História The Torture of "A" - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Ashley Benson, Lucy Hale, Sasha Pieterse, Shay Mitchell, Troian Bellisario
Tags Pretty Little Liars
Visualizações 22
Palavras 1.195
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente esse o penúltimo capítulo espero que vocês gostem dele

Capítulo 24 - "I Not Kill No One, Bithces. -A"


Justice Marino.

A loucura fora grande, aquelas garotas era realmente problemáticas. Me assustara o fato delas terem “provavelmente” cometido aqueles crimes, havia mesmo terroristas em New Orleans?

Se sim, agora estavam presas, e por mim ficaram lá.

Suspirei, pus meus óculos escuros, peguei minha bolsa e fui em direção ao meu carro.

Liguei-o e segui até minha casa.

(...)

Não demorei mais que 25 minutos pra chegar. Adentrei em casa, minha janela estava aberta, dei os ombros, fechei-a e subi até meu quarto.

Hã?!–Fora meu pensamento assim que pus os olhos em meu espelho.

Com um batom rosa choque, estava escrito:

Faça as malas, vá embora. Quero que suma. Não tô afim de derramar mais sangue, não que eu não tenha vontade de enterrar a linda Delegada de New Orleans.

Ah e por favor, solte as Pequenas Mentirosas, Sasha, Ashley, Lucy, Troian e Shay.

Quero infernizá-las e fazê-las sofrer, e isso não poderá acontecer com elas na cadeia não é?

Sim, eu sou real baby, e eu estou aqui.

–A.

Minha expressão era atônita e meio imóvel. Queria gritar e correr, mais estava chocada por ter aquilo ali em meu espelho.

–Não acredito que essa “A” exista.-Falei.

Um barulho de vidro eu ouvi. Algo quebrara no chão.

Corri até a escada e me apoiei no corrimão, e vi dois de meus vasos de vidro quebrados ao chão e a janela aberta de novo.

–Ah meu Deus.-Suspirei assustada.

Se sempre fora “A”, ela matara tantas pessoas, fizera mesmo as garotas sofrerem e se passarem por culpadas? Parecia que sim.

Corri até meu quarto, peguei minha mala joguei as roupas dentro, fechei-a e fui até a sala, e deixei um recado na Delegacia.

–Por motivos pessoais não voltarei a trabalhar, nem amanhã, nem depois, estou indo embora. Pude entender o caso de Ashley Benson, Lucy Hale, Sasha Pieterse, Troian Belissario e Shay Mitchell, soltem-nas assim que escutarem esse recado. Adeus. Delegada Justice.

Suspirei ofegante, joguei minha mala no carro e saí em alto velocidade.

Vih Vegas.

Lá estavam as Pequenas Mentirosas, Ashley sentada no chão com a cabeça apoiada nas pernas, Troian sentada na “cama” com Sasha, Lucy agarradas nas grades da cela e Shay apoiada na parede.

–Então é isso acaba?-Ashley choramingou.-“A” vence? Nos prende aqui?

–Não, nós não matamos ninguém, vão descobrir isso.-Disse Troian, pondo a mão no ombro de Ashley.

–Mas pensem, sem espelho, sem celulares, sem janelas para serem estilhaçadas...Sem “A”.-Lucy Suspirou.

–Sim...Isso é bom...Mas eu não posso acabar presa!-Shay questionou.

–Vamos esperar, vão ter que fazer alguma coisa-Disse Sasha.

–Então me digam, quando foi que fizeram as pazes?-Lucy cruzou os braços.

Ashley sorriu e Troian também.

–Digamos que acertamos ponteiros atrasados á muito tempo.-Disse Troian.

–Não sou boa com ditados populares.-Lucy revirou os olhos.-Traduzam.

Flash Back.

(Narrado pela Ashley).

Lucy entrara no quarto do hospital.

Eu ligava, ligava e ligava para Troian, ela nem mesmo me atendia. As garotas também tentavam mais Troian não falava com ninguém, e a culpa era minha.

Por mais que eu pensasse diversas coisas más sobre a Troian, eu descobri que a adoro. É uma amiga que eu não suportaria perder, como estou perdendo agora.

–Eu vou atrás dela.-Avisei.

–Da Troian?-Shay perguntou.

–É.-Falei.

–Mas e a Lucy?-Perguntou Sasha apontando para a porta.

–Eu não vou demorar!-Falei, saindo de lá.

Adentrei no carro da Lucy e liguei o motor, disparei até a casa de Troian.

Quando cheguei em frente a mesma, ela estava com os olhos vermelhos e inchados sentada em uma cadeira na varanda de sua casa.

–Troian.-Chamei-a descendo do carro.

–O que faz aqui?!-Ela questionou.

–Pedindo desculpas.-Suspirei parada em sua frente.

–Você não entende Ashley.-Os olhos de Troian estavam cheios de lágrimas.

O que fizeram os meus se inundarem também.

Me sentei no degrau da escadinha que levava até a varanda da casa de Troian.

–O que eu não entendo?-Perguntei com a voz chorosa.

–Eu já sabia Ashley! Sabia que todas vocês pensavam isso de mim, pensavam que eu era má, fria, e ALISON.-Troian despejou.

–Não, elas não pensavam, eu as joguei nisso comigo, elas nunca disseram isso, eu mesmo disse várias vezes.-Minha voz soara arrependida.

–Ah...Não a culpo Ashley.-Disse Troian.-Eu simplesmente culpo a mim mesma.

–Mas por que Troian? Você não é uma Alison, nunca será, você nem parece ela, eu simplesmente fantasiei isso.-Revirei os olhos.

–Não. Você não fantasiou nada! Eu fui um tanto infantil, querendo ser Alison. Eu queria.-Ela admitiu com os punhos fechados.

–Mas por que?-Perguntei.

–Veja...Você entende de moda, é estilosa. Lucy é interessante, carismática e tem uma opinião formada sobre tudo. Sasha tem um corpão maravilhoso, e um dos cabelos mais sedosos que conheço, Shay é sedutora e super sexy! Por favor, o que eu tinha comparada a isso tudo?! Alison agia como agia, mas sempre estava por cima, nunca era derrubada, sendo assim eu não teria nada a mais, porém, estaria acima de todas.-Ela admtiu.

–Mas Troian, você tem algo a mais como todas nós, não precisaria interpretar um papel idiota para ser incrível! Você já é incrível! De nós quem é a mais inteligente, a mais protetora? Pode ser louco, mas você é uma amiga que sabe como nos acalmar, é incrível por isso. Por isso nós a amamos, o público te ama, e Keegan te ama.-Troian riu.-Você é demais como é, não precisa de nada mais.

Sorri, e abracei-a.

–Me desculpe.-Minhas lágrimas, por sua vez, emocionadas inundaram meu rosto.

–Me desculpe.-Ela disse, chorando também.

Fim de FlashBack.

(Continua sendo narrado por mim).

Todas estavam já sentadas em um círculo ouvindo Troian e Ashley contarem sobre a “conversa íntima” delas.

–Ah Troian, amamos e queremos Troian por perto, nada de Ali, Ali é podre.-Lucy riu.

–Oh, obrigada.-Sasha sorriu irônica.

Elas riram.

–Somos mais fortes juntas e autênticas.-Shay sorriu.

Elas tiveram aquele épico abraço em grupo.

Um papel desceu pela pequena janela no alto da parede da cela.

Elas se entreolharam por um instante, Troian pegou o papel e todas se inclinaram para lê-o.

Ashley e Troian, que lindas.

Um segredo foi revelado e resolvido, que meiguinho.

Mas este está longe de ser o mais assombroso! Tem certeza que não querem contar?

–A.

–Aí tá vendo, nem na cadeia a gente tá livre daquela vaca!-Ashley berrou.

–Ela tá certa. “A” vai encontrar qualquer jeito para nos perseguir.-Concordou Lucy.

–Senhoritas.-Um rapaz apareceu.-Vocês estão liberadas.

Ele abriu a cela e os olhos das garotas se iluminaram.

–Mas...

–A Delegada Justice liberou vocês.-O rapaz disse.

As garotas saíram da cela.

–E ela, onde está?-Troian perguntou.

–Isso é o estranho, ela de repente foi embora, do nada.-O rapaz deu os ombros.

O pensamento das cinco era a mesma coisa:

“A”

(...)

–“A” pegou ela!-Shay afirmou ao entrar no carro.

–Com certeza. Espero que ela esteja viva.-Ashley se abraçou.

O tilintar de nossos celulares em conjunto, já era previsível. Uma nova mensagem chegara.

Mas o que chamou a atenção das garotas foi uma foto.

Justice num aeroporto com uma mala ao lado.

E abaixo a mensagem:

Não matei ninguém suas maldosas. Eu apenas a expulsei de New Orleans.

–A.

–Me digam, como uma letra, consegue expulsar uma Delegada do cidade em que ela trabalha?! Me expliquem!-Sasha surtou.

–Se essa letra for “A”, ela tira até o Obama da presidência.-Disse Lucy.

Rimos.

–Tá tarde gente, vamos voltar para a casa da Lucy ou...

–Não! Vamos voltar pra minha casa, por que eu não estou afim de dormir sozinha! Tem roupas de vocês lá, então vamos pra lá!-Lucy interrompeu Sasha.

–Ok, ok.-Shay riu e ligou o carro.

{...}


Notas Finais


Espero que vocês tenho gostado
Obs: eu quero sabe ser vocês querem que eu poste o último capítulo hoje ou amanhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...