História The three demons - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bts, Bts Hetero, Bts Yaoi, Got7, Hoseok, Jackson, J-hope, Jimin, Suga, Yoongi
Exibições 139
Palavras 2.714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEIII
ANTES DE MAIS NADA....
TEM
UM
NOVO
PERSONAGEM

FALEI DE MAIS KKK LEIAM SZ

Capítulo 3 - Capitulo III


Fanfic / Fanfiction The three demons - Capítulo 3 - Capitulo III

Acordo com o barulho de panelas caindo (sim panelas) pego meu celular e vejo que eram fucking 4 da matina.
Tento dormir de novo mais não param de cair panelas.
- Droga vou ter que levantar!
Vou ate a cozinha e vejo yoongi com uma faca na mão e várias panelas no chão.
- Meu deus o que você esta fazendo? – me aproximo e tento tirar a faca de sua mão.
- Não se aproxime! – Yoongi ameaçou de cortar o seu pescoço.
Porra em que eu fui me meter,  jackson quando eu te ver vou te matar.
- Você bebeu? – O cheiro do álcool era evidente.
- Isso não vem ao caso. – Seus olhos marejam de lágrimas.
Ele abaixa a faca e começa a chorar, vou ate ele e pego a faca de sua mão e o abraço.
- Calma tudo vai ficar bem! – Aliso suas costas.
Yoongi fica ali chorando por uns 10 minutos eu estava curiosa sobre o porque dele querer se matar mais resolvi não perguntar.
- Obrigado! – Ele diz se afastando.
- O.. Onde você vai? – Digo receosa.
- Vou tomar um banho gelado... Quer vir comigo? – Ele se vira e ri de lado.
- Não é uma má ideia, mais tenho que arrumar as coisas que você bagunçou! – Ele ri e da de ombros indo para seu quarto.
Acabo de arrumar tudo e já eram 5:50 claro que eu havia perdido o sono e não ia dormir de novo, então apenas fiz o café da manha e me sentei para comer.
- Uau que cheiro bom! – Olho para a porta e Hoseok se aproxima sentando a minha frente.
- Bom dia! – Digo animada.
- Você fica muito linda de manhã! - Ele diz fazendo seu pão e eu ali ficando corada.
- Cadê o Jimin? – Mudo de assunto.
- Ele saiu. – Diz seco.
- Nossa a essa hora?  Pra onde ele foi?
- Ele saiu ontem as 11 da noite – ele ri – Agora onde eu não sei.
Caralho eu deveria começar a me preocupar? Não, deixa eu comer meu pão sem preocupações.
- Devemos sair também? – Hoseok diz do nada e eu dou uma leve engasgada.
- Sair?
- Sim, que tal cinema? – Ele ri se levantando.
- Não sei não...
- Às 2 e eu pago! – Ele pisca pra mim e sai.
Bom de qualquer forma eu não ia fazer nada mesmo, lavo os pratos e vou para meu quarto.

(S/N) OFF*

JIMIN ON*

- Nossa que noite chata, vou dar uma saidinha.
Pego meu celular e ligo para meu amigo de noitada.
    
LIGAÇÃO ON

- O que você quer?  - ele fala seco.
- Vamos dar uma saidinha? – Ele ri.
- Opa, trás a nossa filhinha!  - Ele diz animado.
- Beleza.
- Vou passar ai te pegar.
- Tchau.

LIGAÇÃO OFF

Vou ate o banheiro e pego meu mais novo brinquedinho, minha calibre 12 e uma arma simples.
- VAMOS. – Ouço gritos e buzinas.
Saiu de fininho e entro no carro.
- NOSSAS FILHAS!  - Ele pega as armas e as beija.
- Onde vamos? – Nós se olhamos e rimos.
- Matar umas putas que tal?
- Do jeitinho que eu gosto,  está aprendendo em Taehyung.
Nós rimos e fomos para o primeiro puteiro que encontramos.
- Quem matar menos paga bebida! – Taehyung diz e assim saímos do carro.
- Em que posso ajudar? – A recepcionista diz e eu meto bala nela.
- 1 a 0 – Rimos e corremos para dentro dos quartos.
Foi um total massacre, isso sim pode ser chamado de banho de sangue.
- JIMIN CORRE PRO CARRO. – Quando Tae disse isso já pude imaginar que era a polícia.
- ACELERA MOTORISTA! – Diz Tae apontando a arma pra ele.
Por sorte saímos de lá antes da polícia notar nosso carro.
- Quantas você matou? – Perguntei.
- Conta os homens também?  - Ele perguntou.
- Claro, a final são mais corpos mortos. – ri de lado.
- Acho que uns 50 ... E você?
- Droga... 
- HAHAHA GANHEI NÉ?
- Sim!  Eu matei só 47.
- Sabe eu estou com muita sede então vou beber muito. – Ele ri e me fita.
- Vem cá deixa eu tirar essa camiseta cheia de sangue pra você.
Ele ri e tira minha camisa passando a arma em meu abdômen.
- Não faz isso se não eu gozo!
- Quer levar uns tapas ou uns cortes de navalha?  - Tae diz tirando sua camisa e ficando sobre mim.
- Hoje eu dispenso a querida navalha. – Empurro Tae que cai sobre o banco e fico sobre ele.
- Não dá pra transarmos hoje, vamos só beber que tal? 
Tae ri e se levanta se aproximando de meu rosto.
- Então quero um beijo com direito a sangue e tudo! 
Pego os cabelos de Tae e começamos a nós beijar, aquele beijo que só eu e ele sabíamos fazer, com mordidas fortes ate sangrar os lábios.
Nós separamos por falta de ar e nos entreolhamos.
- Perfeito. – Ele ri apontando para meus lábios que escoriam sangue.
- O seu vai precisar dar ponto. – Ri e ele me da um tapa.
- Que tal no pescoço agora?  - Ele diz e partimos pro ataque.

JIMIN OFF*

(S/N)  ON *

Já eram 1:45 então resolvo ir me arrumar, tomo um banho rápido e coloco um vestidinho florido com uma sapatilha dourada e vou para a sala esperar Hoseok.
- Vai em algum lugar? – Yoongi aparece e se senta ao meu lado.
- Hoseok me chamou para irmos ao cinema. – Yoongi me olha preocupado.
- Melhor tomar cuidado! – Ele me olha sério.
- Por que?  - Pergunto sem entender.
- Me de seu celular! – Entrego meu celular para o mesmo.
- Qualquer coisa me ligue que eu vou correndo, a final estou te devendo uma! – Ele me devolve o celular e volta para seu quarto.
Será que ele é doente? Não sai do quarto pra nada, até parece eu quando era menor.
Olho meu celular e ele tinha salvado seu contato como Suga.
- Suga?
- O que está fazendo?  - Olho para trás e vejo Hoseok. Muito lindo por sinal.
- Nada, vamos?
Vou ate ele e o mesmo entrelaça nossas mãos.
- Vamos.
   
        ~~~~~~~~~~~~~

Resolvemos assistir um romance que estava em cartaz eu subi para as poltronas e Hoseok foi pegar as pipocas.
Ele chegou bem na hora que o filme começou.
Meia hora se passou e a pipoca já havia acabado.
- Nossa já acabou!  - ri e olho pra Hoseok.
- Quer que eu busque mais? – Ele passou a mão em minhas coxas e foi subindo em direção a minha parte íntima.
- Ei!  - Sussurrei e bati em sua mão.
- O que?  Não esta gostando? – Ele ri e se aproxima de mim me beijando.
Dou um tapa em sua cara e corro para fora do cinema o mesmo me seguia.
- Quer brincar de pega-pega ? Adorei a ideia!
Me escondi em uma rua escura e liguei para o Suga.
-Alô? (S/N)?
- Te achei princesa! – Joguei meu celular para longe para que Hoseok não pudesse o ver.
- SAI DAQUI HOSEOK! - Eu grito e ele me da um tapa.
- Deixa eu ver seus peitos,  deixa!  - Ele rasgou meu vestido deixando a mostra minha roupa íntima.
Olho para os lados tentando achar alguma placa dizendo o nome da rua e BINGO achei.
- Rua Dongpion!
- Está ficando louca? – Ele ri e começa a beijar meu pescoço dando leves mordidas.
- Por.. Por que está fazendo isso? – Lagrimas escorriam de meus olhos.
- Não é nada pessoal, eu tenho uma doença que me faz querer transar toda hora... Digamos que meu pau fica excitado com qualquer coisa. – Ele limpa minhas lagrimas e me da um selinho.
- Agora vamos ver esses seios! – Ele me abraça e desabotoa meu sutiã.
- Lindos! – Ele diz se abaixando para chupa-los quando ele é acertado por uma pedra.
- SOLTA ELA SEU CAPETA! – Era Suga, finalmente.
- Porque você sempre estraga minha alegria?  - Hoseok se levanta e da um soco em yoongi que revida.
Pego meu celular e finjo que ligo para a polícia.
- Alô e da delegacia?  - Na hora Hoseok larga suga e me olha.
- Rua Dongpion rápido. -Hoseok sai correndo e Suga vem correndo me ajudar.
Ele tira seu casaco e me cobre me abraçando em seguida.
- Eu não liguei para a polícia. – Digo e começo a chorar em seus braços.
- Não é culpa dele, ele tem que se tratar! – Ele me olha e limpa meu rosto.
- Não quero falar sobre ele agora! – yoongi se levanta e me pega no colo.
- Vamos, você precisa descansar. – Yoongi me carrega até em casa.

Coitado dele eu não era nada leve.

- Quer ajuda pra tomar banho?  - Ele disse sério me deixando no meu quarto.
- Não vou nem comentar. - Nós rimos e ele saiu me deixando sozinha.
Fui tomar meu banho e quando me olhei no espelho meu pescoço estava todo marcado.
- Droga! Isso não vai ficar assim.
Me troquei e fui para o quarto do Hoseok que estava jogado no chão chorando. Confesso que fiquei com pena.
- Saia daqui eu não quero te machucar. – Ele disse e eu fui em sua direção.
- Vou falar com seu pai para ele te internar. – Ele me olhou e se ajoelhou na minha frente,  seus olhos estavam vermelhos.
- Tudo menos isso por favor,  eu não posso ser internado.
- Por que não? – perguntei curiosa.
- Quando nossa mãe morreu eu procurei consolo em mulheres assim peguei essa “doença” meu pai me internou quando soube só que isso me deixou agressivo, antes eu não transava com ninguém a força agora isso é diferente eu me tornei um monstro. – Ele chorava fitando o chão.
- Me perdoa?  - Ele me olhou.
- Se você for no médico comigo quem sabe! - Ele levantou e me abraçou.
- Obrigado!
- Eu vou te ajudar a sair dessa. – Me afastei e sai.
Meus planos era entrar naquele quarto e acabar com ele de tanta porrada que eu ia dar, mas por alguma razão ele me deu pena... Me fez lembrar do Jackson!
Vou para a cozinha e tomo um chá após ter ligado para o médico e marcado uma consulta.
- A vida e boa... Boa como uma bala de calibre 12...que entra rasgando e acabando com tudo...
Ouço alguém cantar e porra que merda de música é essa?
- Olá (S/N)  quanto tempo!  - Jimin entrou na cozinha cambaleando de bêbado e todo sujo de sangue.
- Meu deus você está bem? – Fui até ele e o mesmo riu.
- Isso?  - Apontou para sua roupa – Eu apenas sai para me divertir! 
- Que droga de diversão é essa? 
Ele me da as costas e vai para seu quarto mais antes cai algo de seu casaco,  mais ele nem se da conta e vai para seu quarto.
- O que é iss...  PORRA! – Deixo um grito escapar e tampo minha boca com minhas mãos.
Sem dúvidas aquilo era uma arma, por que demônios o jimin estaria com uma arma?  Ele é doente também?  Meu santo sorvete de doce de leite vou ter que levar mais um no médico?
Pego a arma com um pano e a levo para meu quarto.
- Devolvo para ele quando ele estiver melhor. – Escondo ela debaixo da cama.
TUTURURUUUU TUTURURUUUU TARATATAAAA
Meu celular começa a tocar e eu quase pari um filho de tanto susto.

LIGAÇÃO ON

- Tinha que ser a peste pra quase me matar de susto.
- Vai cagar, você se assusta sozinha e coloca a culpa nos outros. – Ele ri.
- O que você quer?
- Vamos sair? Uns amigos meus estão chegando de viagem e querem tomar sorvete.
- SORVETE?  VAMOS! – Dou um grito e escuto ele xingar do outro lado da linha.
- É na sorveteria de sempre
- Que horas? 
- Agora ne filha.
- Nossa mais tá cedo.
- Se cedo pra você é 20 da noite eu não quero nem saber o que é tarde.
- To indo então.

LIGAÇÃO OFF

Apenas pego minha bolsa e saiu em direção a porta.
- Vai sair de novo?
Aquela voz doce só podia ser de uma pessoa. SUGA.
- Vou tomar sorvete com uns amigos... Quer ir junto?
- Não sei não em,  não gosto de lugares cheios e...
- Pare de falar e vamos! – Pego sua mão e saímos.
     
         ~~~~~~~~~~~~~~~~

Entramos na sorveteria e já avisto a cabeça loira de pintinho.
- Cheguei!
Entrei com Suga e todos nos olharam principalmente Jackson.
- Atrasada como sempre! – Grita BamBam.
- Quem é esse?  - Jackson levanta fitando eu e suga de mãos dadas.
- Meu amigo Yoongi! – Eu ri da cara de ciumento do Jackson (ele sempre era assim com meus amigos).
- Sou Min Yoongi! – Suga se curva e jackson faz sua famosa cara de bunda.
- E eu sou Jackson o melhor amigo da (S/N)!  - Diz batendo na minha mão q estava entrelaçada com a de suga .
- Sentem logo o sorvete vai derreter! – Mark gritou impaciente.
Eu me sentei e yoongi e jackson se sentaram um em cada lado de onde eu estava.
Eu adorava fazer ciúmes para o Jackson ele sempre ficava puto.
- Yoongi! – Disse enchendo minha colher.
- HM? – Ele me olhou.
- Experimenta esse! – Quando ia dar na boca de yoongi jackson bate no meu braço discretamente e derruba o sorvete na minha calça.
Todos começaram a rir ate o yoongi,  eu me viro e olho o jackson.
- Tá rindo né? – Eu disse e ele apenas concorda com a cabeça.
- Vai rir agora!
Eu me levanto e puxo yoongi, todos ficam sem entender eu olho para jackson e dou uma piscadinha rindo de lado.
- (S/N)?  - yoongi diz sem entender.
O puxo pela nuca e o beijo ele fica sem reação mais logo pedi passagem com a língua nos envolvendo mais ainda naquele beijo.
- O QUE ESTÁ FAZENDO SUA VACA? – Jackson me puxa pelo braço.
- Não é obvio?
- Yoongi pode ir embora eu tenho que conversar com ela. – Jackson pega meu pulso e quando eu ia sair yoongi pega no meu outro braço.
- Só por cima do meu cadáver você vai levar a (S/N). – Ele olha pra mim e pisca.
Porra ele já podia virar ator de drama.

       CONTINUA ~~~~~~

LEIAM AS NOTAS FINAIS SZ




Notas Finais


TAEHYUNG AAAA
SIM ELE É O AMIGUINHO DO JIMIN.... ADORUUU

VAI TER YAOI? ( N VOU CONTAR)

Oq acharam do 1 massacre? KKK
Hj o dia esta sendo péssimo pra (S/N)!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...