História The truth about BTS - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Yoomin
Visualizações 93
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá,essa fic é a minha primeira,espero que gostem. ^^ <3

Capítulo 1 - Epilogo


Fanfic / Fanfiction The truth about BTS - Capítulo 1 - Epilogo

EPILOGO

~~10 ANOS ATRÁS~~

Na sala de operação já se podia ouvir o choro estridente da criança, o medico a pegou e começou a fazer a limpeza, para só depois a mostrar para a mulher em cima da cama cirúrgica.
   


  –Parabéns, é uma menina-ele disse sorrindo educado para a mulher, que apenas olhou a criança com uma face fria.


   –Tudo bem, doutor, só tire ela daqui-ela disse e virou para o outro lado, o médico prendeu um suspiro na garganta e entregou a criança para uma enfermeira que a tirou da sala.

~Pobre criança~ pensou e começou a fazer os últimos cuidados com a mãe.


~9 ANOS ATRÁS~



    –É só assinarem e vocês estarão oficialmente divorciados-disse o juiz e o casal concordou e assinou os papeis que lhes foram mostrados.–já decidiram com quem fica a guarda da criança?



      –Você fica.-disse a mulher olhando para o agora ex marido friamente–você tem experiencia com filhos, eu vou voltar para o Brasil e recomeçar a minha vida.




        –Você não quer se despedir dela?-o ex marido perguntou quando já estavam fora do fórum, ela olhou para a criança nos braços da babá e negou com a cabeça.


   –Ela não vai lembrar de mim mesmo, não acho necessário-ela diz se preparando para entrar no carro–Passar bem Robert, espero que seja feliz–não esperou por resposta do mesmo e entrou no carro rumo ao aeroporto, sem olhar para trás e deixando sua filha a mercer de um homem frio e sem sentimentos.



~5 anos atrás~



 

   Todos naquela sala de espera olhavam sem entender e um pouco surpresos para a garotinha com um ursinhos na mão, atravessando a sala e parando em frente a mesa da secretária que só a percebeu ali quando ela levantou o bracinho tentando chamar a atenção dela, se debruçou na mesa e logo seu coração se derreteu ao ver a pequena menina a fitando com os olhos castanhos brilhantes.



     –Desculpa, moça, mas você trabalha para um juiz?-ela perguntou e virou a cabeça de lado deixando a cena mais fofa ainda.



     –Trabalho sim querida, o que deseja?-ela falou com um sorriso reconfortante no rosto.



       –Quero falar com ele, por favor, diga que a filha de Robert Cross está aqui-ela disse e a secretaria a olhou espantada, logo atendendo ao pedido da menina que mesmo com pouca idade tinha uma noção do poder que o nome do pai tinha sobre as pessoas.



    –Okay, chefe-a secretária diz encerrando a ligação–pequena Cross, pode entrar naquela sala ali-ela diz apontando para uma porta e menininha sai da vista dela entrando na sala.



     –Oh, olhe só para você, é uma mocinha agora, da última vez que lhe vi, ainda nem andava.-ele começa, mas é cortado pela menininha.


           –Eu não quero mais morar com o meu papai e vi na internet que você poderia me ajudar-ela diz com pose de segura e o juiz a olha assustado.






     ~ALGUNS MESES DEPOIS~




          -Então finalmente conseguimos, tiramos sua guarda do seu pai-o juiz fala para a menininha sentada na sua frente-Bom, temos que escolher qual seu paradeiro não é? Quer ir morar com a sua mamãe?-a menina bota a mão no queixo e faz uma cara pensativa antes de negar com a cabeça.


       –Não a conheço, seria como morar com uma estranha e eu não tenho permissão para falar com estranhos-ela diz o olhando com os olhinhos brilhantes e ele percebe que as vezes esquece que está lidando com uma criança.



        –Com quem você quer ficar Cami? Quem da sua família você conhece?-ele pergunta e ela faz a cara pensativa de novo, mas dessa vez sua face se ilumina e ela sorri para o juiz.



          –Eu tenho um irmão mais velho, ele já veio me visitar quatro ou cinco vezes e me tratou muito bem, até me deu doce-ela fala sorrindo.


            –E onde esse irmão mora, qual o nome dele? vou contata-lo o mais rápido possível.



        –Ele mora na Coreia do Sul e o nome dele é Jin, Kim Seokjin..

 

                                                                                                                                                                  ~CONTINUA~   


Notas Finais


Então,esse capitulo foi mais para vocês entenderem como ela entrou na vida dos meninos.
vou tentar atualizar duas vezes por semana. Só pra deixar esclarecido,essa fic é uma coisa que eu venho imaginando a um tempo,por isso a garota principal vai ter meu nome,mas vocês podem imaginar o nome de vocês. ^^
beijinhos e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...