História The Submissive - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Submissão, Tae, Você
Visualizações 1.282
Palavras 1.482
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi per.

OK , é a ultima que faço por esses tempos. Prometo ! Uansjd

Capítulo 1 - Sr. Kim


Fanfic / Fanfiction The Submissive - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 1 - Sr. Kim

Eu não sabia pra onde exatamente estava indo. Apenas me disseram onde eu morava que alguem pagou um bom preço pra que fosse sua. Isso era normal as meninas que moravam comigo , suas felicidades aumentavam quando sabiam que alguem as queria pra ser acompanhante.

Isso pra mim era horrível , era um escrúpulo e jamais deixei que alguém me tocasse e me submetesse a coisas que eu não queria. Não nasci pra ser submissa de ninguém , muito menos vender minha pureza como se fosse uma coisa tão normal.

Eu não estou aqui por que quero , mas sim por que meu pai me deixou aqui pra sumir de vez com uma Baranga qualquer , da qual torço pra ter roubado seu dinheiro e o deixado na amargura.

Era a primeira vez que alguem havia me escolhido desde que um velho veio aqui mais o acertei um soco pelas palavras nojentas que me disse enquanto estávamos a sós. Levei um belo castigo por isso , e isso explica minha sicatriz na barriga , mas a última coisa que faria era me arrepender de ter arrancado a socos a dentadura daquele asqueroso que acabou levando outra garota.

Muitas diziam que minha oportunidade de ser alguém estava ali. Estava na questão de obedecer e ganhar por isso. Nunca as vi tao furiosas por alguma coisa como ficaram de rejeitar aquele homem. Eu não sou movida a dinheiro e muito luxo , minhas metas nunca furam casar com alguém que contrate alguém ate mesmo pra me abanar.

Eu não sou assim.

O carro estava em total silencio já que aqui estava apenas eu e o motorista que se intitulava a Kim Namjoon. Disse que chegaríamos a alguns minutos e se recusou a me dizer o nome de quem me "comprou" , como os donos do lugar onde moravam fizeram.

Talvez fosse outro velho.

Namjoon também era bonito , e isso eu não poderia negar. Seus cabelos eram diferenciados , na cor roxa. Seu sorriso era lindo junto as suas covinhas que o deixava tao fofo.

Eu agradeceria se fosse ele quem me comprasse.

Meu deus , no que estou pensando ? 

Estávamos em um condomínio eu acho. As casas eram proporcionalmente do mesmo jeito , embora aqui não tivessem muitas eram extremamente lindas e grandes , exageradamente grande. 

O carro foi parado em frente a uma delas , era quase a última de toda a rua que estávamos. Era toda branca por fora e seu jardim era a coisa mais linda que eu já vi em meus dezoito anos. Sorri sem perceber , parecia que finalmente eu teria uma vida um pouco mais normal do que onde vivia.

Lá era um inferno , parecia ate mesmo um puteiro onde só homens velhos e nojentos habitavam. As garotas eufóricas a fim de serem ricas mesmo que pra isso tenham que se entregar a desconhecidos.

-Senhora - Namjoon abriu a porta pra que eu saísse.

-Não me chame assim , eu não sou velha - Fiz careta vendo o mais velho sorrir de canto.

-Desculpe ...

-S/N ! - Esqueci ate mesmo de me apresentar pra ele. Fiz muitas perguntas ao mesmo que garanto que não conseguiu se quer descobrir meu nome. - Me chamo s/n - Sorri grandiosa.

-Você precisa ir , antes que senhor Kim grite - Ele diz sessando seu sorriso e desviando seu olhar.

Senhor Kim ? 

-Eu .. Não queria entrar - Disse engolindo seco olhando em volta.

Eu poderia fugir , não poderia ?

-Nem pense nisso - Namjoon sorri de canto sem deixar seu tom serio sumir. - Você não vai fugir.

Droga , ele lê mentes ?

-Não eu não leio sua mente - Ele diz meio debochado , enquanto não consigo entender nada. - Eu vejo sua expressão , e sei mais ou menos o que pensa - Diz com sua postura seria de antes - Agora , entre.

Não. Por favor , não.

-Tudo.. Bem.

Desci do carro e me despedi dele brevemente. Andei pelo caminho acimentado que dava em direção certeira a porta de entrada. Toquei a campainha apenas uma vez e uma bela moça veio me atender.

-S/N , não é ? - Ela diz sorrindo. Parecia muito feliz em me ver como se fossemos amigas a muito tempo.

-Si.. Sim - Sorri amarelo.

-Senhor Kim te espera no escritório. - Diz me dando passagem pra que entrasse. - Não se assute - Ela sussurra subindo comigo as escadas.

Uma outra empregada dali me olhou com certa estranheza , e ate mesmo ódio. Não entendo o porque já que nem ao menos trocamos uma palavra pra me olhar com tanto desdém assim.

Subimos um lance de escada e as borboletas já faziam parte do meu estomago , assim como a dor de cabeca estava presente como nunca antes.

-Chame-o de senhor.  Apenas isso - A governanta sorridente me alerta ainda com seu sorriso. - Sou Valentina , espero que possamos ser amigas - Diz tímida deixando suas bochechas vermelhinhas.

-Eu também - Sorri de canto e ela se curvou me deixando ali a própria sorte.

Bati na porta duas vezes e escutei um entre. Respirei fundo antes que tivesse um Treco ali mesmo e abri a porta.

Era uma sala enorme , da qual de fora não aparentava ser tao grande assim. Havia uma enorme parte de vidro dando uma bela vista de trás da casa que por sinal dava certeiro em um pouco das ruas movimentadas da cidade. Os moveis eram brancos com uma tonalidade azul bebê , e havia uma estante repleta de livros ali. Era incrivelmente lindo e dava-se um ar jovial aquele canto da casa.

-Senhorita s/n , não é ? - A poutrona é virada mostrando-me a visão de meu novo "dono".

-Sim - Disse de uma vez mordendo meu lábio inferior , isso é costume quando fico extremamente nervosa , como agora.

Aquele homem era maravilhoso e por um momento achei que ate mesmo fosse uma miragem. Sua pele branca e lisa como de um bebe , seus cabelos rebeldes de cor castanha com alguns toques verdes.

Ele é incrível.

-Kim Taehyung - Disse me despertando dos devaneios que estava tendo sobre sua pessoa.

Talvez eu tivesse sorte. Nao é ?

-O .. O que ? - Disse rapidamente.

-Meu nome garota , e Kim Taehyung - Diz ríspido se levantando de seu lugar. - Você sera minha acompanhante , certo ?

-Ce..certo - Digo sem pensar.

Ótimo , eu sou uma acompanhante.

-Você é GaGa ? - Ele questiona serio - Nao me lembro de contratar uma prostituta GaGa.

O que ?

-Eu nao sou prostituta - Rebati em um tom mais alto do que o esperado.

-Olha como se dirige a mim - Aperta meu braço - Eu posso muito bem educa-la , aqui e agora - Sussurra em meu ouvido. - Agora cale a boca e se sente.

Meu couro cabeludo chegou a se arrepiar. Mas nao um arrepio bom , e sim um horrível , um arrepio de medo.

Sentei-me rapidamente em uma cadeira a sua frente tendo seus olhos cravados em meu corpo analizando como se fosse um predador faminto.

-Senhor , sera assim que se dirigira a mim - Ele diz serio me olhando. - Se falar sem minha permissão ou falar mais que o necessário , arranco seus dentes - Estalei os olhos enquanto ele agia normalmente. - Nao encoste em mim sem que eu faça isso primeiro em você - Entrelaça suas próprias mãos apoiando seu queixo em cima - Fara o que eu quiser , e quando quiser.

-O que ? - Sorri sem animo. - Eu nao sou uma cadela de estimação - Disse ríspida o encarando nos olhos.

- Eu adotei você como se adota cadela , e como elas também vou te adestrar. - Diz serio pegando minha mão sob a mesa e a apertando fortemente. - Agora some daqui - Solta minha mão com brutalidade.

Eu nao sabia o que havia feito de errado. Eu achei que ele poderia ser diferente.  Mas isso seria impossível

Como pode ? Alguem tao bonito e jovem , ser um carrasco com o humor de alguém com 68 anos ? 

Me levantei rapidamente sentindo meus olhos queimarem já que segurava minhas lágrimas. Eu sou uma manteiga derretida , e isso me machucou por dentro como nunca ninguém conseguiu fazer. Era muita arrogância pra uma pessoa só. Eu nao sou uma qualquer , não sou uma cadela de quem ele vai se aproveitar como certamente faz.

Eu nao vou ser o que ele quer. Eu nao quero ser uma submissa de Kim Taehyung

-Ei , onde vai sem dizer o que deve ? - O carrasco chama minha atenção me fazendo engolir seco. - Se nao quer que te bata em cima da minha mesa , diga logo - Ditou ríspido já se levantando.

-Com licença ... senhor - Disse com meus punhos fechados e segurando as lágrimas.

Eu nem bem cheguei e já quero sumir daqui. Nem ao menos respirei aqui dentro e já fui ofendida de tal maneira que faz com que imagine que tudo vai piorar.

Eu nem bem o conheço , e já o odeio.

 


Notas Finais


Que coisa nao ? Haha

Espero que gostem.

Omma agradece.

Bye ! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...