História The True... - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Akashi Seijuro, Alexandra Garcia, Aomine Daiki, Furihata Koki, Himuro Tatsuya, Hyuga Junpei, Izuki Shun, Kagami Taiga, Kise Ryouta, Kiyoshi Teppei, Kuroko Tetsuya, Makoto Hanamiya, Midorima Shintarou, Mitobe Rinnosuke, Momoi Satsuki, Murasakibara Atsushi, Nijimura Shuuzou, Personagens Originais, Riko Aida, Shoichi Imayoshi, Shougo Haizaki, Takao Kazunari, Yukio Kasamatsu
Exibições 21
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olha só quem voltou! Eu! Mas okay, ninguém se importa!
Vamo começar logo essa bagaça!
Espero que gostem!

Capítulo 18 - Cap. 18 - Ordem!


" -Então.... - Kagami escutou a história atentamente e estava sem palavras, mas eles precisavam aceitar aquilo! - "G" voltou!"

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 A Kiseki acordou e se dirigiram para a cozinha e encontraram um banquete. Olharam para a cozinha e viram Kagami e Himuro rindo de suas reações, enquanto Ayaka já estava fazendo seu prato.

- Já que nosso último dia em Los Angeles, vamos aproveitar! - Himuro falou se dirigindo a mesa juntamente com Kagami. 

- Acho melhor vocês virem logo, caso o contrário não sobrará para vocês! - Ayaka disse. A quantidade de comida que aquela menina conseguia ingerir não era brincadeira! A Kiseki não perdeu tempo e logo todos estavam na mesa rindo e se divertindo. O amor da Kiseki por Kagami não parava de crescer e o sentimento era recíproco.

Ao terminar o banquete eles foram fazer o que eles amam. Basquete! Os times eram Himuro, Kagami, Kuroko e Akashi contra Midorima, Murasakibara, Aomine e Kise. Com o tempo, Kuroko começou a ficar cansado e ofegante.

- Eu entro no lugar dele! - Ayaka falou e Kiseki se entre olharam. Kagami notando isso, falou:

- Acho melhor não subestima-la! - a Kiseki olhou para a ruiva que entrava na quadra.

 *Quebra de Tempo*

Kagami e Himuro estavam rindo da cara de surpresa da Kiseki. Após Kuroko ter saído, a Kiseki estava incerta se Ayaka sabia mesmo jogar basquete. Então, Ayaka desafiou cada membro da Kiseki e ela ganhou facilmente. Todos estavam cansados e decidiram ir para o chalé, estava anoitecendo e eles precisavam ir para o aeroporto. 

Eles entraram no avião, porém agora ninguém sentou perto do ruivo. Kuroko sentou com Aomine, Kise com Midorima, Akashi com Murasakibara e Ayaka com Himuro, os dois irmãos mais velhos eram as pessoas mais próximas do ruivo que teve o azar de sentar perto de um desconhecido.

- Faz muito tempo, não é Taiga? - o senhor ao lado do ruivo falou. Kagami tremeu! Ele reconhecia essa voz! A mesma pessoa que falou com Ayaka dias atrás.

- Gregory Delfacon! - Kagami falou com ódio fazendo o senhor rir! Ele possuía cabelos pretos e olhos vermelhos pequenos, sempre vestia preto e andava com uma cruz em seu pescoço.

- Ainda lembra de mim! Que orgulho! - os dois conversavam muito baixo, se outra pessoa estivessem com eles não saberiam que eles estavam conversando.

- Não brinque Gregory! - Kagami falou olhando para o outro. O rosto daquele homem causava nervos no ruivo. Gregory viu a força feita por Kagami em seu punho. Estava sangrando! O ruivo dirigiu o olhar para sua mão direita e quando quando a vou cheia de sangue escondeu a mão.

- Está bravo? - Gregory falou próximo ao seu ouvido -Irritado? Incontrolável? - Gregory sorria e sem esperar uma resposta, ele continuou - Sabe que eu posso ajudar, não é? Deixa eu te ajudar Taiga!

- Nunca! - Kagami falou com mais a mais ódio, porém a cada mais ele se irritava mais a sua voz diminuia. - Nada disso ia ter acontecido se não fosse por você!

- Você ainda não aceita o que você é? - Gregory falou entre risadas curtas e secas

- 'Aquilo' é uma aberração! - o ruivo falou, ele tremia a ofegava lentamente

- 'Aquilo' é majestoso e 'aquilo' é você Taiga! - Gregory falou sorrindo com a franja caindo em seus olhos, porém ainda era possível enxergar um de seus olhos vermelhos

- Ah Taiga - Gregory falou na frente de Kagami, levou a mão direita até o rosto do ruivo e começou a acariciar todas as partes do rosto do ruivo. Kagami olhava para baixo e sua franja cobria seus olhos, ele não reagia ao toque do mais velho, era como se ele já tivesse acostumado com aquilo. Gregory chegou sua mão perto da boca de Kagami e viu que os caninos do ruivo cresceram a foram para fora da boca. As mãos do menos agora estavam cheias de garras.

- Viu? É tão ruim aceita-lo, Taiga? - Gregory passou a mão pelos os cabelos rubros e se aproximou do ouvido e Kagami susurrou:

- Venha até onde eu estou e traga os outros 4, ouviu? - Gregory perguntou e o ruivo apenas acenou com cabeça, o ódio que o de cabelos rubros sentia havia desaparecido.

- Bom garoto! - Gregory se afastou de Kagami que fechava os olhos cansado


- .... 


 - ...ami 


 - ...kagami...


- KAGAMI! - o ruivo acordou com um grito em seu ouvido, feito pela sua irmã Ayaka.

- O que? - Kagami perguntou e olhou para a janela do avião.

- Chegamos! Vamos! A Kiseki já desceu do avião! - Ayaka exclamou animada, fazia muito tempo da última vez que ela tinha ido para o Japão.

Enquanto Ayaka e Kagami junto com a Kiseki saiam do aeroporto a única coisa que o ruivo conseguia pensar era naquele sonho. 'Aquilo foi realmente um sonho? Parecia tão real!'

Mas não o interessava agora! Ele tinha que encontrar Gregory, não por ter sido uma ordem, mas sim pelo medo do que irá acontecer se ele não cumprir essa ordem....


Notas Finais


Foi isso galera! Eu realmente não faço idéia sa vocês estão gostando! Então eu vou me iludir achando que sim, okay?
Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...