História Fairy Tales - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~cutiecandy

Postado
Categorias Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), Bangtan Boys (BTS)
Personagens Absolem, a Lagarta, Alice Kingsley, Chapeleiro Maluco, Coelho Branco, Dormidonga (Mallymkun), Gato de Cheshire (Gato Risonho), J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lebre de Março, Personagens Originais, Rainha Branca, Rainha Vermelha, Rap Monster, Suga, Tweedle-Dee, Tweedle-Dum, V, Valete de Copas
Tags Bts, Contos De Fadas, Interativa
Visualizações 17
Palavras 1.619
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Magia, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


➸ Hello gente. Cá estou eu para mais um capitulo, bem, antes de começar eu tenho alguns avisos, então.... Vamos lá!

➸ Eu havia esquecido de falar, mas cada conto de fada acontecerá em uma cidade, estado ou país do mundo encantado. Então terá como outras personagens de outros contos irem para a cidade do conto da sua personagem, porém a mesma só poderá ir, se sua personagem pedir ajuda a essa pessoa!

➸ Agora tenho apenas três vagas, por ter aceitado uma personagem maravilhosa e agora também por ter uma co-autora, vou colocar o user dela nas Notas Finais ▸ Ela também terá uma personagem na fanfic ◂ Então Namjoon e Jungkook estarão indisponíveis, assim como seus respectivos contos.

➸ Alguns personagens não serão dos contos que foram colocados no jornal, como por exemplo, o Jungkook que será do conto do país das maravilhas.

➸ 𝐸𝓃𝒻𝒾𝓂, 𝒷𝑜𝒶 𝓁𝑒𝒾𝓉𝓊𝓇𝒶 𝓍𝓊𝓍𝓊𝓈 ♡

▸ Desculpem-me pelos erros ortográficos, espero que gostem ◂

Capítulo 3 - Chapter I - Alice In Wonderland - Second Part


•..¸¸.°♡°..¸¸.°♡°..¸¸.°♡°..¸¸.•

Chapter II - Alice In Wonderland - Second Part

Capitulo II - Alice No País das Maravilhas - Segunda Parte

•..¸¸.°♡°..¸¸.°♡°..¸¸.°♡°..¸¸.•

 

"Só podemos alcançar o impossível, se acreditarmos que é possível."

 

Londres, Reino Unido

07/07 às 7:00 AM

 

Nathalie

Ouço o barulho irritante de meu despertador. Na realidade o barulho não é irritante, a única coisa que me irrita é que ele sempre me acorda de manhã. Lentamente eu me sento em minha cama olhando em volta enquanto bocejo. Levanto da cama indo em direção do espelho e levo um susto ao ver meu reflexo, cabelos extremamente bagunçados, baba seca no canto inferior esquerdo de minha boca, olheiras e nariz levemente avermelhado.

 

— Ah Seria tão bom se toda vez que eu acordasse de manhã eu ficasse bonitinha. — Murmuro e vou para o banheiro.

 

Assim que entro no cômodo antes citado, abaixo-me em frente ao armarinho da pia e pego uma toalha. Deixo-a em cima de uma cadeira e começo a me despir. Quando fico completamente livre das roupas que estavam antes em meu corpo, coloco-as também em cima da cadeira. Depois disso, vou até o chuveiro ligando o mesmo e me enfio debaixo da água, que inicialmente estava gelada, e agora encontrava-se morna. Enquanto tomo banho eu paro para pensar em minha vida e então lembro-me das atividades da escola, ação que me faz dar um tapa em minha própria testa.

 

— Como pude esquecer das lições de casa? —  Me perguntei fechando os olhos. — Como ando distraída!

 

Eu não era a aluna exemplar da escola, mas gostava de dar o melhor de mim então sempre fazia as atividades e as entregava dentro do prazo. Nunca faltava na escola, nem mesmo quando estava doente e era educada com os professores, somente com eles, porque digamos que não tinha educação no quesito alunos. Para mim, não fazer uma atividade, era o fim do mundo, eu posso estar sendo exagerada, mas estudar é tecnicamente a única coisa que faço, com exceção dos dias que consigo trabalhar, então eu deveria focar nos estudos, não?

 

[...]

 

Encontrava-me pronta, trajando um simples vestido florido e um par de sapatilhas azuis. Eu já havia feito a minha atividade escolar, o que me deixava completamente contente. Assim que vi que tudo estava pronto, peguei meu livro que encontrava-se agora em cima de meu travesseiro e levei ele até meu guarda roupa, o escondendo dentro do mesmo e logo me pus a sair do quarto. Olhei em volta e sai andando rumo ao refeitório do orfanato.

 

[...]

 

Assim que cheguei no refeitório tratei de pegar meu café da manhã, um delicioso bolo de chocolate e um suco de morango. Fui até uma mesa vazia e me sentei no banco, começando a comer calmamente. Porém quando eu estava para dar uma mordida no meu lindo bolo do cenoura, fui interrompida por uma vozinha irritante.

 

— Olha quem está por aqui, se não é a senhorita estranha. — Levantei minha cabeça olhando para ruiva a minha frente.

 

Melissa Carter, dezessete anos, a garota mais puta do orfanato. Ela tem cabelos ruivos e olhos azuis, um corpo considerado mediano, se é bonita? Claro, mas o que tem de beleza tem de burrice.

 

— Ei, estou falando com você! — Irritou-se por eu não ter dado atenção.

 

— Eu sei, ainda não estou surda Melissa, e não tem como ouvir sua irritante voz, puta do orfanato. — Olhei para ela com um sorriso sínico nos lábios e então neste momento, percebi ter atiçado a fera. — Nossa, além de puta virou touro? Devo pegar uma manta vermelha para lhe domar? — Continuei com tom brincalhão.

 

— Você está mexendo com fogo garota!

 

— Fogo? Oras, não estou vendo fogo nenhum aqui! - Faço-me de burra, enquanto dou altas risadas internamente, porém, percebo que minhas brincadeiras passaram do limite assim que vejo a puta levantar sua mão para me bater. Ela apenas é impedida por outra mão, que pela pulseira presente em seu pulso direito percebo ser a vice-diretora do orfanato.

 

— Senhorita Melissa, direto para minha sala! — A voz doce da senhorita Becker.

 

— M..Mas... — Ela é cortada pela senhorita Becker, que apenas a encarou irritada fazendo a garota a obedecer e sair andando. Porém antes de se retirar, Melissa lançou-me um olhar mortal tentando me intimidar.

 

— Olá Nathalie. — Ela diz com um sorriso doce que eu apenas retribuo.

 

— Senhorita Becker, como vai? — Digo de forma educada.

 

— Muito bem, peço desculpa por Melissa, agora tenho que ir cuidar daquele ser imprudente. — Ela ri levemente. —  Até mais tarde, Nathalie. — E então ela saiu andando.

 

Eu continuei a tomar meu café da manhã como se nada houvesse acontecido. Assim que terminei meu querido café da manhã, eu levantei do banco e sai caminhando em direção ao meu quarto, durante o trajeto passei por Yu Yeon Ju, a garota mais calada do orfanato. Ela é a única menina que eu consigo conversar, mas não somos amigas por a garota ser simplesmente muito calada e tímida. Acabei por passar direto pela garota, queria continuar a ler aquele misterioso livro e sabia que se fosse conversar com ela, demoraria muito, mas admito que fiquei com muitíssima vontade de ir até lá e falar um simples ‘olá’ para a garota.

 

[...]

 

Quando cheguei em meu quarto, eu simplesmente fechei a porta trancando a mesma, fui até meu guarda roupa e de lá tirei o livro. Fui em direção a cama me jogando na mesma e tratei de começar a ler. Bem, não preciso nem dizer que aquele livro se abriu sozinho e me livrou de uma terrível missão, achar a página aonde parei de ler. Depois de muito se folhear, aquele livro parou exatamente na página aonde estava lendo, então eu só tive que dar a simples continuidade.

 

“Com apenas um coração quebrado e uma fada cruel, uma das princesas mudou,

Tornou-se cruel, uma mulher que não se importava com ninguém além de si mesma.

A princesa que se corrompeu foi Elizabeth, esta que antes trazia felicidade ao reino…. Agora trazia o seu oposto, a infelicidade.

Sem opções o rei e a rainha tiveram que prender Elizabeth nos calabouços, pelo bem do reino, já que a garota se tornou violenta.

Katherine sabia que a fada havia feito algum tipo de feitiço em sua irmã e por isto decidiu que iria ajuda-la, a loira pediu a seus pais que a mais velha fosse solta, mas os mesmos não soltaram a ruiva, o que deixou apenas uma alternativa para a mais nova, soltar sua irmã quando assumisse o reino.

Três anos se passaram e após a morte de seus pais Katherine assumiu o reino e como prometido a si mesma, soltou sua irmã, a mais nova também separou o reino em dois, sendo inicialmente conhecidos como reino sul, reino de Elizabeth e reino norte, reino de Katherine. Depois foram conhecidos como reino da rainha vermelha e o reino da rainha branca. ”

 

Apareceu uma ilustração de dois reinos, um parecia estar banhado a sangue e o outro parecia estar coberto de pétalas brancas. Eu continuei a ler.

 

No reino de Elizabeth todos tinham que fazer seus desejos, todos lá eram infelizes, mas eles sabiam que se contradizem sem sua rainha, teriam suas cabeças decapitadas.

Já no reino de Katherine todos eram felizes e sempre havia bailes para alegrar seus súditos, o reino da loira, era a mais perfeita tranquilidade. ”

 

— Reinos opostos. — Murmurei para mim mesma, mas logo tratei de voltar a minha leitura.

 

“A magia que a fada havia feito em Elizabeth, fazia com que a mesma não sentisse nada…

Não conseguisse amar ou se importar com ninguém, porém a magia a fazia possessiva,

A fazia querer todos os homens aos seus pés, mas o que ela não sabia, era que nem todos se renderiam a seus ‘encantos”

 

Novamente o livro mudou a folha.

 

“Ao contrário de sua irmã, Katherine podia amar, e assim fez, a moça se apaixonou por um de seus súditos, um homem metade felino, que lhe encantou rapidamente. Deste caso de amor, nasceu-se duas crianças, gêmeas, porém não idênticas, uma garota, que mais tarde fora nomeada de Alice, e um garoto que mais tarde fora nomeado de Cheshire. Ambas as crianças nasceram híbridas, com a diferença que Cheshire podia assumir a forma de gato, o mais intrigante, era que ambos tinham poderes, o que era uma surpresa para Katherine e Arthur, pai das crianças e marido de Katherine.

 

Uma foto apareceu na folha ao lado, e nesta imagem encontrava-se duas crianças com rabo e orelha de gato, eu consegui perceber que uma das crianças era a garota loira dá capa. O garoto a seu lado tinha cabelos negros e olhos da mesma cor.

 

Os anos foram se passando, Alice e Cheshire foram crescendo, e a cada vez o laço entre ambos crescia, assim como um sentimento dentro de ambos, a paixão, os gêmeos se amavam, um amor que tinha passado apenas do amor entre irmãos. Não aguentando mais, Alice e Cheshire decidiram ficar juntos, escondidos de seus pais eles se amaram, e assim que a morte veio para o antigo rei e rainha do reino, os dois decidiram se casar, ignorando os seus laços sanguíneos. De um amor incestuoso, nasceu uma garota de belos cabelos negros e olhos da mesma cor, assim como seus pais, a garota também era hibrida, esta garota, fora nomeada de Nathalie”

 

Eu assustei-me por ler meu nome, e me assustei ainda mais quando me vi em uma imagem no livro, então simplesmente taquei o livro longe, com medo do que ali estava escrito.

 

— N..Não pode ser! Eu sou humana, n..não vim de outro lugar além da terra, e..eu fui abandonada por minha mãe na frente do orfanato! — Digo olhando ainda assustada para o livro, não acreditando no que li e vi.


Notas Finais


O perfil da co-autora, @cutiecandy

Esse é o link da ficha da menina que foi aceita, ela é o par do Namjoon. Espero que gostem dela.
https://docs.google.com/document/d/1la7Hh3TH9Zxrp4jVaPDQfztKD2jDnv-tEIjXq9z0Ca4/edit


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...