História The tomboy - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Camren G!p, Norminah, Trolly, Vercy
Exibições 1.176
Palavras 1.556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Visual Novel, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Necrofilia, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fala aí ? Desculpa não ter atualizado e tals .... Enfim boa leitura

Capítulo 26 - Give Me Love


Pov Lauren

Tem algum tempo que falamos para a nossa família , isso inclui nossos amigos , não perdi tempo e comecei a trabalhar com meu pai , nada que tire muito tempo do meu tempo , eu estudo de manha e a tarde vou para a empresa dos meus pais , Camila além de estudar , procura casas e apartamentos , tudo que da para comprar com meu salario , eu compro para o nosso bebê , mesmo sem sabermos o sexo dele . Eu e Camila quase nunca conseguimos ficar a sós , então decidimos ir para a casa de campo dos meus pais , camila por sua vez , sem querer , falou com Dinah , que sismou de ir com a gente , e com isso todos queriam ir , puta merda la se vai meu final de semana de sexo . 

Assim que terminei de arrumar minha mochila , me joguei na cama e fiquei observando a camz mexer no celular , e um sorriso bobo e apaixonado surgiu na minha cara , apoiei a cabeça em uma das mãos e fiquei de lado , ela acabou percebendo que eu a encarava , soltou um daqueles sorrisos lindos com a língua entre os dentes , abracei sua cintura me deitando mais perto dela , beijei seu pescoço e comecei a chupar ali , e camila acabou deixando um gemido baixo escapar dos seus lindos lábios .

- Lolo para , é melhor nem começar , daqui a pouco eles vão chegar . Camila falava com dificuldade 

- Ok . Suspirei frutada , tem dois meses que eu estou sem sexo , fico apenas na punheta , é frustante 

- Amor fica assim não , desculpa eu tenho medo de machucar nosso bebê . Ela acariciou meu rosto , que agora tinha um bico

- Tudo bem , amor eu gosto de Louis e Luna . Entrelaçamos nossas mãos

- Mas é tipo o Louis , nosso amigo ?. Ela franziu o cenho

- Sim , você sabe o que o Lou passou quando falou para seus pais que é gay ?. Fiz carinho na sua mão com o polegar

- Apenas a metade . Se aproximou mais de mim

- Ok , eu te conto desdo inicio . Ela assentiu nervosa

FLASHBACK ON :

Eu e Vero haviamos acabado de chegar da casa da Dinah , Louis apareceu de repente na porta da nossa casa com o corpo marcado , suas tatuagens pareciam mais vermelhas , e seu rosto estava banhado de lágrimas , sua boca sangrava e tinha cortes no rosto e alguns estavam espalhados pelo corpo , troquei alguns olhares com vero antes de cair ou quase , pois seguramos ele , botamos ele no sofá da sala , vero correu para pegar o quite de primeiros , mantive Louis acordado .

- Lou quem fez isso ?. Perguntei segurando seu rosto

- Eles . Sussurrou fechando os olhos

- Eles quem Louis ? Fala . Sacudi seu rosto

- Troy Austin e Johannah Poulston . Falou baixinho 

- Seus pais ?. Fiquei confusa

- Eles não são meus pais , eles quase me mataram . Sua respiração começou a se alterar 

- Vero temos que levar ele para o hospital . Gritei , apoiei Louis sobre o meu ombro e fomos pro hospital mais próximo , ficamos horas naquela sala , ate que o maldito medico apareceu , falando que Louis estava ótimos e que iam ligar para os pais dele , eu e vero convencemos ele a não ligar para os Tomlinson , entramos naquele quarto mórbido e frio 

- Pode começar a falo Louis . Vero indagou 

- Ok , eu tinha acabado de voltar da casa do Harry . Eu e vero fizemos "hum" .- Parem , assim que cheguei foi direto para o meu quarto e ele me ligou , conversamos por horas , e eu falei que contaria para os meus pais que sou gay , ele disse que tinha um mal pressentimento em questão a isso mas eu ignorei , foi até a sala , contei e eles começaram a me ameaçar . Ele engasgou com o próprio choro , acariciei sus cabelos .- O Meu pai começou a me espancar , eu só sabia chorar , eles foram tão ruins para mim . As lágrimas caiam mais difícil 

- Louis vou mandar a Dinah ir pegar suas coisas e levar para casa do Hazza . Vero falou e saiu 

Flashback Off ;

- E até hoje eles moram juntos . 

- Agora com certeza quero que o nome do nosso baby seja Louis . Fez bico , encaixei nossas bocas 

- Então é esse o nome . Falei ainda sobre seus lábios , minha porta foi aberta por Melanie e Minha irmã 

- Vamos , estão todos aqui . Vero Falou calma , isso é estranha

- O que houve ?. Perguntei estranhado e sentando na cama

- Lolo , eu e a Mel estamos lá embaixo esperando com os outros . Camz falou pegando minha mochila e a dela , e elas saíram do quarto 

- A lucy ta me evitando e trouxe o justin junto para ir para a casa do campo. Falou baixinho , abracei ela

- Por que ?. Perguntei Aconchegando ela nos meus braços 

- Ela vem estranha esses dias , eu não fiz nada . Ela começou a chorar

- Já foi atras de alguma coisa sobre isso ?. 

- Tentei conversar mas ela sempre contar com um "verônica você esta vendo coisa onde não tem". Imitou a voz da Lucy

- Tudo bem , tenho uma ideia , você pode ficar no nosso quarto esse final de semana , vou mandar o Justin ir para casa , eu invento uma desculpa para ele não ir , e esse a Lucy defender , eu vou falar umas verdades na cara dela , ok ?. Ela secou as lágimas e assentiu

- Ok . Sorriu , meu deus amo o sorriso da minha mana .- Eu te amo laur , você é a melhor . Beijou babado minha bochecha , sequei fazendo cara de nojo e ela riu

- Eu te amo mais mana . Nos abraçamos forte e descemos , eu passei  braço pelo seu ombro e o sorriso da minha mana é uma das coisas mais lindas de se ver , ela sempre foi brincalhona e quando ama alguém ela se entrega , olhei em volta da sala e todos conversavam entre si , menos com o Justin , ninguém , além da Lucy , gosta dele

- Vamos meus amores , menos o Justin , por que eu num gosto de você maluco . Parisa falou abraçada a betsy

- Mais ninguém te perguntou nada garota . Justin

- Não temos quartos sobrando lá então alguém fica . Vero falou

- Voltando a dizer ninguém perguntou nada . Falou Justin arrogante

- Eu perguntei . Falei um pouco mais alto que ele

- E quem você é ?. Tentou ser o espertão 

- A dona dessa casa de campo que você vai . Falei serena , ele ia falar mas eu o cortei .- Ou melhor , Você ia . Cocei meu queixo 

- COMO ASSIM , IA ?. Lucy e Justin gritaram juntos

- Problema resolvido . Falei

- Isso mesmo . Dinah falou bateu high five com a Parisa

- E quem disse que ele não vai ?. Lucy

- Eu tô falando isso . Vero se pronunciou

- Você é minha namorada , devia apoiar minhas decisões . Lucy se exaltou 

- Vou dar duas opções para você Lucia , ou você se conforma que o Viado aí não ai , ou você vai ouvir muita coisa ruim vinda de mim , que você considera calma . Falei puta da vida

- Viado é o caralho , eu sou tão homem que peguei a metade da escola . Justin falou com um sorriso na cara , me preparei para bater nele mas me impediram 

- Lolo , fica calma amor . Camila ficou na minha frente 

- Camz , eu perdi a calma quando esse babaca pisou aqui em casa . Fechei minha mão em forma de punho

- Escolha ouvi as verdades . Lucia disse baixinho

- Ok , e você Justin , sai da minha casa e leva tuas coisas junto . Ele abaixou a cabeça , pegou as tralhas dele e se mandou .- Lucia , Lucia , onde foi parar aquela menina fofa que conheci ? Eu te amo , você é minha cunha , ou era sei lá , mas ultimamente você tem sido a pior pessoa que minha mana namorou . Falei tudo com calma

- Você não sabe o que eu estou passando . Lucy

- Eu não sei , mas não sou eu que estou me afastando da minha namorada , ou contrario eu e camz não podíamos estar num momento melhor . Sentei na poltrona e apoiei meus cotovelos nos meus joelhos enquanto encarava ela 

- Lucy , se quiser a gente termina e você ficar com aquele babaca , por que eu tenho várias atras de mim , se não quiser prova que ama . Vero se sentou no sofá


Notas Finais


Oii , meus lindos . Eai o que acham que a lucy fez ? O que acham que ela ira responder ? . Até a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...