História The Seal of Love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 9
Palavras 1.827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Gente vo escrever o próximo amanhar e postar depois

Capítulo 9 - Porque eu quero te ver bem


Fanfic / Fanfiction The Seal of Love - Capítulo 9 - Porque eu quero te ver bem

Alicia: Você é A.D?

   ``Se eu sou A.D? hahahahaha....não me faça rir Ali, você acha mesmo que A.D iria aparecer desse jeito.

     Seus amigos se aproximarão de Alicia e puderam ver a pessoa que estava no palco.

Lucas: Quem é A.D?

Mateus: Talvez agora.....a pessoa mais perigosa.

      Nesta hora surgiu de algum lugar, acho que Deus eu trouxe, uma arma apareceu na mão de Alicia e ela apontou para a pessoa.

  ``Vai atirar em mim? Tem certeza?´´

Alicia: Se for preciso para chamar atenção dessa tal de A.D....eu te torturo.

Jully: Ali.....se você fizer isso sabe o que acontece depois ne?

Lucas: E o que acontece depois?

Jully: Sangue.....

Alec: Ali, por favor não me diga que vai fazer isso?

   ``Olha só Ali, seus amigos estão falando para não me matar, NÃO MATAR A PESSOA QUE VOCE ODEIA, mas não se preocupe essa festa era só um plano para nos conhecermos melhor´´

Alicia: Então por que você não veio sozinho?

  ``Então você pode mesmo ver tudo´´

      Apareceu quatro homens um em cada canto da quadra com uma arma.

``Bem.....como é nosso primeiro encontro, ninguém vai morrer.....foi muito bom te conhecer Alicia Collins´´

    O homem foi andando de costas até desaparecer no escuro, assim os outros homens também sumiram.

Lucas: Primeiro.......porque você tem uma calibre 38 com você?

Alicia: Meu pai disse que é para casos de emergência.

Amy: Apontar uma arma para uma pessoa desconhecida é caso de emergência?

Alicia: Fazer o que ne!?

Lucas: Segundo.....quem é A.D?

Jully: Uma pessoa que está atrás de nos.

Lucas: E porquê?

Alicia: Creio que, nos estamos na lista de morte dessa tal de A.D, E Lucas meu querido você foi adicionado nela.

Lucas: Muito obrigado pelo apoio moral.

Erick: Beleza e o que faremos quando......

Policial Jonh: ERICKKK!!!!!!!!!- Gritou vindo até os jovens.

Erick: Meu pai chegar.

Brian: Parece que alguém se fodeu.

Erick: NÃO NÃO! Eu não me fudi, nós nos fodemos.

Policial Jonh: Beleza.....acho que nem preciso perguntar.....mas mas antes me responda uma coisa, PORQUE VOCE ESTA COM UMA CALIBRE 38 ALICIA?

Alicia: Bem.....-Disse escondendo-a.

Policial Jonh: Esquece, vocês sabem que são testemunhas ne? De quem é o corpo.

Amy: É uma menina do 1o ano, fazia aula de artes comigo a tarde aqui.

Policial Jonh: Ok....eu não vou perguntar nada porque isso vão pergunta quando for necessário, estou esperando vocês lá fora- Disse saindo da quadra.

Alec: VIU ISSO É CULPA SUA ALICIA!

Alicia: Culpa minha? Agora a culpa é minha por alguém querer nos matar? AHH VAO SE FUDER EU TERIA ATIRADO NAQUELE MERDA.

Alec: Eu não deveria ter vindo.

Mateus: Então por que veio?

Alec: PORQUE SE VOCES MORRESEM EU IRA PERDER MEUS UNICOS AMIGOS!!

Chloe: Wont até parece que é você falando.

Alec: AHHH QUER SABER VAO A MERDA, PUTA QUE PARIU QUE NOITE MAIS AGRADAVEL- Falava enquanto saia.

Lucas: Você teria mesmo atirado nele Alicia?

Alicia: Se fosse para salvar vocês sim.

Lucas: E se fosse assim........sua vida ou eu?

Alicia: Não deixaria você morrer.

Emma/Jully: Wont!!!!!

Amy: CALEM A BOCA SUAS PUTAS NÃO ESTRAGREM UM MOMENTO KAWAII DESSE, PORRA ELES ESTAVAM QUASE SE BEIJANA, SUAS VAGABUNDAS.

Chloe: To com fome!

Amy: VAI SE FUDER VOCE TAMBEM CHLOE SO SABE DIZER QUE TA COM FOME....OH QUER SABER TCHAU- Disse saindo também.

Brian: Também to dando o fora.....vamos Chloe- Falou e pegou ela pelo braço e saindo juntos.

Mateus: Também não quero ficar aqui, vem comigo nega?

Jully: CLARO!!!- Disse meio alto.

   Mateus pegou ela pela cintura puxando-a e saiu segurando na cintura dela.

Lucas: Então você sempre carrega uma arma contigo?- Disse pegando a arma de trás dela.

Alicia: Pois é, é isso que dá ter um pai militar.

Lucas: Então está sempre preparada para tudo?

Alicia: Quase tudo.

Lucas: Por que quase?

Alicia: Porque não estava preparada pelo o beijo.

Lucas: Não gostou?

Alicia: Não é só.....fiquei surpresa.

Lucas: Se arrependi?

Alicia: NÃO! Por que me arrependeria!?- Disse pegando a arma da mão dele e vai andando até fora da quadra. Lucas vai junto também.

      Estavam todos lá foram, alguns alunos com seus pais preocupados, também tinha uma família chorando, deveria ser a família da garota que foi baleada, um ambulância tinha acabado chegar e levaram logo uma maca para dentro da quadra, tinham também dois policias conversando com os amigos de Ali, então a mesma decidiu ir até lá e foi.

Policial: Então quer dizer que quando entraram na quadra vocês viram a amiga de vocês conversando com uma pessoa de preto em cima do palco? E isso?

Jully: Sim.

Policial: Beleza mocinha vou precisar da sua arma.

Alicia: Porque?

Policial: Porque não sabemos o que você fez ou o que aconteceu, essa arma ira ser uma prova do crime.

Alicia: Mano....você ta de sacanagem...

Policial Jonh: Não isso não é uma brincadeira- Disse pegando a arma da mão de Ali- Vamos guardar isso, em um lugar que você não possa entrar.

Alicia: Essa arma é uma calibre 38 cano longo cromada, se usarem ela meu pai me mata.

Policial Jonh: Porque é algo importante?

Alicia: Não porque só tem bala dessa arma, ele disse para mim usar em caso de EXTREMA URGENCIA.

Mateus: E atira na pessoa que estava no palco era urgência?

Alicia: Se fosse preciso para chamar atenção de A.D sim.

Policial Jonh: Então isso foi obra de A.D?

Erick: Acredita em nos agora?

Policial: Jonh: Vou ter que investigar se isso é mesmo verdade.....ok crianças chamem os pais de vocês, porque essa festa acabou.

     O policial chamou Erick para conversar em um canto, enquanto Alicia e os outros ligavam para seus pais, se passaram alguns horas até todos os alunos irem embora só tinha ficado, só tinha um homem que era o pai da menina que foi baleada conversando com um policial.

     Estavam todos conversando esperando seus pais. Era uma noite calma relaxante, um sábado perfeito para uma festa que nunca seria arruinada por uma pessoa misteriosa, a vida é uma caixa de surpresa para aqueles que nunca estavam acostumados com isso. Ali queria poder dizer o mesmo, porem como ficar parada sabendo que tem uma pessoa atrás de sua vida e que possa colocar seus amigos em risco também queria proteger todos, mas como? Quando ela apontou aquela arma para pessoa no palco particularmente não sabia o que estava fazendo, achava que depois daquilo no passado sua vida iria ser normal uma adolescente normal com amigos, amores e diversão como todo jovem faz, porem ela não é o culpada disso tudo a mesma não tem culpa de ter tido uma mãe Serial Killer.

Lucas: Ae galera.....de boas.....quem essa tal de A.D está atrás?

Jully: Mermão não ta na cara?

    Todos olharam para Alicia que estava distraída.

Amy: Ali...Ali.....ALICIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!CARALHO ACORDA PORRA!!!

Alicia: PUTA QUE PARIU PARA DE GRITAR NO MEU OUVIDO, TOMA NO CU VEY SO SURDA NÃO CARALHO!!!

Amy: ENTAO ACORDA PARECE QUE TA NO MUNDO DA LUA!

Pensamento de Ali *Não posso fazer nada que essa MININO de olhos azuis está me hipnotizando*

Alicia: Beleza....para começo de conversa não faço A MINIMA ideia de quem seja A.D, se ela ou ele está atrás de mim, e vocês são meus amigos então ela ou ele está atrás DE NOS...SACOU?

Chloe: Gente.....você não pararam para pensar?

Todos: O que??

Chloe: Nos não comemos nada!!!

Erick: PORRA CHLOE EU JURO QUE SE VOCE ABRIR A MERDA DA BOCA DENOVO, EU VOU TE DAR UM VOADORA!

Amy: EU VOU JUNTO!

Erick: É NOIS VEY, TOCA AQUI- Ele estende a mão, e ambos dão um toca aqui.

Alicia: Alec, como é que você sujou a mão de sangue parcero?

Alec: Ahhh......entao vocês estavam distraído olhando para A.D entre aspas, eu fui verificar o corpo da menina, queria ver se era sangue.

Lucas: Voce achou que era oque AMOEBA cara?

   Todos riram junto com a piada dele.

Alec: Não nada a ver. Eu vou limpar isso já volto.

Amy: Eu vou contigo.

Emma: Humm, safadenha.

Amy: Eu só quero ajudar.

    Amy e Alec foram até um homem que era o zelador, estava lá arrumando as coisas, pediram a chave da escola que ele concedeu depois voltaram para a entrada e entram dentro, estava um breu completo ambos estavam andando até o banheiro.

Alec: Por que veio comigo?

Amy: Queria te ajudar.

Alec: A limpar esse sangue.....não sou criança ok!?

Amy: Não precisa ser criança para aceitar ajuda, também vim porque......

Alec: Queria ficar comigo?

Amy: Hum......talvez.

   Quando menos perceberam estavam na frente do banheiro feminino e masculino.

Amy: Só que não vou poder entrar contigo- Disse num tom de tristeza.

Alec: Ahhhh para com isso, vem- Falou pegando-a pelo braço e entrando dentro do banheiro masculino, Amy estava um pouco envergonhada pois nunca tinha entrado em uma banheiro masculino- Viu relaxa só tem nos dois aqui.

     Ambos andaram até a pia, Amy era cuidadosa com aquelas coisas que ela mais amava, pegou levemente o braço dele ligou em uma agua morna e colou calmamente o braço debaixo da agua, a mesma estava limpando o sangue e Alec não parava de olhar para ela, estava admirando sua beleza Amy era uma garota baixinha mais muito linda, seus grandes olhas verdes brilhavam quando sentia amor seu cabelo ruivo quando batia no sol parece ouro de longe, era isso que Alec gostava nela, seu cuidadoso amor pelas coisas pequenas e simples, sua generosidade, sempre estava certa de tudo, fazia algum tempo que Alec gostava de Amy só que não contava pois não saberia sua resposta depois estava com medo dela rejeitar, só queria ter o amor da mesma.

Alec: Por que cuida tanto de mim?

Amy: Porque eu quero te ver bem- Ela sorriu de lado.

    Alec então com uma das mão livres leva em direção ao rosto da menor, pega em seu queixo e o vira para ele, ambos ficam trocando olhares cara a cara, quase se beijando.

Alec: Amy......eu.....eu......acho melhor nos voltarmos, estão esperando agente.

   Não foi desta vez, Alec não conseguiu dizer faltava pouco, porem nunca tinha passando por isso, talvez ele queria um pouco de tempo, que não seja muito.

Amy: V-você tem razão.

      Amy desligou a torneira tirou o braço dele de lá, pegou um pano e secou seu braço, parecia uma mãe para ele, mas ela gostava de cuidar do mesmo era bom para ela, sempre sorria quando fazia isso.

   Os dois jovens saíram do bainheiro foram até a saída, fecharam e entregaram a chave de volta ao zelador, Amy já tinha avistado o carro de sua mae na porta do colégio se despediu de Alec e seus amigos e foi embora, assim chegaram depois os pais dos outros e todos foram embora.

 ``Se tens medo de expressar, mostre, nunca fuga, nunca desista, se sabes que ele é seu verdadeiro amor, corra atrás, se no fim for tudo uma perda de tempo, significa que ele não é a pessoa certa, por isso nunca pudestes desistir, seu verdadeiro amor pode estar do seu lado e você não percebeu´´


Notas Finais


Eu coloquei essa frase no final
so para dar um CHAM ^-^
ate o proximo amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...