História The Secrets of Crowley - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Visualizações 18
Palavras 1.269
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heey galeris! Cap novo espero que gostem!

Capítulo 35 - Inusitado


Evelyn se sentia estranha, flutuando, em meio de um nada sem fim. Ela não se lembrava quem era nem onde estava. Tudo que ela sabia era que ela era alguém e que estava perdida. Mas não sentia medo, nem raiva. Ela apenas estava absorta no meio de nada. De repente ela começou a ouvir vozes bem ao longe. Por um momento ela não se interessou, mas aos poucos as vozes foram se tornando familiares para ela. Um grande buraco foi se abrindo no meio do nada e ela se sentiu sugada por ele. Quanto mais ela se aproximava do buraco mais recordações vinham à sua mente, rostos, vozes, sensações e menos ela se lembrava de onde estava, do meio do nada reconfortante sem sentimentos. Então ela passou pelo buraco e uma luz forte atingiu seu rosto. Alguém tinha a mão em seu ombro. Ele tinha olhos verdes e preocupados mas ao mesmo tempo firmes. Era Dean, ela se lembrou. Ao lado dele estavam outros dois homens. Um alto com os cabelos até o queixo e um baixinho de sobretudo marrom. Atrás deles haviam um homem de preto com um olhar meio curioso meio preocupado. Ela se lembrava quem eram todos eles.

- Evelyn?! – Dean gritou como se fosse a décima vez que a chamava. – Você ta bem?

Evelyn olhou para ele com os olhos negros. Ela levantou a cabeça, cansada.

- Se você acha que nadar em suor enquanto seu sangue ferve é estar bem... – ela respondeu desanimada.

Sam deu uma risadinha. Dean olhou para ele sem saber qual era a graça daquilo.

- Eeh... foi exatamente o que você disse quando estava nessa cadeira – ele riu de novo.

- Engraçado ne? – Dean não achou graça.

- Isto significa que esta funcionando? – Crowley falou apontando para Evelyn

- Não tem nada funcionando aqui seu imbecil – Evelyn rosnou.

- É... parece que não. – ele deu de ombros.

- Hora de outra dose então ne Sammy? – Dean falou indo para a mesa.

- Dean ela acabou de acordar de um desmaio – Sam falou indo também – Não acha que devíamos dar um tempo pra ela se recuperar?

- Não, não acho. – ele respondeu pegando a seringa – Enquanto eu olhar pra ela e ver esses olhos negros não vou dar descanso nenhum.

Dean se aproximou de Evelyn e desferiu a seringa em seu pescoço.

- Aah! – ela gritou – Isso...queima...

- É vai queimar mesmo – Dean falou – Mas daqui a algumas horas voce vai ficar melhor. Pode deixar que eu fico de guarda agora Sammy, vai descansar um pouquinho vai.

Sam assentiu com a cabeça, mas antes de sair lançou um olhar preocupado para Evelyn. Algumas horas se passaram e eles ficaram na mesma, ouvindo afrontas de Evelyn sobre como ela iria mata-los depois de sair dali, injetando seringas, ouvindo ela gritar de dor, acordando-a quando ela desmaiava e esperando que tudo aquilo estivesse dando certo. Crowley já estava enjoado e andava no corredor do lado de fora da sala, impaciente. Castiel verificava se estava tudo bem com ela em mais um desmaio que ela acordava. Ela olhou para ele por um segundo, sem o olhar de raiva. Suor escorria pelo seu rosto fazendo com que alguns fios de seu cabelo ficassem grudados nos cantos de seu rosto e testa. Ela virou o rosto se lembrando mais uma vez de onde estava.

- Você está bem? – Castiel perguntou

- Só me deixa em paz... – ela falou deixando a cabeça de lado como se fosse dormir.

Castiel olhou para os dois irmãos, preocupado.

- Eu sei que com cada um é diferente, mas pelo que você me disse eu não demorei tanto assim não. – Dean falou olhando para Sam – Acho que deveríamos diminuir o intervalo entre as doses.

- Dean... – Sam suspirou – Vamos conversar lá fora. Preciso tomar um ar. – ele disse saindo da sala. Cass e Dean o acompanharam.

~~ ~~

Sam acabava de desferir outra injeção em Evelyn. Crowley estava do lado de fora com Dean, se curando enquanto Dean brigava com ele por ter tentado soltar Evelyn e ter quase morrido pra ela. Castiel começou a perceber algo de estranho em Evelyn. Ela não soltou nenhum gritou de dor, ao invés disso seu corpo tremia, como se ela estivesse com frio.

- Sam olha – ele disse apontando para Evelyn.

Sam saiu do lado da mesa onde ele preparava outra injeção e foi ate Evelyn. Ela estava de cabeça baixa tremendo. Ele pegou no braço dela, estava gelado.

- Evelyn? Evelyn? – ele chamou mas ela não respondeu. – Dean!

Assim que ele gritou Dean apareceu na porta preocupado.

- Ela não esta respondendo e ta gelada! – Sam explicou.

- O que que é isso Castiel? – Dean falou olhando para o braço dela.

Um brilho amarelo começava a surgir de dentro da pele dela, crescendo e formando um símbolo. Outros também começaram a surgir por todo o corpo dela.

- Eu não sei... – Cass respondeu confuso – Talvez... talvez sejam os envenenamentos.

- O veneno da alma dela? – Sam perguntou – Então eles devem estar queimando também!

Evelyn recobrou a consciência apenas para começar a gritar de dor. Um vapor começou a sair dos símbolos por todo o corpo dela e quando ela levantou a cabeça um novo símbolo apareceu em sua testa. Crowley também entrou na sala preocupado.

- Aah não... – ele disse baixinho.

Os símbolos no corpo dela começaram a se desfazer virando fumaça enquanto ela gritava de dor.

- Ah não o que Crowley?! -Dean falou irritado sem saber o que fazer.

- Temos que sair daqui. – ele disse indo para a porta.

- Sair ? Não podemos sair com a Evelyn assim! – Sam respondeu

Castiel também começou a de afastar da cadeira onde Evelyn estava, meio assustado.

- Rapazes, eu acho que devemos sair mesmo – ele disse – O veneno parece estar prestes a explodir.

Dean e Sam olharam para Evelyn assustados. O símbolo na testa dela brilhava mais que tudo enquanto os outros do corpo haviam sumido. O brilho aumentava e aumentava ao ponto de ele não conseguirem enxergar um ao outro pela luz.

- Sam! – Dean gritou tentando correr na direção da porta.

- Dean! – Sam gritou do outro lado da sala, a voz dele parecia longe.

Então uma explosão de luz inundou o local, fazendo com que todos desmaiassem. Alguns minutos depois Dean recobrou a consciencia. Meio atordoado ele se levantou e olhou ao redor. Sam estava do outro lado da sala se levantando também. Eles olharam para Evelyn. Ela não estava mais na cadeira, ao invés disso Crowley a segurava nos braços do outro lado da sala. Havia um símbolo pintado na parede atras deles e Castiel não estava la.

- Crowley.. não... – Sam falou ainda meio fraco.

- O que ? – ele perguntou sarcástico – Não consegue falar direito? Deve ter sido por causa da explosão do selo anti rompimento que eu coloquei na Evelyn. Incrível como ele queimou rápido com todo aquele sangue humano. Não imaginei que daria tão certo.

- Seu desgraçado. – Dean respondeu com a voz fraca.

- Já ouvi muito essa palavra hoje, cansei. – ele levantou os dedos para os estralar e sair dali mas Evelyn segurou sua mão.

- Crowley... – ela disse fraca – Não.

Ela saiu do colo dele deixando-o meio confuso.

- Eu não vou com você. – ela olhou para ele, os olhos normais novamente. – Pode ir embora. Eu não vou mais com você.

Crowley não soube o que responder. Ficou olhando para ela enquanto ela mancava na direção dos dois irmãos que estavam igualmente perplexos. Então quando ela chegou ao lado deles e se virou paRa Olhar Crowley, ele não estava mais lá.


Notas Finais


Ufa, acabou o arco DemEvelyn, demorou mais do que eu planejei mas está concluído! Fiquei muito feliz de voltar a escrever a fic e voltar a ter comentários positivos sobre ela. Mas depois dos roteiros que planejei estou pensando em finaliza-la. Acho que vai ser melhor. Mas vai demorar um pouquinho até la e espero que continuem comigo! Obrigada por lerem, mesmo que não comentem eu fico muito feliz pelas visualizações!
Mas e agora?? O que deu na Evelyn? Como ficará Crowley?? Descubram no próximo episódio! :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...