História The Soul 》Jungkook《 Hongseok 》BTS 》PENTAGON - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Pentagon (PTG)
Personagens Hong-seok, Hui, Jin, Jin-ho, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Shin-won
Tags Bts, E'dawn, Hongseok, Hui, Jin, Jinho, Jungkook, Kook, Pentagon, Ptg, Romance, Shinwon, Yang Hongseok
Visualizações 15
Palavras 1.034
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Aconteceu...


Hongseok acordou com os braços do amigo em sua volta, sorriu ao ver o quão frágil o Hui era enquanto dormia. Se afastou e foi para a cozinha preparar o café. Atena não tinha o costume de comer coisas pela manhã, ele sempre a forçava, dizia que a primeira refeição era a mais importante. Hongseok a fazia comer o máximo de comida quando estava ali, sabia que ela não comeria se estivesse sozinha.

Fez omeletes com bacon, arrumou a mesa e pegou um livro para ler enquanto esperava Hui e Atena.

Não fazia ideia que bem a sua frente um fantasma o observava. Jungkook o encarava, estudava cada movimento que o moreno fazia, queria ter a certeza de que era realmente perfeito. O moreno começou a cantar uma música, o que fez com que Jeon o estranhasse ainda mais “ além de lindo, bom pai e cozinheiro o cara sabia cantar?”

Hui apareceu na cozinha cantando a mesma música, fazendo o moreno rir, os dois costumavam cantar juntos na época da escola e renderia um ótimo grupo se Hongseok e Jinho não escolhessem a Psicologia.

- Ah! Eu amo essa casa – Hui se sentou ao lado do amigo.

- Você ama a minha comida.

Hui fez uma careta e sorriu para o amigo – Isso também – colocou as omeletes no prato e olhou para o amigo que estava concentrado no livro – Você já contou para ela?

Jungkook que não estava nada interessado na conversa se endireitou na cadeira.

- Ela não precisa saber disso – Hongseok fechou o livro e o colocou sobre a mesa, ajeitou os óculos e encarou o amigo – Pelo menos não agora.

- Acha que ela vai ficar triste?

- Só vou descobrir contando.

- Você é um namorado de ouro, seokie, ela irá entender.

- Ela quem? – Atena disse bocejando – Estão me traindo? Meus dois namorados estão me traindo?

- Eu jamais te trocaria – Hui disse sorrindo – Já o Seok... – deu um olhar malicioso para o amigo.

- Você já me traiu ontem, Hui – se sentou ao lado dele – Conseguiu tirar a calcinha da sua amiga?

Hongseok piscou para a namorada e riu do amigo.

- Barry é um traidor.

Atena percebeu a presença do Jungkook e ficou paralisada, lembrou da noite que teve com Hongseok e pensou se o amigo tivera visto. Jeon deu um breve aceno para ela e virou o olhar para Hongseok.

- Vai ficar por quanto tempo? – Hongseok perguntou ao amigo.

- Só mais algumas horas...

- Não acredito, Hui – Atena o beliscou – Você quase não vem...

- Ai – protestou – Tenho que trabalhar para dar presentes ao meu afilhado – olhou em volta e frangiu o cenho – Ele está com o Jinho?

- Foi passar as férias na casa do avô – Hongseok limpou o canto da boca do amigo e recolheu os pratos – Ele estava tão animado.

- Brasil? Canadá ou Coréia do Sul?

- Coréia – o olhar de Atena se perdeu nas nádegas de Hongseok – Coréia do Sul – disse balançando a cabeça.

- “ Não consegue parar de pensar na bunda na qual apertou a noite toda?” – Jungkook a cutucou.

Atena negou e tentou ignorar a presença marcante do amigo ali.

**

As horas foram passando, os três fizeram maratona de filmes de terror e depois almoçaram juntos. Hongseok insistiu que Hui fosse conhecer seu escritório, garantiu que iriam beber depois, o que fez com que Hui aceitasse. Atena não falou uma palavra com o Jungkook, esperou que o amigo puxasse assunto.

- Gostou do meio sexo selvagem?

Atena olhou para o lado e o ignorou segurando o riso.

- Não chegou nem perto do que fazemos – disse debochando.

- Quer dizer que as coisas são mais selvagens por aqui?

- Você nos viu?

- Não se preocupe, eu não estava aqui – sorriu e passou a língua pelos lábios – Sinto falta de te tocar, de ouvir seus gemidos e olhar nos fundos dos seus olhos enquanto te fodia perdidamente.

- Jungkook... – sorriu – Eu sou uma mulher comprometida.

- Lembra de...

- Nem venha com isso...

23 de Janeiro de 2013

Uma coisa que os dois sabiam fazer era se divertir. Atena dançava ao som de Rihanna e Jungkook acompanhava os passos da amiga. Não havia ninguém naquela festa que tivesse mais tenção sexual do que os dois. Todos em sua volta haviam percebido isso, menos eles.

Toda vez que um menino a puxava para dançar Jungkook sentia seu peito queimar, desejava a amiga mais que tudo, porém tinha medo da negação.

Mas naquela noite as coisas foram diferentes, os dois jovens estavam sedentos por desejo, haviam bebido um pouco demais. Jungkook dançava até música lenta e Atena rebolava enquanto o dj falava, para ela aquele som também era de uma música.

A cada música seus corpos foram se aproximando, e aos poucos eles só viam o que estavam a sua frente. Jungkook adorava a visão de vê-la sorrir e Atena sorria da cara de idiota que o amigo fazia. Seus rostos foram ficando cada vez mais perto, até que por fim suas bocas se encostaram.

- Juntena – Hoseok gritou – ou Atenju.

- Hope, por favor – Atena sorriu.

Jungkook piscou para o amigo e levou sua melhor companhia para o segundo andar da casa. Ficaram ali no teto olhando as estrelas e os jovens fazendo besteiras como sempre.

Atena não sabia se era o efeito do álcool ou desejo do coração, mas sentiu a necessidade de tomar os lábios do amigo. E mais uma vez os dois estavam juntos.

Roupas iam de um lado para outro, estavam eufóricos e necessitados um do outro. Jungkook passou a mão pelo corpo da amiga, e encostou suas testas. O sexo poderia ser casual mas as duas pessoas que estavam ali se amavam e muito.

Atena o empurrou, fazendo com que suas costas baterem no telhado frio. Beijou o abdômen do amigo e parou na sua virilha, o encarou.

- Jeon.

- hm

- Eu quero que me olhe!

- ATENA? – Jin a chamou.

》DIAS ATUAIS

- Muita coisa aconteceu depois disso – Atena fitou os pés.

 - Ficou melhor ainda quando o Jin saiu - Jungkook sorriu.

 - Não é disso que estou falando - Atena o encarou.

 - Eu sinto muito.


Notas Finais


Boa Tarde, bebês! ❤
Então, eu refiz a lembrança deles, achei melhor deixar só com esse pedaço. Estava pesada demais e talvez um pouco forçada.
Espero que continuem acompanhando.
No próximo cap o Hongseok aparecerá mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...