História The Selection Is Back - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Exibições 66
Palavras 1.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - Por que eu sou amigo do Stravos?


- VOCÊ NÃO PODE SE ESTRESSAR E ESTÁ FALANDO IGUAL SEU PAI! - O encarei bravo respirando fundo e disse olhando o colchão:

- Você está me estressando Stravos! Eu sei o que é bom para mim e sei me...

- Eu sou sei amigo e mesmo se você ser o rei de Illéa e sua saúde ou vida depender de você me odiar... Pode me odiar até o resto dessa sua vida. - Ele falou saindo.

Capítulo Anterior

P.O.V Thomas

 

- Pai, já saí com metade, então já podemos ter assunto para o Jornal Ofici... O que aconteceu com você? - Falei vendo o estado do meu pai que não estava nada bom, ele estava com um galo na cabeça e murmurava "Trancar Stravos sem comida, trancar Stravos sem comida...". Já podemos ver que Stravos era um culpado.

- Thomas? Err... Culpe Stravos, ele tirou uma coisa importante da minha mão porque ele fez com que eu ficasse nesse estado mas pode dizer a verdade, estou em ótimas condições! - Ele falou e se levantou dando um sorriso fazendo a pose do super-homem, o encarei sem nenhuma expressão e falei:

- Claro! Na verdade pra quem parece que... Foi tirado de algo... Está até legalzinho. - Ele sorriu, ele estava com um curativo na testa mas não estava feio, afinal, estávamos falando do meu pai, e eu puxei o Schreaves na beleza! (N/A Saca a indireta falando que os Ambers são exus).

- ótimo, já posso reorganizar o escritório, cuidar do Jornal Oficial, e claro... Em primeiro lugar, trancar o Stravos sem comida! - Ele falou sorrindo, dava pra ver que era brincadeira, afinal meu pai nunca faria isso, mas pelo visto Stravos foi meio... Stravos.

- SE O ENCONTRAR NO CAMINHO E ELE ESTIVER COM UM PEDAÇO DE LASANHA, É MEU! - Falei gritando.

[...]

P.O.V Maxon

- Stravos! - Stravos se virou com a cara lambuzada de molho branco e falou com a boca cheia:

- Que foi? Ah você... Veio me falar de como sou um mal amigo... CLARO PORQUE STRAVOS TIROU UMA MALDITA CARTA DA SUA MÃO PRA SALVAR SUA VIDA! - Exagerado! Afinal, ele que deu uma frigedeirada na minha cabeça.

- Não direi nada disso Stravos só estou mostrando que estou bem agora, e estou disposto a pedir desculpas, se me der a carta! - Stravos me encarou com os olhos semicerrados e falou:

- E... - Revirei os olhos e falei:

- Ok, ok, desculpas e comida por uma sema... - Stravos tirou a carta do bolso e me entregou rapidamente falando:

- Pode ficar com isso ai... "Rei" Maxon, ou melhor "Rei apaixonadinho" Maxon. - Revirei os olhos rindo e abri novamente a carta e vi que a manchinha branca que ficava ao lado do nome de America, era Le, provavelmente de Leger, mas ela apagou... Opa, por que ela apagou? Não Maxon! Sem expectativas, não pense que ela está disposta a ficar com você depois de ter a enchotado, depois de a beijar em uma festa, e logo depois virar "amigo" dela.

Entrei no escritório e Thomas estava lá de novo, ele deu uma encarada com um sorrisinho de lado e cantarolou:

- Meu pai, meu querido pai, na meia idade está correndo atrás, rei querido rei Maxon hora de andar pra frente de deixar de ser antiquado e pensar diferente! - Thomas cantarolou baixinho, o encarei e falei:

- Oi? Antiquado? Seu pai não é antiquado! - Falei me defendendo, eu antiquado? Antiquado? Falou o que ainda não beijou nenhuma garota em um mês (N/A: Falou o que saiu beijando as selecionadas quando pisaram o pé no castelo... Só que não), Thomas sentou na minha frente e falou:

- Ah qual é pai.... Aquele mundaréu de gente só por causa dela existe uma coisa muito simples, que é carta para uma pessoa, não sei se você sabe, mas em vez de escrever um por um...

- Eu sei o que escrever para uma pessoa filho. - Falei olhando a papeada rindo, ele suspirou e falou atraindo minha atenção:

- O que estou dizendo, pai, é que só porquê você é rei, não significa que as pessoas tem que vir até você simplesmente pode avisar a pessoa que está indo até ela. - Ele falou sorrindo, o encarei e falei:

- E quem comandaria esse castelo? Stravos ia acabar com a comida do país! - Falei, acho que o estômago de Stravos tinha o tamanho do universo, sem fim!

Thomas deu um sorriso e lentamente começou a apontar para o próprio rosto, e depois falou entre dentes ainda sorriso:

- Me diz que entendeu o que quero dizer porque está doendo minhas bochechas. - Ele falou, neguei com a cabeça e falei:

- Não posso Thomas, seria mais fácil colocar Elídro no meu lugar, ele é o mordomo mais rígido que eu já vi na minha vida! - Falei, Thomas revirou os olhos e falou saindo:

- Não pedirei para ficar no comando porque sei o quanto ela é importante para você, mas eu vou contar os dias para você tomar vergonha na cara real e ir atrás dela, na casa dela! - Ele falou sorrindo malicioso, meu filho anda passando muito tempo ou com Stravos, ou com Osten, ou com Toby, ou com Katie, ou com Selena. Aposto que é com o Osten.

- Tá bom filho, mas acho que está na hora de falar com alguma das selecionadas não? – Eçe deu um sorrisinho e saiu, meu deus...

P.O.V Katie

 

- Cansei, que seleção chata! Minha tia Bene dizia que a seleção dela tinha vários encontros, que tinha bailes que tinha mistérios tinha gente sabotando os outros, tinha infiltradas... Mas agora está bem careta. O Rei podia comandar a seleção não é? Afinal ele não tem mais que 23 anos né? – Falou Lou, a mais burra! Ninguém suporta o gênio do ser, queria... O Rei pode ter cara de novo, etc, mas é impossível!

Selena bateu a mão na cabeça e murmurou:

- AI deus ajudai – me a não bater na cara de pessoas burras! – Ela falou, Lou a encarou com desprezo, meu deus ela está assim desde o encontro dela com Thomas que em parte achei ridículo eles foram no cinema... Viram um filme... E mais nada, vamos ser sinceros, minha tia Celeste dormindo tem mais agitação!

- Gente, nem liguem as vezes as pessoas perdem o cérebro no avião quando vem pra cá. – Lexi falou, concordei com ela e Selena falou:

- Alguém finalmente aqui dentro, tem cacife de pelo menos entender isso. – Suspirei concordando e logo olhei para trás, meus irmãos tem demência só pode, estão flertando com Lexi, que um: É minha amiga; dois: Selecionada; Três: “propriedade” de Illéa, conclusão: Forca.

Eu nem sei quando vezes repeti isso, mas eles estão nem aí, aí eles morrem, eu vou rir da cara deles, da Lexi não porque eu vou estar ocupada chorando ali no caixão mas no deles eu vou dar até um chute por ter feito ela morrer ali, a não ser que ela não de bola e apenas sorria e não aconteça nada mas de contrário, eu vou matar a morte deles!

- Seus irmãos não pararam de me olhar. – Ela falou desconfortável, Selena revirou os olhos e falou:

- Não liga, agora... Falta quando tempo pra burrinha ser expulsa. – Selena falou alto o bastante para ela escutar, mas ela fingiu que não ouviu, e ela continuou – E surda!

A mesma revirou os olhos, Selena a provocadora dali, se não ia a provocar agora, seria depois...

 


Notas Finais


Meu deus o povo é tudo loko, e cade a agitação dessa seleção? jaja vai começar de verdade a agitação UHUL
Mas mano nada a dizer kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...