História The Sound Of Silence - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Personagens Originais
Exibições 91
Palavras 2.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente!
Eu devia ter postado esse capítulo ontem, mas eu to cheia de trabalhos e provas então to meio atrapalhada kkkkk espero que me perdoem
Boa leitura!

Capítulo 9 - I Don't Trust You Anymore


Sophie POV
Acordei com meu celular tocando, era Stiles, suspirei e quis bater naquela carinha por ter me acordado antes da hora.
-O que foi? –perguntei.
-Nossa, um “bom dia” seria legal.
-Você me acordou às cinco e meia da manhã Stiles, não existe dia bom uma hora dessas.
-Ok, me desculpa, eu só queria saber se você descobriu algo sobre o Kanima.
Suspirei e encarei o notebook.
-Não, ainda não. Mas descobri algumas outras coisas.
-Como o quê?
Contei para ele sobre a tal Fênix, achei que ele ia rir, ou fazer piada, mas ele se surpreendeu.
-Soph, isso pode te ajudar muito sabia? Precisamos descobrir mais sobre isso.
-Não, nós precisamos descobrir mais sobre o Kanima, agora me deixa dormir Stilinski.
-Ai, tá bom, te vejo mais tarde.
-Ok, tchau.
Joguei meu celular do outro lado da cama e me joguei de novo no travesseiro, meia hora se passou mas pareciam segundos, meu despertador tocou e eu bufei, me levantando e me trocando, indo para a aula. Assim que cheguei vi o Xerife na sala do diretor junto com Jackson, estranhei um pouco mas não dei atenção, apenas segui meu caminho para a primeira aula, me sentei em uma cadeira qualquer e fui pegar meu livro na bolsa, mas quando em virei eu abri a boca com certo espanto, Isaac estava sentado atrás de mim, mas como ele podia estar lá? Eles tinham um mandado de busca e apreensão contra ele...
Stiles se jogou ao meu lado e suspirou.
-Sophie, eu falei com meu pai, que acabou de falar com Jackson, ele desmentiu toda a história do Sr. Lahey, isso quer dizer que...
-Que Isaac pode voltar –eu apontei para trás –e ele foi mais rápido do que pensávamos.
Stiles encarou o loiro, que sorriu de lado.
-Eu odeio ele. –comentou Stiles se arrumando na cadeira.
Na segunda aula Scott se juntou a nós, Stiles contou à ele sobre Isaac, o que fez ele ficar preocupado. Me sentei e olhei em volta, o treinador arrumava alguns papéis, fui fazer algumas anotações quando alguém me cutucou, era Jackson.
-Sophie.
-O quê foi?
-O que diabos é um Kanima?
Me virei assustada para Jackson, Scott e Stiles, que estavam do meu lado, tiveram a mesma reação.
-Do que tá falando? –comentou Stiles.
-Ouvi Isaac e Erica dizendo sobre algo no corredor, que eles iam testar Lydia e mata-la se fosse necessário.
-Testar? –olhei Jackson confusa- como assim?
-Não sei, mas ontem Derek me deu algo, eu não sei o que era mas me paralisou por completo, e é horrível.
-Sei como é –comentou Stiles –Mas o que Derek ia querer com você?
-Como vou saber? Só sei que vão fazer o mesmo com Lydia.
Olhei Scott preocupada, puxei ele e cochichei.
-Como vamos saber que não é ela?
-Eu sei que não é –disse Stiles entrando no meio da conversa –eu olhei nos olhos daquela coisa e era pura maldade, quando olho para Lydia vejo só 50% de maldade, ok, talvez 60%, mas 40 é um número percentual bom.
-Stiles, esse não é um bom argumento.
Todos se viraram para o quadro ao ouvir um grito, era Lydia, ela chorava e olhava todos meio perturbada.
-Dá próxima vez escreva na nossa língua por favor. –disse o treinador, fazendo a sala rir.
Stiles tirou uma foto da lousa e girou a tela me encarando.
-Talvez seja nossa língua.
Ele levantou o celular, as palavras não faziam sentido, mas de trás para frente elas formavam algo.
“Alguém me ajude”

-Derek não vai mata-la sem provas, então vai ter que testar o veneno nela primeiro. –comentei.
A terceira aula estava começando e fomos todos para o laboratório de química, olhei em volta com atenção e vi Lydia sentada em uma das mesas analisando seu material.
-Acho que ele vai testar aqui e agora –comentou Scott, apontando o fundo da sala.
Erica e Isaac olhavam para Lydia, depois para nós e sorriram, indo na direção da ruiva. Scott correu assim como Stiles e os dois sentaram nos lugares vagos ao lado dela, eu suspirei aliviada e me dirigi ao lado de Allison.
-Soph, o que tá acontecendo?
Apontei Isaac e Erica e Allison entendeu o que estava havendo, assim que o sino tocou corri para a mesa de Lydia, ela me olhou e sorriu de canto me passando um tubo de ensaio.
-Parece nervosa –ela pegou outro tubo e juntou sua substância a minha.
-Nada, eu to bem, mas...não importa o que aconteça, não fale com Isaac e Erica, ok?
-Por que?
-Só confie em mim, por favor.
Novamente o sino tocou, desta vez Scott se juntou a Lydia e eu me sentei aliviada em uma mesa, até olhar para o lado e ver Isaac me encarando, bufei e peguei o líquido azul de meu frasco continuando com a experiência.
-Não vai falar nada? –Isaac me olhou, sorrindo de lado.
-O que eu poderia falar? Você está querendo envenenar minha amiga com um veneno paralisante e se ele não funcionar, provavelmente vai cortar a garganta dela.
Ele me olhou sério, o sino tocou novamente, e antes que alguém conseguisse chegar até Lydia, Isaac se jogou ao lado dela, olhei Stiles que sentou ao meu lado, nervoso.
-Bem, se vocês concluíram a experiência com sucesso, neste momento estarão vendo um cristal, e a melhor parte, é que podem comê-lo se quiserem.
Olhei para a massa estranha que seria um cristal se eu não estivesse distraída, suspirei e olhei Lydia, ela pegava seu cristal na mão, e...algo escorria dele. Ai meu Deus, era o veneno de Kanima. Antes que pudéssemos fazer algo ela enfiou ele na boca, meu coração disparou, nada havia acontecido, nada. Olhei Scott assustada, e depois encarei a janela, encostado em seu carro consegui ver Derek, e ele encarava Lydia com ódio. O sinal tocou, Isaac e Erica saíram disparados pela porta, corri até Stiles, Scott e Allison.
-Precisamos conversar, agora.
Seguimos todos para uma sala vazia, fechei a porta e suspirei.
-Derek está lá fora esperando para matar Lydia, temos que fazer alguma coisa. –disse Scott.
-Ou provamos para Derek que ele está errado, ou nós achamos um jeito de protegê-la. –comentou Allison
-Até as três? Impossível.
-Então o que fazemos?
-Eu posso falar com Derek –comentei –Allison, poderia levar o bestiário para nossa professora de Francês? Ela sabe algo sobre, vai poder nos ajudar.
-Tudo bem –ela pegou sua bolsa.
-Eu vou atrás da Lydia –comentou Scott – vamos Stiles.
Os três saíram pela porta e eu suspirei, nunca imaginei chegar a este ponto. Atravessei o campo de Lacrosse e vi Boyd parado, me olhando.
-Onde ele está? –cruzei os braços.
-Estou aqui Sophie –Derek apareceu de trás da arquibancada – Ela falhou no teste.
-Sim, mas isso não prova nada Derek, Lydia é diferente.
-Ela é um Kanima. É diferente de qualquer um aqui.
-Eu não vou deixar você matá-la.
-Quem disse que ele vai matar ela? –comentou Boyd.
Olhei Derek com raiva.
-Isaac e Erica? Sério Derek?
Tentei correr para a escola novamente, mas Derek puxou meu braço.
-Não posso deixar você ir, ela matou pessoas, vai matar de novo, e da próxima vez pode ser um de nós.
-E se você estiver errado, e se ela for imune a mordida? –puxei meu braço com força de sua mão, me afastando dele.
-Ninguém é imune. Nunca aconteceu.
-E Jackson? –olhei Derek –Peter disse que ou a mordida te transforma ou ela te mata. Você estava esperando que ele morresse Derek?! Mas nada aconteceu e você não faz a mínima ideia do porquê.
Ele me olhou meio surpreso.
-Não, eu não sei o que houve com ele.
-Bem, eu tenho uma teoria. Lydia é imune e passou isso para Jackson.
-Não! –ele alterou a voz.
-VOCÊ NÃO PODE FAZER ISSO! NÃO PODE MATÁ-LA ASSIM DEREK!
-EU NÃO POSSO DEIXAR ELA VIVER!
Eu o encarei com lágrimas nos olhos, eu tinha confiado nele, tinha acreditado que ele ia ceder.
-Eu esperava que pudesse te convencer –eu me afastei enxugando as lágrimas na manga do casaco –você não vai matá-la Derek, eu não vou deixar. Nem que eu tenha que morrer no lugar dela.
-Sophie, espera! –ele puxou meu ombro, eu estava com tanta raiva, eu não queria olhá-lo.
-NÃO ENCOSTA EM MIM! –levantei minhas mãos e um impulso passou por meus braços, Derek voou e caiu de costas no gramado, ele me olhou assustado, assim como Boyd. Encarei minhas mãos, eu tremia, olhei os dois uma última vez e corri desesperada de volta para a escola, ainda bem que tínhamos um plano B, todos tinham ido para a casa de Scott com Lydia, peguei meu carro e corri até lá, praticamente pulei do carro e entrei na casa, batendo a porta.
-Sophie! –era Stiles – conseguiu?
-O que você acha? –olhei para ele com raiva –Derek é um idiota, vamos ter que nos virar. Onde está Scott?
-Teve que convencer Melissa a não vir para casa muito cedo esta noite.
-Ótimo, vamos combater lobisomens e o único que está do nosso lado some –bufei e caminhei até uma mesa jogando meu celular lá em cima.
-Aconteceu alguma coisa? –perguntou Allison.
-Nada demais, eu to bem.
Observei a rua pela janela, Derek e os outros estavam parados do lado de fora, observando a casa. Assim que ele olhou na minha direção eu fechei a cortina.
-Eles estão aqui.
-ótimo –comentou Stiles –onde tá o Scott?
-Não sei, mas ele precisa se apressar.
Ficamos observando por mais alguns minutos, eu estava cansada de não fazer nada, eles queria matar uma amiga minha, eu não podia deixar de jeito nenhum.
-Ahn, ok, os três ainda estão lá fora.
-Três? –olhei Stiles e suspirei indo até a janela e encarando a rua –cadê o Isaac?
Algo foi jogado no chão, era Allison, logo depois Stiles. Isaac veio na minha direção e eu tentei fazer algo, mas não conseguia controlar meus poderes, ele me empurrou e eu bati minhas costas na parede, a dor não me deixava levantar, Allison puxou Isaac o derrubando no chão, tentei novamente usar meus poderes e levantei minhas mãos, Isaac foi praticamente puxado para a parede e ficou preso na mesma, Allison me olhou assustada.
-Vai!
Ela subiu as escadas e eu continuei segurando Isaac, ele tentava se soltar de todo jeito mas não conseguia. Logo ouvi Allison dizer que o Kanima estava aqui, eu abaixei a cabeça pensativa, Lydia estava com a gente, e do nada o Kanima apareceu? Comecei a perder minhas esperanças sobre minha teoria, talvez ela realmente tivesse se transformado naquele monstro.
-Sophie?
Era Scott, ele alternava o olhar entre eu e Isaac, ainda tentando entender o que estava acontecendo.
-Vai ajudar a Allison, eu to bem.
Ele assentiu e correu até seu quarto, com dificuldade me levantei sem tirar o foco de Isaac, que ainda se mexia tentando se soltar. Logo Scott desceu com Erica em seus ombros, Allison logo atrás. Ele abriu a porta e jogou a garota no chão na frente de Derek, usei meus poderes para fazer o mesmo com Isaac. Saí até a varanda com os outros e encarei Derek.
-Acho que descobri porque me rejeita Scott –ele nos olhou –você não é um Ômega, você já é um Alpha, da sua própria pack. –ele sorriu de lado –mas sabe que não pode me derrotar.
-Mas podemos te segurar até os policiais chegarem –comentei.
Sirenes foram ouvidas e eu sorri de lado, mas um barulho um pouco mais alto chamou nossa atenção. Em cima do telhado estava o Kanima, ele nos olhou e rugiu, tampei meus ouvidos fazendo uma careta.
-Tire Isaac e Erica daqui –disse Derek para Boyd.
Antes que qualquer um conseguisse se mover Lydia saiu pela porta da frente batendo os pés.
-Alguém pode me dizer o que está acontecendo?
Encarei Stiles, todos estavam confusos, até eu abrir a boca e olhar Scott.
-É o Jackson –respondi.
Todos me olharam igualmente assustados. Inclusive Derek, que olhava a rua pensativo.

Scott e Stiles foram atrás de Derek, ele tinha ido atrás de Jackson para matá-lo, mas Scott não ia deixar isso acontecer, decidi ir para casa, minhas costas doíam assim como minha cabeça, entrei e subi as escadas me jogando na cama, suspirei e fechei os olhos planejando dormir, mas então minha vista ficou mais embaçada ainda, minha cabeça girou e eu caí no chão.

"Tudo a minha volta era água, ouvia a música do lado de fora mas eu não conseguia subir, era um tipo de piscina. Vi alguém ao meu lado, parecia se afogar, tentei ajudar mas não conseguia me mexer, o garoto se balançava desesperado, ele me lembrava alguém que eu conhecia, mas não consegui identificar."

Quando abri os olhos tudo a minha volta parecia girar, me levantei com dificuldade e me sentei novamente na cama, água...o Kanima tinha medo de água, então minha visão tinha algo com isso. Olhei meu celular, era quase meia-noite, eu tinha ficado apagada por uma hora? Tudo bem, isso não importava, eu tinha que falar disso com Stiles no dia seguinte. Resolvi ficar onde estava e não demorei para dormir profundamente.


Notas Finais


É isso gente, eu queria fazer ele maior, mas meu notebook fica desligando sozinho e eu acabei perdendo algumas partes, tive que improvisar!
Amanhã tem outro capítulo pra vocês, bjs e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...