História The Security That Changed My Life - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Família, Namjin, Romance, Taekook, Vkook, Yoonseok
Exibições 97
Palavras 1.833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mil perdões, eu estive muito ocupada essa semana. Eu tive provas (e ainda tenho) e não deu, também foi a criatividade que virou-se para mim e disse "II... bonitinha, você está achando que a vida é mole? Vai atrás de um pudim que você ganha mais." Pois é. Eu estive tão tensa que quase pulei de uma janela( mas ai eu lembrei que moro no andar e baixo e no máximo o que vai acontecer é quebrar uma unha). Mas eu estou aquiiii. Boa leitura..

Capítulo 7 - Shit, Taehyung


Fanfic / Fanfiction The Security That Changed My Life - Capítulo 7 - Shit, Taehyung

POV Kim Taehyung 

─Então, vai me explicar o que está acontecendo ou não, Suga?─Perguntei para o menor assim que o puxei para falar comigo na cozinha, o clima na sala havia ficado tenso, Yoongi continuou olhando estranho para Hoseok e o outro apenas sorria com a situação como é estivesse se divertindo.

─Eu o encontrei na bliblioteca, para falar a verdade eu nem conheço ele direito, ele pegou um livro para mim na bliblioteca e depois me perseguiu até meu apartamento.─Falou ele encostando no balcão com os braços cruzados na frente do corpo. Sei que Yoongi sempre exagera contando algo, não é que ele esteja tentando mentir, mas sim sendo dramático.─Ele é muito estranho, aí eu chego aqui e ele fica lá rindo da minha pessoa.

─Você está sendo dramático.─Falei e me encostei no balcão abraçando-o de lado. ─Por que ele te seguiu?─Perguntei.

─Porque ele estava querendo me entregar o livro da bliblioteca, eu até tinha pegado-o mas a bibliotecária falou que eu poderia apenas levar cinco. Então ele foi lá e o pegou para mim.─Respondeu o mais baixo.

─Por que ele fez isso?─Perguntei novamente e o mais velho apenas deu de ombros.

─Eu também não sei, ele só disse que eu parecia muito interessado nele.─Falou ele e eu fiquei mais curioso, conheci Hoseok hoje mais cedo, o mesmo parecia um homem dedicado e alegre, ele contou que apenas tem sua noona para cuidar dele e ele disse que apenas ela está de bom grado, o que me faz pensar que o mais velho é um tanto carinhoso, Jung Hoseok é legal, consegue ser gentiu e educado. Mas eu conheço Suga bem o suficiente para dizer que o mais velho ficou encomodado com a presença de Jung ali.

─Mas se ele só gostaria de entregar-lhe o livro, por que ele te deichou no seu apartamento?─Perguntei olhando-o nos olhos e o mesmo quebrou o contato abaixando a cabeça. 

─E-Ele estacionou o carro perto do meu apartamento.─Falou ele e eu sorri, sei que ele estava sendo dramático. 

─Mas então por que está tão encomodado com a presença do Hoseok aqui?─Perguntei de uma vez, sinceramente era para ser a primeira pergunta a se der feita.

─Ele falou que eu sou b-bonito, Tae. ─Ele falou e eu pude ver suas bochechas ganharem um tom rosado. Ele se sentiu desconfortável por um elogio. 

─Isso não tem nada a ver hyung, além do mais, você não tem um relacionamento sério a três anos desde que aquele idiota te largou.─Falei e me arrependi de ter comentado sobre "aquele idiota" é um assunto delicado assim como o meu. Eu e Yoongi geralmente não nos damos bem nessas coisas de relacionamentos. Mas são feridas antigas, daquelas que você se machuca, limpa, coloca um curativo, e depois sara com o tempo, mas ainda fica uma cicatriz.

─Verdade.─Ele falou e depois voltou a abaixar a cabeça. Eu me sentia mal por ele, apesar de eu também sofrer com isso, Yoongi teve sua ferida aberta várias e várias vezes. Puxei-o para perto e abraçamos-nos.─Mas nem pense que eu vou me envolver com alguém tá?!─Ele disse e eu rir anasalado.

─Tudo bem. Mas agora vamos voltar para sala, Jeon encomendou massa de  um ótimo restaurante aqui perto.─Falei tirando-o do chão, Suga é leve, eu poderia andar o dia inteiro com ele assim, o carreguei até a sala ,passando pela porta pude ver Namjoon, Hoseok e Jeon conversando animadamente sobre algo, Jin apenas ninava o filho enquanto o mesmo ria, talvez pelo desespero de Jin, Passei por eles e Hoseok fechou a cara e eu sinceramente sei porque mas vou fingir que não, Namjoon continou a falar animadamente enquanto Jeon acompanhou-nos com o olhar. Coloquei Suga no chão e me sentei no sofá de couro, Yoongi se sentou ao meu lado e puxou seu celular do bolso para mecher em algo aleatório enquanto esperávamos a comida.

─Venham comprimentar as visitas.─Falou Jeon se referindo aos filhos que desceram as escadas. Os mesmos apenas se reverenciavam e vieram até mim.

─Appa, quem é seu amigo?─Indagou Chung-Ho se sentando em meu colo enquanto Sook foi barrada pelo seu appa para arumar devidamente o laço em seu cabelos.

Yoongi me olhou e eu pude ver um ponto de interrogação em seus olhos. Sussurro um "Eu te explico depois" e ele se vira para o garoto em meu colo.

─Sou Min Yoongi mas você pode me chamar de hyung.─Suga falou estendendo a mão para o garoto e se comprimentaram com um high five, e depois voltou sua atenção para o jogo. Suga não gosta muito de crianças, ele diz que são barulhentas e bagunceiras, ás vezes eu acho que assim que ele tiver um filho talvez não haja mais dessa maneira. 

─Olá.─Falou Sook com as mãos para trás, Sook é totalmente o oposto do irmão, Chung-Ho é tímido e ela não, ele é calmo e ela não, ele não gosta de tomar banho e Sook se deixar demora horas tomando banho.─Você é o tão famoso Suga né?─Ela falou sorrindo de orelha a orelha.

─Sim eu sou.─Suga falou e deixou o celular e lado para pegar nas pequenas mãos de Sook e deixar um selar casto mas costas das mãos da pequena, que apenas riu.─Você é uma princesa. Já te falaram isso?  Eu não pude deixar de rir com a cena.

POV Jeon JungKook

"Não gosto do jeito como ele te olha                                                           Estou começando a pensar que você também o quer                                        Será que estou louco, te perdi?        Mesmo sabendo que você me ama    Não consigo me segurar                           Eu viro o rosto, a música bem alta Estou estufando o peito                      Estou pronto para te enfrentar Pode me chamar de obcecado                              Não é sua culpa que eles ficam rondando                                                    Não quero te desrespeitar                    Mas é meu direito implicar                      Eu ainda sinto ciúmes"

Me levantei da cadeira assim que vi Yoongi roubar um pouco da comida de Taehyung enquanto o mesmo ria e puxava o braço do outro, Yoongi riu da tentantiva falha do outro de roubar comida e deu um selar casto na bochecha de Taehyung. 

─Lincença, vou até a cozinha.─Falei e os outros a mesa assentiram.Caminhei até a cozinha e fui até a geladeira, tirei de lá uma garrafa de água, abri e a bebi até a metade, olhei pra ela e fiquei pensando, quantas dessa é preciso beber para mim apagar.

─Eu acho que vou te fazer companhia.─Falou uma voz tão bem conhecida por mim.─Também não quero ficar vendo aquela ceninha.─Hoseok falou e se encostou na pia.

─Não sei do que você está falando.─Falei e terminei de beber minha água.

"Pois você é tão sexy e lindo              E todos querem um gostinho                   E é por isso (é por isso)                         Que ainda fico com ciúmes                    Pois você é tão sexy e lindo                      E todos querem um gostinho                   E é por isso (é por isso)                         Que ainda fico com ciúmes"

Ah! Não sabe?─Ele perguntou e eu neguei com cabeça, mas eu poderia jurar que tinha um tom de sarcasmo em sua voz.─Jeon, na mesa sua taça ainda estava cheia de água e você veio mesmo tomar água aqui do nada.─Ele falou fazendo uma careta e puxou a garrafa da minha mão e a jogou no lixo. 

─Não, você não está bem Hobi, e nem bebeu.─Falei rindo e batendo de leve em seus ombros.─Mas eu ainda não entendi o que você quis dizer com " Não quero ficar vendo aquela ceninha"─Falei e me afastei dele.

─Jeon, eu estou apaixonado por aquele baixinho.─Ele falou e eu fiquei proscessando.─Eu nunca fiquei tão extasiado. Aquele baixinho é um desafio.─Ele falou e eu franzi o cenho. Como ele pode se apaixonar por uma pessoa que conheceu a pouco tempo. Sinceramente não acredito em amor a primeira vista.─E você se encontra no mesmo estado, meu amigo.─Ele falou e sorriu, engasguei com minha própria saliva. Não estou entendo aonde ele quer chegar com essa conversa.─Preciso de sua ajuda para fazer uma coisinha, é o seguinte...

➳ฺHoras depois 

─Até mais, se cuidem.─Falei para Namjoon e Jin que carregava Kwan já adormecido nos braços. Acenei e eles fizeram o mesmo.

─Boa noite! Fala para o Hoseok que juízo é sempre bom.─Jin falou antes das portas do elevador sé fecharem. Ri e fechei a porta. Voltei e me sentei no sofá enquanto Yoongi se sentava ao meu lado, Hoseok estava ocupado brincando com seus próprios dedos sentado na poltrona de couro. 

─Vou leva-los para cama.─Taehyung falou puxando a mão dos gêmeos, apenas assenti e me virei. Taehyung subiu as escadas enquanto os gêmeos o seguiam em silêncio. Estava tarde mas não havia problema já que amanhã é domingo.

Assim que Taehyung e os gêmeos  sumiram, instalou-se um silêncio desconfortável na sala enquanto esperávamos a volta de Taehyung.

─Então Jeon, eu gostaria de te pedir para deixar Yoongi dormir aqui está noite, não é bom ele andar sozinhoa está hora.─Taehyung falou asim que chegou na sala. Tudo está saindo como o combinado.

─N-Não senhor Jeon, não precisa se encomodar, eu já estou indo embora.─Yoongi falou e eu revirei meus olhos internamente.Taehyung puxou os braços do mais velho.

─Tudo bem, o único problema é que eu só tenho um quarto de ospedes disponível, já que um Taehyung já o usa.─Falei e me levantei. 

─Ele irá dormir comigo.─Taehyung falou e eu engoli em seco. Como assim?! Esse não é o combinado. Quem sabe o que eles irão fazer lá dentro. Eu assenti e o vi subir as escadas acompanhado de Yoongi.

─Acho que seu plano foi por água abaixo.─Falei e me virei para um Hoseok que tinha um olhar triste e vidrados na escada.─Não fica assim, hyung.─Falei rindo e batendo de leve em seu rosto.

─Eu estou bem!─Ele falou e sorriu. Não entendi.─Como eu já disse, ele é um desafio. Eu não vou desistir até te-lo para mim.─Ele falou e subiu as escadas indo na direção de seu quarto. O hyung as vezes me assusta, ele sempre faz essas coisas, é tudo com um desafio, ele sempre foi e vai ser esse cara que gosta de aventuras. Balencei minha cabeça e apaguei as luzes para subir para meu quarto.

➳ฺHoras depois.

"Gostaria que você não publicasse tudo                                                      Gostaria que guardasse um poquinho só para mim                                        Protetor ou possessivo (yeah)          Chame de passivo ou agressivo                 Você é o único  convidado                        Eu disse, não há mais ninguém para você                                                            Pois você sabe que fico animado (yeah) Quando você também tem ciúmes"

Acordei, senti gotas e escorrer por minha testa, droga! Eu sonhei com Taehyung. Droga! Droga! Droga! Suspirei.

Senti uma pontada no meu membro, levantei as cobertas. Droga! Como eu estou excitado com um sonho? Me levantei e olhei as horas. 

03:17  da madrugada.

 Eu não acredito que vou fazer isso por você Taehyung. Hoseok está certo? Estou realmente apaixonado pelo segurança dos meus filhos. 

Me dirigi até o toalet para tentar aliviar a situação que se encontra dentro de minhas calças, sinceramente eu ainda não acredito que estou gemendo seu nome, ótimo! Agora estou parecendo um daqueles chefes que  se sente excitado  só de olhar para seus empregados. Estou me sentindo mal. Talvez isso tudo seja porque eu fiquei cinco anos sem me relacionar com alguém, até porque eu jurei não sentir isso por ninguém, talvez, Taehyung seja uma exceção. Mas aish...

Merda, Taehyung.



Notas Finais


Música: Jealous- Nick Jonas.
Espero que tenham gostado. Até porque eu chorei, eu perdi esse capítulo duas vezes sem querer, ou seja, reescrevi mais duas vezes. Aish! Chega né?! Tenho que admitir que estou bem feliz com todos vocês, poxa trinta e dois favoritos. Obrigada, sério! Obrigada. Sempre, sempre faço as coisas pensando em vocês. Nem era para mim escrever mas eu fiquei bem triste por deixar vocês esperando. :( Amooooo tudinho vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...