História The secrets of my life - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 749
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu sei que é uma bosta, mas eu n vou parar de escrever por que me sinto melhor. Espero que gostem então boa leitura pandinhas.

Capítulo 2 - Dia 2


Fanfic / Fanfiction The secrets of my life - Capítulo 2 - Dia 2

 É difícil sabe, você se esforça o tempo todo e a pessoa continua falando mal de vc como se você fosse um monstro. Hoje foi mais um dia difícil soque um pouco até mais feliz. 

Acordei um pouco atrasada e tive que ir sozinha pra escola, quando cheguei na escola sentei num canto e fiquei Vitória veio falar comigo e ficamos conversando até o portão abrir e um menino gritar "É parabéns para caverao" (caverao é Ingrid por ela ser muito brigona) e todo mundo começou a cantar aquela música chata pra pra burro de aniversários. Entramos e eu fui para a sala me separando dela por que ela é de outra turma. 

Sento na minha carteira e fico. Elena chega com uma caixa da amizade pré-decorada e me ofereci para ajudar, peguei uma revista com ela e uma tesoura e comecei a cortar oque eu gostava. Kamilla chegou e me abraçou, começou a me ajudar até Ingrid aparece na porta mandando todo mundo mudar de sala. 

Fomos para a última sala do bloco A o bom de lá que a nossa turma fica longe de Ingrid e apronta quanto ue quiser e volta para o primeiro andar do lado de Ingrid kkkkk é o óbvio que vai acontecer. 

Eu e as meninas começamos a  dançar kpop em vez de fazer a caixa por que nós sempre botamos a nossa alegria pra fora juntas dançando (principalmente kpop). Igor começou a gravar a gente dançando fiquei cheio de vergonha cheguei até parar de dançar por causa disso. 

Enjoados de ficar lá em cima decemos já que estavamos matando aula de Ed. Física. Fomos para o meu cantinho e ficamos dançando lá. Foi muito legal até Maurício passar e trazer a irá nos olhos para a minha alma. Fiquei um pouco triste e chateada com aquilo mais tentei fingir que não ligava. Ficamos um bom tempo Jéssica e Mário chegou lá e ficamos conversando. Mário perguntou a hora e quando eu vi a gbete estava atrasados. Saímos correndo e eu fui a primeiro a chegar na sala, passando mal com cede decemos de novo (somos trouxas não reclama kkk) Maurício ainda não olhou na minha cara. 

Na aula fiquei choranod o dia todo sem ninguém perceber e sem ninguém se importar como sempre né?! O tempo passou a aula acabou fomos para o meu canto nada mudou só conversamos, mas dessa vez Maurício ficou do meu lado. 

Meio dia estava Stacy, Maurício, kamilla, Pedro, Mário e Jéssica saindo da escola e rindo muito na rua. No meio do caminho Pedro desaparece do nada e so fica os cinco. Eu e kamilla fomos na frente de tood mundo brincando de frozen tudo isso por que Mário me deu doce e eu fico loukona quando boto doce na minha boca. Chegamos na escala kamilla pega o primeiro ônibus que passa por que ela tinha que buscar a irmã e Jéssica pega o segundo ônibus. Maurício ficou distante de mim e de Mário. 

Mário ficou deitado entre a minha perna por que ele tava com sono. Nós ficamos conversando em eu namorar com Maurício (uma coisa que eles n sabem e que eu namoro com Maurício na verdade só kamilla sabe). Ficamos um bom tempo ali e eu fui pra casa. 

Cheguei em casa e respondi Maurício, mas ele estava estranho ele estava falando que eu menti pra ele então comecei a conversar com kamilla Ja que ele n me respondia. Brigamos e tudo por que ele ainda estava com ciúmes de lucius prometi a nunca mais falar com Lucius e se Maurício não me contasse algo eu podia me cortar. Ele concordou e ficamos conversando coisas aleatorias. Não sei por que ele tem tanto ciúmes de Lucius se eu nem olho mais pra Lucius mesmo que ele compre ou me dê as vezes algumas coisas pra restaurar a nossa antiga amizade, eu não tenho mais intimidade com ele.

Mais tarde em casa minha avó começa a me xingar por não ter vigiado Robert (meu sobrinho menor). Paulo meu primo começa a falar que nunca queria ter me conhecido e começa a me chamar de burra, idiota, de mujta coisa ruim. Vou para o meu quarto e fico trancada lá com raiva da vida chorando muito com uma gilete na mão e cortes na perna. Acabei de adormecer chorando e com a perna cortada sem pode gritar por que não tenho mais voz e sem poder me mexer se não tenho ninguém para me ajudar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado dessa bosta. Bjs e tchau pandinhas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...