História The Secret - Capítulo 9


Escrita por: ~

Exibições 36
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Sou eu meu amor


Fanfic / Fanfiction The Secret - Capítulo 9 - Sou eu meu amor


                                                                                          (Pov Justin)

Quatro dias depois..... 

Acordo sentindo algo umido sendo passado em minha testa. Abro meus olhos e vejo uma mulher com aparentemente cinquenta anos Ela sorri e fala .

      -Jorge corre aqui o Rapaz acordor -ela diz então vejo um senhor que aparenta ser um pouco que a mulher. Eles me olham sorrindo mas suspresos.

        -Quem são vocês? -É a primeira coisa que digo.

      -Eu sou Jorge e essa é minha esposa Marta-O velhinho apontou para ela.

        -Como vim parar aqui? A quanto tempo estou aqui?.

       -Nos te encontramos quatro dias atrás praticamente morto .Minha mulher sentiu pena e pediu para trazer você conosco.E você esta em lonkboton.

             -Lonkboton?-franzo a sombrancelha com cara de interrogação.

             -Uma cidadezinha muito pouco conhecida da california. Ai meu deus. Moço! Você deve estar com fome.

             -Não..-Ela me corta.

                -Vou preparar. algo para você comer. E ela sai daquele comodo

    Ai vem tudo na minha mente e merda. Penso em oque James fez ou pode estar fazendo com a minha Selena. Levanto rapidamente sentindo uma dor enorme no meu abdomen.O homem me olha assustado.

           -Muito obrigado Senhor. Mas tenho que ir -digo tirando o negocio que está na minha cabeça.

       -Rapaz,você tem que ficar mais um pouco comer .Refazer o curativos.

        - O senhor não entende .Tem um homem muito ruim que quer fazer muito mal a minha mulher.Ou já fez

      -Mesmo assim. Vamos fazer um acordo .Você se alimenta .Toma um banho.Troca de roupa.Refaz os curativos.E depois vai atrás dela okay?Não vai demorar.

               -Tudo bem - Me dou por vencido. Afinal os velhos sempre sabem de tudo né?.Ele sorri e aponta pra uma porta.

         -Lá é o banheiro.

                                                                                 (. . . )

Eu já havia comido. E por sinal a comida estava maravilhosa. Refiz os curativos ,tomei banho e eles me emprestaram uma roupa do seu filho que era do quartel .Dou um abraço na Senhora enquando agradeço.Ela desgruda do abraço e beija a minha bochecha.


-Rapaz....

   - Justin... Me chamo ,Justin.

   -Justin, Você morra muito longe?

    -Acho que sim.


   - Você irá a pé ?-assinto-isso poderá demorar.

        -Eu vou ter que pedir carona .

      - Eu tive uma idéia posso te emprestar a moto do meu filho. Não é a mais moderna que tem mais é melhor que ir a pé. Só terá que trazer no proximo sabado okay? Assinti e sigo eles até o lugar onde tem uma moto. Como eles disseram ,ela não é uma moto de marca famosa mas é bem cuidada.Senhor Jorge me entrega uma chave e diz.

      -Cuide bem dá moto e não deixe fazerem mal a sua namorada. Sorrio e monto na moto.

      -Antes que eu me esqueça suas coisas -ela me entrega a minha carteira. E a foto de Selena-Ele é muito linda

. -Eu sei ....Obrigada de novo -Guardo a carteira e olho para a foto. -Estou indo te buscar amor .
 

                            (pov Selena)

Dez e vinte e um da manhã.

       O sol já hávia aparecido. A claridade estava forte mas pra mim estava tudo um buraco negro.Eu estava sozinha desde que James saiu do quarto.Hora eu olhava pra parede,hora pro sangue seco e sempre estou chorando. Eu não parar de chorar e pensar em Justin e no meu bebê.

                                                                     (Flashbak on)

Lá estavamos eu e Justin deitados no capô do seu carro.Estava noite .Bebiamos cerveja enquanto olhamos as estrelas.

          -Princesa, sabia que o seu nome quer dizer lua em grego?

                 -É verdade? -ele assente- eu sempre amei a lua. Sabe porque? -Porque? -Justin diz rindo. -Porque uma vez eu vi ela azul e lembrei dos olhos do Leonardo dicaprio.

 

 - Eu não gosto dele -Justin diz enquanto seus dedos acariciavam meus cabelos. Bebo um gole da minha cerveja e falo.


             -Eu amo o Leonardo Dicaprio.

    -Por isso eu o odeio.Porque se ele pisca pra você ,você se entrega pra ele. Odeio te dividir com um imagina com dois.
 


           -Você sabe que entre os três .Você,james e Leo.Eu prefiro você né? -Hum.. acredito -eu o olho e rio.Beijo seus lábios devagar .Justin sorri
Beijo seus lábios devagar .Justin sorri e morde meus lábios.

     - Estou fodidamente louca por você Bieber. -Digo lhe dando vários selinhos .

   - E eu por você.
 


                                                           (Flashbak Off)                                                                                                                                                 

 

Estou em lagrimas quando ouço a porta ser aberta . É James.Engulo em seco e o vejo só de boxe. 

-acordei arrmhoje e adivinha quem vai me desarmar. -Engulo ao seco olhando pra ereção em sua cueca. Senti nalseas.

   -Fique longe de mim. -Eu grito ele sorri malicioso e vem até mim. Ele agarra meus cabelos com força. Eu tento afasta-lo mas é em vão .

     -Tem tantos meios. Você pode usar as suas mãos ,sua vágina. Ai ai . Tive uma idéia que tal essa boquinha linda. Ele aperta os dois lados das minhas bochechas com uma mão me obrigando a fazer um "Bico". Eu grito e ele bate na minha cara. Ele segura meu rosto outra vez e com a outra mão apalpa meus seios. Sinto tanto nojo. Não sei como já me senti exitada com esse desgraçado.

       Ele aperta o bico do meu seio e então me obriga a abrir a boca. Tento fechar mas não consiguo. E então sinto aquele negócio nojento na minha boca. As lagrimas saem dos meus olhos . E ele começa a movimentar rapido o quadril vendo que eu não fazia nada. Tentei gritar. Chorei. Mas ele não parou. E quando ele gozou na minha boca e tirou .Tirou seu pau da minha boca e me soltou. Na mesma hora eu vomitei. E vomitei muito. Ele puxou meus cabelos pra tras com força.

       -GARANTO QUE SE FOSSE AQUELE DESGRAÇADO. VOCÊ NÃO VOMITARIA.

      Ele me joga na cama e arranca as minhas roupas com força. -PARA! SOCORRO!-Grito enquanto vejo ele tirar o cinto de slá aonde. Sinto uma cintada forte na minha coxa. Na minha barriga . Nos meus seios. Na minha vagina. Ele me coloca de costas e na inumeras cintadas na minha bunda. Nas minhas Coxas .Nas minhas costas. Cada cintada que levo eu grito alto. Meu choro é alto.Ele me bate inumeras vezes. E quando me deixa no quarto estou tremula. Chorando. Meu corpo inteiro doi. Olho em alguns lugares e vejo sa
lugares e vejo sangue. Sinto minha vista se embaçando e derrepente tudo fics escuro

                                                                 (. . . )
Acordo tempo depois ,eu ando destrambelhadamente até minha comoda. Com isso meu corpo inteiro doi. Na ultima gaveta. Pego uma foto de Justin lá . Uma foto que ele mesmo me deu. Eu sempre olhava para aquela foto. Ela era linda. Ele estava sorrindo abertamente .Olhando pra camera. Sorrio fraco mas percebo outra coisa naquela gaveta. Uma faca. Pego a mesma e vejo que está bem afiada.

           - A gente vai poder ficar junto meu amor. -digo olhando pra foto.
  
 . Sento no o chão e coloco a faca encostada no meu peito. Sorrio. Mas antes que eu possa me matar ouço uma voz. A voz de Justin. Estou tão machuca assim? pra ouvir a voz de um morto?. Rio comigo mesma e quando vou enterrar a faca a em meu peito ela é tirada da minha mão e meu corpo é puxado para um abraço forte. Olho pra ver quem é a pessoa e vejo Justin.

      - jus? -meus olhos se umidecem.
-sou eu meu amor . Eu vim salvá-lá -eu me jogo em seus braços. Sinto seu corpo quente e libero um choro desesperado.
 


Notas Finais


Oláolá bruxinhas ♡ Olha só quero falar. Sou uma filha putinha sim mas não me odeiem por favorrr. Espero que Gostem. Bye bye minhas lindas.

Leiam minha outra fanfic https://spiritfanfics.com/historia/my-best-friends-sister-7144329


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...