História The Selection in High School - Capítulo 74


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Exibições 86
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente jaja proximo cap dessa fic e UHUL UHUL!

Capítulo 74 - Recado da AS queridos!


Talvez porque eu simplesmente tenha desligado? Apenas peguei meu filho porque não deixaria ele ficar com idiotas como os que estavam cuidando dele. - Ele me encarou e falou:

- Você desligou o que America? - Revirei os olhos rindo e falei com um sorriso:

- Minha humanidade! Algum problema?

Capítulo Anterior

P.O.V America

- Minha humanidade! Algum problema? - Perguntei o encarando, ele não disse nada, apenas abriu a boca tremendo, dei um sorrisinho e falei:

- Bom, já que não tem nada a dizer... - Falei me virando mas Maxon disse:

- Eu amava quem você era... A America que brincava quando tínhamos 6 anos, até os 12 e...

- Quando você sumiu? Que peninha, seu papaizinho não deixou mais vir me ver. - Falei irônica, Maxon assentiu respirando fundo e continuou.

- A que usava roupas simples e que as amigas incentivavam a mudar, a que jogou suco de maracujá por ter "traído" - ele falou fazendo aspas, estava sem nenhuma expressão, apenas de tédio! - A que eu amei, não esse mons...

- Não ouse dizer monstro antes que eu arranque sua cabeça junto daquela tarântula que você  estava prestes a casar e... Ah verdade! Pensei que seu querido papai ia brigar com você por não se casar com ela e o que você fez? Lutou contra ele o ameaçando? Claro que não! O bebezinho aqui fugiu. Tanto que foi morar em Kent e aquele que disse que nunca me abandonaria... Foi embora, que nem essa America que você era apaixonado, mas nunca na sua pequena  vidinha ouse dizer que eu sou um monstro e sabe porquê? - Falei segurando seu pescoço o empurrando com as costas na casa encarando seus olhos em desafio, ele não disse nada mas podia ver que queria perguntar. Então falei olhando a madeira de trás junto com os barulhos das buzinas dos carros com o olhar desfocado:

- Porque eu mal comecei. - O larguei e peguei Jason do chão.

- Nãnãnão mamãe não deixará esses idiotas boçais te pegarem querido! -Falei fazendo a melhor cara de fofura pra ele. Jason começou a chorar apontando para Kriss e Maxon, o encarei murmurando "Não tenha medo, sou sua mãe e você me ama muito" dei um sorriso de lado com uma sobrancelha erguida e falei me virando lentamente:

- Espera... Parece que Maxon Schreave não ficou o tempo inteiro em Kent não é mesmo Kriss? - Falei me voltando a ela e falei rindo irônica - Parece que os dois se encontravam as escondidas não? Ah não me diga que Felipe não sabe disso? Sabe, ia ser muito útil ele matar você querida, mas Maxon - falei sorrindo com um sorriso de lado - Você traiu a sua queridinha escolhida, a que morrer? -Falei sorrindo - Ah sim! Estou falando da America Burra! Sabe, que feio Maxon... Parece que gosta de mulheres comprometidas não? - Ele negou com raiva e falei fazendo shiu com os dedos olhando sarcasticamente para os lados - Ninguém precisa saber!

Me virei novamente e saí escutando os dois gritarem, a qual é? Não posso mais me divertir?

[...]

Cheguei na casa de Aspen e quebrei a porta entrando a dentro vendo que não havia ninguém, exceto...

- America? - Falou Marlee de boca aberta, contraí os ombros logo depois ficando ereta com a cara séria.

- Quem mais? Não está feliz em me ver bem? - Marlee deu um passo para trás e falei revirando os olhos:

- Ah você também? Pensei que quisesse virar isto, mas claro que não daria essa satisfação para você, sem falar que não faria isso com meu filho perto. - Falei, Marlee riu e falou:

- E agora você se importa com ele? - A encarei revirando os olhos e em uma piscada ficando na sua frente e falei:

- Irei te fazer uma proposta, e se não aceitar... Fará do mesmo jeito mas... Vou perguntar mesmo assim! - Marlee cruzou os braços esperando, dei um sorriso e falei - Você vai ser muito, muito discreta e fará algo muito simples. - Falei, Marlee me encarou com dúvida e falou:

- Como o que? - A encarei sorrindo e falei:

- Matar Kriss. - Falei sorrindo de lado, Marlee arregalou os olhos e falou:

- Não posso fazer isso e como iria esconder tudo e...

- Eu te transformaria em vampira, e lembre-se se não fizer isso, eu vou fazer você fazer o que digo e não ganhará um nada meu, muito menos a transformação. - Falei a encarando, Marlee suspirou e falou:

- Melhor, você me hipnotiza e me faz esquecer tudo isso! - Dei de ombros e falei:

- Como quiser, só não quero o sangue na minha mão. Você irá matar Kriss Ambers por conta própria, e não se lembrará o que está ou que estava fazendo nem o porquê, se alguém perguntar algo você dirá "Recado da AS para todos os queridos". Repita!

- Eu irei matar Kriss Ambers por conta própria, e não lembrarei do que está ou estava fazendo nem o porquê, se alguém perguntar, direi "Recado da AS para todos os queridos". - Dei um sorriso e a empurrei até a porta, e a bati.

[...]

P.O.V Celeste

- Espera um pouco Maxon, você, foi agredido por uma vampira, que é a America que desligou a humanidade, até ai ok, mas agora... VOCÊ ESTAVA SE ENCONTRANDO COM A TARÂNTULA DA KRSS? - Gritei o encarando.

- Eu estou ouvindo. - Ela falou nos encarando, revirei os olhos e falei:

- Você está brincando não é Maxon? Por favor me diz que não foi tão otário assim! - Falei revirando os olhos encarando o nada, Maxon ficou sério e falou:

- Claro que não! Apenas quis "conversar" com ela. - Bati a mão na testa e falei:

- Respira Celeste, se se estressar irá criar rugas! Ok, Carter está, Maxon, claro, Daphne e seu... Equipamento também, Aspen e a caminhonete, também e Marlee e o gravador?... - Encarei todos e gritei - CADÊ A MARLEE?

- Eu irei matar Kriss Ambers por conta própria, e não lembrarei do que está ou estava fazendo nem o porquê, se alguém perguntar, direi "Recado da AS para todos os queridos". Eu irei matar Kriss Ambers por conta própria, e não lembrarei do que está ou estava fazendo nem o porquê, se alguém perguntar, direi "Recado da AS para todos os queridos". - Viramos lentamente e vimos Marlee, ela não estava em transe, era percipitível mas... Ela estava repetindo coisas... Estranhas!

- Marlee? - Falamos em coro juntos, Kriss se escondendo... Atrás do... Maxon? Ela quer apanhar? Sério? É como se invocasse America e suas presass.

- Eu irei matar Kriss Ambers por conta própria, e não lembrarei do que está ou estava fazendo nem o porquê, se alguém perguntar, direi "Recado da AS para todos os queridos". - Encaramos Marlee logo depois nos entreolhando, AS? AS... AS... AMERICA SINGER!

- ge-gente, AS, pensem comigo, quem tem essas iniciais e quer matar todos? - falou Daphne dando passos para traz, nos olhamos com medo e gritamos em coro logo virando o rosto:

- AMERICA SINGER!

 


Notas Finais


Meu deus gente fiquei ate com medo aqui KKKKKKKK
Beijis


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...