História The Secret Of Life - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Harry Styles, Justin Bieber, Lily Collins, Martin Garrix
Personagens Barbara Palvin, Justin Bieber
Tags Ação, Barbara Palvin, Criminal, Justin Bieber, Martin Garrix, Sexo, The Secret, The Secret Of Life
Visualizações 327
Palavras 1.824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii galera 😊 sei que o capítulo está curto e tals, é que queria fazer com etapas sabe kjkkkkkkk e bom, eu estava pensando se ficaria legal o Martin Garrix como Alex então vou deixar ele mas se tiverem sugestões estou à olhos kjjkkkkk.
Enfim, desculpem não responder os comentários, não sei se é pq sou tímida ou anti social (não faço idéia), mas realmente não sei oq responder, não me achem ignorante ou outra coisa pelo amor de Deus, obrigada pelo apoio e quem puder compartilhar com os amigos ou sei lá quem, obrigada de coração 💙😆 boa leitura, desculpem os erros💙💙

Capítulo 14 - Concern / division


Fanfic / Fanfiction The Secret Of Life - Capítulo 14 - Concern / division

P.v. Justin Bieber

Depois de uma rapidinha com uma gostosa num lugar afastado voltei onde estavam todos, Ryan estava comemorando por ter ganhado uma corrida, eu parabenizei e logo fui desafiado a correr com um cara lá qualquer, seu nome devia ser Charlie não era ninguém importante na máfia mas tinha dinheiro, apostamos 15 mil.

No preparamos, ouvia-se as pessoas gritando enquanto nossos motores roncava, eu estava com um zenvo ft1 e ele com uma Ferrari, iria perder essa de lavada o prêmio já era meu.

A multidão já nos cercava e logo a kylie se não me engano, o nome da garota que transei, apareceu no meio dos carros ela deu um aceno para nos e eu dei uma piscadela para ela e ela deu um sorriso maliciosa como todas as outras vadias, continuo dizendo as últimas palavras "preparados? Vai" e levantando sua blusa deixando seus seios para fora ainda cobertos pelo minúsculo sutiã.

A corrida havia começado, e eu estava na frente, nunca que uma ferraria iria ganhar de um zenvo, liguei meu nitro já que a estrada era boa, e já nem conseguia ver o carro, acho que mesmo que ele tentasse trapacear ele não conseguiria bom mas ele jogava limpo pelo próprio bem. Eu dei uma última curva e a multidão afastou rapidamente da chegada quando ouviram o barulho dos carros se aproximando, cheguei em primeiro e todos começaram a comemorar, não é para ser convencido mas eu sou o melhor. Charlie chegou depois de algum tempo com quase ninguém dando bola para ele, percebi que sua roda estava meio que rasgada devia ser de tanto correr para ver se me alcançava, segurei o riso, ele me cumprimentou sem problemas ele soube jogar e me entregou uma mala que meus seguranças confirmaram se tinha o 15 mil e tinha.Hora de festejar.

Eu e os caras estávamos lá bebendo, fumando cocaína para pura diversão e as putas tentavam chamar minha atenção mas eu nem dava bola. Caitlin e Chaz apareceram os dois com a boca vermelha, não contive o riso e Caitlin ficou puta e chaz nem ligou e veio fumar.

-Você viu Britt? -agora que ela tocou no assunto, fazia um bom tempo que não à via, se alguém tivesse sequestrado eu daria risada. Neguei com a cabeça- Justin você sabe que ela sumiu já faz mais de meia hora?

-E daí? Quem quis vir foi ela -falei sem dar muita importância pois sei que depois sobraria para mim.

-Imbecil -disse Caitlin mais irritada ainda e eu continuei a beber, agora um conhaque, não iria beber muito desse se não posso fazer uma merda depois e hoje é dia de farra, e acho que só uns beijos em algumas vadias não vai ser nada demais.

P.v. Caitlin Beadles

Depois que Chaz apareceu quando estava com Britt, ela sumiu para não ficar de vela -espero que isso só fique entre nos três-, já procurei por ela mas parecia não encontrá-la, vou pedir ajuda para Chris.

-Chris me ajuda -cheguei desperada nele enquanto ele beijava uma garota e ela me olhou com cara feia por ter atrapalhado -e sai daqui sua puta de quinta -alterei meu tom e ela já fez cara de ofendida porque realmente era mas tentaria disfarça é claro.

-O que você disse pirralha? -perguntou tentando controlar o tom de voz.

-Isso mesmo que você ouviu, ou além disso também é surda? -ela levantou a mão para me bater e Chris segurou.

-Se não quiser ir parar no saco é melhor sair daqui -falou bravo e eu dei um sorriso convencida e ele me olhou com uma cara de poucos amigos- o quê aconteceu pra você me atrapalhar?

-Britt sumiu e não consigo encontrar ela.

-Como ela sumiu? -meu Deus que desculpa iria dar?

-Eu fui no banheiro e quando voltei ela não estava mais lá -omiti já que realmente tinha ido no banheiro com Chaz- mas enfim, você vai me ajudar ou não?

-Não tenho outra opção né, Britt é minha amiga também.

30 minutos depois

Não conseguia achar ela em lugar nenhum, estava muito preocupada, procurei ela por todo lugar e não conseguia achá-lá, espero que Chris tenha conseguido achar ela. Fui procurar por ele e logo o vi sozinho. Corri para ele e comecei a chorar desesperada.

-Vamos embora amanhã procuramos ela -concordei com ele já que estavamos muitos cansados, ele me levou até o carro e disse que iria avisar os meninos que iria embora e por incrível que pareça eles também iriam agora.

O caminho foi longo e silencioso logos chegamos, eu entrei direto e fui para o quarto de Brittney tendo a esperança que ela estivesse lá mas, antes dei boa noite para Chris e os meninos.

Subi correndo as escadas quase caindo, e fui para o quarto dela, assim que abro a porta ela está lá dormindo tranquilamente não acreditei naquilo, peguei e pulei encima dela para acordá-lá e ela logo acordou assustada e levemente irritada por ter atrapalhado seu sono.

-O quê está acontecendo? -coçou os olhos- Caitlin? -pulei e dei um abraço nela.

-Sua puta, nunca mais faça isso comigo -meus olhos lacrimejaram- você não sabe como fiquei preocupada por que você sumiu?

-História longa, amanhã eu falo para você o porquê -concordei- bom precisamos descansar.

-Vou dormi aqui tabom, me empresta um pijama seu estou com preguiça de ir até meu closet -falei sem dando tempo para ela protestar.

-A preocupação foi tanta assim -ela levantou a sombrancelha e deu uma leve risada- claro.

Troquei de roupa e deitamos na mesma cama sem problema, éramos amigas e não iria desgrudar dela até ela dizer o quê aconteceu hoje.

P.V. Brittney

Me mexia de um lado para o outro e parecia que não tinha espaço em minha cama, é como se estivesse presa em um cubo, empurrei a parede dele e logo escutei um barulho estranho como se algo havia realmente caido no chão, abri meus olhos e Caitlin estava no chão resmungando de dor provavelmente. Estranhei.

-Por que você fez isso? -falou para mim se levantando.

-Desculpa, não sabia que você estava aqui mas por que estava aqui?

-Eu dormi aqui -deu os ombros e eu nem liguei do jeito que esse ser era doido- vou ir no meu quarto me arrumar e já volto para conversamos antes tomar café -concordei.

Levantei me e fui para o banheiro, escovei meus dentes, lavei meu rosto e arrumei meu cabelo com um coque duplo, fui para meu closet e troquei de roupa, vesti algo confortável e logo Caitlin voltou com a aparência melhor do que antes.

-Então conta pra mim o que aconteceu porque quero tomar o café da manhã estou morrendo de fome -sentamos na cama e eu olhei a hora uma hora da tarde -eu disse e ela nem ligou muito e eu ri- apesar de ser magra é gorda hein -ela me deu um tapa e ficou me esperando, respirei fundo e contei o que aconteceu para ela ontem.

-VOCÊ E O ALEX SE BEIJARAM? -ela gritou e eu tapei a boca dela na hora- nunca imaginei que vocês ficaram, vocês são tão igualzinhos que parecem ter um parentesco, e não acredito que o Justin fez aquilo, cara como tem gente que gosta daquele tipo de ser humano -soltei um alto suspiro e revirei os olhos- e a mãe dele, vai ficar aqui? E se alguém descobrir.

-Ninguém vai descobrir eles só ficam trancado naquele escritório, só vai ser uma semana nada demais e você vai me ajudar qualquer coisa.

-Claro quero conhecer a sogra da minha amiga -deu risada.

-Para de ser besta, vamos almoçar ou sei lá o que.

Descemos para baixo até a cozinha e todos estavam lá almoçando, e eu desejei boa tarde à todos só por educação. Peguei e bebi uma garrafa de água antes de comer e logo estava almoçando com todos e logo Justin terminou.

-Reunião no escritório daqui 30 minutos -nossos olhares se encontraram e eu voltei a olhar minha comida e ele saiu da cozinha.

Terminei o mais rápido possivel precisa pergunta à Alex sobre sua mãe. Sai da cozinha e fui procurar por ele e o achei no jardim como de costume lendo um livro, o qual não identifiquem o nome.

-Alex -sua atenção virou para mim e ele deu um sorriso e do nada me veio uma enorme vergonha por ontem, fiquei meio rosa então o comprimentei com um abraço e logo senti meu rosto descorar- bom eu tenho pouco tempo, é eu queria saber quando sua mãe irá vir.

-Ela vai vir amanhã -ele falou tranquilo e já me deu um pequeno desespero mas eu apenas concordei- ela ficara aqui no máximo 3 dias, conseguimos uma reserva em um hotel meio perto daqui.

-Ah, ok então é, eu vou indo, até mais -acenei com a mão e ele correspondeu e eu voltei apressadamente para ir para o escritório.

Entrando lá todos já estavam lá jogando papo fora, mas eu não estava atrasada, me sentei um sofá lá e eles ficaram quieto, provavelmente iria começar e eles não queria conversa o assunto em minha frente.

-Bom como sabem o roubo vai ser semana que vem -Justin olhou para nós, apenas concordamos- temos que dividir as funções já que uma pessoa sem experiência alguma entrou para o grupo -indireta muito bem recebida- e ela precisava aprender algumas coisa, e ainda precisamos de treinamentos, nada demais.

-Estou pensando em Maejor fica em ensinar Brittney a lutar, Ryan atirar com arma, Chaz com faca, Chris ensinar o básico para invadir sistemas, apenas caso alguma coisa aconteça no banco e eu irei ensinar a dirigir.

-Eu já sei dirigir -testemunhei.

-Agora você irá melhorar seus conhecimentos sobre dirigir -falou com uma cara que tinha algo em mente- o treinamento vai começar hoje, iremos daqui 10 minutos, hoje será luta, estou sendo bonzinho mas não quero reclamações quando chegar lá, façam tudo que precisarem agora.

Sai de lá, subi para meu quarto fui em meu closet, coloquei uma legging preta, uma regata preta, uma botinha preta e coloquei uma toca porque mais tarde começaria a esfriar um pouco e passei um brilho na boca para não ressecar. Desci para a cozinha e bebi um copo d'água, eu estava preparada para isso.

P.v. Justin Bieber

Todos saíram e Chris ficou porque queria falar sobre o que descobriu sobre Brittney.

-Bom além de pesquisar sobre Britt também tomei a liberdade de pesquisar sobre Alex -deu os ombros- eu percebi que os dois também tem algo em comum, além da aparência um pouco parecida, os nomes também são, Alex Blanche Patterson e Brittney Blanche Patterson, eu não consegui encontrar fotos dos pais de Brittney, mas de Alex consegui apenas de sua mãe e vi que ela comprou uma passagem para Chicago para amanhã.

-O quê será ela irá vir fazer aqui? 

-Provavelmente ver seu filho -revirou levemente os olhos por minha pergunta boba.

Ele continuou falando algumas outras informações, nada muito importante como; os namorados, Alex teve 4, e por falar ele até tinha bom gosto eram gostosas pra caralho, e Brittney apenas um, não sei como não era virgem mas sendo stripper vai se saber quantos transaram com ela.

Quando acabou fomos encontrar com os outros para irmos para sala de treinamento.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...