História The Teacher - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony
Exibições 194
Palavras 1.315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu fico realmente muito feliz que tenham gostado da história. Agora vamos lá amores sei que vocês querem saber mais sobre o Evan.

Capítulo 4 - Capítulo Três



- Dislexia? - Ally perguntou
- Sim, foi isso que a professora me disse - falei caminhando de um lado para outro - Evan tem dislexia
- Quer dizer que ele não consegue nem ler e nem escrever? - Dinah perguntou
- Não, as letras se embaralham e ele simplesmente não consegue ler e nem escreve - sentei no sofá - Eu só queria ser uma boa mãe
- Mas você é uma boa mãe Chancho não é sua culpa se o Evan é disléxico. Algumas crianças nascem com essa dificuldade em aprender a ler e escrever
- Mas por que tinha que ser meu filho?
- Mila, lembra quando você descobriu que estava grávida do Evan? - Mani perguntou
- Sim, mas oquê isso tem haver?
- Se lembra de como você reagiu? Você queria abortar aquela criança, se arrepende por não ter feito isso?
- Não - falei - Eu me arrependeria se tivesse abortado o Evan, doeria pensar nele. Mas eu não fiz isso, eu tive meu bebê e agora estou passando por esses problemas - suspirei - Mas não me arrependerei disso, nunca me arrependeria disso. Eu não sei que tipo de pessoa eu era seis anos atrás pra ter desejado a morte do Evan. Eu apenas… eu não sei oque fazer
- Você precisa ajuda-lo Chancho, ele não vai conseguir sozinho - Dinah falou jogando seu corpo no sofá
- Desse jeito você vai quebrar o sofá - Ally falou rindo
- Eu… eu vou falar com ele - falei subindo as escadas. O quarto de Evan era o terceiro do corredor, um quarto todo azul brilhante e com figurinhas de super-heróis da Marvel. - Baby, oquê está fazendo? - perguntei sentando ao lado de Evan
- Assistindo "As aventuras de Flapjack" - ele disse deitado na cama e com os olhos vidrados na tela da TV
- Sua professora veio conversar comigo - falei passando minha mão por seus cabelos castanhos
- A tia Lauren? - ele perguntou
- Não, a tia Sabrina. Quem é a tia Lauren?
- Minha professora de música
- Música? Mas não era a senhora Hawnshet
- Ela foi embora, disse que eramos monstrinhos
- Baby, a sua professora disse que você não consegue ler nem escrever
- As letras ficam dançando mami - Evan disse - Eu não consigo ler
- Você presta atenção na aula baby?
- Não! Eu fico desenhando - ele disse pegando o caderno de desenho do Spider Man que estava largado no chão e me entregando. Na primeira folha tinha um desenho do Capitão América
- Como desenhou isso baby?
- Procurei na internet e desenhei - ele passou a folha me mostrando o próximo desenho. Homem de Ferro. Passei a folha e tinha um desenho do Jack Frost. - Eu gostei desse filme - Evan falou dando de ombros, uma folha que estava solta do caderno caiu em cima da cama, era um desenho perfeito da Elsa e da Anna. - Esse eu fiz pra Ashley, vou entregar a ela amanhã
- Baby, isso é incrível! Como você consegue fazer esses desenhos?
- Eu assisto os filmes e aprendo a desenhar os personagens, não é díficil
- Mas é díficil aprender a ler né baby
- As letras são malvadas - Evan disse oque me fez rir
- Eu sei baby
- A professora colocou um recado na minha agenda
- Você não fez o dever?
- É - Evan falou encarando seu desenho
- Quer uma ajuda?
- Faria isso por mim mami?
- Eu faço tudo por você baby - falei envolvendo meus braços em seu pequeno corpo e puxando ele mais para perto de mim o abraçando. Inalei seu cheirinho doce e suave, não era mais o cheiro que um bebê teria mas ainda era doce como o de um bebê - Pegue o caderno pois eu vou te ajudar baby - falei e ele correu para abrir sua mochila e trouxe o pequeno caderno dos Vingadores o jogando na cama. Eu o abri, vendo que os deveres estavam todos copiados - pela professora - mas não estavam respondidos. Fui para o último dever do caderno. Para uma criança de seis anos aprender os digráfos é muito díficil. Eles mal tinham aprendido a juntar as vogais, imagine as consoantes. - Baby, você sabe fazer isso?
- Não
- Olha não é tão díficil. Se bem que você deveria aprender isso na segunda série mas eu vou te explicar. Os digráfos mais usados são CH,SS,RR. A palavra "Chuveiro" tem digráfo. Ela não se escreve com X baby - falei ao ver Evan escrever "Xuveiru" nas linhas - E nem termina com U, a palavra "Chuveiro" começa com CH e termina com O
- Assim? - ele perguntou mostrando o caderno e dessa vez a palavra estava escrita corretamente - Agora vamos a palavra "Carrossel" ela tem dois digráfos que é o RR e o SS  consegue escrever? - Evan assentiu e escreveu a palavra "Carrossel" de uma forma meio torta - O fim não é com U baby - começei a rir e logo ele apagou seu erro. Meu celular começou a tocar. Era Christina minha chefe. - Eu vou atender o telefone consegue fazer os outros sozinho?
- Sim mami - eu sei que ele não conseguia mas Evan era um garoto compreensivo e sabia que Christina era uma bruxa.
- Alô?
- Onde você está Karla?
- Eu… er… eu… estou em casa - falei e me preparei pra ouvir os gritos
- Em casa? Você está em casa? Você está trinta e sete minutos atrasada Karla! Você tem consciência de quanto isso é prejudicial a minha empresa?
- O meu atraso?
- Não a sua imcopetência. Eu quero que você saia de sua casa agora e apareça na minha sala daqui vinte minutos se não quer ser demitida
- Mas senhora eu…
- Imediatamente Karla! - foi a última coisa que a cobra de salto disse antes de desligar. Fui até o quarto de Evan e beijei o topo de sua cabeça - Baby a bruxa má ligou - "bruxa má" foi o apelido que Evan deu a Christina - A mamãe vai precisar ir agora, você vai ficar com a tia Dinah ok?
- Mami, a senhora vai voltar não é?
- Sim, eu volto
- Cuidado com a bruxa má
- Vou ter cuidado - falei e desci as escadas indo em direção a sala. As meninas provavelmente tinha ido para seus trabalhos pois apenas Dinah estava lá assistindo TV (como sempre) - Dinah, Christina me ligou preciso ir agora fica com Evan pra mim, faça ele tomar banho e nada de doces - adverti pegando minha bolsa e as chaves do carro
- Pode deixar - Dinah falou sem tirar sua atenção da tela da TV - Vai logo antes que a mejera loira venha te buscar pessoalmente - Dinah falou e eu dei um leve sorriso. Dinah conheceu minha chefe Christina Aguilera no ano passado e digamos que ela praticamente bateu na cara dela. Eu a suporto até o topo da minha paciência, juro que já tive vontade de fazer com ela oque faço com os assasinos e estrupadores mas ela é a fonte de meu dinheiro, não posso simplesmente mata-la. Entrei no carro e me olhei pelo retrovisor, eu estava parecendo uma louca. Usava uma calça jeans rasgada e uma blusa do Suicide Squad que tenho desde os dezenove anos. Christina me mataria de uma forma o outra, ela me obriga a usar vestidos ou saias justas e obrigatoriamente eu sempre tenho que está com um salto de 15 cm, digamos que eu esteja vestida da forma inapropiada para ela. Mas que foda-se eu iria assim mesmo, ela me tirou de casa agora porque quis ia ter que me aturar vestida da forma que ela mais odeia.


Notas Finais


Por que a chefe da Camz é a Christina Aguilera? Bem, eu imaginei essa parte da vida da Camz meio parecida com o filme "O Diabo Veste Prada" então eu achei que a Christina tinha até uma postura de chefe super chata e exigente. Camz tem a mesma situação da Anne Hathaway nessa parte da vida. Hehehe. Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...