História The Seven Sins - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Jaum_bolacha

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Incesto, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Sexo, Suga
Visualizações 32
Palavras 1.968
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A


L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 3 - Third Sin - Tressome


Fanfic / Fanfiction The Seven Sins - Capítulo 3 - Third Sin - Tressome

Min Yoongi mas como todos gostam de o chamar de Suga por ser muito branco e parecer com açúcar, mas sua personalidade não é nada doce. Ele é uns dos mais rabugentos dos irmãos, que sempre corrige os outros como se fosse o mais velho... Tinha saído e passando em uma rua seu brinquedinho de antes o chamou para acabar com o seu humor.

- Oppa! -  Disse a garota gritando perto dele e ele se perguntou como conseguia transar com aquela garota.

- O quê você quer?! - Perguntou bruto como sempre.

- Ah Oppa... Eu sinto falta quando você me toca...

- Vê se me enxerga garota! - Disse bufando

- Oppa!... - encostou ele na parede e sorte que era de manhã e não tinha quase ninguém na rua.
Colocou sua mão dentro da cueca dele.
Ele ficou apenas parado vendo até onde isso ia chegar.

- Oppa... Eu sei que você é estressadinho, mas eu sei o que faz você se acalmar... - Disse no ouvido dele.

Mas quando viu que ia dar em merda ele a empurrou e ela se afastou dele rindo.

- Você é louca! Não encoste em mim mais uma vez! Entendeu? É talvez eu precisa de toques de alguém...

- Meus toques Oppa... - Disse sorrindo que se desmancha.

- Toques da minha namorada, ela sim sabe como me tocar e me excitar - a garota bufou e saiu correndo. Yoongi não tinha namorada mas apenas disse para aquela moça saísse do seu pé. Mas tinha uma submissa diante seus olhos, (S/n) e não estava com paciência pra esperar precisava dela para lhe aliviar de todas as maneiras possíveis.

                          ***

(S/n) Estava sentada na cama vestindo sua calcinha com sua meia arrastão e apenas uma blusa preta curtinha sem sutiã.

Os meninos tinham saído e para ela, eles não iriam voltar tão cedo.
Desceu para a sala ligando a TV e se deitando ao sofá tranquila, quase dormindo a porta se abre. Já ia se levantando para trocar sua roupa mas foi parado por ver somente o um de seus irmãos.

- Min? - Perguntou ela brevemente nervosa de está com aquele vesrimento bem na sua frente.

- Eu estou com muita pressa - Disse a pegando no colo mesmo e ela assustada sem entender nada.

- Min... O que vai fazer... ? - perguntou levemente apavorada.Se debatendo no colo dele.

- Você vai me aliviar Baby... - quando entrou em seu quarto ela se arrepiou nunca tinha entrado no quarto dele apenas dos outros meninos. Mas penas do fato dele ser muito sistemático e extremamente estressado. As paredes eram vermelhas somente uma que se destacava com a cor preta. Um guarda- roupa preto enorme com espelhos que se destacava na parede vermelha.

Ele a coloca na cama e retira sua camisa, ele estava  com pressa mas iria com calma agora. Sabia que a garota não era virgem e preferia assim, para brincar com os seus brinquedinhos...
De dentro do seu enorme guarda-roupa foi olhando para cada coisa que tinha lá. Pegou uma mordaça, algemas, cordas, uma venda e um chicote e claro um potinho de lubrificante.

Ele foi até  (S/n) e colocou a venda e a  mordaça, amarrou seus pés separadamente, a algemou e deixou o resto das coisas em cima da escrivaninha que tinha ao lado da cama, (S/n) estava com um pouco de medo, temia o que ele pretendia fazer consigo.

Yoongi contente, estava sentindo falta de alguma coisa e quando se lembrou sorriu.
 
- Baby, fique quietinha não se mexa apenas respire... Por que se não vai ser muito ruim pra você... - disse malicioso fazendo ela se praquejar por dentro.
Ele saiu para a cozinha, abriu o congelador e pegou cubos de gelos e subiu rapidamente para eles não derreterem antes de usa-los.
Ao chegar no quarto (S/n) suspirou pesado, o Min fechou a porta e colocou um gelo em sua boca logo subindo em cima de (S/n) e puxando sua mini blusa, deixando sua barriga lisinha a mostra com seus peitos grandes.
Ele passou a sua língua pela pele dela enquanto ela arfou com aquele toque repentino, aquilo estava frio mas lhe esquentava de alguma uma forma, quando ele passou a chupar os peitos de (S/n), ela gemeu abafado pela mordaça ao ouvido de Yoongi, que estava adorando brincar com ela.
Após ele parar, ele vê a pontinha dos seus peitos durinhas e avermelhadas. Yoongi queria ferimentos internos e não queria deixar marcas visíveis, queria que ela nunca esquecesse do que ele era capaz de fazer.
Ele pegou seu chicote e por cima da meia arrastão de (S/n) foi passando devagar, ela ouvia tudo que ele fazia com atenção e se sentia uma carne que seria devorada em poucos minutos.

Ele a chicoteou em sua coxa, deixando a marca de onde bateu e um gemido abafado arrastado da boca de (S/n) sair.

Os dois foram interrompidos pela porta sendo aberta e o Min deu um pulo já com raiva por alguém estar atrapalhando seus momentos de prazer, louco para matar, mas sorriu ao ver que era o seu penúltimo irmão mais novo...

- Cadê os outros? - perguntou indagado.

- Jin está fazendo compras com o Hope e os meninos - disse fazendo sarcasmo pois o mesmo não tinha paciência para ficar esperando.

- Nem me chama pra brincar também hyung... - disse fazendo drama. (S/n) Nem se tocava o que acontecia mas quando escutou aquela voz grossa e rouca sentiu seu pelos atiçarem.

- Ainda da tempo para você brincar TaeTae.... - Yoongi olhou para o irmão que se escorava na entrada da porta. E esse sorriu malicioso para o mais velho. O que seus outros irmãos todos sabiam era que Taehyung e Yoongi e Hoseok as vezes se pegavam por carência ou quando não tinha nenhuma puta implorando para que eles a fodesse.

Taehyung trancou a porta, foi caminhando de leve até Yoongi o beijando, severamente.

Quando eles se separaram um monte de coisas a passavam na cabeça de (S/n).

- Yoongi... TaeTae... - desta vez foi cortada por seu próprio grito quando o Min retirou sua mordaça e Taehyung a bateu com o chicote em sua barriga.

- Aqui entre quatro paredes nesse quarto você tem somente um Daddy - Disse o Yoongi.

- E mais outro Daddy... - falou malicioso completando a frase do Min. Ela engoliu a seco tentando descer as palavras ditas.

- Tá Daddys... - Disse plenamente. Taehyung desceu para a beira da cama desamarrando os nós apertados dos dois lados enquanto o Min retirava sua algema deixando somente a venda.

Ela suspirou aliviada da dor que aquelas coisas lhe causavam. A garota estava completamente fodida Min adora deixar lesões internas e traçadas na mente já Tehyung gosta de deixar machucados para mostrar como que ele faz com quem pertence a si.

Yoongi sabia que Taehyung não sairia sem deixa-la toda vermelhinha daquele quarto.

E Taehyung sabia que Yoongi não a deixaria andar por muito tempo.

Yoongi começou a tirar suas roupas e baixo enquanto Tae se responsabilizou de se livrar das de cima. Nua (S/n) agoniada curiosa, foi virada bruscamente de um jeito que a cabeceira da cama fica ao seu lado e ela fica aí meio da cama, sentiu os lábios quentes de Tae em seu pescoço sugando e lambendo para deixar vários hematomas roxos. Min ficou suas pernas e as abriu deixando a vista toda sua intimidade para ele. Sua boca salivou e então começou a chupa-la sem pudor rodeando a língua em seu clitóris. Ela se contorcia embaixo deles pelo prazer e gemia alto agarrando os forros da cama fortemente.

Ela viu que seu orgasmo estava perto, Tae apertava seu corpo todinho o deixando marcado e vermelho mordiscando as vezes. O mim fazia tudo com pressa quase não deixando ela respirar direito.

Enfim não conseguiu segurar e assim se desfaz na boca de Yoongi que engole e lambe não deixando requisitos de nada.

- Agora minha vez.... - Tae proferiu olhando para Yoon que assentiu Ele tirou a venda de (S/n) que tentava retomar seu fôlego. Pegou o pote de lubrificante e olhou novamente para o Min.

- Você está com muita roupa Hyung... - disse Tae.

- Vem tirar pra mim... - ele riu. (S/n) ficou encabulada com aquilo tudo e nunca imaginava que os dois se pegavam as escondidas.

Tae deixou o lubrificante, foi até Yoon e retirou lentamente suas roupas e as suas próprias. Tae voltou com o potinho o abrindo e passando em seu pênis muito duro.

O Min posicionou (S/n), assim ficando de quatro para facilitar para os dois. Atrás Tae a penetrava lentamente enfiando seu membro grande dentro dela. Enquanto o Min a fazia já se engasgar enquanto ela o chupava fazendo várias sucçoes. Eles estava amando foder a boquinha dela e não vai a hora de trocar de lugar com Tae....

Tae já estocava forte fundo e rápido,  ele amassava a carne de sua bunda e batia inúmeras vezes naquele mesmo local e sorria quadrado com o seu estrago feito ao ver o resultado depois.

Min parou o que fazia um pouco deixando sua boca solta para poder gemer.

- D-daddy.... M-mais rápido a-awh.... - gemeu arrastado com dor em sua garganta.

- C-claro amor... - foi indo mais rápido que o possível. Mas parou ao perceber que o Min voltou a estoca-la com seu pênis na boca de (S/n). Ele estava prestes a gozar, não demorou muito para que ele fazer isso e (S/n) tomar tudo.

- Tava gostoso bebê? - perguntou Yoongi. Ela não conseguia responder direito a dormência prevaleceu a ela apenas assentiu.

Yoon passou a estoca-la sem aviso e muito forte, Tae queria que ela também chupasse seu membro.

- P-por f-favor D-daddy... E-eu não c-consigo owh... M-minha garganta doi ah... - implorou chorosa. E gemeu alto quando Yoon acertou seu ponto.

Tae olhou com desprezo enquanto olhava para Yoon e tinha de aceitar que se forçasse ela a fazer o que não queria ele nunca se perdoaria.

- Tudo bem amorzinho... - ele sorriu.

- Me desculpe -

- Não foi culpa sua... - Consegue usar as mãos? - perguntou e além de ser bruto e sadomasoquista Tae e Yoon as vezes eram muitos carinhosos mas Yoon era muito raro de se ver. Ela assentiu. Tae se sentou de pernas cruzadas e pegou na mão de (S/n) levando ao seu pênis duro que doía por não ter gozado até agora.

- Me faça gozar.... - disse baixo ao tom que ela pudesse escutar.

- Vou fazer Daddy - apertou o membro de Tae que gemeu, e quando ela começou os movimentos de cima para baixo ele jogou sua cabeça para trás sentindo inúmeras sensações maravilhosas, ambos gemiam alto.

Aumentando os movimentos Tae foi a loucura mas precisava de mais e Yoon sentia aquilo. Ele parou de investir em (S/n) que gemeu reprovado.

- Deixa que eu faço isso Baby... - disse tirando a mão de (S/n) , Tae abriu os olhos e sorriu safado. Yoongi passou a morder levemente o pênis dele passando a língua pelo falo subindo e descendo sem perder o contato visual entre os dois. (S/n) olhava atentamente para os dois e ou para seu corpo todo marcado e ela estava muito cansada, todos presentes naquele quarto estavam. Assim que Tae gozou na boca de Yoon eles se deitaram ofegantes na cama.

- Essa foi a melhor noite - disse Yoongi.

- Nunca vou esquecer desde dia - o peito de Tae subia e descia aceleradamente.

- Eu também não... - comentou (S/n) sorrindo e quase dormindo.

- Nossa bebê deve estar muito cansadinha... - ele sorriu fofo para ela, selou seus lábios e a virou para que ela dormisse sem menos ela gemeu rouco pela dor que sentia e ardência em sua entrada.

Yoongi beijou sua testa e a de Tae abraçou (S/n) de um lado já que Tae a abraçava do outro assim juntinhos eles dormiram.


Notas Finais


Capítulo por autora : @Sra.TaeSeok
Gostaram amores?
Capítulo de leve...♡
Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...