História The suspect - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook
Visualizações 7
Palavras 625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O meu celular Bugou na hora de colar
Ignorem os -[ ]

Capítulo 2 - Médico?


- [ ] Quinta-feira 05:56 AM 


- [ ] — Bom dia, Jimin. Como foi ontem à noite? Saiu muito tarde? 


- [ ] — Bom dia, Yang. Ah, nem me fale, fiquei até tarde procurando pistas e ligando os pontos do novo caso.... 


- [ ] Disse apoiando os braços no balcão da recepção. Pegou seu celular e imediatamente lembrou-se do garoto que havia atropelado, e, levou um tapa na cara dos seus pensamentos. 


- [ ] O que diabos ele estava fazendo na rua, tão tarde?


- [ ] Afastou os pensamentos e foi para o seu escritório. Suspirou, sentando em sua cadeira e ligando seu computador, colocou o braço em cima da mesa, apoiando o rosto em sua mão e voltou a investigar os fatos. 


- [ ] A vítima era uma adolescente de 16 anos, e depois de três dias desaparecida os pais começaram a colocar cartazes com telefone, caso alguém a encontrasse. A jovem possuía marcas de chupões na região do pescoço, não parecia tão inocente assim, oras! Os jovens de hoje só pensam em drogas e sexo, não que Jimin não frequentasse casas noturnas e não transasse com o primeiro que sentasse em seu colo. Ele só não.... Ah, quem ele quer enganar? Ele nem sabe o que aconteceu exatamente com a menina, como poderia julga-la desse jeito?! Como se ele não ficasse bêbado e transasse com qualquer um.


- [ ] Já fazia uma semana desde que assumiu o caso, e até agora só criara uma teoria: a jovem estava em uma festa -provavelmente, já que possuía uma pulseira de papel em seu pulso esquerdo -, bêbada, já que foi encontrado álcool em seu organismo. Festa, drogas, bebidas, sexo.... Isso parecia tanto com Jimin que era assustador. 


- [ ] O principal suspeito era seu namorado, já que o mesmo costumava frequentar festas toda sexta-feira, e, os fatos batiam. Jisoo foi encontrada sem vida, em um dos quartos da festa, seu celular tinha mensagens do tipo;


- [ ] Já estou no quarto [01:20]


- [ ] Cadê você?! [01:32] 


- [ ] Ouvi batidas na porta, é você? [01:48] 


- [ ] E a equipe achou o casaco que pertence ao namorado da vítima, e teve acesso à suas conversas. Tudo parecia tão óbvio, mas muito fácil, tinha algo errado. 


- [ ] As testemunhas disseram que o namorado estava na festa, mas não ficou muito tempo. Disseram que a jovem havia bebido uma quantidade absurda de álcool, e depois sumiu. O que Jimin ainda não havia entendido era que a garota sumiu por três dias, e depois acharam seu corpo em uma festa. 


- [ ] Fechou seu notebook e foi até a sala da legista, perguntando se o corpo de Jisoo ainda estava sendo estudado. 


- [ ] Já com as luvas, começou a examinar o corpo. As coxas cortadas, alguns dentes arrancados, os olhos furados.... Estava tudo tão atrasado, o corpo ainda estava para a autópsia, e a família cobrava o enterro. 





- [ ] -x- 


- [ ] [08:27 AM] 


  

- [ ] O céu estava cinzento, havia uma névoa na rua, impedindo qualquer um de ver o que tinha na esquina. Jungkook adorava dias assim, aproveitava para correr de manhã e para observar Beak sair para ir para a faculdade. Jungkook era dois anos mais velho, então estudava à tarde.


- [ ] Quarentena minutos de caminhada, Jungkook passara na frente dos prédios mais bonitos da cidade, e, quando olhou para a porta, viu o mesmo homem que lhe ajudou hoje mais cedo. Ah, não esqueceria nunca daquele rosto, daquele cabelo, mas.... Luvas, máscara, jaleco..... 


- [ ] Ele é médico ou algo do tipo? O que ele estava fazendo ali? De qualquer forma, precisava de informações.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...