.

-Por mim tudo bem... -disse Hideki. -Meu nome é Hideki White... Sou filho do Coelho Branco... -disse.

Uma menina de cabelos castanhos com uma meixa Branca e olhos negros se levantou.

-Meu nome é Cerise Wood e sou a filha da Capuchinho e do Lobo Mau. -disse voltando a se sentar.

Depois de um silêncio um menina de cabelos cor de mel e olhos cor de âmbar se levanta.

-Meu nome é Elizabeth Wolf. Sou filha do Lobo Mau... -disse se sentando logo em seguida.

Um rapaz de cabelos negros e olhos Verde vivo se levanta e encara todo o mundo antes de falar.

-Sou Akane Lion e sou filho do vilão Scar. -disse voltando a se sentar.

-Sou James Hearts e sou filho da rainha Vermelha. -disse sem se levantar do lugar.

Millary encarou o rapaz com um grande sorriso.

-Mais um amigo das Maravilhas... Está festa de chá está melhorando. -disse batendo palmas.

Um rapaz de cabelos platinados e olhos vermelhos tossiu e se levantou.

-Meu nome é Nohara Lyann Frost e sou filho do Jack Frost... -disse se sentando.

Depois de um longo silêncio todos olharam para a única que não se tinha apresentado, uma menina de cabelos loiros e olhos vermelhos. A mesma se levantou devagar.

-Meu nome é Kotori Lidell e sou filha da Alice e da Lebre. -disse sorrindo.

-Mais outra amiga. -disse Millary saltando na cadeira.

-Agora é a sua vez de se apresentar. -disse Elizabeth.

-Muito bem, se você insiste... Meu nome é Millary Chechire e sou filha do Chapeleiro Louco e do Gato de Chechire. -disse sorrindo.

-Chechire e Chapeleiro? Eles são homossexuais? -perguntou Cerise.

-Sim... -disse.

-Mas então como você nasceu? -perguntou Kotori.

-Sabem uma coisa? Vamos deixar os mistérios para depois, e agora vamos aproveitar da nossa festa de chá.

-Você não quer dizer? Porque? -perguntou Elizabeth.

-Resolvam os mistérios por vocês mesmos. -disse servindo o chá.

-Você tem medo de dizer? Talvez seja isso mesmo... -disse Elizabeth.

-Não tenho medo de nada... -disse tentando manter a calma.

-Todos têm medo de algo... E você não é diferente...

-Como você sabe? Você nem me conhece... -disse pousando a chaleira.

-Pois não... Não ainda... Mas filha do Chapeleiro louco é louca mesmo.

Millary soltou um riso e encarou Elizabeth.

-E daí, ser louca? As melhores pessoas são... -disse.

-Não... Só as pessoas do País das Maravilhas são loucas... Tal como você... É por isso que se vê aqui tantas pessoas de la...

-Elizabeth... Já chega. -disse Cerise agarrando no braço da mesma.

-Não , não... Tudo bom... Se ela que e jogar assim... Vamos jogar... -disse Millary encarando Elizabeth.

Seu olhos passaram de Verde Marinho para verde fluorescente. Ela se levantou.

-Aproveitem a festa... Talvez seja a última para alguns de vocês. Você quer que eu seja louca... Tudo bom... -disse indo embora.

-Você é mesmo fria... -disse Hideki se levantando e indo atrás da Millary.

Todos encararam Elizabeth o que fez a mesma sair da sala. Nohara acabou por seguir a mesma.

Pov's Autora off

Pov's Millary On

Estava indo na direção de me quarto e parei quando senti alguém me seguindo. Me virei para trás e vi Hide.

-Porque você me segue? -disse.

-Você está bem? Por causa do que ela disse.

-Eu não ligo para o que as pessoas dizem sobre mim...

-Então porque você ficou assim desse jeito?

-Porque ela insultou o lugar de meu coração incluindo as pessoas de la... e isso eu não admito...

-Hmm... Mas se acalme... Não ligue para ela... Talvez ela seja fria porque não conhece ninguém...

-Pouco me importa... Agora vá embora... Quero entrar no meu quarto... -disse.

-Eu quero entrar também... -disse.

-Não...

-Me deixa entrar... -disse tentando pegar a maçaneta da porta.

Eu agarro na mão dele e ele me puxa abrindo, assim, a porta. Ele encarou meu quarto admirado. Ele era todo azul e tinha castelos feitos de cartas por todo o lado. A única razão para não o querer deixar entrar é que eu tenho animais mortos conservados em âmbar, e não queria que ele pensasse que sou esquisita.
Ele ficou encarando os animais e eu entrei no quarto normalmente é me deitei na cama.

-Você... Tem animais mortos no seu quarto... -disse um pouco enojado.

-É... Se não gosta vá embora... -disse me virando de costas para ele.

Sinto alguém se sentando atrás de mim e me viro.

-Eu fico...

Eu sorri e o abracei.

-Você é meu único amigo... -disse baixinho.

-Como assim? Seu único amigo?

-Não tenho mais ninguém... Nunca ninguém quer ficar perto de mim...

-Agora tem... Se você quiser eu posso ser seu melhor amigo... -disse sorrindo.

Eu o encarei e sorri.

-Obrigado... Hide-kun... -disse o abraçando.

-Vá... Agora vamos voltar.. Ou vai deixar uma festa de chá a meio? Isso não é seu...

Acenei com a cabeça e fui com ele para o salão. Nohara e Elizabeth já lá não estavam. Me sentei e comecei a distribuir os biscoitos.

-O que aconteceu? -perguntou Kotori.

-Nada... -disse Hide comendo.

Pov's Millary Off

Pov's Autora On

Pouco tempo depois Elizabeth e Nohara voltaram para o salão e começaram a comer. Um silêncio insuportável preenchia o salão.

-Então... Uma festa de chá e eu não estou convidado? Que rudeza... -disse uma voz vinda do fundo da mesa. -Nunca pensei que minha filha fizesse isso... -disse Chechire aparecendo ao fundo da mesa.

-Papai!! -disse Millary sorrindo e se levantando e andando até ao Gato por cima da mesa, quebrando assim todas as chávenas empilhadas em cima da mesa. Quando chegou ao fundo da mesa a mesma saltou nos braços do Gato.

-Você tem mesmo os costumes de seu pai... Ele também gosta de andar em cima das mesas... -disse sorrindo.

-Aprendi com os melhores... -disse sorrindo.

-Então... Hoje a casa vai votar de cabeça para baixo?

-Sim... São novos recrutas para a luta dos desesperados...

-E algum desses recrutas quer se juntar à cooperativa da Mad Cat?

-N-não há pedidos ainda... -disse corada.

-E a Mad Cat gostava de receber algum pedido?

-Bem... Sim...

-E qual recruta?

-Aquele que saiu do buraco do Coelho albino...

-Hmm... Acertaste no alvo com a tua flecha mais forte... Estou com o orgulho no último nível. -Disse abraçando ela.

-Você podem traduzir? Não compreendo nada.... -disse Nohara.

-É a língua do País das Maravilhas... Mas cada um tem suas palavras chave...

-Hmm... E o que vocês estavam a falar?

-Conversa privada entre pai e filha... -disse Millary.

-Tch.... Só segredos... -disse Elizabeth baixinho porém Millary ouviu.

-HEYYY... LUTA DE COMIDA!!!! -disse Millary atirando um queque com creme à cara da Elizabeth. 

-ESTÁS DOIDA?!?! -disse Elizabeth se levantando irritada.

-Muito mesmo... -disse rindo.

-Sua... -disse pegando numa xícara e atirando na direção de Millary.

Millary olhou para seu pai que retribuiu o olhar, e ambos desapareceram deixando seus sorrisos para trás.

-Você não pode matar uma pessoa que não pode morrer... -disse Hideki bebendo seu chá como se nada se tivesse passado.

-Onde está você? -disse Elizabeth.

-Estou em todo o lado. -disse Millary.

Sua voz ecoou pela sala fazendo parecer que sua voz vem de todos os lados.

-Hide-kun... Você apanha uma gata caída da árvore?

-Sim... Ela pode saltar para terra. -disse Hideki se levantando.

Millary salta do teto caindo nos braços de Hideki. O mesmo pousa ela no chão.

-Obrigado Hide-kun... -disse sorrindo. -Agora um truque de magia... -disse puxando a toalha da mesa fazendo tudo cair em cima dos outros.

Todos se levantaram, mas apenas James, Kotori e Hideki se riram, os outros ficaram bastante zangados.

-Olhe o que você me fez... À minha bela cara. -disse Akane tentado se limpar com um pano.

-Tch... Vocês são todos doidos... -disse Elizabeth.

-Se habituem... As minhas Mad Tea Partys.... São mesmo MAD... -disse rindo.

-Tal como em casa... -disse Kotori.

-Sim... Nossa casa... -disse Millary sorrindo.

-Quem vai limpar? -perguntou Nohara.

-Deixa eu trato disso. -disse Millary estalando os dedos, fazendo tudo desaparecer. -Feito... Agora se vão instalar nos vossos quartos.

Eles foram, e apenas Hideki ficou com Millary.

-Posso dormir em seu quarto? Não quero um quarto enorme só para mim. E como o seu tem espaço para duas camas...

-Sim, claro... Eu de qualquer das maneiras não durmo na cama...

-Então você dorme onde?

-Eu durmo no Banco que estava ao lado...

-Como um gato?

-Exatamente...

-Ok... Então vamos?

Millary acenou com a cabeça e os dois foram para o quarto. Hideki se ajeitou na cama e Millary ficou olhando para ele.

-Queres vir dormir aqui né?

Millary acenou a cabeça positivamente e ele puxou o lençol. Ela sorriu e se aconchegou na cama, como um gato.

-O seu pai?

-Foi embora... Mas ele volta amanhã.... -disse.

-Hmm ok... Bom fim de dia. -disse Hideki tapando ela.


Notas Finais


Me desculpem se sai fora das personagens... e me desculpem também se não aparecerá muito
Eu prometo compensar...
E não se preocupem que vão.todos acabar amigos...
Espero que tenham gostado...
Até ao próximo Cap.
Bisous


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...