História The shadow of twilight - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Amor, Brigas, Lobos, Revelaçoes, Vampiros
Exibições 26
Palavras 1.473
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


oi mis amigos aq ta outro cap

Capítulo 5 - Cavalo infernal PARTE II e baile de gala


**POV's naiara on**

cara eu sou maluca ou oque traze um cavalo das sombras pra cá, isso só vai da merda sem fala que ele pode me mata a qualquer hora. mais ele até que é bonitinho então vai ser impossível eu deixa ele. mais o shu vai manda ele embora depois do insidente que aconteceu aqui eu preciso pensa

shu : pode tira essa coisa daqui

naiara : seu sem coração como você pode manda o devorador de almas embora olha pra essa cara fofa

shu : anda logo tira ele daqui se não eu tiro

naiara : é meio que eu não posso voltar lá

shu : e por que não

naiara : como você deve ter notado ele é um potro e onde tem um potro tem uma mãe furiosa procurando ele

shu : você é muito burra 

naiara : eu não sou burra, eu só queria um bichinho

shu : e se a mãe dele inventar de vim aqui

naiara : isso não vai ser possível, espera é possível ela pode rastrear ele pelo cheiro, ou seja estamos mortos

shu : correção você ta morta eu não

comecei a sair correndo como uma loga afinal eu não queria morrer até que me dei conta de que eu estava na praia respirei pra pegar um ar até sentir algo bufar no meu pescoço me viro e vejo oque parecia ser a mãe do devorador de almas. então esse vai ser o meu fim achei que seria quando eu me casasse meus filhotes grandes e eu e meu marido felizes mais vejo que não vai ser assim. ela empinou quase me acertando

naiara : ei calma ai eu sei que você quer seu filho de volta mais também

ela bufou soltando fumaça por entre as narinas não sei como ninguém a tinha visto, meu mano ela é um cavalo que pega fogo

naiara : bom o único jeito de resolver isso Sr. mãe do devorador de almas, vamos levar esse assunto para o tribunal e o juiz vai ser minha irmã akane. feito

estendi a mão pra ela em sinal de paz e ela  fez a mesma coisa então fechamos com um aperto de mão. voltei pro hotel pra procurar a akane e a encontro na massagista 

naiara : AKANE !

akane : que foi mulhe

naiara : eu preciso muito da sua ajuda

akane : pra que fia

naiara : dicamos que eu possa ter arranjado briga com uma égua da sombras

akane : nem vou pergunta como você fez isso e você quer eu te ajude como

naiara : preciso que você seja o juiz do nosso tribunal pra vê quem fica com o devorador de almas

akane : sério isso

naiara : sério eu preciso fica com o devorador de almas

akane : ok eu aceito isso mais a gente precisa do jure

naiara : já sei quem vão ser nossos jures e ei deles se não quererem participar

akane : e quem serão 

naiara : katsu, yuma, kaira, laito, kin, ayato, ruki, kanato, arya ficam na minha defesa e yuka, naomi, maya, ayame, kou, azusa, reiji, shu e subaru pra égua das sombras

akane : ok onde será o julgamento 

naiara : na praia

akane : ok vo avisar o jure

naiara : eu vo com você

akane : ok

andamos e todos estavam reunidos e por incrível que pareça os mukamis não estavam brigando com os sakamakis não perdemos tempo e fomos direto ao assunto

reiji : eu não irei participar de uma coisa completamente sem sentido

naiara : se vocês não participarem eu juro que enquanto vocês dormem eu castro vocês todos

arya : calma a gente participa

naiara : bom mesmo

esperamos até a noite e fomos pra praia a égua das sombras já estava la bufando e cavando o chão de raiva. akane sentou num ugar improvisado e começamos julgamento

akane : SILÊNCIO NO TRIBUNAL !

ruki : nossa ela leva isso a sério

akane : EU JURO QUE O PRÓXIMO A FAZER UM BARULHO VAI PERDER A LINGÁ  - todos se calaram - bom agora vamos começar naiara por favor de seu argumento

naiara : bom pra começo de conversa eu achei ele na floresta e uma mãe responsavél não deixaria o filho sozinho

akane : certo agora você égua

égua : pra começo de conversa ela não vai conseguir manter ele vivo por muito tempo e eu não deixei ele sozinho

ayato : MEU ! ela fala

égua : não magina 

akane : ordem no tribunal

égua : e bom continuando eu sou mãe dele então

akane : nisso eu tenho que concorda

naiara : oque 

akane : foi ma mais naiara isso não ia dar certo então por minha ordem o devorador de almas não sera mais da naiara

naiara : NÃO !

**POV's naiara off**

**POV's kaira on**

naiara começou a se espernia no chão enquanto a quela égua e seu filhote iam embora não ia perde meu tempo la então fui embora pro hotel juntamente com os outros fomos pro hotel era 6:49 mais estavam arrumando o salão principal pra não sei oque

maya : oque que ta acontecendo

reiji : pelo oque aquele cartaz diz ira a ver um baile

todas : um baile !

naomi : vai a ver um baile e a gente ta aqui desse jeito

kaira : não se preocupe meninas passem no meu quarto eu que vou deixa-las incríveis 

katsu : ai como eu agradeço a deus por ter uma irmã que intenda de moda

kaira : bom não podemos perder tempo então vamos lá e kou você pode arranjar roupas de festa decentes pra eles

kou : vou ver oque posso fazer

kaira : obrigada agora vamos

subimos pro quarto elas foram para os seus pra pegarem suas roupas mais depois voltaram pra se arrumar os vestidos era lindos então eu só fiz o cabelo delas até a hora que ouvimos que a festa já iria começar. descemos e realmente o salão estava cheio achamos os meninos e cada um estava com um terno normal 

enquanto eles conversavam eu decidi me vingar da yuka pelo oque aconteceu na praia como a conheço sei que ela odeia cerveja então perguntei pra um garção aleatória se não tinha uma cerveja bem alcoolizada só que sem gosto ele me deu uma taça. voltei pra onde todos estavam sentados

kaira : yuka você quer uma bebida 

yuka : por que não

entrego o copo pra ela que bebeu toda a bebida estava ansiosa pra ver oque aconteceria

yuka : nossa gente...vocês estão muito bonitos principalmente você - ela apontou para laito

acho que algo bem interessante vai acontecer hoje hehe. comecei a pensar no que aconteceria 

katsu : oque a gente vai faze agora

maya : não faço a minima ideia 

kou : vocês vem pra uma festa e não sabem oque faze

naomi : cala a boco as mulheres são indecisas 

kaira : que tal se dançarmos um pouco

yuka : acho que eu vou ficar aqui mesmo

laito : acho que eu também não

kaira : ok meninas quem ta afim de fazer trakinagens com os casais apaixonados dessa festa

katsu : pode conta comigo

saimos eu e katsu enquanto as outras foram dançar deixei a yuka sozinha pra ver de longe oque aconteceria, mais oque aconteceu me decepcionou ela só dormiu na mesa então eu e katsu começamos nossa trakinagens a primeira foi com um cara que me deu um bilhete pra entregar pra uma garota sentada numa mesa sozinha fiquei curiosa então li

**Carta on**

oi marie sei que a gente não se fala muito mais tem uma coisa que eu queria fala pra você venha na minha mesa por favor é importante

**Carta off**

não resisti então mudei algumas coisas naquela babozeira e fiquei esperando a garota aleatória lá fazer oque avia escrevido. isso vai ser encraçado 

**POV's kaira off**

**POV's yuka on**

ah que mesa macia eu podia dormi aqui pra sempre. até eu ser acordada por um poste ambulante

yuma : ei piranha oque você tem

yuka : nada.. o yuma desde quanto você tem um unicórnio rosa

yuma : oque você fumo droga

yuka : não sei só sei que bebi um troço e agora eu to assim

yuma : baka

yuka : não vou perder meu tempo aqui tchau

subi as escadas até o quarto deitei na cama e cochilei um  pouco quando acordo percebo que a festa ainda esta acontecendo decidi tirar aquele vestido e tomar um banho por tanto fiquei só de toalha até ser surpreendida por yuma 

yuka : oque você ta fazendo aqui

yuma : isso 

ele me jogou na cama ficando sobre mim e beijando meu pescoço não entendi muito bem oque ele queria mais não estava conseguindo empurra-lo pra longe


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...