História The Train of Love. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Homossexualidade
Exibições 1
Palavras 611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drabble, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


<3 <3 <3 <3 <3

Capítulo 3 - Sua vida é a minha vida.


Fanfic / Fanfiction The Train of Love. - Capítulo 3 - Sua vida é a minha vida.

 

Eu respiro, devagar, estou muito cansado, ele me oferece água.

~Obrigado, Kaito-senpai. –Eu bebo a água lentamente.

~Você é muito fofo. –Ele fala isso de um modo gentil. Eu tento não ficar envergonhado, tentando parecer orgulhoso.

~Todos dizem isso! –Eu falo e depois me arrependo, e ele lança um sorriso, eu me distraio, a água escorre em meu queixo, indo para o meu pescoço lentamente.

Você deixou escorrer... -Ele se aproxima e devagar, encosta a boca em meu pescoço, ele bebe a água, me deixando excitado, eu vou ficando vermelho, iluminando a sala fria e de tonalidade sépia, com cores mais quentes, eu não gosto muito do movimento que ele faz, ele bota a mão na minha camisa querendo tira-la, ele levanta ela lentamente e...

~Para! Não! –Eu me levanto, pego minha bolsa, o copo caído derramando a água que nele estava, eu me movo até minha mochila, a pego, e vou até o elevador.

~Não! Espera! Podemos recomeçar! –Ele fala isso tentando me convencer. Ele se levanta e tenta segurar minha mão, mas eu consigo me soltar. Entro no elevador, aperto os botões para o terceiro andar. Noto uma pessoa estranha e desconhecida no local, ele fala no telefone com maior luxuria.

~”Jim, envoyer mes résultats pour Banana No Age ... Oui ... Oui ... Non! ... Non! Non! Non! Non! Non! Je veux que vous l'envoyer au secrétaire putain de Banana No Age. Oui! Non, pas pour cette société anime ninjas! Oui! ... Bye!” -O elevador para, as portas se abrem a uma grande sala de espera, eu vejo em qual andar estamos, hum, sétimo andar, as portas se fecham e o elevado vai até o terceiro andar, as portas se abrem, e eu ando até a minha mesa, e começo a trabalhar em meu novo mangá, o chefe disse que tenho que criar outro yaoi, pois está fazendo sucesso, então, lá vamos nós. Eu desenho um novo personagem, hum... Que tal... Eu? Sim, vou escrever sobre minha vida, isso vai ser um mangá muito triste, vida amorosa, aceitação dos pais, nossa, que ideia genial, seria tão legal se alguém estivesse escrevendo sobre mim, sobre minha vida se baseando no que a pessoa quer ser, ou o que ela vive.

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Eu estou tão cansado dormindo praticamente em pé, sempre pego o trem, sem vagas, eu acabo de me lembrar, eu tenho que me encontrar com ele! O trem para em seu ponto, eu saio e vou correndo rapidamente até o endereço do papel, atravesso a rua e entro em um beco e saio dele e lá está ele, Jacob Connor.

~Ei! Você é Jacob-  -Ele me interrompe, parecendo muito confiante, com um cigarro na boca, e um crachá do KBA0, ele se aproxima.

~Sim sou eu, e você é... –Ele é muito orgulhoso e estende sua mão me perguntando meu nome.

~Catherine. –Eu lanço um sorriso, ele sorri de volta me deixa voando e flutuando em pensamentos amorosos sobre vida, família e morte.

~Catherine, hum... Parece meio feminino. –É serio que ele falou isso? Eu não acredito, eu fico vermelho, a fumaça do cigarro que ele solta, bate em minha cara.

~Cof! Cof! Porque fez isso? Ah! –Eu me viro e saio de lá irritado, até que, uma mão me segura e me faz conhecer o cosmo como eu nunca vi, minhas mãos já conheciam as deles, eu sabia que eu teria, devia, ficar com ele minha vida inteira, Jacob Connor, era minha vida desde então.

Ele se aproxima, eu me viro até meus olhos olharem os dele, os seus lábios tocam no meu, eu fecho os olhos e aprecio o momento, Jacob Connor, era meu, desde então.


Notas Finais


<3 <3 <3 <3 Deixem suas opiniões sobre a fanfic!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...