História The Supernatural YG-Jyp - Capítulo 8


Escrita por: ~, ~_Bae_JooHyun_ e ~Hiru_Kamura

Postado
Categorias Big Bang, Black Pink, Got7, TWICE
Tags Horror, Idol, Terror
Exibições 20
Palavras 1.367
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, estou com a co-autora _Bae_JooHyun_ Ao meu lado por isso estamos postando vários cap <3

Capítulo 8 - Casa número dois


Fanfic / Fanfiction The Supernatural YG-Jyp - Capítulo 8 - Casa número dois

GD> POVs ON

Entramos na casa número dois, como dizia o SMS, e a casa era enorme. Todos olharam a sala, cozinha, banheiros e finalmente subimos para escolher que quarto cada um vai ficar. Deasung escolheu um quarto básico e colorido. Já eu escolhi um quarto mais '' Katcham'', mais exagerado se é que me intende. Tae Yang escolheu um quarto bem básico mesmo. Seungri, escolheu o quarto que tem a mobília mais simples e calma, confortável. T.O.P foi no rútico, tudo em madeira.. Bem tumblr. Descemos e Deasung falou para fazermos uma noite do cinema, todos afirmaram e T.O.P e Seungri foram comprar milho para fazer pipoca, sal e açúcar. Tae Yang estourou as pipocas, ele fez metade da embalagem de doce, e a outra metade salgada. Subi as escadas e fui pegar travesseiros e cobertores, desci de novo e joguei tudo no sofá. Seungri pegou seu video game, e pegou filmes em sua mochila. Ajudamos ele a instalar o Video-Game na Televisão, e Deasung ajeitou o sofá para que todos ficassem confortáveis. T.O.P Pegou os filmes e colocou em fileira em cima da mesinha, e trouxe as pipocas, e coloquei na mesinha. Escolhemos assistir Invocação do Mal.  Todos se ajeitaram e apagamos as luzes.... 

No meio do filme apareceu um ser encapetado com blusa cinza, pele pálida e calças escuras, com seu corpo todo coberto de sangue. Ele pulou sobre mim e sussurrou no meu ouvido- Hi....- Ele pegou uma faca coberta de sangue , e fez um sorriso de psicopata... Como ele estava encima de mim, não sabia o que fazer, resolvi chutar o pênis dele (nem sei se aquele capeta tinha) , Ele caiu do sofá e sumiu. Logo após apareceu de novo no encosto do sofá, perto do Seungri, e T.O.P, e disse - Go.. To sleep? - Ele pegou sua faca e ameaçou de novo. 

- A meu para de palhaçada porra, só por que nós viemos ficar aqui, nem morar veio uma criancinha nos perturbar, Porra!- Disse o Deasung levantando.- Agora sê vai para sua casa, por que você não mora aqui!- Ele pegou seu chinelo e ameaçou-o.

- Deasung... Deasung.. ELE NÃO É UMA CRIANÇA É UM CANIBAL!- Disse o Tae Yang.

- C-canibal? Ele vai me comer?- disse o Deasung

- O que o canibal faz?- Eu disse sendo irônico. 

- Come pessoas,- Todos disseram juntos.

Todos voltaram para seu lugar, e o demônio sumiu, ninguém mais ficou com vontade de ver o filme e acabaram dormindo... Eu não estava conseguindo dormir... E eu só escutava barulhos assustadores vindo lá de fora. Fecho os meus olhos e sinto alguém me puxar pela gola da minha camisa. Não abri meus olhos, pois estava com medo de ver o que era... Sim sou medroso, mas quando é preciso sou corajoso. sinto-me sentado num lugar duro, e minhas mãos, e pés amarrados. Sinto a presença de uma pessoa me rondando e sussurra-  Seus amigos são maus educados....- Ele disse ainda me rondando. Abri meus olhos e era aquele capeta.

-Sério... Não sabia, eles são super gente boa- Eu disse o desafiando.

- Vi que você também é... - Ele disse parando atrás de mim.

-C-como assim? -Eu disse tremendo.

 Ele pega aquela maldita faca e apoia sobre meu pescoço.- O que sê ta fazendo- Eu disse assustado.

- Go to Sleep?- Ele solta sua faca e cai sobre o chão, faz um alto barulho que ecoava pela sala onde estávamos.

- Que paranoia é essa de ''Go To Sleep?''??- Eu disse ficando estressado.

- Shiuuu.....- Ele coloca seu dedo sobre a sua boca. Ele pega sua arma do chão, e me esfaqueia, eu acabo desmaiando e aquele cara foi embora....

GD> POVs OFF

T.O.P> POVs ON

Eu acordo, por último e todo mundo estava tomando café, eu senti falta da presença de alguém, e fui sentar com eles. Quando fui sentar eles me fizeram uma pergunta em coro- Você viu o GD?- Eu sabia que faltava alguém...- Como assim Cadê o GD? isso só pode ser uma pegadinha.- Eu disse ficando bravo e alternando o meu tom de voz.

- Não, cara a gente está falando muito sério, desde ontem a noite ele sumiu.- Seungri coloca seu pão de volta no prato.

- Então vamos procurá-lo.- Eu disse puxando os meninos.

Todos afirmam em coro.- Ok-.

Subimos as escadas e vimos uma trilha de sangue, que dava em um quarto que não sabíamos que tinha naquela casa. Entramos e vimos GD, apagado com suas mãos e pés presa na cadeira, com sangue em volta, e todo esfaqueado.Soltei as cordas de suas mãos e seus pés, GD não respondia.. Ele estava totalmente desmaiado. Tae Yang pegou ele no colo e descemos as escadas, ele colocou GD sobre a cadeira, e Deasung foi pegar uns adesivos curativos, esparadrapos, águas oxigenada. Seungri fez todo o curativo e fiquei encarregado de levá-lo para seu quarto. Deixei ele deitado na cama. depois de algumas horas escutamos passos descendo as escadas rapidamente.

- G-Gente, por que eu estou assim?- Disse GD se aproximando de nós

- Encontramos você hoje desse estado- Seungri disse olhando para GD, e depois volta á olhar para a TV.

- AAh lembrei....- Disse GD sentando ao nosso lado.

- Conta...- Disse Deasung.

- Ontem estava tentando dormir, mas estava vindo barulhos assustadores de fora de casa... Coloquei o cobertor em cima da minha cabeça e fechei meus olhos... Depois de alguns minutos  senti alguém puxando a gola da minha camisa, e me levou para um quarto escuro, me amarrou e ficou falando ''Go to Sleep?'', depois fui esfaqueado. E desmaiei.

- Ai meu deus, ainda bem que você está bem...- Disse o Tae Yang.

-  É o que importa ....- Disse Deasung, sempre secreto.

- TÁ.... MAS NÃO FAZ SENTIDO UM CAPETA, PSICOPATA O QUE SEJA, APARECER AQUI EM CASA DO NADA! AISH!- Disse o Seungri.

-Ele tem razão - Eu disse.

- E TAMBÉM NÃO FAZ SENTIDO, POR QUE EU FUI A VÍTIMA .- Disse GD ficando revoltado.

-To com fome!- Disse o Seungri.

- Eu não sei fazer comida....- Eu disse...

Todos afirmam- Eu também.

- Hei, vamos na casa quatro, lá tem as meninas cozinheiras.- Disse Seungri.

-Como assim?- Disse GD, e todos riram.

Logo todos se arrumaram, e fomos para a casa número quatro. Chegando lá batemos na porta, e Dahyun atende a porta. - Oie- Disse GD.

-O-oi, por que vocês estão aqui?- Ela disse.

- Então...- Eu disse.

- É que ninguém da nossa casa, a número dois, sabe cozinhar, e não é o horário de sair do condomínio- Disse Seungri, sendo sincero.- Ai, pensamos em vocês, que cozinham super bem.

- JIHYOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!- Gritou Dahyun.

- Que foi menina? , está morrendo?- Ela aparece na porta- Meninos? O que estão fazendo aqui?

- Nós não sabemos cozinhar, e estamos com fome, e não é o horários, para sair.- Seungri repetiu tudo de novo.

- Ah.. .Claro entrem, chegaram na hora certa, a Chaeyoung está pondo o almoço na mesa.- Ela abre a porta para nós entrarmos, nos sentamos para almoçar, estava muito boa a comida. Era  comida japonesa, entre sushi, temaki e essas coisas. Depois de almoçar, nós despedimos e voltamos para casa. Alguns tomaram banho e colocaram pijamas e fomos dormir. No meio da noite tocou a campainha. Seungri desceu as escadas e atendeu a porta... -Oi?- Ele disse olhando para pessoa.

- Seungri! Sou eu, a Dahyun.- Ela disse fazendo bico.

- Ah, oi, o que quer?- Ele se apoiou na parede.

- Eu to sem sono, e todo mundo lá em casa dormiu... E como você pediu aquele favor, pensei em você recompensar com isso.

- Com isso o que?- Seungri faz cara de confuso.

- Deixa eu dormir aqui?- Ela faz Aegyo.

-Ahhh... Ok, entra- Ela entre e Seungri fecha a porta.

- Eu durmo aqui mesmo. - ela apontou para o sofá.

-Aqui não é seguro Dahyun.- Ele disse apoiando seu braço no ombro de Dahyun.

- Por que?- ela pergunta olhando seriamente para Seungri.

- Um dia você vai intender. -Ele guia ela para o seu quarto e acabam adormecendo assistindo um desenho animado, que estava passando. 

T.O.P> POVs OFF

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...